Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 20/09/2017 - 08:36Atualizado há 12 minutos

Agora é tudo com Beto Campos

Beto Campos chega ao Criciúma pressionado pelo discurso do diretor-executivo Edson Gaúcho de que o clube “vai subir”. Faltam 14 jogos para acabar a Série B, e a matemática de acesso aponta uma necessidade de pelo menos 10 vitórias para ficar entre os quatro primeiros colocados. Logo de cara, o técnico gaúcho terá dois desafios fundamentais para qualquer projeção em termos de classificação. Beto precisará entender também a maneira de trabalhar do diretor, que tem batido de frente com a disciplina dos atletas. Com Winck teve divergência, e será que com o novo treinador terá também? O tempo irá dizer.

Beto Campos terá 14 jogos na sequência da Série B (Foto: Divulgação)

Dois meses fora

A lesão do zagueiro Raphael Silva já completou dois meses. São 60 dias longe dos gramados. A situação é preocupante para a sequência da Série B. O fato é que o jogador se tornou um desfalque e tanto para o Criciúma, depois de atuações da zaga abaixo da média nos últimos jogos. O torcedor também está ansioso para ver o retorno do jogador. A projeção é de uma volta em duas semanas.

Briga pela elite

O Hercílio Luz encerrou a primeira fase da Série B do Catarinense com uma derrota para o Marcílio Dias por 4 a 0. Classificado à semifinal, por ter sido campeão do turno, o Leão do Sul encara agora dois jogos decisivos contra o Camboriú para voltar a Série A, após 22 anos. O jogo de volta será em Tubarão.

Desponta na artilharia

Romennig, do Mãe Luzia, desponta na artilharia do Campeonato Regional da Larm. O goleador fez os dois gols na vitória sobre o Mesquita, em Criciúma, na rodada inaugural. O também artilheiro-nato Beto Cachoeira já deixou o dele, marcando um dos gols na vitória do Metropolitano sobre o Caravággio. Vem briga boa pela artilharia por aí!!

Reconhecimento no Handebol

A convocação do goleiro Lucas, da Satc, para a Seleção Brasileira Juvenil de Handebol, evidencia ainda mais o sucesso da modalidade. Lucas tem 16 anos e joga desde os 11 anos.

Xadrez no Shopping

Mais uma vez o Nações Shopping recebeu o Circuito Içarense de Xadrez Rápido: Taça Nações Shopping 2017. A IV Etapa foi realizada no domingo, no Espaço do Empreendedor e reuniu cerca de 100 enxadristas da região. O evento foi organizado pela ACX-Içara com o apoio da FME de Içara.

Bocha no Rincão

O municipal de Bocha do Rincão conheceu os campeões. Na última sexta-feira, a Cancha Da Rolt superou o Altas Horas na grande final, faturando o título da Taça João Da Rolt.

Deu ruim

Depois de ser preso dirigindo embriagado, o atacante Wayne Rooney pode ver o casamento chegar ao fim. Isso porque Coleen Rooney, esposa do jogador, teria dado a ele um ultimato para o relacionamento. A imprensa britânica diz que Coleen está decidida em acabar o relacionamento com o jogador.

Destaque A Tribuna

O técnico Martinho Mrotskoski continua fazendo história no Handebol de Criciúma. Além de ajudar na revelação de atletas que tem despontado para a Seleção Brasileira, o treinador comandou a equipe de Criciúma no título do Estadual Sub-16. Em São José, no último final de semana, o time criciumense alcançou o título numa competição bastante acirrada.

Nota Zero

Essa disputa entre o brasileiro Neymar e o uruguaio Cavani, pelo posto de cobrador oficial de pênaltis do PSG, já passou dos limites. É hora de o técnico da equipe francesa intervir. Neymar não aceita que Cavani seja o cobrador oficial e tem causado um mal-estar a cada situação de pênalti.

 

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 19/09/2017 - 13:45Atualizado há 1 hora

Agora é oficial. Beto Campos é o novo técnico do Criciúma. O treinador esteve reunido durante toda a manhã com o presidente Jaime Dal Farra e o diretor-executivo Edson Gaúcho para acertar os detalhes do contrato. Beto chega com a missão de fazer o Criciúma subir à Série A.

O preparador físico Márcio Correa também integrará a comissão técnica. A matemática de acesso aponta a necessidade de o Tigre vencer pelo menos 10 jogos para ficar entre os quatro primeiros colocados.

A estreia de Beto é no sábado, dia 23, às 16h30min, contra o CRB-AL, no Estádio Rei Pelé.

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 19/09/2017 - 08:37Atualizado há 10 minutos

Demissão de Luiz Carlos Winck

A demissão do técnico Luiz Carlos Winck mostra uma incapacidade do Criciúma em contornar crises. Por mais que o diretor-executivo Edson Gaúcho tenha tentado explicar a saída do treinador, não dá para concordar com a decisão da diretoria. O problema do time não é o técnico. Mesmo que o próprio Winck diga que ficou aliviado com a demissão, a postura do Criciúma poderia ter sido outra. A direção deveria ter dado apoio total a comissão técnica, com a contratação de jogadores de qualidade. A impressão que fica é que Winck estava tirando “leite de pedra” e que o clube renova a esperança de acesso com a troca de treinador. Até que o novo comandante prove o contrário é puro devaneio acreditar em subida de divisão com o atual grupo de jogadores.

Cuidado com o novo perfil

O Criciúma Esporte Clube tem que tomar bastante cuidado com a escolha do novo treinador. A troca de comando não foi recebida da melhor maneira pelo grupo carvoeiro. Para que o time não tenha prejuízo em termos de classificação na Série B, a direção precisa escolher um treinador que vá conseguir trabalhar com as peças do atual elenco, até porque o clube não irá contratar mais ninguém para o restante da competição. O prazo de inscrição encerrou ontem.

“Eu não sou mais treinador”

O repórter Décio Batista perguntou sobre a possibilidade de Edson Gaúcho assumir o comando da equipe, e o diretor-executivo foi enfático: “Já falei diversas vezes para vocês. Não sou mais treinador. Estou focado no cargo de diretor e assim estarei enquanto estiver no Criciúma”, enfatizou.

Sem pressa?

Edson Gaúcho chegou a dizer na coletiva ontem que “não tem pressa na busca pelo novo treinador”. Discordo completamente do diretor. Penso que o mais correto seria o clube ter anunciado ainda ontem o nome do novo comandante. Se os diretores ainda acreditam em acesso, já estão perdendo tempo.

Desligamento natural

Além de toda a comissão técnica, o Criciúma optou pelo desligamento do lateral-esquerdo Márcio Goiano. Foi uma situação natural, já que o jogador foi contratado à pedido do técnico Winck e não vinha rendendo o esperado. Jonathan Lima, que foi outro jogador que veio após a chegada de Winck, também precisa render mais. Além dele, em todos os setores o Criciúma tem jogadores que precisam melhorar o rendimento.

Auxiliar no comando

Não consigo enxergar no auxiliar Grizzo ou mesmo no técnico do Sub-20, Cléber Gaúcho, um potencial para assumir efetivamente o time no restante da Série B. Também não acredito que o clube irá fazer uma espécie de teste com os profissionais, até porque os dois próximos jogos acontecem num espaço de quatro dias. CRB-AL no sábado, e Figueirense na terça-feira. O certo é ter o novo nome o quanto antes.

Destaque A Tribuna

A vitória da Chapecoense sobre o Grêmio foi importantíssima na tentativa de o time catarinense escapar do rebaixamento na Série A. Com o clima mais leve após a saída de Vinicius Eutrópio, a Chape fez um bom jogo na Arena, vencendo pela segunda vez o adversário fora de casa. A Arena tem sido o "salão de festas" de muitos catarinenses.

Nota Zero

O atacante Jô pagou o mico do final de semana. Ficou com fama de mentiroso. Tocou com o braço para empurrar pro gol, no lance que deu a vitória do Corinthians sobre o Vasco por 1 a 0, mas não admitiu isso nas entrevistas ainda em Itaquera. Disse que "não viu a bola tocar no braço". Que fase ein!!

 

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 18/09/2017 - 10:22Atualizado há 1 hora

A demissão do técnico Luiz Carlos Winck externa mais uma vez a incapacidade do Criciúma em contornar crises. A informação é de que a relação entre o diretor-executivo Edson Gaúcho e o treinador não vinha das melhores.

Sucessivas cobranças por resultados por parte da direção e pedido de reforços pelo técnico foram minando a relação entre as partes. Além de Winclk, o auxiliar técnico José Carlos Marques e o preparador físico Luciano Ilha. Outro desligamento que houve foi do lateral-esquerdo Márcio Goiano.

Definitivamente não foi uma decisão coerente. As cobranças fazem parte do processo e o clube deveria entender que a meta de permanecer na Série B seria alcançada com tranquilidade.

A troca de um treinador não significa que o time irá evoluir ao ponto de brigar pelo acesso.

Winck comandou a equipe em 21 jogos, obtendo nove vitórias, sete empates e cinco derrotas.

Por enquanto, até que seja anunciado o novo técnico, Grizzo é quem comanda a equipe, auxiliado por Cleber Gaúcho e Gaetano Lupatini, que são funcionários do clube.

O perfil do novo comandante precisa ser analisado com acrinho para que o Tigre não tenha prejuízos maiores na classificação da Série B.

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 18/09/2017 - 05:51Atualizado há 10 horas

Atrás da formação ideal

O grande desafio do técnico Luiz Carlos Winck é achar a formação ideal do Criciúma. O aconselhável para o momento é o treinador definir os 11 titulares e tentar mudar o mínimo possível. Obviamente que a qualidade do elenco não é das melhores, mas trocas constantes de jogadores, inclusive com características bastante diferentes, prejudicam a evolução da equipe carvoeira. Winck tem mais 15 jogos no restante da Série B, faltando apenas 11 pontos para uma fuga do rebaixamento. Só um desastre colocará a equipe em risco de queda, mas é preciso errar menos.

Várias mudanças

De acordo com o que foi testado no jogo-treino diante do Atlético Tubarão, o Criciúma terá alterações em todos os setores para o compromisso contra o CRB-AL, no sábado, em Maceió. Nino, que saiu à contragosto do torcedor, contra o Juventude, será uma das novidades contra o time alagoano. Giaretta volta a esquerda para dar mais segurança. Barreto ganha nova chance, pois parece melhor condicionado. Alex Maranhão pode ser outra novidade, jogando mais a frente pela direita.

Tentar não mexer

Seria interessante o Criciúma ter uma boa atuação contra o CRB-AL, para que pudesse repetir a formação titular no clássico contra o Figueirense, na terça-feira, no Majestoso. O Tigre precisa voltar a ser competitivo na Série B. O receio maior é sobre a maneira que a equipe irá se comportar após mais um longo período sem jogos oficiais. Da última vez, foi um desastre contra o Luverdense-MT e Juventude.

Paulinho decide

O volante Paulinho foi decisivo na vitória do Barcelona contra o Getafe, pela Liga Espanhola. O jogador da Seleção Brasileira fez o golaço que garantiu os três pontos do Barça e a manutenção da liderança. Paulinho tem tudo para calar a boca da imprensa da Catalunha.

Regional da Larm

O mais tradicional Campeonato Amador da Região Carbonífera começou no fim de semana. O conceituado Regional da Larm iniciou com três equipes fazendo jus a tradição. Mãe Luzia, Cocal do Sul e Araranguá largaram a competição com o pé direito. Teremos muitas surpresas no andamento do Regional.

Mau começo

O Balneário Rincão não teve um bom começo na Segunda Divisão do Regional da Larm. A equipe praiana perdeu para o Maracajá por 3 a 0, em casa, no Bairro Pedreiras.

Dobradinha Brasileira

A etapa da Califórnia do Mundial de Surfe teve duas vitórias brasileiras, nas finais masculina e feminina. Filipe Toledo e Silvana Lima foram os campeões, em Trestels, nos Estados Unidos. Filipinho subiu para a sétima colocação da temporada. Já Silvana comemorou a volta à elite com a primeira vitória numa etapa. Ela é a surfista mais velha do circuito, com 32 anos.

Destaque A Tribuna

O que mais chamou a atenção na vitória do Internacional sobre o Figueirense não foi o placar de 3 a 0, no Beira-Rio, mas a imagem do lateral-direito Alemão cruzando o campo inteiro de joelhos, pagando a promessa por estar voltando ao futebol após um longo período inativo. A última partida dele havia sido contra o Caxias do Sul, na semifinal do Campeonato Gaúcho, no dia 23 de abril.

Nota Zero

Nilmar vive um novo drama no futebol. O Santos suspendeu o contrato com o jogador. O motivo é que o atacante foi desligado para tratar de uma depressão. O clube vai bancar os custos do acompanhamento médico e psicológico e pretende retomar o vínculo quando o atleta for liberado para voltar a atuar. Nilmar tem 33 anos e tem contrato até o final de 2018.



 

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 15/09/2017 - 08:43Atualizado em 18/09/2017 - 07:14

Faltam 11 pontos

É tentador acompanhar o desenrolar da rodada da Série B e "secar" os adversários do Criciúma. O torcedor quer o time perto do G-4 e longe do Z-4. O sonho do acesso sempre ronda a cabeça do torcedor mais apaixonado. Mas analisando friamente o desempenho do Tigre, e a qualidade do elenco, tenho uma sugestão à massa carvoeira: torcer por mais 11 pontos. Isso será menos "prejudicial à saúde". Pensar em vaga na Série A é queimar neurônios demais. Menos mal que é perfeitamente possível atingir 45 pontos. Serão mais 42 pontos em disputa até o final da competição. Essa é uma expectativa mais próxima do potencial do Tigre.

Contestado, já?

Mal chegou ao Figueirense e o técnico Milton Cruz já está sendo contestado pela torcida alvinegra. Na última rodada, contra o Boa Esporte-MG, fora de casa, o treinador usou uma escalação que não havia testado nos treinamentos. "Professor Pardal" é o apelido dele no Estreito.

Decepcionante

Foi uma "pelada com grife". O primeiro jogo entre Botafogo e Grêmio, valendo vaga na semifinal da Copa Libertadores da América, foi fraco dentro de uma expectativa criada por todos segmentos da imprensa. O fato de os dois times estarem desfalcados também prejudicou a qualidade do espetáculo. A ausência de Luan foi bastante sentida no Grêmio.

Favoritismo do Grêmio

O cenário para o jogo de volta, na Arena do Grêmio, é parecido com a semifinal da Copa do Brasil, quando o Botafogo também empatou o primeiro jogo por 0 a 0. O grande problema do time carioca é a falta de criação ofensiva. O fator casa também pesa a favor dos gaúchos, que contarão com a volta de Luan. Grêmio ainda mais favorito!

Santos perto da vaga

O resultado poderia ter sido ainda melhor, mas um empate com gols fora de casa precisa ser comemorado no Santos. O 1 a 1 contra o Barcelona-EQU, em Guayaquil, dá direito ao Santos empatar em 0 a 0 na volta. O jogo está confirmado para o caldeirão da Vila Belmiro, onde o Santos é muito forte.

Momento delicado

Psicologicamente, a Chapecoense está destroçada. O time catarinense não consegue mais fazer bons jogos e o fantasma do rebaixamento está comprometendo a confiança dos jogadores. Essa situação precisa ser analisada na escolha do perfil do novo treinador.

Oscilação natural??

Seria natural o Corinthians começar a oscilar após 34 jogos de invencibilidade, mas o desempenho do time paulista nos últimos jogos já começa a colocar dúvidas. A situação só não piorou na Série A porque o Grêmio não venceu o Vasco. A próxima rodada será importante para o Timão. Uma vitória sobre o Vasco espantará qualquer novo questionamento.

Destaque A Tribuna

O volante Arthur vive uma fase espetacular. Tecnicamente, é um dos melhores da posição no Brasil. O jogador do Grêmio dificilmente toma uma decisão errada em campo. Teve 100% de aproveitamento nos passes, no jogo de ida das quartas-de-final da Libertadores, contra o Botafogo. Tite está de olho nele!!

Nota Zero

Goleiro Cássio falhou no jogo do Corinthians contra o Racing-ARG, em duelo de ida das oitavas-de-final da Copa Sul-Americana. Jogador de Seleção Brasileira não pode ter uma falha como aquela. Mesmo assim, Cassio não admitiu o erro nas entrevistas pós-jogo. Faltou humildade ao jogador.

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 14/09/2017 - 08:42Atualizado em 18/09/2017 - 09:54

Choque de realidade

O Criciúma não adquiriu ainda um padrão de jogo na Série B. Está longe disso. As vitórias que o colocaram perto da zona de acesso vieram pela empolgação criada com a chegada do técnico Luiz Carlos Winck. O famoso "abafa" deu certo em alguns jogos, mas o choque de realidade aos poucos vai colocando a equipe no meio da tabela novamente. O que não pode acontecer é a equipe despencar na classificação, afinal a grande meta de Winck é não permitir uma queda para a Série C. E isso o Criciúma alcançará antecipadamente. O momento exige serenidade.

Sucessivas mexidas atrapalham

Um dos problemas do técnico Luiz Carlos Winck é a falta de convicção na escolha da formação titular. O treinador ainda não conseguiu achar a escalação ideal. Já foi feito uma espécie de rodízio em todos os setores e o comandante não consegue o encaixe ideal. Winck precisa treinar mais o time, até encontrar uma formação que mostre entendimento dentro de campo.

Discurso puramente motivacional

O diretor-executivo do Criciúma, Edson Gaúcho, participou do Debate Aberto, da Som Maior FM100,7, e voltou a afirmar que o clube irá conquistar o acesso. A declaração veio antes da partida contra o Juventude. Fatalmente, após a derrota para os gaúchos, o diretor recebeu uma ducha de água fria. O fato é que Edson Gaúcho está sendo motivador. Essa análise está longe da realidade vivida hoje no elenco do Tigre. Existe uma boa estrutura para o trabalho, além de uma certa tradição no cenário nacional, mas isso está longe de significar que o time carvoeiro está organizado e tem força para se consolidar no G-4.

Velhos problemas no JEC

O Joinville encerrou a participação na Série C do Brasileiro. Mesmo com a goleada de 8 a 1, diante do Mogi-Mirim, a equipe está fora da próxima fase. Logo após a eliminação, a direção demitiu o técnico Pingo. O treinador não gostou nada, pois foi saber da situação somente pela imprensa. Este tipo de atitude que o JEC precisa rever ao fazer futebol. Repetir os mesmos erros traz os mesmos resultados.

Xadrez de Criciúma no Brasileiro

O Xadrez é uma modalidade que tem crescido na região carbonífera. Municípios como Içara e Criciúma fazem um trabalho interessante. No Campeonato Brasileiro, realizado na semana passada, em Blumenau, Criciúma colheu bons resultados. Méritos também do competente treinador Evandro Bitencourt.

Clássico no Mário Balsini

Temos jogos bastante interessantes na abertura do Regional da Larm. Mas o que mais chama atenção é o "clássico da polenta", entre Metropolitano e Caravággio, no domingo, às 15h30. O jogo será disputado no Estádio Mário Balsini, em Criciúma.

Novidade no Regional da Larm

Teremos uma novidade bastante interessante no Campeonato Regional da Larm. O Esporte Clube Balneário Rincão disputará a Segunda Divisão, lutando por vaga na elite. A promessa é de uma equipe forte. Entre os diretores do clube está o Dr. Celso Menezes. A estreia é no sábado, contra o Maracajá, às 15h30min, no Bairro Pedreiras.

Destaque A Tribuna

A primeira rodada da Liga dos Campeões comprovou a superioridade dos times grandes na Europa. Dificilmente temos uma zebra, quando PSG, Barcelona, Manchester United ou Chelsea estão em campo. Interessante foi ver a sintonia cada vez maior entre o brasileiro Neymar e o uruguaio Cavani. O time francês evoluiu bastante com a chegada do jogador da Seleção Brasileira, mas ainda é cedo para fazer qualquer prognóstico do time parisiense.

Nota Zero

Concordo que o desempenho do Criciúma na Série B não vem empolgando o torcedor, mas o jogo contra o Juventude poderia ter perfeitamente mais de 5 mil torcedores. Mais uma vez pouco mais de 3 mil encararam a noite chuvosa e fria da última terça-feira. Somente com uma ascensão da equipe carvoeira na classificação poderemos ter uma melhora na média de público no Majestoso.

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 12/09/2017 - 23:44Atualizado em 19/09/2017 - 08:32

O Criciúma teve volume de jogo para vencer o Juventude. Mesmo que mais na força do que propriamente de maneira organizada, o Tigre pressionou o time gaúcho e num descuido defensivo acabou sofrendo o segundo gol.

O time carvoeiro começou o jogo desligado e sofreu o primeiro gol aos 11 minutos, num belo chute de Lucas, que também voltaria a marcar aos 37 minutos da etapa final. Depois do gol tomado, os donos da casa dominaram as ações. A bola percorreu o tempo todo a área do Juventude, mas faltou o toque final no primeiro tempo. Na etapa complementar, já com Alex Maranhão em campo, Lucão conseguiu cabecear no cantinho, aos 18 minutos, empatando o jogo.

Depois da igualdade, o Tigre fez uma blitz total, mas não teve a capacidade de virar o resultado. Faltou organização e qualidade. Quando Marcio Goiano sentiu a lesão, o técnico Luiz Carlos Winck optou por João Henrique na lateral, mostrando toda a vontade de vencer. Mas a empolgação deu lugar a decepção com o segundo tento gaúcho. E quase o time de Gilmar Dal Pozzo ampliou nos últimos instantes.

O segundo gol calou o Majestoso e o Tigre perdeu a primeira no returno. Agora, com 34 pontos, podendo cair para a 10ª posição, o Tigre terá mais um longo tempo de preparação até o próximo jogo, no dia 23, contra o CRB-AL, em Maceió.

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 12/09/2017 - 08:35Atualizado em 19/09/2017 - 05:05

Winck merece mais uma vitória na Série B

O torcedor anda insatisfeito com o futebol apresentado pelo Criciúma, mas também sabe que o técnico Luiz Carlos Winck tirou a equipe do fantasma do rebaixamento. Mesmo com aproveitamento de 57%, Winck tem sido bastante criticado. Mostrou irritação com as cobranças na última entrevista coletiva, mas sem ser grosseiro com nenhuma colega de imprensa. O grupo de jogadores do Tigre pode lutar pela vitória hoje contra o Juventude e dedica-la ao próprio treinador. Winck tem "matado no peito" todas as críticas, sem nunca externar alguma insatisfação com a qualidade do elenco. Hoje é mais um jogo onde o que interessa são os três pontos. Mas essa política sustenta uma equipe no G-4 até a 38ª rodada? Dificilmente.

Time definido

O Tigre está definido com a seguinte escalação: Luiz; Diogo Mateus, Edson Borges, Diego Giaretta e Márcio Goiano; Jonatan Lima, Jocinei e Dodi; Jeferson, Lucão e Silvinho.

Menosprezo

Prestes a encarar o Botafogo, em jogo de ida das quartas-de-final da Copa Libertadores da América, o Grêmio deu uma tremenda vacilada na Série A. Perdeu para o Vasco e não aproveitou a derrota do Corinthians para se aproximar do líder. Com isso, a diferença permanece em sete pontos.

Agora é pra valer

O Grêmio terá agora que virar a chave para a Libertadores e esquecer a caça ao Corinthians. No duelo contra o Botafogo, o time de Renato Portaluppi é o favorito, mas o futebol prega algumas peças. O que vier para o Fogão é lucro. Teremos casa cheia amanhã no Nilton Santos.

Motivado

O Botafogo chega para o duelo contra o Grêmio motivado pela vitória no clássico contra o Flamengo. A parada por causa da Seleção foi bem aproveitada. A parte física está em dia. A promessa é de um jogo melhor do que os dois duelos eliminatórios contra o Flamengo pela Copa do Brasil.

Tava na cara

A demissão do técnico Vinicius Eutrópio estava anunciada na Chapecoense. Qualquer um imaginava que isso poderia acontecer, em virtude da sequência negativa de resultados. O clube catarinense ainda paga o preço pela demissão equivocada de Vagner Mancini.

Contrato renovado

A renovação de contrato com o técnico Claudinei Oliveira fez bem para o ambiente no Avaí, que aproveitou para vencer o Sport-PE, fora de casa. Agora fora do Z-4, o Leão da Ilha espera manter o embalo positivo na Série A. Ainda no campo das boas notícias, o meia Marquinhos Santos renovou vínculo até o final do ano que vem.

Clima esquentou

O ambiente no São Paulo não é dos melhores. As recentes cobranças de Rodrigo Caio em cima de Cueva não caíram bem no elenco tricolor. E o que preocupa mais é o fato de a equipe não consegue vencer. Time grande não cai? Esse era o discurso do Internacional no ano passado. O final dessa história nós sabemos como foi.

Destaque A Tribuna

A brasileira Amanda Nunes defendeu pela segunda vez o cinturão do peso-galo feminino, no último sábado, e superou Valentina Shevchenko, no UFC 215. Foi uma luta de cinco rounds com muito estudo e paciência. Ao final, Amanda Nunes foi decretada vencedora na decisão dividida dos juízes (47-48, 48-47 e 48-47), se mantendo no topo da divisão.

Nota Zero

O Sport Jaraguá vive uma grande crise financeira. A equipe participante da Série B não pagou a taxa de arbitragem do jogo contra o Hercílio Luz, na última rodada, e pode inclusive nem viajar para Concórdia, local do próximo jogo. A partida contra o líder do returno, marcada para amanhã, corre o risco de não acontecer. No caso, o Jaraguá perderia por W.O.

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 11/09/2017 - 08:40Atualizado em 16/09/2017 - 17:36

Irritado

A irritação do técnico Luiz Carlos Winck com as cobranças vai na contramão da realidade. O treinador deveria concordar que o Criciúma não está praticando um bom futebol. O Tigre sofre contra qualquer adversário e tem dependido muito das bolas paradas. A equipe carvoeira parou de evoluir e o treinador não está sabendo corrigir o que precisa. É óbvio que a pontuação atual é maior do que maioria projetava, após ter feito apenas um ponto em cinco rodadas, mas isso não tira a culpa do treinador pelo futebol pobre que a equipe tem praticado.

Insistência

A troca de esquema não dará a certeza de que o Criciúma irá evoluir ao ponto de brigar pela Série A, mas está mais do que provado que essa insistência em jogar com "três atacantes", não levará a equipe a lugar algum. A maneira que o time vem alcançando as vitórias, na base de muita força física e pouco futebol, não coloca o Tigre numa condição de lutar pelo acesso. A competição é longa e exige um melhor futebol para entrar no G-4.

Falta pouco

O futebol pouco criativo que o Tigre apresenta na Série B pode ser explicado pela falta de qualidade no elenco e por algumas decisões do treinador. Em meio a essa enxurrada de críticas, Winck precisa também comemorar o fato de estar somente a quatro vitórias de uma fuga matemática do rebaixamento. Qualquer prognóstico diferente no Majestoso é puro devaneio.

Equilíbrio

Sem duvida, essa é uma das edições da Série B mais equilibradas da história. O jogo do Criciúma contra o Luverdense-MT comprovou isso. O Tigre, que chegou aos 34 pontos, foi amplamente dominado pelo time mato-grossense, que tem 27 pontos. A competição está nivelada por baixo. Mesmo assim não há motivos suficientes para colocar o Tigre como postulante à uma das quatro vagas à Série A.

Fraquezas

A defesa do Criciúma foi morosa demais no gol do Luverdense-MT. Os defensores foram envolvidos com facilidade, apesar de não ter como negar os méritos do adversário. O Tigre continua sem conseguir criar jogadas e depende demais das faltas e escanteios. Os laterais continuam inoperantes em termos ofensivos. E mesmo assim, o esqueleto da equipe é o mesmo há 23 rodadas. Somente o Winck não concorda que outro esquema poderia ser testado. Tempo para fazê-lo, teve.

Substituição

Não acho que o técnico Winck "queimou" o meia João Henrique ao substituí-lo na metade do primeiro tempo. Se o jogador não produziu o que foi combinado nos treinos, está certo o treinador em sacá-lo. O que preocupa é o fato de o treinador te posicionado João Henrique no ataque, mais aberto pelo lado direito, e não ter cogitado a possibilidade de não dar certo com duas semanas de treino.

Criticado

A torcida anda na bronca com vários jogadores, especialmente do sistema defensivo. A bola da vez é o volante Jonatan Lima, que não caiu nas graças da massa carvoeira. Está longe de ser aquele "cão de guarda" que uma zaga precisa. Como Barreto também não vive uma boa fase, Winck fica sem muita escolha na primeira função do meio-campo.

Destaque A Tribuna

Em meio a tantas carências do Criciuma, o atacante Silvinho foi o grande nome diante do Luverdense-MT. Foi o jogador que mais procurou a partida, fez um belo cruzamento para o gol de Edson Borges e teve a felicidade de marcar o gol da vitória, após uma tabela com Moises. Silvinho alcançou a marca de sete gols. Tem muito a ajudar o Tigre no restante da Série B.

Nota Zero

Vai uma "Nota Zero" para o momento da entrevista coletiva onde o técnico Luiz Carlos Winck externou toda irritação com as cobranças e chegou a colocar o cargo à disposição. Mesmo que tenha sido da "boca pra fora", não é postura de um treinador perante ao grupo de jogadores. Winck não pode jogar a toalha. As críticas fazem parte do processo.

 

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 09/09/2017 - 20:17Atualizado em 18/09/2017 - 23:18

O Criciúma venceu o Luverdense-MT por 2 a 1, na tarde deste sábado, dia 9, no Heriberto Hülse, em jogo válido pela 23ª rodada da Série B. O Tigre mais uma vez ficou longe de agradar o torcedor. Nem mesmo a parada de duas semanas fez a equipe evoluir. A equipe carvoeira tem uma enorme dificuldade em criar oportunidades. Menos mal que teve um bom aproveitamento no ataque, convertendo em gols as poucas chances que teve.

Até a metade do segundo tempo, o Luverdense-MT foi superior ao Criciúma. O time de Júnior Rocha conseguia tocar mais a bola, envolvendo os donos da casa. O gol do Tigre só poderia sair de bola parada. Aos 14 minutos da etapa final, Edson Borges cabeceou no cantinho, após belo cruzamento de Silvinho. Mas após largar na frente, o Tigre ficou disperso na marcação e permitiu o empate da equipe visitante.

Aos 20 minutos, Marcos Aurélio fez uma linda troca de passes e bateu sem chances para o goleiro Luiz. Depois de empatar, o Luverdense-MT teve chance de virar a partida, mas não teve êxito. A velha máxima de que “a bola pune” veio à tona aos 37 minutos, quando Silvinho aproveitou um bonito passe de Moisés, para chutar no cantinho, colocando novamente o Tigre em vantagem.

Os quase quatro mil torcedores que foram ao Majestoso saíram com sentimentos distintos. Parte feliz pela vitória, mas outra parte preocupada com o desempenho do time, que foi dominado e sofreu pressão em grande parte do jogo. Torcedores chegaram a vaiar até no segundo tempo da partida.

Na transmissão do Futebol Som Maior, o atacante Silvinho foi efeito o melhor do jogo. Na próxima rodada, o Criciúma enfrenta o Juventude, na terça-feira, mais uma vez no Majestoso, 21h30. Nas contas para uma fuga do rebaixamento, o Tigre está a quatro vitórias da permanência. No momento, o Tigre é o sétimo colocado, com 34 pontos, distante somente três pontos do quarto colocado.

Na entrevista coletiva, o técnico Luiz Carlos Winck se mostrou bastante irritado com as cobranças e voltou a comparar a pontuação do Criciúma atualmente, com pontuação que ele pegou o time. Sobre o fato de ter sacado o meia João  Henrique antes do intervalo, Winck disse que o jogador não cumpriu aquilo que foi combinado durante os treinos, justificando a troca precoce. Winck se mostrou irritado ao ponto de dizer que o clube poderia demití-lo, caso quisesse: "Se quiserem me tirar, meu cargo está à disposição", reclamou.

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 08/09/2017 - 08:34Atualizado em 19/09/2017 - 16:42

Winck muda o Tigre

A entrada de João Henrique muda o jeito de jogar do Criciúma. O novo escolhido do técnico Luiz Carlos Winck vai jogar mais aberto pelo lado direito, cortando para o meio, abrindo espaço para o lateral-direito Diogo Mateus, que terá mais liberdade de subir do que Diego Giaretta. João Henrique também irá ajudar Dodi na armação, deixando a proteção de zaga com Ricardinho e Jonathan Lima. Sem Lucão, o Tigre perde um pouco de força ofensiva, mas ganha em velocidade com Kalil. Teremos um Tigre novo, e que terá de ter bastante paciência para vencer o jogo, pois sabemos que o Luverdense-MT virá fechado no sistema defensivo. Sem uma grande movimentação dos jogadores de meio e ataque, o Tigre continuará tendo dificuldades. Hoje acontece o último treino antes da partida deste sábado. A bola vai rolar às 16h30, com cobertura do Futebol Som Maior FM100,7, a partir das 15h.

Essa é a hora

Sabemos que o Criciúma precisa evoluir bastante para se consolidar na luta pelo acesso, mas há um componente muito importante para uma reviravolta na classificação: a confiança. O nível de confiança pode aumentar bastante caso a equipe carvoeira vença os próximos dois jogos em casa.

Chance de sair do Z-4

Exceto no começo quando figurou no G-4, o Figueirense tem jogado sempre pressionado pela zona de rebaixamento. Hoje, diante do Boa Esporte-MG, em solo mineiro, o time de Milton Cruz terá a chance de sair momentaneamente do Z-4, em caso de vitória. O Figueira foi beneficiado com o tropeço do Goiás, na quarta-feira. Se perder, as coisas complicam ainda mais, já que na próxima rodada o adversário será o Internacional, em Porto Alegre.

Clássico gaúcho

Antes de encarar o Criciúma, na próxima terça-feira, o Juventude terá pela frente o Internacional, no Jaconi. O clássico gaúcho será disputado neste sábado, às 16h30min. A promessa é de um bom jogo, em virtude da melhora do rendimento do Colorado e a necessidade de vencer dos donos da casa.

Curiosidade

Curiosamente, a retomada do Juventude em 2017 aconteceu justamente na estreia do técnico Gilmar Dal Pozzo, com a vitória sobre o próprio Internacional, ainda no Gauchão, com o gol através de um pênalti, mal marcado pelo árbitro Diego Real, mas que fez justiça à superioridade dos donos da casa naquela oportunidade. Será que o Ju vai barrar a ascensão do Colorado?

Recuperação

Roberto Fernandes tem conseguido deixar o Náutico competitivo. Depois que o treinador chegou, com a demissão do então comandante Beto Campos, o Timbu de Recife tem ensaiado uma bela recuperação na Série B. Já saiu da lanterna e está a cinco pontos de uma fuga do Z-4.

Mulher no apito

Uma mulher está escalada para apitar uma partida do Campeonato Alemão. Bibiana Steinhaus fará história neste domingo, ao se tornar a primeira mulher a arbitrar um jogo da elite alemã. A policial, de 38 anos, vai apitar o jogo entre Hertha Berlin e Werder Bremen.

Destaque A Tribuna

Destaque para a equipe "Pé na bola, cabeça na escola", de Criciúma, que irá participar do Campeonato Catarinense de Futebol Feminino. A estreia é no final de semana. As atletas que disputaram os Joguinhos Abertos pela cidade vão compor o elenco, que contará também com jogadoras mais experientes. A FME, Rogacionista e a Esucri são os grandes apoiadores. A equipe mandará os jogos no CT do Bairro Cristo Redentor. A média de idade é de 19 anos.

Nota Zero

Manipulação de resultados mexe com as Eliminatórias Africanas. O confronto entre África do Sul e Senegal, no dia 12 de novembro de 2016, válido pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, precisará ser disputada novamente, porque o árbitro do jogo, Jospeh Lamptey, acabou banido do futebol por manipulação de resultados. A seleção sul-africana se vê prejudicada pois venceu o jogo por 2 a 1, e diz que o árbitro punido não teve participação direta no resultado. Que fase!!

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 06/09/2017 - 08:33Atualizado em 17/09/2017 - 06:52

Ambição dita o nível do comprometimento

Caso a meta do Criciúma venha a ser somente a permanecia na Série B, não há o que reclamar da maneira que tudo está sendo conduzido no Tigre. Em termos de programação de treino e pontuação, tudo leva a crer que a equipe irá escapar sem sustos do rebaixamento. Mas se o clube pensar em acesso, o momento é esse. Era hora de um fato novo. Fazer diferente. Confesso que me intriga o nível técnico da competição, pois dificilmente teremos uma chance de subir como a desse ano. Um acerto aqui e outro ali, e o Tricolor poderá sonhar mais alto. É onde entra a minha maior indignação: o pouco comprometimento de alguns jogadores.

Falta de foco

A gente percebe pelas redes sociais, o quanto alguns atletas do Criciúma estão longe de um comprometimento ideal. Não me refiro do excesso de álcool. Não é somente a bebida que prejudica o desempenho físico dos atletas. Um jogador profissional que se preze, precisa ter disciplina, valorizar uma boa noite de sono. Se não preencher esses requisitos estará fadado ao insucesso e sujeito a sucessivas lesões. Estamos falando da premissa básica de um grupo vencedor: foco no trabalho.

Muita coisa mudou

O futebol realmente mudou e para pior. Mas a culpa não é dos fisiologistas ou preparadores. O fato é que os jogadores estão sempre muito blindados e protegidos. Quase nunca são levados à exaustão pela repetição. Percebemos isso no Criciúma há algum tempo. Essa aversão ao treino coletivo, seguindo uma tendência mundial, também incomoda. Não é somente com trabalho de campo reduzido que o Tigre irá evoluir e brigar definitivamente pelo acesso.

Fica uma pergunta no ar

É claro que não podemos generalizar. Não é todo o grupo do Criciúma que não está comprometido. Obviamente que nem toda a programação da comissão técnica está equivocada. Mesmo assim também fica uma pergunta no ar: porque os reservas jogaram ao invés dos titulares, contra o Atlético Tubarão?

Outra parada à vista

Depois de encarar o Luverdense-MT e o Juventude, o Criciúma terá mais um espaço de tempo razoável até o próximo jogo da Série B. Serão 11 dias até o duelo contra o CRB-AL, em Maceió. É o sonho de qualquer comissão técnica.

Brasil faz jogo seguro

Já com a primeira posição das Eliminatórias garantida, o Brasil enfrentou a Colômbia, em Barranquilla, e teve como grande adversário o forte calor. As altas temperaturas ditaram o ritmo da partida. Foi um jogo lento de ambas as equipes, mas que ganhou velocidade na etapa final, quando Tite colocou Philippe Coutinho e Gabriel Jesus. Os próprios donos da casa ficaram satisfeitos quando empataram a partida. Foi um empate que ficou de bom tamanho para os dois lados.

Marcelo e Casemiro fizeram falta

O Brasil de Tite tem alguns titulares incontestáveis. Dois deles fizeram bastante falta diante da Colômbia. Sem o lateral-esquerdo Marcelo e o volante Casemiro, o Brasil não teve o mesmo rendimento com Filipe Luís e Fernandinho. Mesmo assim foi importante para o técnico Tite fazer os testes necessários, visando a Copa do Mundo da Rússia. Cada vez mais fica evidente que o esquema preferido é o 4-1-4-1, a menos de um ano do Mundial.

Destaque A Tribuna

Temos muita gente séria trabalhando pelo esporte em Criciúma. Principalmente na formação dos atletas. Vimos recentemente a velocista Ana Cláudia Lemos voltar à Criciúma e não deixar de visitar os treinadores e amigos que a ajudaram a crescer no Atletismo. Ana atingiu o atual nível técnico graças ao trabalho feito pelos professores Carlos Roberto Bortolotto e Sandro Araújo. Sem falar nas outras modalidades. Pena que o prefeito não está nem aí para as competições da Fesporte.

Nota Zero

Foi uma "pelada". Em jogo isolado da 23ª rodada da Série B, Guarani e Vila Vova fizeram um jogo sofrível e ficaram no 0 a 0, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa. O resultado não mudou muita coisa na classificação. O Bugre subiu para a sétima posição, com 32 pontos, ainda a cinco pontos do quarto colocado. Já o Vila seguiu em terceiro lugar, com 39 pontos, dois a menos que o líder da competição.

 

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 05/09/2017 - 08:39Atualizado em 17/09/2017 - 02:14

Ansiedade para a volta

A quatro dias da retomada do Campeonato Brasileiro da Série B, cresce a ansiedade no torcedor do Criciúma. A grande expectativa da massa carvoeira é saber como o Tigre irá se comportar nas partidas contra o Luverdense-MT e Juventude, ambas no Majestoso. No total serão 18 dias desde o último duelo contra o América-MG. Duas vitórias podem colocar a equipe novamente perto do G-4. O jogo-treino contra o Atlético Tubarão serviu para confirmar que o meia Jeferson, recém-contratado pelo Tigre, prefere jogar no meio-campo, dividindo a função de armar a equipe com outro jogador. É mais uma situação que pode fazer com que o técnico Luiz Carlos Winck opte por um esquema com quatro jogadores no setor. Independentemente de esquema, o torcedor espera uma equipe vibrante e competitiva ao ponto de sair de campo com bons resultados.

Novo teste para a Seleção

Já garantida inclusive com a primeira posição das Eliminatórias, o Brasil encara a Colômbia, hoje à partir das 17h30min (horário de Brasília), em Barranquilha. As entradas de Tiago Silva e Filipe Luís, nas vagas de Miranda, machucado, e Marcelo, suspenso, não alteram a forma da equipe jogar. Talvez a equipe perca um pouco das investidas pelo lado esquerdo, afinal Marcelo é incomparável em termos ofensivos. Contudo, o jogo pode ser considerado um grande teste na medida que o adversário precisa da vitória.

Marcaram presença

Em clima de Seleção Brasileira, a galera do Urussanga Futebol Clube marcou presença no último jogo disputado em Porto Alegra, na bela Arena do Grêmio. Tivemos bastante torcedores da região carbonífera assistindo a vitória por 2 a 0 sobre o Equador. A turma do UFC não poderia ficar fora dessa.

Sonho realizado

Um sonho realizado. Esse é o sentimento do criciumense Natã dos Santos Lalau. O atleta criciumense passou a fazer parte do time de basquete da Layton Christian Academy, escola de ensino médio, que disputa os campeonatos de high school, no Estado de Utah, nos Estados Unidos. Nos próximos dois anos, o jogador vai morar e estudar na cidade de Layton, convivendo em casa de família com colegas de várias partes do mundo. Natã é filho do professor e pastor Antônio Luiz Lalau. Merece todo o sucesso!

Destaque A Tribuna

A chegada da seleção brasileira a Barranquilla, na Colômbia, foi tumultuada. Centenas de pessoas se aglomeraram em frente ao hotel e alguns tentaram invadir a área cercada por grades. Os seguranças da CBF e a polícia local tiveram trabalho para conter os fãs eufóricos. Em um ano, sob o comando do técnico Tite, o Brasil voltou a ser respeitado e admirado inclusive pelos adversários.

Nota Zero

O Bragantino vive uma fase horrível. O time paulista prestes a cair para a Série D do Campeonato Brasileiro, sendo uma queda vertiginosa, já que há alguns anos esteve participando da Série A. O Braga empatou com o Joinville em 1 a 1, em São Paulo, e só não caiu matematicamente porque o Macaé perdeu para o Mogi-Mirim por 3 a 0, também em solo paulista. Ao menos o nosso JEC não tem mais chances de queda.

 

 

 

 

 

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 04/09/2017 - 08:02Atualizado em 17/09/2017 - 07:58

Pintando novo titular

O meia Jeferson foi um dos destaques do Criciúma, no jogo-treino contra o Atlético Tubarão, disputado no sábado, no CT do Bairro Cristo Redentor. Jeferson pode estar cavando uma vaga entre os titulares do Tigre, diante do Luverdense-MT, no sábado, no Heriberto Hulse, em jogo válido pela 23ª rodada da Série B. O técnico Luiz Carlos Winck poderá armar a equipe com dois meias de armação. Fica então a expectativa sobre a postura que o treinador terá na retomada do Brasileiro: será que vai jogar no 4-4-2? Apostaria que sim.

Ânimos exaltados

Teve até empurra-empurra no jogo treino contra o Atlético Tubarão. Os jogadores do Criciúma estavam literalmente com ânimos exaltados. Isso comprovou um certo descontrole, mas também que a atividade foi levada a sério. O Tigre venceu a atividade por 2 a 1, com gols de Alex Maranhão e Moisés.

Dúvidas do comandante

Caso a ausência de Raphael Silva seja confirmada, não há dúvida na substituição. Nino será o companheiro de Edson Borges na zaga. A dúvida ronda o ataque. Sem Lucão, Winck vai dar nova oportunidade a Kalil? A resposta teremos nos trabalhos da semana.

Agora é com o "Rei do Acesso"

Depois da polêmica demissão do técnico Agnaldo Liz, o Hercílio Luz acertou a contratação de Paulo Sales, mais conhecido como o "Rei do Acesso" no futebol baiano. Segundo o jornalista Eduardo Ventura, o diretor Nazareno Silva vinha cobrando bastante do técnico Agnaldo e a relação entre os dois não estava das melhores. Com o mau começo no returno da Série B do Catarinense, ficou difícil a permanência.

Lisca Doido

Ainda no campo das demissões polêmicas, chamou a atenção a saída do técnico Lisca, do Paraná. Justamente às vésperas da semifinal da Primeira Liga e após eliminar o Flamengo nos pênaltis, a direção paranista tomou a decisão. Lisca teria trocado socos e insultos contra um diretor do clube. Fez jus ao apelido "Lisca Doido".

Hamilton é o novo líder

A temporada 2017 da Fórmula-1 tem um novo líder: o britânico Lewis Hamilton. O piloto da Mercedes venceu o tradicional GP de Monza, na Itália. O então líder, até a corrida de ontem, o italiano Sebastian Vettel, da Ferrari, ficou em terceiro lugar. Com isso, Hamilton abre três pontos para Vettel.

Ricciardo faz ótima prova

O australiano foi eleito o melhor piloto da prova, em virtude da excepcional corrida de recuperação. Largou em 16º lugar, chegou a pressionar Vettel, nas últimas voltas, mas acabou em quarto lugar. A próxima prova é em Cingapura, em 17 de setembro.

Destaque A Tribuna

Grande vitória do Grêmio diante do Sport-PE. Em ritmo de treino, o time de Renato Portaluppi aplicou 5 a 0, na Arena, em cima da equipe comandado por Vanderlei Luxemburgo. É muito difícil o time gaúcho alcançar o líder Corinthians, mas a goleada reascendeu uma esperança no torcedor tricolor.

Nota Zero

Definitivamente a Copa da Primeira Liga nasceu morta. A ideia de confrontar com a CBF não deu o resultado esperado. Parece difícil incluí-la no calendário do futebol brasileiro. Esse espaçamento de datas que houve da primeira fase às quartas-de-final, tirou completamente o interesse das principais equipes.

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 02/09/2017 - 09:06Atualizado em 19/09/2017 - 11:15

Jogo-treino do Tigre

O jogo-treino do Criciúma deste sábado contra o Atlético Tubarão servirá para o técnico Luiz Carlos Winck analisar alguns jogadores que não estão sendo muito utilizados na Série B. Mesmo com essa intenção, nomes como Jocinei, Alex Maranhão e Alisson Farias deverão estar em campo. A partida começa às 10h, no CT do Bairro Cristo Redentor. Estarei apresentando o Som Maior Esportes, ao lado do comentarista João Nassif, e informando o andamento da atividade. O programa inicia às 10h e vai até às 11h.

Demissão precipitada

Me pareceu precipitada a demissão do técnico Agnaldo Liz do Hercílio Luz. O time de Tubarão não faz um segundo turno dos sonhos, mas nem por isso vinha deixando de praticar um futebol "aceitável". O regulamento permitiu que o time afrouxasse no returno, depois do título do turno e vaga garantida na semifinal. A direção tubaronense não pensou assim, o que não é nenhuma novidade em nível de Brasil.

Jogo da vida

O Joinville já está em Bragança Paulista para o jogo mais importante da temporada. Contra o Bragantino, neste domingo, às 15h, o JEC não pensa em outro resultado que não seja a vitória. Um bom resultado afasta o perigo do rebaixamento, além de manter viva a esperança de acesso. O canal Esporte Interativo, da TV a Cabo, transmitirá o duelo.

Solta a bola, Neymar!

As individualidades não podem sobrepor o coletivo. Essa frase cabe perfeitamente à Neymar. O individualismo excessivo no primeiro tempo contra o Equador não deverá passar em branco com o técnico Tite. Neymar precisa entender que o Brasil tem mais chances, contra qualquer adversário, quando o jogo coletivo está aflorando.

Dor de cabeça

A mais nova "dor de cabeça" do técnico Tite é a utilização de Phillipe Coutinho mais recuado, armando o Brasil no 4-2-3-1. A atuação do atacante no segundo tempo contra o Equador comprova que a comissão técnica da Seleção Brasileira pode ter mais de uma alternativa de jogo. Contudo, o esquema de preferência ainda é o 4-1-4-1.

Que momento

Depois que Paulinho foi campeão mundial com o Corinthians, teve a negociação com o Chelsea da Inglaterra e logo depois um grande ponto de interrogação na carreira, em virtude do 7 a 1 contra a Alemanha. A ida para a China sinalizava que o jogador estava mais preocupado em ganhar dinheiro, mas as novas atuações com a Seleção de Tite, recolocaram o jogador na condição de um dos melhores do mundo na posição. O Barcelona que o diga.

Pinta de artilheiro

Com o técnico Tite, Paulinho é uma espécie de quarto atacante da Seleção. Virou artilheiro nato, sem medo de ser feliz. As investidas de Paulinho ao ataque são possíveis, graças a cobertura muito bem executada pelo companheiro de meio-campo, Casemiro. Sintonia pura na meia cancha brasileira.

Destaque A Tribuna

O Brasil não é uma equipe imbatível, mas sem dúvida tem o melhor treinador desde a época de Telê Santana. Isso dá uma garantia ao torcedor brasileiro de poder sonhar com o hexacampeonato mundial. A menos de 10 meses da Copa da Rússia, o time brasileiro é, sem duvida, um dos três favoritos. A esperança aumenta ainda mais pelo fato de ninguém estar na zona de conforto. Mérito total do técnico Tite, que já garantiu o Brasil na ponta das Eliminatórias. Valeu, professor!!

Nota Zero

Vai uma "Nota Zero" ao decepcionante público que compareceu na Arena do Grêmio, no jogo do Brasil contra o Equador, em Porto Alegre. Pouco menos de 37 mil pessoas viram a vitória do time de Tite sobre o Equador por 2 a 0. A justificativa pelo público ruim passa pelo preço "salgado" do ingresso. Teve ingresso custando R$ 400. Mancada da CBF!!

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 01/09/2017 - 11:26Atualizado em 09/09/2017 - 22:00

Tigre quer reforçar o ataque 

Depois de acertar uma contratação para o meio-campo, o Criciúma parte agora para o ataque. Insatisfeito com o desempenho dos atacantes, o clube pretende anunciar nos próximos dias a chegada de mais um jogador do setor. Depois de rechaçar o atacante Bernardo, ex-Vasco, o Tricolor teve outra negativa com um dos destaques da Série C. O atacante André Luiz, do Ypiranga de Erechim, está lesionado e a negociação não evoluiu da maneira que o Tigre pretendia. André Luiz é o artilheiro da Série C do Brasileirão, ao lado de Grampola, do JEC. Com isso, o Tigre ainda procura outro nome.

Confusão no anúncio 

Houve uma pequena polêmica na divulgação da venda do atacante Pedro Rocha ao Spartak Moscou da Rússia. Após publicar nota no site oficial e depois apagar, o Grêmio postou novamente um comunicado confirmando a negociação. Na publicação, o clube agradeceu a dedicação do jogador e lhe desejou êxito na carreira. 

Grêmio perde com negociação  

O Grêmio perde força ofensiva com a saída de Pedro Rocha. Justamente no momento mais importante da temporada, onde a equipe briga pelo título da Libertadores. Talvez o técnico Renato Gaúcho não consiga repor à altura, podendo sofrer como uma nova eliminação no mata-mata. Financeiramente, o Grêmio deverá embolsar boa parte dos R$ 12 milhões, valor total da negociação.  

Formato do Regional 

O Campeonato Regional da Larm começará nos dias 16 e 17 de setembro. Teremos dois grupos de cinco equipes, com o cruzamento das chaves, em turno único. As oito melhores equipes, independentemente da chave, se classificam para as quartas-de-final. O último colocado será rebaixado para a Segunda Divisão.

Preliminares 

Os jogos da Primeira Divisão terão as conhecidas preliminares. Sempre às 13h30min, serão disputadas as partidas da categoria Júnior. As equipes e a tabela serão as mesmas da Divisão Principal. 

 
Parajasc 
 
Os Jogos Paradesportivos de Santa Catarina 2017 serão disputados de 26 de setembro a 1º de outubro, em Criciúma. O Congresso Técnico já foi realizado, definindo os encaminhamentos que serão dados pela Fundação Municipal de Esportes. Toda parte de estrutura dos jogos e alojamentos das cidades já foram definidos. 
 
Muita grana 
 
A superluta entre Floyd Mayweather e Conor McGregor movimentou cifras impressionantes. A comissão atlética divulgou os valores dos salários recebidos pelos lutadores. O astro do boxe embolsou cerca de R$ 316 milhões, enquanto o irlandês faturou R$ 94,8 milhões.
 
Destaque A Tribuna 
 
Foi emocionante a benção do Papa Francisco, concedida aos jogadores da Chapecoense, que sobreviveram a tragédia do acidente aéreo do ano passado. Alan Ruschel e Jackson Follmann tiveram a oportunidade de conversar com o líder da Igreja Católica. Jogadores e parentes portavam fotos, e o Papa Francisco deu a benção às vítimas. A delegação, de cerca de 85 pessoas, presenteou o chefe de Estado com uma bola verde e branca, nas cores do clube catarinense.
 
Nota Zero 
 
O destaque negativo também fica por conta da Chapecoense. No mesmo dia da visita dos jogadores ao Papa Francisco, véspera do jogo contra a Roma, as viúvas e familiares dos jogadores e funcionários do clube, que morrem na tragédia, concederam uma entrevista à Reuters, dizendo que o clube catarinense e a empresa boliviana devem sérias explicações. As indenizações ainda não foram pagas. 
Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 01/09/2017 - 08:28Atualizado em 19/09/2017 - 23:30

Solta a bola, Neymar!

As individualidades não podem sobrepor o coletivo. Essa frase cabkke perfeitamente à Neymar. O individualismo excessivo no primeiro tempo contra o Equador não deverá passar em branco com o técnico Tite. Neymar precisa entender que o Brasil tem mais chances, contra qualquer adversário, quando o jogo coletivo está aflorando.

Dor de cabeça

A mais nova "dor de cabeça" do técnico Tite é a utilização de Phillipe Coutinho mais recuado, armando o Brasil no 4-2-3-1. A atuação do atacante no segundo tempo contra o Equador comprova que a comissão técnica da Seleção Brasileira pode ter mais de uma alternativa de jogo. Contudo, o esquema de preferência ainda é o 4-1-4-1.

Que momento

Depois que Paulinho foi campeão mundial com o Corinthians, teve a negociação com a Inglaterra e logo depois um grande ponto de interrogação na carreira, em virtude do 7 a 1 contra a Alemanha. A ida para a China sinalizava que o jogador estava mais preocupado em ganhar dinheiro, mas as novas atuações com a Seleção de Tite, recolocaram o jogador na condição de um dos melhores do mundo na posição. O Barcelona que o diga.

Pinta de artilheiro

Com o técnico Tite, Paulinho é uma espécie de quarto atacante da Seleção. Virou artilheiro nato, sem medo de ser feliz. As investidas de Paulinho ao ataque são possíveis, graças a cobertura muito bem executada pelo companheiro de meio-campo, Casemiro. Sintonia pura na meia cancha brasileira.

Destaque

O Brasil não é uma equipe imbatível, mas sem dúvida tem o melhor treinador desde a época de Telê Santana. Isso dá uma garantia ao torcedor brasileiro de poder sonhar com o hexacampeonato mundial. A menos de 10 meses da Copa da Rússia, o time brasileiro é, sem duvida, um dos três favoritos. A esperança aumenta ainda mais pelo fato de ninguém estar na zona de conforto. Mérito total do técnico Tite, que já garantiu o Brasil na ponta das Eliminatórias. Valeu, professor!!

Nota Zero

Vai uma "Nota Zero" ao decepcionante público que compareceu na Arena do Grêmio, no jogo do Brasil contra o Equador, em Porto Alegre. Pouco menos de 37 mil pessoas viram a vitória do time de Tite sobre o Equador por 2 a 0. A justificativa pelo público ruim passa pelo preço "salgado" do ingresso. Teve ingresso custando R$ 400. Mancada da CBF!!

 

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 31/08/2017 - 08:45Atualizado em 18/09/2017 - 00:23

Semana puxada no Tigre

O Criciúma tem focado a parte física ao longa da semana, em virtude do distanciamento até o próximo jogo na Série B. Critiquei aqui na coluna a folga dada aos jogadores no último final de semana, mas precisamos também elogiar a programação de treinos dessa semana. Ontem foram dois turnos e hoje um turno. Amanhã mais um dia de treinos em dois períodos e no sábado todo o grupo carvoeiro trabalha pela manhã. Somente no domingo haverá folga. O mais importante, nesse espaço até os duelos contra Luverdense-MT e Juventude, é os jogadores acreditarem numa ascensão na classificação e o técnico Luiz Carlos Winck achar o modo de o time evoluir. Lembrando que o problema não está no descanso, mas na maneira em que alguns jogadores utilizam a folga.

Brasil defende 100% com Tite

A expectativa é a melhor possível para o jogo da Seleção Brasileira, na noite de hoje contra o Equador, na Arena do Grêmio, pelas Eliminatórias da América do Sul. Desde que o técnico Tite assumiu o Brasil, a equipe não sabe o que é perder ou empatar em jogos da seletiva do Mundial. Penso que o time titular já está definido para a estreia do Mundial, restando apenas algumas vagas para fechar a convocação para a Rússia.

Time na ponta da língua

O mundo inteiro já sabe que o Brasil de Tite gosta de jogar no 4-1-4-1. Inclusive as peças do esquema estão praticamente definidas. A menos de 300 dias do Mundial, penso que o time titular não deverá fugir da seguinte escalação: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho e Renato Augusto; Philippe Coutinho, Gabriel Jesus e Neymar.

O ápice muito cedo

Nos últimos três mundiais, o Brasil sofreu por ter atingido o ápice muito cedo. Os títulos da Copa das Confederações prejudicaram a preparação. Com a Seleção de Tite está acontecendo praticamente a mesma coisa, porém não acredito que o treinador vá permitir uma queda na concentração e rendimento dos atletas. O discurso de que o grupo não está fechado fará com que os jogadores se dediquem cada vez mais.

Muito treino

É importante ressaltar que os resultados que o triatleta criciumense Artur Barcelos Henrique está alcançando são fruto de muito treino e persistência. Aos 26 anos, o triatleta do Clube Onlife Fitness e da Seleção Brasileira de Triathlon, está entre os 10 melhores do mundo da modalidade. Artur alcançou o 8º lugar, em Penticton, no Canadá, numa prova que envolvia 3km de natação, 120km de ciclismo e 30km de corrida. Haja fôlego!

Próximo desafio

O próximo compromisso do triatleta Artur Barcelos Henrique será no Challenge de Florianópolis. O evento está marcado para o dia 3 de dezembro. A preparação já começará no meio do mês de setembro, quando o triatleta retornar ao Brasil

Destaque A Tribuna

O adversário da Seleção Brasileira é especial para Gabriel Jesus. Foi contra o Equador, há um ano, que o centroavante fez a estreia pela Seleção Brasileira. O primeiro jogo teve um belo cartão de visita, com direito a dois belos gols, colaborando com a vitória por 3 a 0, em Quito. Foi também a primeira vitória da equipe sob o comando do técnico Tite.

Nota Zero

O torcedor do Criciúma segue tirando conclusões dos jogadores contratados antes mesmo da estreia deles. Foi assim com Lucão, e o resultado todos viram. Nem mesmo a experiência com o artilheiro da equipe na Série B fez o torcedor carvoeiro refletir e mudar a postura. Bastou a direção anunciar o meia Jeferson, de 23 anos, que as críticas já começaram nas redes sociais. É bom dar tempo ao tempo.

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 30/08/2017 - 07:41Atualizado em 17/09/2017 - 21:49

Golaço no mundo virtual

Está no ar desde ontem à tarde o novo site do Criciúma Esporte Clube. A Neuro Digital elaborou todo o layout e design do site. A última vez que o clube havia investido numa novidade do mundo virtual foi em 2012, quando na época lançava o então novo endereço. Agora repaginado, o www.criciumaec.com.br promete proporcionar uma bela ferramenta de informação e interação da massa carvoeira. Parabéns ao presidente Jaime Dal Farra e a gerente de marketing Viviane Olimpio, pela iniciativa de manter o clube atualizado no mundo digital. Muito bom!!

Ano "sabático"

A Chapecoense faz um amistoso contra a Roma, na Itália, na sexta-feira, às 15h45min (horário de Brasília). Somente três titulares viajaram com a delegação, em virtude da péssima fase na Série A. Será o terceiro compromisso na Europa em 2017. Antes os jogos foram contra Barcelona e Lyon, na Espanha e França, respectivamente.

Aquela cervejinha

O Estado do Paraná caminha para liberar a venda e o consumo de cerveja e chope nos estádios de futebol. O mesmo já é feito no Rio de Janeiro e na Bahia. O projeto que regulamenta a questão foi aprovado em primeiro turno. Foram 23 votos a favor, 16 contrários e uma abstenção. Eu particularmente acho um retrocesso vender álcool nos estádios.

Liberação próxima

A matéria seguirá agora para sanção ou veto do governador Beto Richa (PSDB). A expectativa é de que isso ocorra no máximo até semana que vem. A medida não inclui outras bebidas alcoólicas, como as destiladas ou fermentadas.

Caso de polícia

Após cumprir dois meses de pena por descumprir ordens judiciais durante a liberdade condicional, o jogador Jóbson, ex-Botafogo, foi liberado da prisão após pagar uma fiança de dez salários mínimos. O jogador estava encarcerado na cadeia pública de Colméia, no estado de Tocantins, acusado de estupro de vulnerável.

Punição

Jóbson não pode atuar profissionalmente até dia 31 de março de 2018, data que termina a suspensão pelo caso de doping. Quando atuava pelo Al Ittihad, em 2015, o clube árabe o denunciou por ter se recusado a fazer o exame antidoping. Desta maneira, a Federação Saudita acabou o proibindo de entrar em campo, o que foi acatado também pela FIFA.

Destaque A Tribuna

A possível venda do atacante Lucca para o Nantes da França, deve render cerca de R$ 4 milhões aos cofres do Criciúma Esporte Clube. Lucca evoluiu muito no Corinthians e agora na Ponte Preta se consolidou como um dos principais atacantes do Campeonato Brasileiro da Série A. Lucca merece toda a sorte do mundo!!

Nota Zero

O São Paulo vive um dos piores momentos da história. O Tricolor não tem uma equipe que mereça estar na zona de rebaixamento, mas tem deixado a desejar nos últimos jogos. Contra o Palmeiras, o time de Dorival Júnior chegou a criar algumas oportunidades, largou na frente do placar, mas acabou goleado. Hernanes tem jogado muito, mas uma andorinha sozinha não faz verão!!

 

« 1 2 3