Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
Arthur Lessa
Por Arthur Lessa 08/11/2019 - 16:38Atualizado em 08/11/2019 - 16:45

Horas após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) contrária à execução de pena em 2ª instância, o ex-presidente do República Luiz Inácio Lula da Silva deve voltar a liberdade a qualquer momento desta sexta-feira (8).

O juiz Danilo Pereira Júnior, da 12ª Vara Criminal Federal de Curitiba, aceitou o pedido da defesa do Lula e o autorizou a deixar a carceragem da Polícia Federal, em Curitiba, onde está preso há 580 dias.

Logo após pedir o alvará de soltura, Cristiano Zanin, advogado de Lula, afirmou que “a decisão da Suprema Corte confirma aquilo que nós sempre dissemos, que não havia a possibilidade de execução antecipada da pena”.

Condenado em duas instâncias no caso do triplex, Lula ficou 1 ano e 7 meses preso na Superintendência da Polícia Federal (PF) de Curitiba. Agora, ele terá o direito de recorrer em liberdade e só vai voltar a cumprir a pena de 8 anos, 10 meses e 20 dias após o trânsito em julgado.

A defesa disse que espera agora a “nulidade de todo o processo, com o reconhecimento da suspeição do ex-juiz Sérgio Moro”.

Arthur Lessa
Por Arthur Lessa 08/11/2019 - 16:33Atualizado em 08/11/2019 - 16:49

A deputada catarinense Caroline De Toni  (PSL) concluiu, na tarde desta sexta-feira (8), na Comissão de Cosntituição e Justiça da Câmara Federal, parecer favorável à PEC da prisão em 2ª instância apresentada pelo colega Alex Manente (Cidadania).

Segundo o site O Antagonista, De Toni afirma que “a decisão de executar a pena privativa de liberdade antes do trânsito em julgado é uma escolha política de uma sociedade” e defende que a medida está dentro da racionalidade jurídica e vai ao encontro ao clamor da sociedade por maior rigor no combate à impunidade.

Segundo a deputada, “cabe ao legislador harmonizar os valores da eficiência da jurisdição e da presunção de inocência, a fim de dar celeridade ao sistema processual criminal e segurança jurídica à população”.

Outro ponto reforçado pela catarinense foi o fato de a discussão sobre o momento em que é permitida a execução de pena “tem passado ao largo das competências deste Congresso Nacional, sendo objeto de flutuantes interpretações levadas a cabo pelo Supremo Tribunal Federal”, causando insegurança jurídica e, segundo ela, “caos jurídico”.

Confira  a íntegra do parecer da deputada Caroline De Toni

 

Arthur Lessa
Por Arthur Lessa 24/10/2019 - 07:30Atualizado em 24/10/2019 - 07:31

A longa reunião de ontem do Fórum Parlamentar Catarinense com o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, terminou sem que fossem encaminhadas as mudanças cobradas pela região.

Está mantida para o dia 6 de novembro a previsão de lançamento do edital de concessão do Trecho Sul da BR-101.

E neste edital estão mantidas também as quatro praças de pedágio tão criticadas, pela população, representantes de classe, empresas de transporte e políticos.

Ou seja... Toda aquela comemoração após a reunião com a direção da ANTT, na semana passada, de nada valeu. Alegria momentânea. Foi pelo ralo.

No encontro, os deputados e senadores do Fórum receberam a garantia de que o edital não seria publicado até que a questão tratada com o ministro. Pelo clima positivo, surgiu a esperança de recomeço do planejamento das praças, rediscutindo os investimentos necessários, que influencia o tanto o valor das tarifas quanto o número de postos de cobrança. Era o quadro ideal. Era a vitória perfeita.

Era... Mas não foi.

Deputados e senadores saíram fulos da reunião. Não foram ouvidos pelo ministro, que foi irredutível, seguindo mesma linha de discurso da última sexta-feira, quando o ministério divulgou nota afirmando, em suma, que a reunião com Agência Nacional de Transportes Terrestes foi perda de tempo. 

O argumento apresentado pelo ministro para a manutenção dos termos do edital foi de que a quantidade de pedágios estimula a redução do preço, tendo em vista que há previsão de R$ 7,4 bilhões em investimentos.

Freitas reforçou ainda que, como a concorrência é em formato de leilão pelo menor preço, o valor da tarifa deve ter redução de 40% em relação ao valor base, que é de R$ 5,19. Se confirmada a previsão, a tarifa fica em R$ 3,12. Ainda pesa no bolso.

Tratarei do assunto com mais profundidade no decorrer do Programa Adelor Lessa desta quinta-feira, dia 24 .

Arthur Lessa
Por Arthur Lessa 14/10/2019 - 22:54Atualizado em 15/10/2019 - 08:43

Mesmo com forte mobilização e boa imagem frente à população, o projeto eleitoral do Novo de Criciúma não sobreviveu ao processo seletivo do partido, que confirmou nesta segunda-feira,  14, a ausência do 30 nas urnas da principal cidade do Sul Catarinense em 2020.

O Novo estabeleceu metas para que os diretórios de municípios com menos de 300 mil habitantes pudessem mostrar força local e disputar o pleito. Entre elas estava a exigência de 150 filiados ativos, o que foi conquistado em junho desse ano. Acontece que, no levantamento mais recente, este número caiu para 149, tirando Criciúma do páreo.

Assim ficam confirmadas para 2020 candidaturas do Novo em São José, Jaraguá do Sul e Balneario Camboriú, que atingiram as metas,  além de Joinville e Blumenau,  que superaram a exigência populacional, e a capital Florianópolis.

Independente dos critérios adotados, nota-se que, pelo menos nesta primeira investida municipal, o Novo se reduz à zona "nobre" da política catarinense, que são a Capital e o Norte, já bastante abençoados por gestões recentes. 

Arthur Lessa
Por Arthur Lessa 03/10/2019 - 19:05Atualizado em 03/10/2019 - 19:10

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Santa Catarina (Setpes) pediu, e conseguiu, uma liminar expedida pela Justiça Federal de Santa Catarina proibindo viagens do aplicativo Buser com chegada ou saída do Estado. A informação está no blog do jornalista Anderson Silva.

Na decisão, o juiz federal substituto Diógenes Tarcísio Marcelino Teixeira determinou que a empresa "se abstenha de divulgar, comercializar e realizar as atividades de transporte rodoviário interestadual de passageiro, com ponto de partida ou de chegada no Estado de Santa Catarina, em desacordo com as autorizações que as empresas cadastradas em sua plataforma possuem".

A reclamação do Sindicato é de que o serviço estaria oferecendo viagens clandestinas e, pelo preço sensivelmente mais baixo, a empresa estaria oferecendo concorrência desleal.

Em comunicado oficial (íntegra no final do texto), a Buser afirma que a decisão não impede que a empresa preste seu serviço, que promover “o fretamento compartilhado, conectando pessoas que pretendem fazer uma viagem e empresas de fretamento de ônibus”, mas sim determina “que a ANTT fiscalize as empresas de fretamento, o que a agência já faz”.

Sobre a acusação do Setpes de transporte clandestino, a startup ressalta que “essa alegação é inverídica e já foi afastada pela Justiça Federal de São Paulo, em sentença, e também em liminar do Supremo Tribunal Federal (STF), proferida pelo Ministro Edson Fachin”.

Confira a nota oficial da Buser sobre a liminar

A Buser está autorizada a funcionar como empresa de tecnologia que promove o fretamento compartilhado, conectando pessoas que pretendem fazer uma viagem e empresas de fretamento de ônibus. Nesse sentido, só aceita em sua plataforma empresas de ônibus que estão regulares com a ANTT, fiscalizadas e com plena segurança.

A sentença proferida pela 3ª Vara Federal de Florianópolis não desautoriza ou impede a atividade da Buser. A decisão tão somente atende a solicitação da autora para determinar que a ANTT fiscalize as empresas de fretamento, o que a agência já faz.

As ações judiciais que a Buser enfrenta são movidas por empresas concessionárias de transporte que alegam que a startup pratica transporte clandestino; no entanto, essa alegação é inverídica e já foi afastada pela Justiça Federal de São Paulo, em sentença, e também em liminar do Supremo Tribunal Federal (STF), proferida pelo Ministro Edson Fachin.

A Buser é uma empresa da nova economia, que fomenta o mercado de turismo, garantindo economia financeira, conforto, e a segurança de viajarem em ônibus mais novos e confortáveis. Além disso, os usuários estão cobertos por seguros mais abrangentes que os das empresas tradicionais.

Não há, portanto, nenhum ponto em que os passageiros que optarem por contratar suas viagens via aplicativo da Buser estejam em desvantagem em comparação com as empresas tradicionais do setor de transportes.

Arthur Lessa
Por Arthur Lessa 24/05/2019 - 10:12Atualizado em 24/05/2019 - 10:33

O Governador Carlos Moisés chegou por volta das 10h na sede da Acic, Associação Empresarial de Criciúma, para o Fórum Parlamentar Catarinense. Acompanham o Governador o Secretário da Casa Civil, Douglas Borba, e o Secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, Lucas Esmeraldino.

Esmeraldino ,inclusive, antecipou ao repórter Denis Luciano, da Rádio Som Maior, que o Governador traz novidades sobre o Centro de Inovação de Criciúma. "O Centro de Inovação é uma realidade, mas não vou furar o Governador". Quem também se mostrou bastante ansiosa para tratar do tema com o Governador Carlos Moisés foi a reitora da Unesc, Luciane Ceretta.

Para mais informações sobre o Fórum Parlamentar Catarinense, fique ligado na Rádio Som Maior pelo FM 100,7 e pelo 4oito.

Arthur Lessa
Por Arthur Lessa 15/05/2019 - 19:11Atualizado em 15/05/2019 - 19:12

Depois de protagonizar o maior "Oi, Sumido!" dos últimos anos na música brasileira - fazendo lembrar o saudoso Belchior -  com o lançamento do novo álbum "Reconstrução", Tiago Iorc volta a ser o ponto central de um importante retorno: o Acústico MTV.

A confirmação da empresa Viacom, proprietária da MTV, foi publicada hoje pelo site da revista Meio & Mensagem, que afirmou que "as negociações com marcas para as cotas de patrocínio iniciaram esta semana", o show será gravado ainda em maio, para convidados, e a estreia ainda não tem data definida.

Encerrado em 2012 no Brasil, o formato criou registros históricos de bandas como Titãs, Cássia Eller e Charlie Brown Jr. No caso dos irmãos Sandy & Júnior, que estão preparando um breve retorno para os próximos meses, a atração marcou o fim de 17 anos de carreira como dupla e início das carreiras independentes dos filhos de Xororó.

Nos Estados Unidos não é menos importante, com destaque para o antológico MTV Unplugged do Nirvana, principal registro do trio encerrado em 1994 com a morte de Kurt Cobain. 

Arthur Lessa
Por Arthur Lessa 24/04/2019 - 14:00

Aconteceu nesta terça-feira (23), em Porto Alegre, a cerimônia de premiação do 25º Prêmio Açorianos de Literatura de 2018, que registra os livros que mais se destacaram em 2018. A cerimônia foi realizada no Teatro Renascença, pela Secretaria Municipal da Cultura, por meio da Coordenação da Literatura e Humanidades.

Entre as obras premiadas está o livro Hoje Eu Venci o Câncer, do jornalista David Coimbra, do Grupo RBS, gaúcho de nascimento, mas com passagem destacada pelos veículos de imprensa de Criciúma nas décadas de 80 e 90.

O livro, lançado no início de 2018, começou a nascer quando David, diagnosticado com um grave tumor em 2013, foi informado de que teria pouco tempo de vida. Em meio ao turbilhão de sentimentos e com a perspectiva de que teria pouco tempo para ver o desenvolvimento do filho, ele encontrou a literatura como meio de compartilhar dores e esperanças e possibilitar que o pequeno pudesse conhecer quem fora seu pai.

Para conhecer melhor a obra, vale a leitura da matéria públicada no portal GaúchaZH na época do lançamento.

Felizmente, o mundo ganhou uma grande história e não será por ela que o Bê vai conhecer o pai, que, como antecipa o título do livro, venceu o câncer depois de uma dura batalha de anos.

Aproveitando, essa premiação foi citada na terça-feira (23) pelo jornalista Luciano Potter quando foi perguntado sobre o que ouve do colega David Coimbra sobre os tempos de Criciúma (SC).

Veja o trecho do programa, ainda sem data para ir ao ar:

 

Arthur Lessa
Por Arthur Lessa 16/04/2019 - 18:49Atualizado em 16/04/2019 - 19:13

Foi-se o tempo em que os videogames eram uma brincadeira de criança baseada em desenhos básicos e de pouca definição. A hoje milionária indústria dos games chegou a um ponto tecnológico em que, além de criar mundos inteiros em alta definição de imagem, replica com fidelidade quase total cenários reais. E essa fidelidade pode ajudar na reconstrução da Catedral de Notre Dame, incendiada na última segunda-feira (15).

Segunda reportagem do site The Enemy, na época de lançamento do game Assassin's Creed Unity, baseado na Revolução Francesa (1789 - 1799), a artista Caroline Miousse comentou sobre a reprodução da Catedral. Ela usou inúmeras fotos para conseguir que arquitetura fosse exata, além de trabalhar com artistas de textura para que cada tijolo estivesse como deveria. Ela foi ajudada até por historiadores, para saber quais as pinturas exatas que estavam nas paredes.

A promessa do presidente da França, Emmanuel Macron, é de que a reconstrução da Catedral de Notre-Dame seja concluída em até cinco anos. O incêndio levou nove horas para ser controlado e causou grandes danos à catedral, que teve todo o telhado e toda a armação destruídos, além da queda de parte da abóbada e da "flecha".

As investigação trabalham prioritariamente com a hipótese de que o episódio foi causado por acidente.

Veja reprodução da Catedral de Notre Dame no game Assassin's Creed Unity:

 

Arthur Lessa
Por Arthur Lessa 04/04/2019 - 16:22Atualizado em 04/04/2019 - 16:30

Faleceu no início da tarde desta quinta-feira (4), o empresário e professor de física Marco Antonio Jerry, aos 55 anos, vítima de câncer. 

Um dos grandes nomes do Colégio Energia de Criciúma, onde lecionou por 15 anos e foi sócio por boa parte desse período, Jerry ensinava desde 2012 no Curso e Colégio Poliedro de São José dos Campos, interior de São Paulo. 

Com histórico saudável, amante da prática de corridas, o professor não deixou as salas de aulas mesmo enfrentando a doença. "Ele deu aula até o fim, porque era isso que ele amava", afirma uma pessoa próxima.

Além do jeito inovador de dar aulas, que era o diferencial do Energia, com descontração e dinamismo, Jerry encantava alunos e colegas com seu carisma e energia. "O Jerry era muito humano e de bom coração", afirma a psicóloga Grayce Balod, colega por mais de 10 anos na instituição.

Nos últimos meses, em suas redes sociais, Jerry vinha mostrando sua perseverança e fé na batalha, sempre com um sorriso no rosto.

Arthur Lessa
Por Arthur Lessa 13/02/2019 - 18:43Atualizado em 13/02/2019 - 18:43

Demorou menos que uma semana para que a tragédia que vitimou 10 garotos da base do Flamengo, na última sexta-feira (8), desse início a um processo de pente fino nas instalações dos clubes de futebol de todo o país, independente do tamanho.

Exemplos são vários, como em Minas Gerais, onde nem Cruzeiro, nem América-MG contam com os documentos necessários para o pleno funcionamento de seus alojamentos para as categorias de base.

No Rio de Janeiro, onde aconteceu a tragédia, a Polícia Civil interditou o alojamento das categorias de base do Botafogo no Estádio Caio Martins, em Niterói, por conta de rachaduras nas paredes e fiação elétrica inadequada no local.

Vale lembrar que, pelo que avançou até o momento a investigação, um curto-circuito é o provável causador do incêndio no Ninho do Urubu.

Há casos ainda em investigação, como o Corinthians e o Palmeiras, que tem imóveis externos à estrutura própria dos clubes para abrigar os jovens da base. Essas casas vão passar por inspeção da Prefeitura de São Paulo e do Ministério Público do estado.

O próprio Centro de Treinamento do Criciúma deve receber atenção especial nesses dias, seja pela prefeitura, seja pelos bombeiros ou outro órgão responsável.  que seja vistoriado na minúcia.

Tendo algum problema, que seja corrigido em tempo. Não havendo, parabéns à gestão. Mas que tenhamos a certeza.

O que está acontecendo com os clubes de futebol em 2019 aconteceu com os “clubes noturnos” em 2013, no muitas vezes mais fatal incêndio da boate Kiss, em Santa Maria. Fato inclusive, que coincide com o caso recente na presença do fogo e dos gases tóxicos da espuma de isolamento.

Logo depois da Kiss, o mesmo pente fino foi realizado. Investimentos foram feitos nas casas noturnas, materiais foram trocados, novas saídas foram abertas. Alterações que eram realizada de maneira quase compulsória, já era se adequar ou fechar.

Seis anos depois, ainda que com menos ímpeto, a exigência segue maior que antes da Kiss. Eventos de todo tipo, incluindo shows musicais da própria Som Maior FM sofreram alterações de cenário e decoração em prol da segurança anti chamas.

A torcida é para que o mesmo aconteça com as estruturas que abrigam estes garotos, alguns mal entrando na adolescência, “se jogam” na estrada, a milhares de quilômetros de casa, e se aventuram em busca do sonho de jogar futebol profissional e alcançar, além do sucesso, a condição de dar conforto à família.

Arthur Lessa
Por Arthur Lessa 07/02/2019 - 18:38Atualizado em 07/02/2019 - 18:52

Antecipando o cronograma, que previa fim dos trabalhos de reabilitação na sexta-feira (8), a Defesa Civil do Estado de Santa Catarina comunicou, pouco depois das 18h desta quinta-feira (7), a liberação do tráfego da SC 390, na Serra do Rio do Rastro.

A informação foi veiculada em primeira mão no Ponto Final, da Rádio Som Maior, antes mesmo de a Polícia Militar Rodoviária. Por uma falha de comunicação, a liberação chegou oficialmente aos postos policiais da Serra depois das 18h30.

Mesmo liberado, o trânsito na Serra do Rio do Rastro está autorizado apenas para veículos de passeio, ônibus e caminhões de um eixo com até 6 toneladas.

Confira a nota oficial da Secretaria de Estado da Defesa Civil.

O Governo do Estado de Santa Catarina informa que a força tarefa criada para a reabilitação da SC 390 Serra do Rio do Rastro concluiu na tarde desta quinta-feira (07) as obras emergenciais de melhorias na pista de rolamento antes do tempo previsto.

Desta forma, o trânsito está liberado para veículos de passeio, ônibus e caminhões de um eixo com até seis toneladas.

O monitoramento da Serra do Rio do Rastro permanecerá sendo realizado pela Defesa Civil de Santa Catarina e pela Polícia Militar Rodoviária, que também fará o controle dos veículos.

O Governo do Estado pede desculpas pelos transtornos causados pela interdição e destaca que todas as medidas adotadas foram para salvaguardar a vida de milhares de pessoas que aqui vivem e visitam Santa Catarina.

Arthur Lessa
Por Arthur Lessa 22/11/2018 - 11:01Atualizado em 22/11/2018 - 11:01

Serginho Zappelini não é mais presidente da Fundação Cultural de Criciúma. A decisão de antecipar a saída foi tomada na manhã desta quinta-feira (22) pela Prefeitura de Criciúma, que já comunicou Zappelini. A exoneração será publicada na próxima edição do Diário Oficial do Município.

O Secretário Geral da Prefeitura de Criciúma, Arleu da Silveira, confirmou que os fatos veiculados na imprensa nos últimos dias foram determinantes para a demissão de Zappelini, com destaque para a peça fálica exposta na Casa da Cultura, na Praça Nereu Ramos, que teve péssima repercussão na Câmara Municipal e nas redes sociais e culminou no anúncio de saída do presidente da Fundação. 

A situação se agravou, e a decisão de antecipar a saída se deu, por conta da entrevista, concedida na manhã desta terça-feira (22), no Programa Adelor Lessa, da Rádio Som Maior, na qual o ainda presidente  da FCC criticou com veemência a administração atual do município, reclamando de falta de investimentos e falta de visão do prefeito Clésio Salvaro para a cultura.

Serginho Zappelini pediu para permanecer na função até janeiro para cumprir compromissos firmados frente a Fundação, mas não teve seu pedido atendido.

Arthur Lessa
Por Arthur Lessa 05/11/2018 - 17:32Atualizado em 05/11/2018 - 17:40

Jair Bolsonaro é, sem dúvida, a grande surpresa dos últimos anos na política nacional. Ele, que apareceu como um maluco, começou a encontrar eco para suas ideias nas redes sociais, criou uma base de seguidores, aumentados pelo sentimento de inconformismo da população, iniciou o ano como "onda" e a eleição como "tsunami".

E como um tsunami que se preze, foi "carregando" muitos pelo caminho. Entre esses está o polêmico Olavo de Carvalho, alçado aos holofotes como "guru" do então pré-candidato e com forte atuação nas redes sociais e, principalmente pelo You Tube. E foi com esse gancho, de conselheiro não-oficial do presidente eleito, que o filósofo foi entrevistado pelo jornalista David Coimbra, da Rádio Gaúcha. 

Nessa entrevista, sincera e sem floreios, Olavo de Carvalho fala sobre o que espera do novo Governo, o que precisa ser feito no próximo mandato, sua relação com Jair Bolsonaro, Sérgio Moro no Ministério da Justiça e sobre economia, quando afirma que "existe economia liberal e economia fascista. Economia socialista não existe. O que eles fazem é economia fescista".

Ouça abaixo a entrevista:

 

Arthur Lessa
Por Arthur Lessa 31/10/2018 - 18:11Atualizado em 31/10/2018 - 18:42

Hoje eu quebrei o protocolo na abertura do Ponto Final. E tive um bom motivo para isso.

Hoje comemoramos mais uma vitória.  

Na última sexta-feira, no mesmo Ponto Final, fiz questão de comemorar ao vivo a quebra da barreira dos 400 mil acessos ao 4oito só no mês de outubro.

Essa foi uma vitória!

E hoje, quarta-feira (31), mas um recorde batido. Mais uma baita vitória!

Com pouco mais de um ano de vida, lançado do zero em agosto do ano passado, mas com muito trabalho e dedicação da nossa equipe, estamos passando hoje da marca de 500 mil acessos.

Meio milhão de acessos, só em outubro.

Nunca duvidamos do poder e do potencial dessa ideia, desse veículo, desse jeito diferente de levar conteúdo de qualidade aos leitores e ouvintes do Sul do Estado. Mas isso não tira o orgulho, nem o sentimento de conquista. 

E é daí pra frente, sempre adiante, cada vez melhor e mais empenhados na nossa missão de ser, junto à rádio Som Maior e o jornal A Tribuna, a grande voz, o grande megafone da população do Sul de Santa Catarina.

 

Arthur Lessa
Por Arthur Lessa 28/10/2018 - 13:12Atualizado em 28/10/2018 - 13:26

Chegou o dia derradeiro das Eleições 2018.

Serão decididos neste domingo o próximo Presidente da República e o próximo governador de Santa Catarina.

Comandante Moisés ou Gelson Merísio. Jair Bolsonaro ou Fernando Haddad.

E, assim como no primeiro turno, em 7 de outubro, a Som Maior e o 4oito te convidam a acompanhar, ao vivo, a partir das 14h, todas as informações do pleito e da apuração.

Estamos com dezenas de repórteres espalhados por Criciúma e municípios da região, além da capital acompanhando Moisés e Merísio.

Fique ligado (a)!

Seu voto elege o seu destino!

 

Arthur Lessa
Por Arthur Lessa 27/10/2018 - 20:37Atualizado em 27/10/2018 - 20:42

O empresário Luciano Hang, da rede de lojas Havan, usou as redes sociais para anunciar que está entrando na justiça contra o ex-prefeito de Brusque, Paulo Eccel (PT). Segundo ele, a ação busca compensação por danos morais causados pela divulgação de informações relativas à denúncia de esquema de pagamento, por parte de empresas, de sistema de envio de mensagens em massa em favor de Jair Bolsonaro (PSL). Denúncia que ele chama, desde a publicação no jornal Folha de São Paulo, de fake news.

A pena pedida na ação é de R$ 100 mil reais, que serão repassadas para a Apae de Brusque.

Sobre o fato de Hang citar Eccel como "prefeito cassado", vale lembrar que o ex-prefeito teve seu mandato cassado em 2015 por usar o orçamento de publicidade intitucional do município em favor da campanha de reeleição, com gastos exorbitantes. A pena foi revertida mais de dois anos depois, no Supremo Tribunal Federal.  

Arthur Lessa
Por Arthur Lessa 22/10/2018 - 23:45Atualizado em 23/10/2018 - 00:02

Por recomendações médicas, e por estratégia, com o próprio afirmou em entrevista há poucos dias, Jair Bolsonaro (PSL) não participa de nenhuma debate desde o atentado que sofreu em Juiz de Fora (MG), no dia 6 de setembro. 

Para seguir a tradição e honrar seu compromisso com os patrocinadores e espectadores, a Rede Globo marcou um debate entre Bolsonaro e Fernando Haddad (PT) e, confirmada  a ausência do deputado,  anunciou uma sabatina de 1h40 com o petista. 

Acontece que, na noite desta segunda-feira (22), a emissora voltou atrás e cancelou o convite a Haddad.

Leia a nota da Globo sobre o cancelamento do debate

Recebemos na data de hoje, último dia combinado com as campanhas dos candidatos à Presidência para confirmação do debate de sexta-feira próxima, email da campanha do candidato Jair Bolsonaro (transcrito abaixo), informando que o mesmo não poderá participar do evento, em razão de limitações de saúde. 

Já o candidato do PT, Fernando Haddad, confirmou sua disposição de estar presente. Como se trata de campanha de segundo turno, obviamente não há outros candidatos para viabilizar a realização do debate. 

Na reunião de elaboração das regras do evento foi acertado com as assessorias dos candidatos que, se Jair Bolsonaro não pudesse comparecer por razões de saúde, o debate não seria substituído por entrevistas. 

Na sequencia, foi divulgada a carta da campanha de Bolsonaro enviada à TV Globo: 

'Como informado pelo Rodrigo Marcondes, na reunião do dia 9 de outubro pp., a presença do candidato Jair Bolsonaro ao debate da TV Globo precisaria ser confirmada por sua assessoria, tendo em vista o seu atual quadro de saúde.

Apesar de o Dr. Antonio Macedo ter reduzido o nível de restrição de suas atividades rotineiras, o candidato continua com limitações em virtude da bolsa de colostomia. Segundo explicado pelo aludido médico (vídeo anexo), o paciente com a bolsa de colostomia fixada ao lado direito do abdômen, como no caso do candidato, não tem qualquer controle intestinal. Com isso, o seu preenchimento total pode ser rápido e inesperado, podendo levar ao rompimento da bolsa, o que gera extremo desconforto e constrangimento ao paciente.

Além disso, por orientação médica, ele ainda deve evitar esforço físico, estresse excessivo ou ficar muito tempo em pé.

Por esses motivos, ele não poderá comparecer ao debate marcado para o dia 26 de outubro, às 22 horas'".

Arthur Lessa
Por Arthur Lessa 22/10/2018 - 14:58Atualizado em 22/10/2018 - 17:11

Um dos principais personagens do segundo turno das eleições presidenciais de 2018, o empresário catarinense Luciano Hang, das Lojas Havan, foi o convidado desta segunda-feira (22) do programa Pânico, da Jovem Pan de São Paulo, falou sobre sua participação ativa na campanha por Jair Bolsonaro (PSL) e lembrou da ligação que recebeu do então pré-candidato, logo depois da entrevista coletiva que concedeu nos primeiros dias de 2018, depois de uma semana de suspense e especulações.

Em certo momento da entrevista, registrada no vídeo abaixo, o empresário citou um jornal do Sul, qu "soltou" um dia antes da tal coletiva que seria candidato ao Governo. O jornal, no caso, é A Tribuna, que foi publicada com essa informação na coluna de Adelor Lessa.

Veja no video abaixo o momento da entrevista em que ele fala sobre Bolsonaro e sua experiência, quando jovem, no PMDB.

Em outro dado momento do programa, Hang faz piada sobre a denúncia, divulgada na Folha de São Paulo na última semana, de uso de "caixa 2" para contratação de pacotes de mensagens por parte de empresários em favor de Bolsonaro (PSL).

 

Arthur Lessa
Por Arthur Lessa 16/10/2018 - 16:13Atualizado em 16/10/2018 - 16:14

A equipe de Jair Bolsonaro (PSL) não perdeu tempo e incluiu Cid Gomes, irmão do ex-presidenciável Ciro Gomes (PDT), em seu programa eleitoral para atacar o PT, partido do adversário Fernando Haddad.

Em evento de apoio a Haddad, realizado na noite desta segunda-feira (15), em Fortaleza (CE), o ex-governador e senador eleito pelo Ceará atacou fortemente o Partido dos Trabalhadores, afirmou que "será bem feito" se o partido perder a eleição e chamou apoiadores presentes de babacas.

À colunista da Folha de São Paulo, Mônica Bergamo, Cid Gomes afirmou que não autorizou o uso de sua imagem na campanha e tomará as medidas judiciais cabíveis.

Assista abaixo ao vídeo, que deve ir ao ar às 20h30 na televisão e já circula nas redes sociais.

 

 

« 1 2 3 4 5 6