Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 21/08/2017 - 08:12Atualizado em 21/08/2017 - 08:15

Winck preocupado

O técnico Luiz Carlos Winck foi entrevistado na Rádio Som Maior FM100,7. O treinador não escondeu o fato de estar preocupado com a queda de rendimento de alguns jogadores, mas também salientou que a situação atual do Tigre é melhor do que aquela que ele encontrou. É importante o técnico manter o otimismo, mas a comissão técnica precisa compreender que o time parou de evoluir e alguma coisa precisa ser feita, urgentemente. Pensar em acesso está virando cada vez mais utopia, em virtude do futebol apresentado pela equipe. Para os menos ambiciosos, faltam apenas cinco vitórias para escapar da degola. Apenas ficar na Série B seria um desfecho melancólico em virtude da expectativa que foi criada pela melhora da equipe na classificação, após aquele começo horroroso com quatro derrotas em cinco jogos.

Convicção ou teimosia?

O técnico do Tigre considera a formação de um quadrado no meio-campo, com dois volantes e dois meias, ultrapassada no futebol atual. Disse ainda que dificilmente irá mudar o esquema tático. Isso me deixou também preocupado, pois considero Winck um profissional bastante inteligente. O treinador já teve muitas provas de que o esquema atual está falindo. As dificuldades são enormes contra equipes mais fechadas. Seria convicção ou teimosia?

Pressão no comandante

É claro que o técnico do Tigre não muda o esquema por ter uma convicção. Não seria por pura e simples teimosia. É aí que mora o grande problema. Na maioria das vezes o técnico paga um preço muito caro por confiar nas próprias convicções. A corda sempre começa a ruir do lado mais fraco. Não estou falando em demissão, mas a falta de um plano B pode fazer o Tigre cair ainda mais na classificação, aumentando a pressão e a desconfiança sob a comissão técnica. Ironia ou não, a mesma comissão que tirou a equipe do fundo do poço.

Osso duro

O adversário de amanhã do Criciúma é considerado aquele “osso duro de roer”. O América-MG é o time mais organizado da Série B. Vive o melhor momento da competição, ao lado do Internacional. É difícil apostar que o Criciúma irá fazer um “crime” diante dos mineiros. Mas como a equipe carvoeira tem colhido melhores resultados contra equipes que buscam mais o jogo, dando mais espaço, não custa nada sonhar com a quarta vitória longe de casa.

Último invicto

Caiu o último invicto do Campeonato Brasileiro da Série A. O Corinthians perdeu pela primeira vez na competição, quebrando uma série invicta de 34 jogos na temporada. A derrota por 1 a 0 diante do Vitória-BA, em plena Arena Itaquera, não chega a tirar o sossego do líder do Brasileirão, mas mostra que nenhum time é imbatível. E o Mancini, hein? Está provando ainda mais que a demissão da Chape foi precipitada.

Internacional único campeão invicto

Com o revés do Timão, o Internacional de Porto Alegre segue sendo o único time do país a ser campeão brasileiro invicto. Em 1979, o time gaúcho foi campeão com 15 vitórias e sete empates, sem nenhum tropeço. Foram 40 gols marcados e 13 sofridos.

Irretocável

O Brasil foi campeão no Sul-americano de Vôlei Feminino, na Colômbia. Foi o 20º título das brasileiras, sendo o 12º consecutivo. Na final, o time de Zé Roberto Guimarães venceu as donas casa por 3 sets a 0. Em cinco jogos, o Brasil não perdeu nenhum set sequer.

Destaque A Tribuna

A primeira derrota do Corinthians fez o Brasil lembrar daquele Internacional de 1979. O Colorado era comandado por Ênio Andrade e teve na final contra o Vasco, no Beira-Rio, a seguinte formação: Benítez; João Carlos, Mauro Pastor, Mauro Galvão, Cláudio Mineiro; Batista, Falcão, Jair; Valdomiro, Bira e Mário Sérgio.

Nota Zero

O atacante Sassá teve o nome envolvido em mais uma confusão. Mesmo com pouco tempo de Cruzeiro, o jogador já teve problemas na noite de Minas Gerais. O professor Caio Luiz, de 34 anos, prestou queixa contra o jogador. O professor garante que recebeu agressões verbais e foi atingido, junto com a namorada, por um copo de uísque arremessado pelos amigos do atleta, numa boate na capital mineira.

 

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 19/08/2017 - 18:26Atualizado em 19/08/2017 - 18:36

Caiu o último invicto do Campeonato Brasileiro da Série A. O Corinthians perdeu pela primeira vez na competição, quebrando uma série invicta de 34 jogos na temporada. A derrota por 1 a 0 diante do Vitória-BA, hoje em plena Arena Itaquera, não chega a tirar o sossego do líder do Brasileirão, mas mostra que nenhum time é imbatível.

O Grêmio, vice-líder, pode diminuir para cinco pontos a diferença, caso vença o Atlético-PR, amanhã, às 11h, na Arena em Porto Alegre. O Corinthians tem um jogo atrasado, que será disputado na quarta-feira, dia 23, contra a Chapecoense, na Arena Condá.

Com isso, o Internacional de Porto Alegre segue sendo o único time do país a ser campeão brasileiro invicto. Em 1979 foram 22 jogos disputados, com 15 vitórias e sete empates. No total foram 40 gols marcados e 13 sofridos.

O Colorado era comandado por Ênio Andrade e teve na final contra o Vasco, no Beira-Rio, na vitória por 2 a 1, a seguinte formação: Benítez; João Carlos, Mauro Pastor, Mauro Galvão, Cláudio Mineiro; Batista, Falcão, Jair; Valdomiro, Bira e Mário Sérgio. 

 

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 19/08/2017 - 13:41Atualizado em 19/08/2017 - 14:04

Foi uma sábado especial na minha trajetória no rádio. Iniciei hoje na Rádio Som Maior FM100,7 um projeto interessante: apresentar ao lado de João Nassif, o Som Maior Esportes. O programa terá uma hora de duração, sempre das 10h às 11h. Digo que foi especial, porque realmente foi. O Nassiffaz lembrar o meu começo na profissão. Em 2002, quando recebia a primiera chance do Adelor Lessa, na época na Rádio Eldorado, tive a oportunidade de trabalhar com grandes nomes do rádio esportivo catarinense, entre eles o Jotha Del Fabro, atual narrador e repórter policial da Som Maior e o próprio Nassif.

O "Bigode" foi o primeiro coordenador de esportes a me dar um programa. Eu apresentava um programa diário, das 12h às 12h30, o Jornal dos Esportes, ao lado de Luiz Fernando Siqueira, o Pelotinha. Mas num certo dia ele me disse: "acho que já está na hora de você apresentar sozinho". Eu não tinha nem seis meses de rádio, mas até hoje, já com 16 anos de profissão, nunca me esqueci daquela oportunidade. Nassif foi corajoso, afinal eu tinha apenas 18 anos e carrevaga comigo muita vontade de trabalhar, mas nada de experiência.

O tempo passou e eu já tive inúmeras passagens com o Nassif, inclusive na própria Som Maior há alguns anos. Ainda no começo da carreira produzia um programa diário que ele apresentava. Foram momentos que aprovetei para extrair o máximo de experiência possível e seguir minha trajetória. Antes de trabalhar efetivamente no rádio, lembro bem do Nassif na TV Eldorado. O admiravo pela riqueza de informação que ele tinha e ainda tem.

Então recebo a oportunidade de apresentar o Som Maior Esportes, ao lado dele, com muito orgulho e ansiedade para que dê tudo certo. Hoje o programa largou bem. Enrevistamos o técnico Luiz Carlos Winck, entre outras atrações. Recebemos as boas vindas do Adelor Lessa, Arthur Lessa, Mano Dal Ponte, que também são responsáveis pela retomada do programa na grade da emissora.

Valeu Nassif, estamos juntos!!

 

 

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 19/08/2017 - 13:37Atualizado em 19/08/2017 - 13:40

Futebol pobre e apatia atrapalham o Criciúma

Foi mais uma noite de um futebol pobre, sem criatividade. O Criciúma esbarra sempre na falta de qualidade e na insistência de um esquema que parece não deixar o time produzir ao ponto de convencer na Série B. No jogo dessa sexta-feira, o Tigre ficou apenas no empate contra o Oeste-SP em 1 a 1, no Heriberto Hulse, em jogo válido pela 21ª rodada. A apatia também prejudicou o time de Luiz Carlos Winck. A preocupação aumenta ainda mais pelo fato de o time ter ficado 10 dias sem jogar e não ter conseguido agradar aqueles torcedores que foram ao Majestoso. O gol do Tricolor veio com Diego Giaretta, numa cobrança de falta que a bola desviou na barreira. Mais uma obra do acaso. Mas a história não teve final feliz, pois Mazinho aproveitou o vacilo do volante Barreto e deixou tudo igual. Foi o segundo jogo seguido em casa sem vitória. Com 30 pontos, na oitava posição, o Tigre pode ficar a quatro ou a cinco pontos do G-4. A combinação pode levar a equipe ainda a 11ª colocação. O próximo jogo é contra o América-MG, na terça-feira, dia 22, às 21h30, no Independência. Será que vem um crime lá em Minas Gerais? Desse jeito, difícil de acreditar.

Como voltará a Chape?
 
Depois dos compromissos fora do país, a Chapecoense volta ao Brasil com a dura missão de sair da zona de rebaixamento da Série A. Logo de cara o Verdão terá o Palmeiras, no domingo, às 19h, em São Paulo. Depois é o Corinthians, na quarta-feira, em Chapecó. É bronca hein!!
 
Decisão no Municipal
 
Estabelecer favorito, probabilidade de um lado ou de outro. São projeções naturais no Municipal de Criciúma, mas sabemos que quando a bola rolar o equilíbrio prevalecerá. Neste sábado, o Vila Zuleima e Boa Vista, às 15h, no campo do Sete de Setembro. Já no domingo, no mesmo horário, no campo do Boa Vista, o Colorado encara o Comunidade.
 
Final do Sub-16
 
A final da categoria sub-16 do Campeonato Municipal de Criciúma, entre Boa Vista e Metropol, será disputada na preliminar da final da categoria adulta, no dia 26 ou 27.
 
Mata-mata
 
O Juazeirense-BA recebe o Globo-RN, no sábado, enquanto o Atlético-AC encara o Operário-PR, no domingo. São os jogos de ida da semifinal do Campeonato Brasileiro da Série D. Os quatro times estarão na Série C do ano que vem.
 
Campeões da Sinuca
 
Foi realizada na quinta-feira a grande final do Campeonato Municipal Snooker Regra Inglesa. Na Série Especial, o Ademir superou o Debona, enquanto na Série A a vitória foi de Vitor Souza sobre Cristian de Bona. Na Série B, Xabá derrotou Juninho. Parabéns ao Mampituba por sediar as finais do evento.
 
Destaque A Tribuna
 
Destaque para o programa que começo a fazer a partir deste sábado, ao lado do João Nassif, na Rádio Som Maior FM100,7. Será o Som Maior Esportes, mesclando informação, entrevista e opinião, das 10h às 11h. O convidado deste sábado é o técnico Luiz Carlos Winck.
 
Nota Zero
 
O Botafogo anunciou o prejuízo que teve com as 94 cadeiras quebradas no espaço destinado a torcida do Flamengo, no clássico da Copa diz Brasil, no Nilton Santos: R$ 23.500. O rubro-negro já garantiu que arcará.
Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 18/08/2017 - 22:34Atualizado em 18/08/2017 - 22:39

O Criciúma esbarra sempre na falta de qualidade e na insistência de um esquema que parece não deixar o time produzir ao ponto de convencer na Série B.

No jogo dessa sexta-feira, o Tigre ficou apenas no empate contra o Oeste-SP em 1 a 1, no Heriberto Hulse, em jogo válido pela 21ª rodada.

A apatia também prejudicou o time de Luiz Carlos Winck. A preocupação aumenta ainda mais pelo fato de o time ter ficado 10 dias sem jogar e não ter conseguido agradar aqueles torcedores que foram ao Majestoso.

O gol do Tricolor veio com Diego Giaretta, numa cobrança de falta que a bola desviou na barreira. Mais uma obra do acaso. Mas a história não teve final feliz, pois Mazinho aproveitou o vacilo do volante Barreto e deixou tudo igual.

Foi o segundo jogo seguido em casa sem vitória. Com 30 pontos, na oitava posição, o Tigre pode ficar a quatro ou a cinco pontos do G-4. A combinação pode levar a equipe ainda a 11ª colocação.

O próximo jogo é contra o América-MG, na terça-feira, dia 22, às 21h30, no Independência. Será que vem um crime lá em Minas Gerais? Desse jeito, difícil de acreditar.

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 18/08/2017 - 07:59Atualizado em 18/08/2017 - 08:13

O Criciúma está definido pelo técnico Luiz Carlos Winck para o jogo de hoje contra o Oeste-SP: Luiz; Maicon Silva, Nino, Édson Borges e Diego Giaretta; Barreto, Ricardinho e Alex Maranhão; Caio Rangel, Lucão e Silvinho. Também foram os seguintes jogadores relacionados: Édson, Diogo Mateus, Ianson, Jonatan Lima, Caíque, Erick Flores, João Henrique, Andrew, Kalil, Alisson Farias, Moisés e Pitbull. Em oitavo lugar na Série B, o Tigre precisa vencer para ficar a dois pontos do quarto colocado. Winck ainda não pode contar com o zagueiro Raphael Silva, o lateral-esquerdo Márcio Goiano e o meia Dodi.

A transmissão do Futebol Som Maior - Uma sintonia, várias emoções - começa às 19 horas, com o Arena Som Maior, com a apresentação de Marco Búrigo, comentários de João Nassif, que estreia na jornada esportiva, Sarandi e João Pedro Hermann, reportagens de Elias Pavani e Décio Batista. A Pity Bútrigo é a repórter da galera. A bola rola às 20h30, mas o narrador Jotha Del Fabro, o Garganta Emoção, assume o comando da trasnmissão, direto da cabine Alexandre Pandósio, às 20h15.

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 18/08/2017 - 07:02Atualizado em 18/08/2017 - 07:05

Vencer ou vencer

Com três jogos em casa, nas próximas quatro rodadas da Série B, o Criciúma precisa de mobilização total para esse momento da competição. Se alcançar 10 pontos, nos jogos contra o Oeste-SP, América-MG, Luverdense-MT e Juventude, o Tigre estará novamente vivo na luta pelo G-4. É claro que a equipe carvoeira ainda está atras de ajustes, mas as chances de evoluir numa boa colocação na tabela aumentarão no Majestoso. É importante frisar que faltam cinco vitórias para escapar do rebaixamento e 11 bons resultados para o acesso. A partida de hoje começa às 20h30, mas a transmissão do Futebol Som Maior inicia as 19h. Estaremos juntos no FM100,7!

Nem volta pra casa

Depois de uma excursão de quase duas semanas com jogos na Espanha, França e Japão, a Chapecoense fez escala em Dubai-EAU e volta ao Brasil na tarde de ontem. Mas o time Catarinense não volta à Chapecó. A delegação permanece na capital paulista, onde encara o Palmeiras, no domingo, 19h, no primeiro jogo do returno da Série A.

Sem Neymar

Bastou a decisão da Supercopa da Espanha, contra o Real Madrid, para o Barcelona ter a certeza de que terá muito trabalho sem o atacante Neymar. O Barça tinha achado uma maneira de jogar com o brasileiro, que servia bastante os companheiros de ataque. A pressão é enorme no clube da Catalunha.

Sobrou para o Paulinho

Em meio à instabilidade que vive o Barcelona, com a saída de Neymar, sobrou até para o volante brasileiro Paulinho. O jogador da Seleção Brasileira foi recebido com contrariedade por parte da torcida, que ainda espera reforços de um quilate maior, após a negociação de Ney.

Batalha Fitness

A expectativa é grande entre as academias de Criciúma. Mais de 350 atletas e praticantes de esportes estarão reunidos no final de semana para mais uma edição da Batalha Fitness. O evento acontece no Nações Shopping, no sábado e domingo e é aberto ao público. As inscrições foram encerradas ontem.

Atividade física é sinônimo de vida saudável

A Batalha Fitness foi criada com o objetivo de fomentar e incentivar a prática de atividades físicas, gerando saúde e qualidade de vida a população. As equipes da Top Studio e Sparta, entre outras, prometem lutar pela vitória.

Destaque A Tribuna

Destaque para o trabalho da gerente comercial do Tigre, Viviani Olimpio. Com todo o esforço, Vivi tentou me explicar que o clube faz diversas promoções para lotar o Majestoso, embora não esteja conseguindo colocar sequer 3 mil torcedores. A gerente ressaltou que a iniciativa de proporcionar a entrada gratuita das crianças, até 12 anos, é uma maneira de fidelizar os jovens torcedores.

Nota Zero

O árbitro Anderson Daronco exagerou nas duas expulsões do jogo entre Botafogo e Flamengo, pela semifinal da Copa do Brasil 2017. O lance envolvendo o goleiro Muralha, do Flamengo, e o zagueiro Carli, do Botafogo, poderia perfeitamente ter passado em branco. O árbitro gaúcho prejudicou as duas equipes, que perderam jogadores importantes para a sequência da competição.

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 17/08/2017 - 07:18

Pela primeira vez desde que chegou ao Criciúma no final do mês de maio, o técnico Luiz Carlos Winck fez um treino com portões fechados no Heriberto Hulse. Talvez seja pelo fato de o técnico Roberto Cavalo, comandante do Oeste (SP), conhecer bastante o Tigre.

É compreensível o receio do treinador, mas convenhamos que será difícil esconder o jogo. A não ser que o técnico do time carvoeiro vá escalar uma formação totalmente nova ou com uma mudança drástica de esquema. Porém, não é isso que deve acontecer. Winck deve começar a partida com Alex Maranhão no meio-campo, sem alteração da linha de frente, com a manutenção dos três atacantes: Caio Rangel, Lucão e Silvinho. Será que vem alguma jogada ensaiada?

Sobre o preço promocional para o jogo de amanhã, é importante fazer uma correção: o valor será R$ 25 e não R$ 30 como citei ontem. Notamos um esforço do clube em abrir os portões para crianças até 12 anos, mas ainda continuo achando muito tímida as promoções da gestão Dal Farra. Assim como foi na era Angeloni. O Criciúma precisa ser mais "simpático" e isso passa por uma mensalidade ou preço de ingresso mais em conta.

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 17/08/2017 - 07:08

Atual campeã do Grand Prix, a Seleção Brasileira Feminina de Vôlei estreou no Sul-Americano, na cidade de Cali, na Colômbia, sem qualquer dificuldade. A equipe comandada pelo técnico José Roberto Guimarães derrotou a Argentina por 3 sets a 0, com parciais de 25/21, 25/15 e 25/15. Foi teoricamente o jogo mais difícil das brasileiras.

Hegemonia total

Incrível a maneira que a renovação vai sendo feita na Seleção, sem perda de qualidade. O Brasil venceu o Chile ontem também por 3 sets a 0. As meninas ainda vão enfrentar Peru e Colômbia. Para se ter uma ideia da facilidade que o Brasil deverá encontrar em Cali, o time nacional não perde um set sequer em jogos pelo Sul-Americano desde 1999.

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 14/08/2017 - 08:59Atualizado em 14/08/2017 - 09:05

A expectativa é de uma semana de treinamento puxado no Criciúma, afinal o grupo de jogadores ganhou uma folga de dois dias e meio. O descanso começou na tarde da sexta-feira, e passou pelo sábado e domingo. O técnico Luiz Carlos Winck precisa usar o tempo para corrigir várias situações, principalmente na defesa e na ligação do meio com o ataque. Com esses ajustes e contando com as voltas de Raphael Silva, Dodi e Lucão, o Tigre tem grandes chances de uma nova aproximação ao G-4 da Série B. Atualmente o Tricolor está em sexto lugar, a cinco pontos do quarto colocado.

criciuma treino resenha silvinho dodi

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 13/08/2017 - 16:05Atualizado em 14/08/2017 - 09:07

Usain Bolt, o Raio, pendurou as sapatilhas no sábado, ao disputar a última prova da carreira, no Mundial de Londres. O jamaicano lesionou-se e não conseguiu acabar a última corrida da carreira, nos últimos 100 metros, referentes à prova dos 4×100 metros. Bolt sentiu fortes câimbras e não ultrapassou a linha de chegada. Foi o último ato do maior de todos os tempos.

Números impressionantes

Em Mundiais, Bolt teve 14 pódios. Subiu no lugar mais alto 11 vezes. Foi na edição de Berlim, na estreia na prova mais nobre do Atletismo, que selou o recorde mundial, com 9s58, vigente até hoje. Agora em Londres, Bolt só conseguiu um bronze, justamente nos 100 metros.

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 12/08/2017 - 08:50Atualizado em 14/08/2017 - 08:54

Apesar de não concordar com a folga geral dada ao elenco do Criciúma, neste sábado e domingo, preciso parabenizar a iniciativa do departamento de futebol em oportunizar aos jogadores que pouco vem atuando, um jogo-treino contra o Real Sport Club-RS, de Capão da Canoa. Foi uma movimentação bastante interessante. Importante para dar ritmo de jogo para jogadores como Erick Flores, Caique Valdivia e Ianson. Esses três tem potencial para poderem ser melhor aproveitados. Após o descanso do final de semana, o técnico Luiz Carlos Winck começará na segunda-feira, o trabalho mais intenso e voltado ao jogo contra o Oeste-SP. Tem que haver uma grande mobilização para esse jogo, afinal uma vitória poderá deixar o Tigre na cola do G-4.

Jogadores do Tigre treinando no campo sintetico

E as câimbras?
Até agora ninguém conseguiu dar uma explicação sobre os inúmeros casos de câimbras no Criciúma. Tem sido cada vez mais corriqueiro nos jogos da Série B. Se o departamento físico do Tigre está trabalhando dentro do limite, o problema está aonde? E o extra-campo dos jogadores, como anda?

Estreia de Milton Cruz
O jogo deste sábado, contra o Goiás, é pra ser com casa cheia no Scarpelli, afinal o Figueirense terá a estreia do técnico Milton Cruz e após a chegada dos novos investidores, aumentaram as esperanças de tempos melhores. Mas a realidade é outra. A desconfiança entre os torcedores impera também e essa será mais uma pedra no sapato da nova comissão técnica. Uma vitória contra o time de Argel Fucks pode abrir caminho.

Com a cabeça aqui
A Chapecoense embarcou na madrugada deste sábado para o Japão, onde disputará a Copa Suruga, contra o Urawa Red Diamonds, na terça-feira. A equipe fez uma parada em Dubai na quinta e sexta-feira. Mesmo que esteja desfrutando da excursão no exterior, o momento não é tão tranquilo na Chape, que vive uma péssima fase no Brasileirão.

Contas e mais contas
A Chapecoense fez 22 pontos no turno da Série A, e precisaria de mais 23, segundo os matemáticos, para se livrar do rebaixamento. O problema é que quando voltar para o Brasil, em virtude da “folga” na tabela, o Verdão deverá estar no grupo dos rebaixados. Que pressão!!

Só pensa na vitória
Desde que o técnico Pingo chegou, a esperança de acesso à Série B aumentou no Joinville. De olho no G-4 da Série C, o JEC tem mais um compromisso importante neste domingo. Será contra o Tombense, às 15h, na Arena. Mesmo na “C”, o JEC tem colocado mais de 5 mil torcedores por jogo. Já por aqui….

Golaço
A Uefa iniciou a eleição do gol mais bonito da temporada europeia 2016/17. O volante brasileiro Casemiro, do Real Madrid, foi indicado, junto com outros seis concorrentes, com apenas uma representante do futebol feminino. O gol selecionado foi o da vitória do Real contra o Napoli por 3 a 1, pela Champions. Aos nove minutos do segundo tempo, o brasileiro finalizou com lindo chute de primeira, de fora da área. Um golaço!!

Destaque A Tribuna
A torcida do Botafogo fez a grande festa da semana na Copa Libertadores. Mais de 40 mil torcedores, maior público do ano, foram ao Niltão e vibraram com o desempenho do time de Jair Ventura. O treinador merece chegar nas quartas-de-final da Libertadores, sendo um dos grandes responsáveis pela excelente fase do clube.

Nota Zero
A torcida do Nacional-URU fez um papelão no Estádio Nilton Santos, na eliminação do time uruguaio da Libertadores. Cadeiras foram quebradas e arremessadas no gramado. Uma atitude lamentável, que veio junto com a irritação dos próprios jogadores uruguaios dentro de campo. No esporte é preciso saber perder.

1 2 3 4 5 6 7 »