Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 22/04/2018 - 17:44Atualizado em 22/04/2018 - 18:57

O atacante Roger Guedes, ex-Criciúma, anotou um dos gols da vitória do Atlético Mineiro sobre o Vitória-BA por 2 a 1, neste domingo, dia 22, no Independência, em Minas Gerais, em jogo válido pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. Guedes anotou o segundo gol dos mineiros, aos 27 minutos da etapa final. O atacante revelado pelo Tigre vnha sofrendo uma pressão da torcida atleticana, após ter cometido um erro crucial na derrota do Galo para o Vasco na estreia. Mesmo assim, Guedes iniciou como titular neste domingo.

Guedes voltou a marcar pelo Galo (Foto: Jornal de Minas)

Róger Guedes não aparecia como titular desde o dia 14 de março, na derrota por 2 a 1 para o Figueirense, pela Copa do Brasil. Por sinal, na Copa do Brasil o Galo vai encarar a Chapecoense, com o jogo de volta em Chapecó, nas oitavas-de-final.

Róger Guedes não aparecia como titular desde o dia 14 de março, na derrota por 2 a 1 para o Figueirense, pela Copa do Brasil. Foi mais de um mês afastado, inclusive, em algumas oportunidades, o atacante nem sequer deixou o banco d... - Veja mais em https://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/brasileiro/serie-a/ultimas-noticias/2018/04/22/elias-e-barrado-no-atletico-mg-e-roger-guedes-retorna-ao-time-titular.htm?cmpid=copiaecola
Róger Guedes não aparecia como titular desde o dia 14 de março, na derrota por 2 a 1 para o Figueirense, pela Copa do Brasil. Foi mais de um mês afastado, inclusive, em algumas oportunidades, o atacante nem sequer deixou o banco d... - Veja mais em https://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/brasileiro/serie-a/ultimas-noticias/2018/04/22/elias-e-barrado-no-atletico-mg-e-roger-guedes-retorna-ao-time-titular.htm?cmpid=copiaecola
Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 22/04/2018 - 17:43Atualizado em 22/04/2018 - 18:09

O Internacional de Lages perdeu na estreia do Campeonato Brasileiro da Série D. Neste domingo, dia 22, o Leão Baio foi derrotado pelo Caxias-RS por 3 a 0, pelo grupo 15, em pleno estádio Vidal Ramos Júnior. Foi uma estreia decepcionante para a equipe lageana, que já havia amargado o rebaixamento no Campeonato Catarinense.

Inter de Lages perdeu para o Caxias em pleno estádio Vidal Ramos Júnior (Foto: Divulgação/Inter)

O time gaúcho venceu com certa facilidade, para satisfação do técnico Luiz Carlos Winck, ex-Tigre. O próximo jogo do Inter é no sábado, dia 28, contra o Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro. Já o Caxias pegará o Mirassol no domingo, dia 29, em casa.

Já no sábado, dia 21, o Brusque também perdeu na largada da competição. O Bruscão perdeu para o São José-RS por 1 a 0, no Passo D'Areia, em Porto Alegre, no grupo 17. Na próxima rodada, o time brusquense pega o Prudentópolis, no sábado, dia 21, em casa.

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 21/04/2018 - 23:53Atualizado em 22/04/2018 - 00:05

Sinal de alerta ligado no Majestoso

O Criciúma externou mais uma vez todas as fraquezas diante da Ponte Preta. A derrota por 1 a 0, justa por sinal, comprovou a limitação do elenco. O grupo é fraco para a disputa de uma competição do nível do Campeonato Brasileiro da Série B. Para piorar a situação, o técnico Argel Fucks, teimosamente, deixou Maílson em campo, mesmo com o atacante vindo de duas péssimas atuações. Sacar Nicolas para colocar Alex Maranhão também não deu certo. Depois houve a troca de Jean Mangabeira por Andrew. Argel tentou colocar o time para cima da Macaca e aproveitar o fato de estar com um jogador a mais em campo. Até o centroavante Zé Carlos, mesmo com toda limitação física, fez falta. O Criciúma tem que abrir o olho porque já soma duas derrotas. E para complicar ainda mais a situação, o próximo adversário é a Coritiba, um dos candidatos ao acesso. As duas derrotas deixaram o Tigre no Z-4.

Jejum de vitórias contra a Ponte Preta aumenta para 12 jogos (Foto: Ghuilherm Hahn)

Argel ponderado

Argel Fucks está diferente. Ao menos foi essa impressão deixada com as últimas entrevistas coletivas pós-jogos do Criciúma. Depois daquele jogo onde o treinador fez severas críticas a Elvis e Lucas Coelho, parece que houve uma mudança de atitude do treinador. Após o revés de sábado, Argel evitou falar da arbitragem, mesmo com um lance polêmico que poderia gerado o empate do Tigre. Argel também admitiu que o Tricolor foi inferior aos paulistas no primeiro tempo. É isso aí Argel. O torcedor está cansado de mentiras e de profissionais que fogem das responsabilidades. O treinador sofreu a quarta derrota em 11 jogos nesta terceira passagem pelo Tricolor.

Argel Fucks tem cinco vitórias, dois empates e quatro derrotas no Tigre (Foto: Caio Marcelo)

Liel faz boa estreia

Liel é um volante lento. O problema não está nele. O que complica é colocar outro volante lento para jogar do lado dele. Barreto não pode ser o parceiro na proteção da zaga. Argel precisa rever essa situação que está ficando crônica no Tigre. A situação tende a piorar com a saída de Dodi. O Tigre precisa de um meio mais leve que faça a bola chegar no ataque, sem depender tanto das faltas próximas a área.

Liel foi um dos destaques do Criciúma contra a Ponte Preta (Foto: Guilherme Hahn)

Chuveirinho

Zé Carlos deve voltar no jogo de sexta-feira, contra o Coritiba, em Curitiba. E com isso o “chuveirinho” também deverá voltar. O problema é que Zé Carlos está saindo demais da área. Não precisa buscar tanto a bola no meio-campo. O lugar do Zé é na área, esperando uma oportunidade. Ali ele é matador. É isso que o torcedor espera dele.

Destaque A Tribuna

Mais de 52 mil pessoas assistiram a despedida do goleiro Júlio Cesar dos gramados. Foi uma noite especial para o arqueiro que teve uma carreira bonita, marcada por glórias, mas também fracassos como o 7 a 1 contra a Alemanha e a eliminação na Copa da África, diante da Holanda. Júlio estava com a cabeça boa. Realizou um sonho e foi ovacionado pela apaixonada torcida flamenguista. Nada melhor que uma despedida com uma vitória por 2 a 0 diante do América-MG, e ainda no Maracanã. Valeu, Júlio!!

Nota Zero

Foi uma apresentação lastimável. Quem viu o segundo jogo do Joinville na Série C ficou ainda mais preocupado com a sequência. Foi derrotado por 3 a 0 diante do Tombense, em Minas Gerais, que mostra a fragilidade na parte defensiva do JEC. Vida dura para o time do norte, que também possui um elenco limitado. Terá que suar a camisa para brigar por uma das quatro vagas à próxima fase da competição. Ano passado já brigou contra um descenso para a Série D. Um time da tradição do JEC não pode correr esse mesmo risco em 2018!!

 

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 21/04/2018 - 21:36Atualizado em 22/04/2018 - 00:22

A noite foi infeliz em relação ao resultado dentro de campo, mas também é preciso salientar a linda homenagem que o Criciúma Esporte Clube fez ao atacante Soares, que faleceu no domingo passado em São Paulo. Antes de a bola rolar, no jogo em que o Tigre perdeu para a Ponte Preta por 1 a 0, a viúva do goleiro Alexandre Pandóssio, e os ex-jogadores e campeões da Copa do Brasil como o capitão Itá, o lateral Sandro, o zagueiros Vilmar, Altair e Sílvio Criciúma, o atacante Everaldo, entre outros, conduziram uma faixa homenageando o segundo maior artilheiro da história do Tricolor. 

Homenagem emocionou quem compareceu ao Majestoso (Foto: Divulgação/ Criciúma)

O público total no Majestoso foi de 2.747 torcedores. Todos, sem duvida, se emocionaram com a bela atitude da direção do Tigre.

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 20/04/2018 - 17:51Atualizado em 20/04/2018 - 18:12

O Criciúma não vence a Ponte Preta, adversária deste sábado, dia 21, em jogo válido pela segunda rodada da Série B, há 14 temporadas. Foi na Série A de 2004 a última vitória do Tigre sobre a Macaca. Por sinal, o Tricolor é um grande freguês. O time catarinense conquistou somente outra vitória, que foi em 2003, também na Série A. O jejum catarinense é de 11 jogos.

Último jogo entre Tigre e Ponte Preta terminou empatado (Foto: Fernando Ribeiro)

No total foram 15 jogos, com duas vitórias do Tigre, quatro empates e nove vitórias do time paulista.

No Heriberto Hülse, foram oito jogos até agora, com duas vitórias do Tricolor, dois empates e quatro vitórias da Macaca.

A última vez que o Tigre enfrentou a Ponte foi no Brasileirão de 2013, e o técnico era Argel Fucks. Naquela oportunidade, Marlon e Fábio Ferreira atuaram como titulares. Ambos compõe o grupo carvoeiro hoje.

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 20/04/2018 - 13:11Atualizado em 20/04/2018 - 13:13

Ouça o Debate Aberto da Som Maior FM100,7, desta sexta-feira, dia 20. Participaram do programa os seguintes debatedores: Marco Búrigo, Ney Lopes, Sarandi, Waldeci Rampinelli e Fabrício Schambeck.

O programa tratou da expectativa em relação a estreia do Criciúma em casa na Série B.

 

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 19/04/2018 - 13:13Atualizado em 19/04/2018 - 13:14

Ouça o Debate Aberto da Som Maior FM100,7, desta quinta-feira, dia 19. Participaram do programa os seguintes debatedores: Marco Búrigo, Chico Baltazar, Jonathas Roberge, Márcio Campos Neves e Fernanda Zampoli.

Em pauta: Eleições 2018 e o Tigre com Dodi de saída.

 

 

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 19/04/2018 - 00:43Atualizado em 19/04/2018 - 00:51

Depois de 21 anos, o atacante Magno Alves, de 42 anos, terá uma nova chance no futebol de Santa Catarina. Após defender o Tigre, no final da década de 90, o jogador terá a missão de tentar levar o Atlético Tubarão à Série C do Brasileiro. O experiente jogador foi anunciado como reforço do Peixe nesta quarta-feira. O Peixe estreia na Série D no domingo, às 16 horas, em casa, contra o Cianorte-PR. Na  sequência, o time tubaronense enfrentará a Ferroviária-SP e o Novo Hamburgo-RS. É um dos grupos mais equilibrados da competição. O time de Waguinho Dias precisa ficar entre os dois primeiros para avançar a próxima fase.

Magno Alves disputará a Série D pelo Atlético Tubarão (Foto: Divulgação/ Atlético Tubarão)

Lembro do Magnata chegando no Criciúma em 1997. Naquele ano, infelizmente para o torcedor carvoeiro, o Tigre acabou caindo para a Série B do Brasileiro. Ficou a impressão na época que Magno Alves chegou tarde. Caso tivesse chegado mais cedo, o Tricolor dificilmente cairia. Magno disputou 14 jogos pelo Tigre e marcou oito gols.
 

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 19/04/2018 - 00:39Atualizado em 19/04/2018 - 01:17

Dois adversários do Criciúma na Série B estão garantidos nas oitavas-de-final da Copa do Brasil. A Ponte Preta, que joga sábado no Heriberto Hülse, eliminou o Náutico-PE, enquanto o Goiás despachou o Avaí. A Macaca perdeu por 1 a 0, em Recife, depois de ter vencido na ida por 3 a 0, em Campinas. Já o Goiás bateu o Avaí por 2 a 0, em Goiânia. Ambos embolsam mais de R$ 4 milhões na competição nacional, o que deverá ajudar na montagem das equipes no período de contratações para o restante da Segundona.

Prestes a pegar o Tigre, em jogo válido pela segunda rodada da Série B, a Ponte Preta, do técnico Doriva, usou a força máxima diante dos pernambucanos. A equipe paulista usou a seguinte formação em Recife: Ivan; Igor, Renan Fonseca, Reynaldo e Marciel; Nathan, Paulinho e Lucas Mineiro (Tiago Real); Felipe Saraiva (Júnior Santos), Orinho e Felippe Cardoso (Tony).

Ponte Preta eliminou o Náutico na quarta fase da Copa do Brasil (Foto: Voz de Pernambuco)

O Atlético-MG eliminou o Ferroviário-CE e também avançou na competição. Outras duas equipes irão garantir vaga nas oitavas-de-final nesta quinta-feira, e irão se juntar aos times brasileiros que disputaram a Libertadores da América, além dos últimos campeões da Série B, Copa Verde e Copa Nordeste. O sorteio dos confrontos das oitavas acontece nesta sexta-feira.

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 18/04/2018 - 23:54Atualizado em 19/04/2018 - 01:12

O Água Verde de Pescaria Brava não concordou com a eliminação devido a irregularidades na documentação de jogadores e recorreu ao TJD. Como o Tribunal não tem previsão para efetuar o julgamento, a competição segue com apenas três, das quatro semifinais definidas, e com a rodada do final de semana cancelada.

Nas semifinais, um confronto entre equipes da LARM, o que garante a presença de pelo menos um representante da entidade nas finais da competição. Turvo x Metropolitano se enfrentarão em dois jogos, sendo o primeiro em Turvo e o segundo em Nova Veneza.

Metrô é o grande favorito ao título da Copa Sul (Foto: Larm)

O Araranguá também avançou para as semifinais da competição, onde teria como o adversário o vencedor do confronto entre Santos Salvan x Ouro Negro, que ainda não disputaram as duas partidas das quartas-de-final do Copa Sul dos Campeões. Especialistas apontam que as chances de o Água Verde reverter a situação são pequenas. Mesmo assim a competição deverá ficar até duas semanas paralisada.

 

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 18/04/2018 - 13:19Atualizado em 18/04/2018 - 13:27

Ouça o Debate Aberto da Som Maior FM100,7, desta quarta-feira, dia 18. Participaram do programa os seguintes debatedores: Marco Búrigo, Coronel Cabral, Joni Márcio, Claiton Pacheco e Sarandi.

O programa sobre o estacionamento rotativo em Criciúma e Içara, ainda a repercussão da pesquisa IPC, contratada pelo Rádio Som Maior e Jornal A Tribuna. Além do Tigre com Denis Luciano.

 

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 18/04/2018 - 00:41Atualizado em 18/04/2018 - 00:46

“Lesões marcadas”

Jogadores como Zé Carlos, Fábio Ferreira, Eltinho, entre outros, eram “cartas marcadas” no departamento médico. Não precisava ser nenhum expert na parte fisiológica para prever que jogador sem ritmo de jogo, que pouco atuou durante um ano, que não vinha sendo aproveitado nas últimas equipes, logo iria sofrer com lesões musculares. E todos citados acima acabaram sofrendo com isso. Eltinho será inclusive emprestado a outro clube, enquanto Fábio e Zé ficam fora por mais um tempo, desfalcando Argel. É muita incompetência dentro de um mesmo planejamento.

Zé do Gol estava visivelmente "andando" em campo nos últimos jogos (Foto: Fernando Ribeiro)

Ataque fica enfraquecido

Com Zé estava ruim, em virtude da má condição física. Mas sem ele fica pior ainda. Quem escala o Tigre é o técnico Argel Fucks. Mas entre as opções que estão aí, o novato do elenco, Nicolas, poderia ganhar uma chance. Seria uma novidade, comparando com Kalil e Lucas Coelho, que o torcedor carvoeiro já conhecem bem.

Maratona

O Grêmio pode enfrentar uma maratona nas próximas semanas. O sorteio das oitavas-de-final da Copa do Brasil, marcado para sexta-feira, já deve programar mais um desafio de mata-mata para a próxima semana. Sem contar os desafios seguintes da Libertadores e do próprio Brasileiro. Haja fôlego. Pelo menos haverá uma parada para a Copa do Mundo.

Grêmio de Geromel é a grande esperança do Brasil (Foto:Jorge Adorno)

Sorrateiro

 

O time de Renato Portaluppi vai chegando mansamente em todas as competições que disputa. Foi assim no Gauchão e na Recopa. E agora pode ser também na Libertadores, até porque o Tricolor é apenas o segundo colocado do grupo, atrás do Cerro Portenho do Paraguai. Vai jogando para o gasto, mas crescendo nos momentos certos.

Cancelado

A WSL anunciou o cancelamento da etapa de Margaret River, na Austrália, do Circuito Mundial. A decisão foi tomada como medida de segurança aos surfistas por conta de ataques de tubarões nas proximidades do local de disputa da competição. A WSL ainda não definiu como fará com o sistema de pontuação da etapa.

Destaque A Tribuna

Surpresa na França. O modesto Les Herbiers, da Terceira Divisão, conseguiu um fato inédito ao alcançar vaga na final da Copa da França. A equipe da Série C bateu o Chambly, da mesma divisão, por 2 a 0, no jogo de volta da semifinal. Agora, a equipe da acanhada cidade de Veendée, vai brigar pelo título inédito do evento, podendo ser a grande zebra da temporada europeia. A zebra francesa nos faz lembrar o Criciúma, que, no início da década de 90, foi a primeira grande surpresa em nível nacional na América do Sul.

Nota Zero

A CBF é uma verdadeira máfia. Numa manobra ilegal, ainda em 2017, mudou, sem convocar os clubes, o sistema de votação para a eleição do presidente. Foi um "jeitinho" que fez Rogério Caboclo ser eleito e ficar garantido no cargo até 2022. O deputado federal, Otavio Leite (PSDB-RJ), afirma que a eleição de Caboclo à presidência da CBF, é ilegal. Mas será que vão ter força para impugnar a votação? Que nada. As Federações estão “jogando o jogo” e vida que segue.

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 17/04/2018 - 13:20Atualizado em 17/04/2018 - 13:42

Ouça o Debate Aberto da Som Maior FM100,7, desta terça-feira, dia 17. Participaram do programa os seguintes debatedores: Marco Búrigo, Jonathas Roberge, Dr. Anderlei Antonelli, Delegado Márcio Campos Neves, Fabrício Schambeck e Renato Rampinelli.

Em pauta: Pesquisa IPC divulgada hoje na Som Maior.

 

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 17/04/2018 - 10:13Atualizado em 17/04/2018 - 10:18

Reformulação no Tigre...

O Criciúma Esporte Clube está passando por uma forte mudança nos bastidores. Internamente, as novidades e os remanejamentos de função não param de acontecer. A saída de Emerson Almeida já vinha sendo estudada há tempos no Tigre, mas somente agora foi decretada oficialmente. O próprio Emerson também está com novos desafios e compromissos. Então uniu-se o útil ao agradável. As chegadas de Robson Izidro na superintendência e Gilson Pinheiro como vice-administrativo também fazem parte da nova maneira de gerir o Tigre. Isso só aconteceu graças ao pedido de ajuda do presidente Jaime Dal Farra, que sozinho não estava mais conseguindo lidar com as tarefas mais simples do dia-dia.

Robson Izidro  tem o papel de superintendente no Criciúma (Foto: Denis Luciano)

Poderes ao Nei

Há tempos que o papel de Emerson Almeida estava sendo questionado nos bastidores do Criciúma. Como o clube atualmente tem em Nei Pandolfo uma figura que sabe lidar com as tarefas do departamento de futebol, e já possui uma experiência no assunto, não havia motivos para ficar com dois profissionais de mesma função. Optou-se, acertadamente, pela efetivação de Nei Pandolfo como único homem do futebol do Tigre. O clube faz questão de lembrar que não procura um substituto para a vaga que era ocupada por Emerson.

Rumo ao profissionalismo

Dentro dessa nova estratégia de profissionalizar o futebol do Criciúma, o clube pode confirmar mais mudanças nos próximos dias. Esse equívoco em não saber da punição de Marlon, e o risco de uma punição que o clube correu, não foi bem recebido internamente no clube. Novas demissões poderão acontecer. O clube quer minimizar os erros.

Sem brincadeira

O Criciúma conta hoje com dois abnegados. Robson Izidro e Gilson Pinheiro estão no clube para simplesmente ajudar. Se veem capazes de auxiliar Dal Farra e estão literalmente arregaçando as mangas. Os dois não estão ali para brincadeiras. Querem um clube profissional em todos os departamentos. 

Algumas correções

A turma que coleciona camisas do Criciúma disse que não foi bem tratada no Tigre Festival. Se sentiram fora do processo. Fanáticos como Canella e o Luciano, entre outros, precisam fazer parte dos eventos deste tipo. São situações que podem ser aperfeiçoadas nas próximas edições do evento.

Destaque A Tribuna

O Avaí entra em campo amanhã pela Copa do Brasil, diante do Goiás, com a chance de alcançar vaga nas oitavas-de-final. O lucro com uma vitória pode ultrapassar R$ 4 milhões. O problema está na desvantagem do confronto. O Leão precisa vencer para eliminar os goianos. Novo empate leva a decisão para os pênaltis. Não há critério de gol qualificado na edição desse ano. Na Ressacada, Avaí e Goiás empatara em 2 a 2.

Nota Zero

A Uefa excluiu o Sion da Suíça das competições europeias por duas temporadas. O clube foi punido depois de violar as regras financeiras da entidade e terá que pagar uma multa de cerca de R$ 1 milhão. A infração do Sion foi uma dívida gerada por uma transferência de um jogador. O clube suíço ficou em débito de 950 mil euros com o Sochaux, o que não é permitido pela entidade. Até parece a Conmebol ou a CBF...

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 16/04/2018 - 13:18Atualizado em 16/04/2018 - 13:19

Ouça o Debate Aberto da Som Maior FM100,7, desta segunda-feira, dia 16. Participaram do programa os seguintes debatedores: Marco Búrigo, Denis Luciano, Sarandi, Itá e João Pedro Hermann.

Os debatedores registraram a morte do atacante Soares, o segundo maior artilheiro da história do Criciúma. A estreia do Tigre na "B" também foi pauta.

O repórter Denis Luciano esteve no estúdio e trouxe as informações do Criciúma, que avaliou positivamente a realização do Tigre Festival.

 

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 16/04/2018 - 11:03Atualizado em 16/04/2018 - 11:06

O objetivo é errar menos

A volta de Marlon dará mais segurança ao técnico Argel Fucks, mas obviamente não é garantia de vitória diante da Ponte Preta. O jogo de sábado, no Heriberto Hulse, terá o encontro de dois times que perderam na estreia da Serie B. O que ameniza a pressão na Macaca é a boa fase na Copa do Brasil, embora também desgaste mais elenco devido às viagens. O Tigre tem que errar menos. Isso é consenso no Majestoso. Diminuindo as falhas o Tricolor poderá comemorar a primeira vitória contra os paulistas.

Marlon volta diante da Ponte Preta (Foto: Fernando Ribeiro)



Começou bem

Jogou para o gasto. Esse foi o resumo do Joinville na estreia da Série C. A imprensa do Norte do Estado não se empolgou com a impressão do começo do campeonato, mas avalia também como importante começar com uma vitória. O 1 a 0 sobre o Ypiranga-RS precisa ser comemorado. O próximo jogo é sábado, contra a Tombense-MG, fora de casa.

Série D

O Campeonato Brasileiro da Série D começa no próximo final de semana. São três times catarinenses: Atlético Tubarão, Brusque e Inter de Lages. Há uma grande expectativa em cima do Peixe. O projeto em Tubarão é colocar a equipe na Série B até 2025. Alguém duvida?

De olho no holandês

A turma forte da F-1 está de olho no holandês Verstappen, depois da colisão em Vettel, no GP da China. A lambança do piloto holandês gerou uma punição que resultou em cinco pontos negativos para Verstappen na classificação. O diretor de provas Charlie Withing afirmou que espera uma melhora na conduta do piloto da RBR, de apenas 20 anos.

Vettel na ponta

Após três provas na temporada 2018, o alemão Vettel da Ferrari lidera o Mundial de F-1, com 54 pontos. São nove pontos de vantagem sobre o britânico Hamilton, da Mercedes. O finlandês Bottas, também da Mercedes, está em terceiro com 40 pontos. A próxima prova é no Azerbaijão, em 29 de abril.

Água Verde

O Água Verde de Pescaria Brava não desistiu da vaga na Copa Sul dos Campeões. Vai recorrer até onde puder pois não se vê culpado no processo. Na verdade é um conjunto de erros. São equívocos do próprio time pescariano bravense e da Liga do Mampituba que deixa a competição paralisada pelo atraso no julgamento.

Destaque A Tribuna

Beto Cachoeira vive uma ótima fase na Copa Sul dos Campeões. O artilheiro do Metropolitano já anotou 12 gols em quatro jogos. Tem gente que anda pedindo nos bastidores a ida de Beto para o Tigre. Calma, gente. Amador é amador. O nível técnico é muito diferente. Sem falar da parte física. Muita calma nessa hora.

Nota Zero

Desde que chegou a elite do futebol brasileiro, a Chapecoense não havia feito um tempo de jogo tão ruim. A etapa final de Curitiba, na estreia contra o Atlético Paranaense, ficou abaixo da crítica. Foi uma Chape perdida em campo, com falhas infantis e sofrendo cinco gols em 45 minutos. Somente a largada da Série A comprovou o quanto era ruim nível técnico do Catarinense. Abre o olho, Chape!

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 15/04/2018 - 17:06Atualizado em 15/04/2018 - 17:17

Prevaleceu o maior investimento do Metropolitano e a maior organização diante do Caravággio, no Clássico da Polenta, pela Copa Sul dos Campeões. O Vermelhão, que investiu R$ 8 mil a mais que adversário, aplicou 7 a 1, no Darci Marini, fechando a disputa em 9 a 2 no agregado. Méritos do competente técnico Jean Reis. E um problemão para Luiz Gonzaga Milioli que fica pressionado no cargo após uma eliminação humilhante contra o principal rival. E o que falar do atacante Beto Cachoeira? Fez mais quatro gols. Tem 12 em quatro jogos. Impressionante!!

Metropolitano atropelou o Caravággio no jogo de volta no Darci Marini (Foto: Larm)

Na semifinal, o Metrô encara agora o Turvo, ainda sem datas definidas.

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 15/04/2018 - 15:43Atualizado em 15/04/2018 - 16:39

Soares chegou ao Criciúma na temporada de 1989. O centroavante já tinha fama de matador. Vinha de duas temporadas no futebol paulista, com passagens por Santos e Mogi-Mirim. Ao chegar no Tigre teve que brigar pela titularidade com Chicão e Jorge Veras. Não demorou muito ganhou a titularidade. Só foi balançar as redes no oitavo jogo com a camisa tricolor. Ao iniciar o clássico contra o Próspera, no Heriberto Hülse, Soares fez um dos gols na vitória por 2 a 0. O capitão Itá fez o outro gol do Tigre. Era a primeira oportunidade que Soares ganhava como titular. 

Ao todo foram seis temporadas no Majestoso, com cinco títulos, sendo quatro pelo Campeonato Catarinense e um da Copa do Brasil. Na campanha do título da Copa do Brasil, Soares fez apenas dois gols. Ambos nos duelos contra o Remo. O primeiro na vitória de Belém do Pará e o segundo no jogo de volta no Majestoso, quando o Tigre venceu por 2 a 0.

Na campanha do titulo de 1989, Soares fez seis gols. Naquele mesmo ano, no Brasileiro da Série B, fez outros quatro gols, totalizando 10 gols na primeira temporada. Em 1990 foram mais 21 gols. Outros 20 gols em 1991. E mais 22 gols em 1992. O gol mais importante foi nas quartas-de-final da Libertadores contra o São Paulo, quando aos 9 minutos abriu o placar, levando a torcida do Tigre a loucura. 

Soares fez o gol no jogo da eliminação da Libertadores (Foto: OM) 

Em 1993 Soares sofreu com uma série de lesões e fez apenas 8 gols, conquistando o quarto título do Campeonato Catarinense, fazendo trio de ataque com Dauri e André Carpes. No segundo semestre foi para o Palmeiras.  Voltou ao Tigre em 1994 para ser vice-campeão catarinense. O último tento de Soares pelo Tigre foi na goleada diante do Sport-PE por 5 a 0, pelo Campeonato Brasileiro. 

Soares faleceu aos 54 anos. Completaria 55 anos nesta segunda-feira. O Criciúma Esporte Clube decretou lutou oficial.

Tags: Soares Tigre

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 15/04/2018 - 15:23Atualizado em 15/04/2018 - 15:36

Soares foi o maior centroavante da história do Criciúma. O time do céu agora conta com três integrantes daquele que foi o maior esquadrão da história carvoeira. Depois do goleiro Alexandre e do atacante Adilson Gomes, foi a vez de morrer do melhor camisa 9 em todos os tempos no Majestoso. O segundo maior artilheiro do Tigre nos deixou precocemente, aos 55 anos, na manhã deste domingo.

Soares disputou 271 jogos com a camisa tricolor, com 133 vitórias, 81 empates e 57 derrotas. Anotou 82 gols, ficando a dois gols de Vanderlei, o maior artilheiro do clube. 

Soares no trabalho de aquecimento para o treino do Tigre no final da década de 80 (Foto: Ulisses Job)

Recentemente, concedeu uma entrevista à Rádio Som Maior FM100,7, e demonstrava estar feliz em Fernandópolis, no Estado de São Paulo, onde morava. O torcedor carvoeiro nunca esquecerá das cabeçadas certeiras e dos belos gols do artilheiro nato tricolor. Vá com Deus, Soares!! 
 

Tags: Soares Criciúma

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 15/04/2018 - 15:13Atualizado em 15/04/2018 - 15:22

Culpa de quem? 

É natural tentarmos depositar a culpa de uma derrota em determinado jogador ou num lance de uma partida. O primeiro revés do Tigre na Série B teve o garoto Andrew como grande pivô. O atacante, que jogou mais uma vez improvisado na lateral, perdeu uma bola dominada no campo de defesa, possibilitando o gol de empate do Atlético de Goiás, que mais tarde seria determinante para uma virada. Andrew também falhou no segundo gol ao não conseguir rifar uma bola do sistema defensivo. A furada custou o segundo gol do time goiano. Mas teve a falha também do goleiro Luiz, que não conseguiu segurar um chute despretensioso. Argel também apontou outro culpado: a arbitragem. O treinador viu pênalti num dos ataques do Tigre na etapa final. Em resumo, foram erros normais e naturais de uma estreia, mas que não poderão ser repetidos ao longo da competição.

Tigre perdeu para o Atlético de Goiás por 3 a 2 no Estádio Olímpico (Foto: Esporte Goiano) 

Maior erro 

É fácil crucificar Andrew. Ele perdeu uma bola fácil. Furou feio em outro lance. Não tem cacoete de lateral marcador. Foi o mesmo Andrew improvisado do Catarinense, mas com uma dificuldade maior pelo fato de ter do outro lado um adversário de Série B. Mas o grande erro mesmo do Tigre esteve nos bastidores. Como pode o departamento jurídico do Criciúma não perceber que Marlon estava suspenso desde a época do Brasil de Pelotas? Erro infantil. 

Dividir a culpa 

Essa culpa por não perceber a suspensão e permitir que a comissão técnica trabalhasse a semana inteira com Marlon entre os titulares, precisa ser dividida entre o Criciúma e as pessoas que cuidam da carreira do jogador. Ninguém sabia da punição? Nenhum empresário ou agente? O jogador não informou ao clube? São dúvidas que precisam ser dirimidas internamente. Esse é um assunto para Nei Pandolfo e Emerson Almeida tratarem com o presidente Jaime Dal Farra. 

Consequências 

Essa falha na comunicação entre o Criciúma, Marlon e o Brasil-Pe foi amenizada com a comunicação da CBF, afinal o Tigre foi literalmente “salvo pelo gongo”. Se não tivesse o aviso da entidade, o Tigre corria o risco de perder pontos de maneira infantil. Acabou não conquistando nada também dentro de campo, mas com Marlon entre os titulares a história do jogo poderia ter sido outra. 

Ninguém veio pra resolver? 

O Criciúma poderia ter iniciado a Série B com duas novidades: o volante Liel e o atacante Nicolas. Mas somente Nicolas jogou, e entrando na etapa final. É natural esse cuidado do técnico Argel em colocar os novatos, mas será que nenhuma contratação veio pra resolver o problema do time? É outro questionamento que ronda a cabeça do torcedor carvoeiro. Cadê os reforços? Cadê?

Andando em campo 

O Criciúma foi intenso nos primeiros 40 minutos da estreia do Brasileiro, mas somente um destoou em campo: o atacante Zé Carlos. Um dos mais carismáticos jogadores do Tigre está literalmente “andando em campo”. É visível que Zé está se poupando para poder suportar os 70 e tantos minutos de contrato. Mailson e João Paulo tentam correr por ele, mas a situação não anda fácil para “Zé do Gol”. Os 35 anos estão literalmente pesando. 

Destaque A Tribuna 

O Grêmio começou bem o Brasileiro da Série A. Boa vitoria diante do Cruzeiro, no Mineirão. Foi a revanche da semifinal da Copa do Brasil do ano passado. Um bom resultado que anima o grupo gremista para o próximo desafio da Copa Libertadores da América. Outro detalhe interessante é o atacante André ter deixado o gol dele logo na rodada inaugural. É mais um atleta que poderá se reabilitar no time gaúcho. 

Nota Zero 

O Água Verde foi eliminado no julgamento da Liga do Mampituba, organizadora da Copa Sul dos Campeões. Com isso, o Santos Salvan será o adversário do Ouro Negro de Forquilhinha. Ainda cabe recurso ao Água Verde, mas não deverá mudar o resultado do julgamento. Uma pena a competição ter ficado paralisada e prejudicada por erros de clubes e da própria Liga organizadora que atrasou na marcação do julgamento. 
 

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13