Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Pensando em 2019...

Criciúma negocia as permanências de Nei Pandolfo e Mazola Júnior
Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 27/11/2018 - 08:49Atualizado em 27/11/2018 - 08:52

Pensando em 2019...

Quem trouxe o técnico Mazola Júnior para o Criciúma foi o diretor-executivo Nei Pandolfo. Portanto, a permanência do treinador passa também pela manutenção do diretor. Isso ficou claro na última entrevista coletiva pós-jogo. O Tigre tem o desejo de contar com o treinador, mas parece que a tarefa não é tão simples assim. O planejamento está sendo discutido. Isso envolve condições de trabalho, quem fica e quem sai, principalmente no comando do futebol. Tudo isso vai pesar na escolha do treinador para o ano que vem. A situação carece de mais tempo para uma definição. Mas na medida que Mazola Júnior continua na região é um bom sinal para a permanência no Majestoso.

Pandolfo e Mazola podem continuar trabalho no ano que vem (Foto: Denis Luciano/ 4oito)

Título merecido

O Criciúma jogou como gente grande. Fez por merecer o título da Copa Sul Sub-19. Foi melhor que o Grêmio na disputa de dois jogos na decisão. Ontem, na Arena, abriu o placar numa bola parada e soube administrar o resultado. A goleada por 4 a 1, no jogo de ida, também deu uma boa condição ao Tricolor, que, mesmo com a derrota por 2 a 1, levantou a taça.

Boa escola

O gol do Criciúma ontem contra o Grêmio veio após uma cobrança de escanteio. A rede balançou depois de uma bela cabeçada do zagueiro Pedroso. A “escola” é boa com o profissional, afinal o Tigre teve nas bolas paradas a grande arma na Série B, especialmente com o volante Liel, artilheiro do time com oito gols.

Guerra nos bastidores

A disputa entre River Plate-ARG e Boca Juniors-ARG está nos bastidores. E o Boca parece estar disposto mesmo a ganhar título da Libertadores no tapetão. O Boca está baseado no artigo 18 da competição, o mesmo que enquadrou o time há três anos. Lembrando que o Mundial da FIFA começa no dia 18 de dezembro, e a competição precisa da definição o quanto antes do representante da América do Sul.

Handebol Feminino

A Associação Criciumense de Handebol Feminino (Acrihf), em pareceria com a Fundação Municipal de Esportes (FME), realizou no final de semana, a 1ª Copa Acrifh de Handebol Feminino 2018. O evento aconteceu no domingo, no Ginásio Municipal de Esportes de Criciúma. Além do time criciumense, que ganhou o evento, participaram outras quatro equipes: São José, Lages, Brusque e Florianópolis.

Missa cumprida

A sensação é de missão cumprida no Handebol de Criciúma. O ano de 2018 foi recheado de desafios. A modalidade está em boas mãos, nos dois naipes, com os técnicos Martinho e Luiz Carlos Vieira.

Destaque A Tribuna

A possibilidade concreta de um retorno do Araranguá agita os bastidores do futebol de Santa Catarina, especialmente no Sul do Estado. A direção do AEC fez o pedido junto à FCF e agora terá que cumprir as exigências impostas pela entidade máxima do futebol catarinense para poder ingressar no Campeonato Catarinense da Série C 2019.

Nota Zero

Uma das cenas mais lamentáveis do episódio envolvendo a torcida do River Plate-ARG, no dia do jogo contra o Boca Juniors-ARG, foi uma mãe tentando esconder sinalizadores na cintura de uma criança. Menos mal que ela foi presa pela polícia argentina ontem. Exemplo nada bom!

4oito

Deixe seu comentário