Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Depois do caso Marlon, mais demissões podem acontecer no Tigre

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 17/04/2018 - 10:13Atualizado em 17/04/2018 - 10:18

Reformulação no Tigre...

O Criciúma Esporte Clube está passando por uma forte mudança nos bastidores. Internamente, as novidades e os remanejamentos de função não param de acontecer. A saída de Emerson Almeida já vinha sendo estudada há tempos no Tigre, mas somente agora foi decretada oficialmente. O próprio Emerson também está com novos desafios e compromissos. Então uniu-se o útil ao agradável. As chegadas de Robson Izidro na superintendência e Gilson Pinheiro como vice-administrativo também fazem parte da nova maneira de gerir o Tigre. Isso só aconteceu graças ao pedido de ajuda do presidente Jaime Dal Farra, que sozinho não estava mais conseguindo lidar com as tarefas mais simples do dia-dia.

Robson Izidro  tem o papel de superintendente no Criciúma (Foto: Denis Luciano)

Poderes ao Nei

Há tempos que o papel de Emerson Almeida estava sendo questionado nos bastidores do Criciúma. Como o clube atualmente tem em Nei Pandolfo uma figura que sabe lidar com as tarefas do departamento de futebol, e já possui uma experiência no assunto, não havia motivos para ficar com dois profissionais de mesma função. Optou-se, acertadamente, pela efetivação de Nei Pandolfo como único homem do futebol do Tigre. O clube faz questão de lembrar que não procura um substituto para a vaga que era ocupada por Emerson.

Rumo ao profissionalismo

Dentro dessa nova estratégia de profissionalizar o futebol do Criciúma, o clube pode confirmar mais mudanças nos próximos dias. Esse equívoco em não saber da punição de Marlon, e o risco de uma punição que o clube correu, não foi bem recebido internamente no clube. Novas demissões poderão acontecer. O clube quer minimizar os erros.

Sem brincadeira

O Criciúma conta hoje com dois abnegados. Robson Izidro e Gilson Pinheiro estão no clube para simplesmente ajudar. Se veem capazes de auxiliar Dal Farra e estão literalmente arregaçando as mangas. Os dois não estão ali para brincadeiras. Querem um clube profissional em todos os departamentos. 

Algumas correções

A turma que coleciona camisas do Criciúma disse que não foi bem tratada no Tigre Festival. Se sentiram fora do processo. Fanáticos como Canella e o Luciano, entre outros, precisam fazer parte dos eventos deste tipo. São situações que podem ser aperfeiçoadas nas próximas edições do evento.

Destaque A Tribuna

O Avaí entra em campo amanhã pela Copa do Brasil, diante do Goiás, com a chance de alcançar vaga nas oitavas-de-final. O lucro com uma vitória pode ultrapassar R$ 4 milhões. O problema está na desvantagem do confronto. O Leão precisa vencer para eliminar os goianos. Novo empate leva a decisão para os pênaltis. Não há critério de gol qualificado na edição desse ano. Na Ressacada, Avaí e Goiás empatara em 2 a 2.

Nota Zero

A Uefa excluiu o Sion da Suíça das competições europeias por duas temporadas. O clube foi punido depois de violar as regras financeiras da entidade e terá que pagar uma multa de cerca de R$ 1 milhão. A infração do Sion foi uma dívida gerada por uma transferência de um jogador. O clube suíço ficou em débito de 950 mil euros com o Sochaux, o que não é permitido pela entidade. Até parece a Conmebol ou a CBF...

4oito

Deixe seu comentário