Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito
Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 13/04/2021 - 16:49Atualizado em 13/04/2021 - 17:17

Os advogados Bruno Carreirão, Leonardo Borchardt e Dulciane Beckhauser Borchardt, autores do processo de impeachment contra o governador afastado Carlos Moisés, se anteciparam ao prazo e apresentaram hoje ao Tribunal Especial os esclarecimentos quanto às provas requeridas.

Eles pediram que sejam ouvidas apenas duas testemunhas. Clarice Ribeiro da Rosa Santos e Débora Brum.

São servidoras da Secretaria estadual de Saúde que participaram da tramitação do processo e que não estão sendo investigadas em nenhuma instância.

Pediram também o compartilhamento do depoimento já prestado por Clóvis Renato Squio, da Controladoria Geraldo Estado, prestado à CPI dos Respiradores, que até então está resguardado por sigilo

No início do documento, eles destacam: 

"É evidente que o Estado de Santa Catarina aguarda a conclusão do julgamento do Governador do Estado da forma mais célere possível. Contudo, a acusação não pode descurar-se de seu ônus de fazer provar os ilícitos denunciados. E, tampouco, pode ser taxada de procrastinatória".

Abaixo, o documetno na íntegra protocolado pelos advogados de acusação.

 

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 13/04/2021 - 16:40Atualizado em 13/04/2021 - 19:58

O Tribunal de Contas do Estado manteve recomendação de rejeição das contas do município de Criciuma referentes a 2016, mandato do ex-prefeito Márcio Búrigo.

Com a decisão, o Tribunal mantêm parecer anterior, que recomendou à Câmara de Vereadores a rejeição.

Não há previsão de data (ou prazo) para análise na Câmara.

O ex-prefeito Márcio Búrigo protocolou no Tribunal de Contas um pedido de reapreciação das contas, depois de parecer exarado pela rejeição.

Mas, o plenário do Tribunal decidiu por maioria de votos negar provimento ao recurso e manter parecer anterior, com encaminhamento das contas para análise da Câmara de Vereadores, com recomendação pela rejeição, e ao Ministério Público.

 

A reação

Márcio Búrigo disse que o problema apontado nas contas de 2016 é que os municípios não podem ficar devedores mais do que 10 dias de arrecadação, e naquele ano Criciúma ultrapassou o limite.

Trecho de sua declaração a pouco ao blog:

"Foram apresentadas justificativas, situações inesperadas que aconteceram, mas os desembargadores não se convenceram. O importante, no entanto, é que não houve dólo, não teve desvio de dinheiro, nem indício de corrupção. Os meus advogados garantem que tem passos jurídicos que serão dados para buscar reversão da situação e que não há risco de comprometer uma eventual candidatura a deputado em 2022".

 

Abaixo, a decisão do Tribunal de Contas:

 

 

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 13/04/2021 - 09:21Atualizado em 13/04/2021 - 09:41

Mila Cechinel, filiada ao PP, é a nova presidente da Fundação de Cultura de Içara.

Nomeação foi definida ontem pela prefeita Dalvânia Cardoso, PP.

Mila teria sido indicação pessoal do vice-prefeito Jandir Sorato, PP.

Ontem, Dalvânia também nomeou o ex-vereador Silvio Viana como secretário de agricultura.

 

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 13/04/2021 - 09:15Atualizado em 13/04/2021 - 09:18

Vazamento de água chama a atenção dos motoristas ao lado do Posto Avenida, avenida Centenário.

Água potável espalhando pela rua.

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 13/04/2021 - 05:37Atualizado em 13/04/2021 - 07:42

O prefeito de Criciúma, Clesio Salvaro, PSDB, deixou evidente na manifestação dos 100 dias de governo que decidiu fazer da transparência a marca do seu terceiro mandato, e que se movimenta olhando firmemente para a eleição de 2022.

Salvaro é um campeão de votos, tem domínio político na sua área faz praticamente duas décadas e se constitui no principal patrimônio eleitoral do seu partido no estado.

Por natural, é o principal político do sul do estado para disputar a eleição majoritária de 2022.

Pode ser candidato a governador. Mas, qualquer dos candidatos ao governo iria a pé duas vezes até o Caravágio para tê-lo como vice.

Ha manifestações de apoio inclusive de não aliados.

O ex-prefeito Marcio Búrigo, que foi vice de Salvaro e depois romperam pessoal e politicamente,  já disse que defende e apoia o prefeito como vice de Jorginho Mello, seu candidato a governador.

Só que Salvaro não fazia nenhum movimento para isso. Ao contrário. Dava a entender que não tinha pretensão.

De repente, isso mudou.

O evento dos 100 dias e a bandeira empunhada da transparência reforçam que 2022 entrou no radar.

Salvaro poderia ser um dos comuns se fosse correr o estado como campeão de votos na sua base e um "fazedor de obras".

Mas, se faz diferente na medida em que assume como a marca do seu mandato a transparência na gestão, reconhecida por orgão oficial.

O seu governo virou "campeão" no assunto, pela nota recebida. Não foi 10 por alguns poucos números depois da vírgula.

Além disso, a conversa de Clésio sobre 2022 passou a ser outra.

Nos bastidores do Paço, e entre aliados proximos, é dito que Salvaro pode encarar o desafio de uma candidatura majoritária, se apresentando como fato novo para o estado, principalmente se ficar configurada uma fragmentação do quadro, com vários candidatos.

Ao mesmo tempo são feitas especulações sobre possibilidade de vice.

O que é fato é que o prefeito de Criciúma está na pista para eleição estadual de 2022.

 

O secretariado de Daniela

Na mudanças que fez ontem na sua equipe, a governadora interina Daniela Reinehr, sem partido, agiu sem considerar que pode ter poucos dias no cargo.

Fez diferente de quando assumiu em 2020 (e não deu certo).

Agora, não titubeou em trocar, por exemplo, o secretário da fazenda, Paulo Eli, que era tido como imexível. Homem forte do governo. Estava no cargo desde o periodo de Eduardo Moreira como governador.

Mas, não baixou o nível.

Chamou para a função um funcionário de carreira da fazenda (assim como Paulo Eli) e muito conceituado na categoria, como bom trânsito no ambiente político. Rogério Macanhão.

A nomeação da advogada Ana Blasi para a secretaria de administração representa que fez subir a régua.

O criciumense Jorge David na seceretaria de articulação nacional foi uma operação inteligente.

Ele tem circulação em todos os ambientes do poder em Brasília, e ótima relação com as autoridades e os principais nomes do bolsonarismo do Planalto.

Jorginho construiu isso com habilidade neste período que está na Câmara Federal como chefe de gabinete do deputado Daniel Freitas.

Governadora Daniela precisa disso para desobstruir canais para o governo catarinense que estavam bloqueados desde que as relaçoes de Carlos Moisés com o Presidente Bolsonaro foram para o espaço.

 

O julgamento

O Tribunal Especial do Impeachment não vai fazer nada de forma açodada. Mesmo com pressão externa de todos os tipos, os desembargadores (especialmente eles) não vão atropelar as regras. Porque isso vai para a história.

Mas, é possivel pojetar o julgamento final para o mês de maio.

Seguindo todas as regras, e cumprindo o rito legal, não deve ter tempo suficiente para concluir o processo em abril.

Primeira quinzena de maio, é provável.

Algumas das testemunhas arroladas pelas partes devem ser ouvidas, além do próprio governador afastado Carlos Moisés.

 

   

 

 

 

 

 

 

 

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 12/04/2021 - 17:46Atualizado em 12/04/2021 - 17:58

A prefeita de Içara, Dalvânia Cardoso, PP, nomeou hoje o ex-vereador Silvio Viana para comandar a Secretaria da Agricultura.

Ele foi vereador e presidente da Câmara.

Foi filiado no PP, migrou para o PSDB e está voltando ao PP em sintonia com o presidente da Câmara de Vereadores, Itamar da Silva.

Silvio já foi secretário da Agricultura no governo do ex-prefeito Gentil da Luz.

Nomeação provocou reações no PL e PSL.

O PL agora tenta emplacar nomeações no esporte e Secretaria de Governo.

O PSL espera pela nomeação de Henrique Guglielmi no Planejamento.

 

 

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 12/04/2021 - 12:06Atualizado em 12/04/2021 - 15:58

Foi confirmado agora pela manhã que o criciumense Jorge David é o novo secretário de articulação nacional do governo catarinense.

Jorginho era chefe de gabinete do deputado Daniel Freitas e foi consultado na semana passada pela governadora Daniela Reinehr para assumir a secretaria.

Em Brasília desde 2019, atunado no gabinete do deputado Daniel, Jorginho fez boas relações nos ministérios e orgãos oficiais, e foi por isso que a Governadora decidiu mapeá-lo para a secretaria, que faz a representação do Governo em Brasilia.

O secretário no período de Carlos Moisés era Lucas Esmeraldino, de Tubarão.

Também foi confirmado que a advogada Ana Blasi assume a secretaria de administração.

 Além dos dois, outros novos secretários foram anunciados agora a pouco.

O principal fato novo é a troca do secretário da fazenda. Paulo Eli foi substituído por Rogério Macanhão.

Rogério é funcionário de carreira da fazenda e foi do Sindifisco, Sindicato dos auditores fiscais.

Paulo Eli vinha no comando da Fazenda desde o governo em que Eduardo Moreira assumiu o governo, mandato passado.

Outro nome anunciado: Alexandre Waltrick no chefia da Defesa Civil.

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 12/04/2021 - 08:02

Fui para o calçadão de Araranguá no sábado, 3 de abril, para fazer um programa especial na rádio Som Maior FM sobre o aniversário da cidade. 141 anos.
Araranguá, “cidade mãe" de Criciúma.

Durante o programa ouvi prefeito, vereador, empresários, profissionais liberais, líderes da comunidade.
Entre eles, o médico Eloir Ribeiro, diretor da Unimed local.

De repente, ele lembrou do Juca Lessa. Meu pai.
Trabalharam juntos na década de 70 para o Funrural.
É o fundo de assistência ao trabalhador rural, que encaminhava ônibus para cidades pequenas levar médicos e dentistas para as localidades distantes da área urbana.

O ônibus era pintado de verde, modelo antigo bicudo, adaptado para ser um ambulatório.
O meu pai começou como motorista, mas depois de anos de trabalho com os médicos e dentistas, acabou técnico em enfermagem. E começou ali a principal atividade da sua vida profissional.
Ele se realizava com aquilo. Atender as pessoas, levar saúde, recuperar vidas.

Se estivesse ainda por aqui, na ativa, tenho certeza que o “seu" Juca estaria na frente de batalha na luta contra o coronavírus.
Seria mais um neste exército de anjos que se entrega todos os dias para salvar vidas.
Anjos sem asas.
Heróis de branco.
Contra um inimigo desconhecido estão arriscando suas próprias vidas.

São pais, avós, filhos, tios, irmãos, que cumprem o juramento de “salvar vidas”.
Todos paramentados, que parecem astronautas pelas roupas de proteção que tem que usar.

E são pessoas que tem sentimentos.
Sofrem, estressam, cansam, choram. Mas, tem que estar sempre fortes, prontos para atender o próximo paciente.
Os depoimentos que ouvimos são arrebatadores. Derrubam qualquer um.
Tem que ter uma força extra para suportar toda aquela pressão.

Uma boa parcela da população não tem a menor idéia de tudo o que acontece dentro dos hospitais.

Na rua, há um verdadeiro “bombardeio” de informações, que foi e continua sendo enorme.
No meio, uma carga de notícias falsas que são usadas para manipular as pessoas. São as fake news.
E como tem !

Os profissionais da saúde ainda tem que enfrentar tudo isso quando terminam as suas cansativas jornadas ao refazer a conexão com o mundo externo.
Tem que testemunhar discussões estéreis, em verdadeiras guerras de torcida de políticos.
E ver muitas pessoas que insistem em se aglomerar.

Ouvem quem diz que a crise da pandemia não é tudo isso, que os números são mentirosos, que é coisa da mídia.   

E milhares morrendo todos os dias.

É desanimador. Frustrante. Irritante. Causa indignação.
Mas, o pessoal da saúde vence o cansaço, as noites não dormidas, a privação de ver suas famílias.
Respira fundo, não se deixa contaminar, não desiste, dá a volta por cima e segue na missão.

Esse pessoal é demais!
Merece muitas homenagens. Nunca será demais reconhecer o que estão fazendo.
Tudo que venha a ser feito por eles será muito pouco para expressar o quanto os profissionais da saúde, de limpeza e alimentação que estão em linha de frente são importantes em um momento tão difícil.
Uma época tão sombria, em que eles se tornaram luz!

E tem que ter paciência para esclarecer, contar o que é fato, e mostrar.

Faz poucos dias um empresário foi a um dos hospitais que atende pacientes de coronavirus.
Até ali, era dos negacionistas mais radicais, com discursos ácidos, acusando a mídia de estar produzindo uma neurose coletiva com objetivos escusos.

Foi recebido por dois médicos que o levaram por todos os setores.

Uma hora depois, ele saiu de lá chorando. Copiosamente.
Confessou que não tinha noção do que acontece lá dentro.
Não esperava ver o que viu.

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 11/04/2021 - 11:00Atualizado em 11/04/2021 - 22:00

O advogado e ex-vereador Julio Colombo, 57 anos, faleceu hoje, 8h40, vítima de covid 19.

Ele completaria 58 anos na sexta-feira.

Colombo tinha problemas com diabetes e o seu quadro se agravou nos últimos dias.

Ele foi vereador de Criciúma por dois mandatos, presidente da Câmara no mandato passado e presidente da fundação de meio ambiente.

Julio Colombo é pai do advogado Gulherme Colombo, marido da advogada Julia Zanatta, coordenadora regional da Embratur e que foi candidata a prefeita em 2020.

 

Luto Oficial

O Governo de Criciúma anunciou que o prefeito Clesio Salvaro decretou luto oficial pela morte do ex-vereador Julio Colombo. Abaixo a nota distribuída pela assessoria de comnicação:

Governo de Criciúma | Luto Oficial ⚫⚫

A Prefeitura Municipal de Criciúma decreta luto oficial de três dias e manifesta o mais profundo pesar pelo falecimento ocorrido na manhã deste domingo (11), do ex-vereador Julio Cezar Colombo, aos 57 anos.

Julio Colombo era advogado, liderança da região do Rio Maina e se destacou como presidente da Fundação do Meio Ambiente de Criciúma (Famcri), vereador e presidente da Casa Legislativa, prefeito interino de Criciúma, entre outras áreas da gestão pública.

Um político que buscava, sempre, realizar e defender aquilo em que acreditava.

Todas as repartições públicas de Criciúma deverão estar com as bandeiras hasteadas a meio-mastro.

Prefeitura Municipal de Criciúma

 

A Câmara de Vereadores de Criciúma distribuiu nota de pesar:

NOTA DE PESAR l CÂMARA MUNICIPAL DE CRICIÚMA

A Câmara Municipal de Criciúma comunica, com pesar, o falecimento do ex-vereador Julio Cezar Colombo, aos 57 anos, ocorrido na manhã deste domingo (11), por complicações causadas pela Covid-19.
Por dois mandatos, Julio atuou como vereador no município de Criciúma, presidindo a Câmara entre os anos de 2017 e 2018.

O Legislativo Criciumense presta apoio aos familiares neste momento triste e externa suas condolências à todos aqueles que perderam amigos e entes queridos em decorrência da Covid-19.

A Câmara de Vereadores decreta Luto Oficial de três dias.
CÂMARA MUNICIPAL DE CRICIÚMA

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 09/04/2021 - 06:43Atualizado em 09/04/2021 - 07:49

As Manas Bonetti concluíram a obra com a imagem do Papa Joao Paulo II.

Foram quase dois meses de trabalho.

Na próxima semana, seguirá para Santa Maria, Rio Grande do Sul, para ser instalada na capela em homenagem a São João Paulo II.

As irmãs Bonetti, Michelli e Marielli, são naturais de Urussanga, mas residem faz anos e tem ateliê em Cocal do Sul.

Elas são formadas na Itália na arte do mosaico e são as únicas no estado.

No Brasil, tem elas e só mais quatro.

Elas são reconhecidas nacional e internacionalmente pela criatividade e qualidade dos seus trabalhos.

 

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 09/04/2021 - 06:42Atualizado em 09/04/2021 - 07:30

O prefeito Clésio Salvaro, PSDB, deve fechar hoje a composição do Conselho Gestor da cidade.

Deve ter em torno de cinco integrantes, basicamente empresários, sem remuneração, e sem compromisso de carga horária.

A idéia é que periodicamente o Conselho seja reunido para avaliar projetos, apresentar sugestões e propostas.

Os empresários Valcir Zanetti e Frank Hobbold estarão no Conselho.

Os empresários Anselmo Freitas e Ricardo Brandão devem ser convidados.

Os convites estão sendo feitos diretamente pelo Prefeito.

Salvaro decidiu criar dois conselhos. Um de gestão, e outro de inovação.

O conselho de gestão deve ter empresários da nova geração, como Filipe Colombo e Hugo Olivo.

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 08/04/2021 - 22:31Atualizado em 08/04/2021 - 22:35

No meio de tanta notícia ruim, uma maravilhosa. O Criciúma/Tigre derrotou a Ponte Preta e passou de fase na Copa do Brasil !!!

Que maravilha !!

A melhor notícia da semana, do mês, e deste início de ano!!

Parabéns gurizada valente do Criciúma!

E muito obrigado pela alegria que jogaram no ar!!

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 08/04/2021 - 09:53Atualizado em 09/04/2021 - 06:41

O prefeito Clésio Salvaro, PSDB, deve fechar hoje a composição do Conselho Gestor da cidade.

Deve ter em torno de cinco integrantes, basicamente empresários, sem remuneração, e sem compromisso de carga horária.

A idéia é que periodicamente o Conselho seja reunido para avaliar projetos, apresentar sugestões e propostas.

Os empresários Valcir Zanetti e Frank Hobbold estarão no Conselho.

Os empresários Anselmo Freitas e Ricardo Brandão devem ser convidados.

Os convites estão sendo feitos diretamente pelo Prefeito.

Salvaro decidiu criar dois conselhos. Um de gestão, e outro de inovação.

O conselho de gestão deve ter empresários da nova geração, como Filipe Colombo e Hugo Olivo.

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 08/04/2021 - 06:48Atualizado em 08/04/2021 - 07:25

Governador afastado Carlos Moisés escreveu no twitter hoje cedo, 6 da manhã:

"Justiça célere! Santa Catarina e os catarinenses não podem esperar".

Na tese, Moisés escreve o que está na boca do povo.
Faz muito tempo que e o cidadão comum pagador de impostos pede celeridade na justiça.

Os próprios operadores do judiciário falam da necessidade de maior celeridade.
Não são eles os culpados pela demora na tramitação dos processos.
Acontece que as mesas dos juízes estão abarrotadas de processos.
E a cada dia chegam novos.

A estrutura do judiciário não dá conta da demanda.
Seriam necessários mais juizes, e mais servidores.
Talvez novos mecanismos, novas práticas, e mudanças no arcabouço legal.

Só que o Governador afastado Carlos Moisés só lembrou de trazer isso à tona agora, porque é do seu interesse direto.

O grito de Moisés por celeridade na justiça neste momento faz parte do movimento de pressão que está em curso sobre o Tribunal Especial para julgar o quanto antes, a toque de caixa, o processo de impeachment que pode cassar o seu mandato.

Enquanto a demora no andamento de processos na justiça preocupava, incomodava e atrapalhava apenas a vida do cidadão comum pagador de impostos, o Governador nunca tocou no assunto.
Nunca dedicou uma linha das suas publicações diárias ou um minuto dos seus discursos para tratar disso.

O que Moisés e aliados querem hoje é atropelar o Tribunal Especial de impeachment porque calculam que quanto mais rápido for o julgamento, menor o risco de quebrar o acordo político feito com os deputados do Tribunal para salvar o seu mandato.

E a leitura até faz sentido.

Porque quanto mais tempo de julgamento, mais tempo do assunto no ar, e mais discussões, informações novas, depoimentos, dados informaçoes, maior o risco de os deputados seguirem os votos técnicos dos desembargadores que integram o Tribunal do impeachment. Até por pressão da vóz das ruas.

Porque quanto mais tempo de conversa na rua sobre os r$ 33 milhões que sumiram, maior será a cobrança (e a pressão).

O que Moisés quer é julgamento rápido para que isso seja logo retirado da pauta, e que o caso do rombo de r$ 33 milhões seja jogado para debaixo do tapete.

Celeridade na justiça, sim. Todos querem. Isso interessa a todos

Mas, não pode ser uma tese levantada só para salvar o chefe do governo que teve desvio de r$ 33 milhões.

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 07/04/2021 - 14:55Atualizado em 07/04/2021 - 15:36

A governadora interina Daniela Reinehr, sem partido, foi a Chapecó hoje pela manhã para receber o presidente Jair Bolsonaro, sem partido, e aproveitou para tratar de mais vacinas para o estado.

Os dois e mais o ministro da saúde, Marcelo Queiroga, visitaram o centro de eventos de Chapecó, onde já teve a desativação da área de semi-intensiva e manifestaram apoio aos profissionais da área, aproveitando que hoje é o dia internacional da saúde.

Depois, ao fazer avaliação da visita do Presidente, a Governadora destacou que o foco no estado continua sendo "mais vacina".

Abaixo, trecho da entrevista da Governadora.

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 07/04/2021 - 08:12Atualizado em 07/04/2021 - 11:47

O deputado estadual criciumnese Jessé Lopes, PSL, conhecido por declarações polêmicas, acaba de afirmar na rádio Som Maior:

"Cada deputado tem um preço. Eles não querem saber se o Moisés é culpado ou não (pelo desvio dos r$ 33 milhões). Eles querem saber é de benesses".

O deputado Jessé falava sobre o julgamento do impeachment do Governador Moisés.

Ele disse que agora o julgamento é politico, porque técnicamente já está confirmada a sua culpa, de acordo com os desembargadores que estão no Tribunal Especial.

Abaixo, trecho da entrevista do deputado Jessé Lopes. Logo depois, a entrevista na íntegra dada pelo deputado Jessé hoje para a rádio Som Maior, Criciúma.

Abaixo, a entrevista completa.

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 06/04/2021 - 23:42Atualizado em 07/04/2021 - 06:21

O acadêmico Douglas Leffa, do curso de engenharia civil, é o novo presidente do DCE da Unesc.

Ele presidiu chapa única e os acadêmicos votaram de forma virtual durante todo o dia desta terça-feira, dia 6, até 22h15.

Pela segunda vez na historia da Unesc, o presidente do DCE foi eleito em chapa única, e pela primeira vez, de forma virtual.

A primeira foi quando o acadêmico Pedro Victor foi reeleito presidente.

A apuração de votos foi concluída às 22h50, com 2.150 votantes.

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 06/04/2021 - 20:19Atualizado em 07/04/2021 - 06:23

O empresário criciumense Ricardo Faria, proprietário da Granja Faria, é um dos 20 empresários convidados para um jantar com o presidente Jair Bolsonaro, hoje, em São Paulo.

O jantar foi organizado por ministros de Bolsonaro e será na casa do empresário Washington Cinel, da Gocil.

Entre os convidados, estão André Esteves (BTG), Alberto Saraiva (Habibs), Flávio Rocha (Guararapes) e Luiz Carlos Trabuco (Bradesco).

Durante o dia, o Presidente estará em Chapecó e Fóz do Iguaçu.

Ricardo Faria é o único catarinense na lista de convidados para o jantar.

Na eleição de 2018, Faria apoiou Bolsonaro e teve vários encontros com ele. Alguns dias antes do segundo turno, gravou o vídeo abaixo.

 

 

 

 

 

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 06/04/2021 - 19:14Atualizado em 06/04/2021 - 19:35

O delegado de polícia Ulysses Gabriel, bacharel em direito, suplente de deputado, escreveu ontem:

“A omissão é penalmente relevante quando o omitente devia e podia agir para evitar o resultado. Ocorre quando o agente devia impedir o resultado,

já que a própria lei o coloca na situação de garantidor, deve por ele responder. São chamados de crimes omissivos impróprios ou comissivos por omissão " .

Ele começava assim a tratar do caso do governador afastado Carlos Moisés.

Governado está afastado do cargo por decisão do Tribunal Especial para que seja julgado por crime de responsabilidade, no caso dos r$ 33 milhões que foram desviados do estado.

No julgamento, poderá ser afastado em definitivo, ou absolvido e liberado para reassumir.

Enquanto isso, Daniela Reinehr é governadora interina.
Se Moises for afastado em definitivo, ela completará o mandato até dezembro de 2022.

Mas, Moisés não foi afastado por Daniela. Ela assumiu porque é a vice.

Responsabilidade pelo afastamento de Moisés é só de Moisés.

No ano passado, Moisés já foi afastado para julgamento de impeachment e Daniela assumiu pisando em ovos, cheia de dedos, cuidando para não confrontar.

Montou uma equipe para ser "interina" (ficar alguns dias). Sem grandes nomes, nenhum imapcto. Se deu mal. Pagou carou. Teve pesado desgaste.

Desta vez, assumiu decidida a montar a melhor equipe de governo possível, e deixar a sua marca.

Está mais articulada politicamente, fez alianças, e montou um governo de coalizão. Se tiver espaço, vai operar para ficar.

Na votação pelo afastamento de Moisés para julgamento, prevaleceu a decisão técnica dos desembargadores.

Agora, no julgamento sobre afastamento definitivo, a decisão será dos políticos.
E os deputados que vão decidir passaram a ter influênia e participação no governo desde o julgamento do ano passado, quando foi decidido o retorno de Moisés ao cargo.

Encaminharam muitas nomeações.

Até que ponto isso vai influenciar na hora do voto?

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 06/04/2021 - 17:54Atualizado em 06/04/2021 - 21:58

A deputada federal criciumense Geovânia de Sá, PSDB, foi hoje à secretária de saúde do estado, deputada Carmen Zanotto, questionar sobre os leitos de UTI para tratamento de pacientes com Covid 19 que foram prometidos, anunciados, e ainda não foram implantados.

Geovania lembrou que no dia 25 de março o Governo do Estado prometeu novos leitos de UTI Covid para a região da Amesc

Seriam 20 no hospital regional de Araranguá e 10 no hospital de Sombrio. Mas, até agora nem sinal.

A secretária prometeu agilizar a liberação das UTIs.

A proposito,Carmen Zanotto tem dito que sua prioridade na secretaria é vacina e liberação de novos leitos de UTI.

 

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13