Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Tabu a favor do Tigre. Em 14 jogos contra o Goiás no Majestoso, Tricolor nunca perdeu

Hegemonia do Criciúma contra o Esmeraldino será colocada a prova na Série B
Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 31/10/2018 - 10:05Atualizado em 31/10/2018 - 10:09

Tabu a favor

O Criciúma nunca perdeu para o Goiás em casa. Em 14 jogos disputados no Heriberto Hulse, o Tigre superou o Esmeraldino 12 vezes e empatou outros dois jogos. Essa é uma marca impressionante contra um adversário tradicional em nível nacional. Os dois times tiveram confrontos históricos no início da década de 90, válidos pela Copa do Brasil. Em 1990 o Goiás levou a melhor. No ano seguinte o Tigre se deu bem.

Tigre perdeu para o Goiás no jogo do turno (Foto: Carlos Duarte)

Maior goleada

A freguesia do Goiás vem desde 1988. E a pior derrota do time de Goiânia foi em 2004. Pelo Brasileirão daquele ano o Tigre goleou o adversário por 7 a 2. Mas aquele não foi um ano tão bom assim para o Tricolor, que acabou sendo rebaixado.

No Brasileirão...

O Palmeiras joga hoje pela Libertadores, contra o Boca Juniors, tenta o “milagre” da classificação, mas também está de olho no clássico de sábado pelo Brasileirão. O Palestra já vendeu 32 mil ingressos para o duelo contra o Santos, às 19h, no Allianz Parque.

Difícil

É difícil, mas não impossível. A missão do Palmeiras contra o Boca é complicada. Ter que fazer 3 a 0 ou 4 a 1 não é tão simples contra um dos adversários mais temidos da América do Sul. Não acredito que Felipão vá para o tudo ou nada logo de cara. Deve tentar um 2 a 0 e forçar os pênaltis. Serão mais de 38 mil palmeirenses no Allianz.

Punido

O técnico Guillermo Barros Schelotto não poderá dirigir o Boca Juniors à beira do gramado contra o Palmeiras. O atraso na volta para o segundo tempo no jogo de ida foi o motivo da suspensão da Conmebol.

Matemática

A matemática pra fugir do rebaixamento continua tomando conta dos times na Série A. A Chape está com 50,9% de chance de queda. Chama atenção às chances de Vasco e Botafogo: 35% e 36%, respectivamente.

Destaque A Tribuna

O técnico Fábio Carille, ex-Corinthians, está tendo um começo promissor no comando do Al-Wehda, da Arábia Saudita. O treinador está invicto desde a chegada. São quatro vitórias e três empates na competição local. Carille foi eleito pela organização da competição como o melhor treinador do mês de outubro.

Nota Zero

Crise no Galo. Depois da troca de treinador, a direção do Atlético-MG anunciou a demissão do diretor de futebol do clube, Alexandre Gallo. O coordenador das categorias de base, o ex-atacante Marques, ficará no cargo interinamente. O clube parece estar dominado pelas incertezas.

4oito

Deixe seu comentário