Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
Denis Luciano
Por Denis Luciano 30/09/2018 - 17:15Atualizado em 30/09/2018 - 17:34

"Foi uma vitória da superação". Definiu bem o técnico Paulo Baier. O Próspera esteve duas vezes atrás no placar na tarde deste domingo, no Mário Balsini, mas na garra conseguiu ganhar por 3 a 2 do Itajaí, único adversário que venceu o Time da Raça até agora na Série C do Catarinense, 2 a 0 no turno.

"A gente vem focados, entramos determinados para garantir o primeiro lugar do grupo", disse o meia Gustavo, um dos destaques da vitória prosperana. "Quando a equipe tem planejamento, e a nossa tem, a gente sobra em campo. Conseguimos correr mais e uma vitória muito importante", elogiou o atacante Júlio Balotelli. "Vamos subir sim esse time", completou.

Sandro abriu o placar para o Itajaí aos 7. O Próspera igualou no primeiro tempo com João Neto, aos 38. Na etapa final, Adrian, aos 11, fez 2 a 1 para os visitantes e o Time da Raça buscou a virada com gols de Erinaldo Júnior, aos 26, e João Neto, aos 34 minutos.

Mais uma vitória de Paulo Baier no Próspera / Fotos: Guilherme Hahn / A Tribuna

O Time da Raça volta a campo no sábado que vem, fora de casa, contra o Orleans, que hoje ganhou do Curitibanos por 2 a 0 em Paulo Lopes mas já está eliminado no Grupo A. Próspera e Itajaí estão com 12 pontos, e a equipe criciumense está na frente no saldo de gols, 24 contra 14. O Próspera tem 28 gols marcados e 4 sofridos em cinco partidas.

Na outra chave os classificados são o Caçador, com 13, e o Carlos Renaux, com 8 pontos. Hoje, os confrontos semifinais seriam Próspera x Carlos Renaux e Caçador x Itajaí, mas a confirmação virá somente depois da rodada final da primeira fase no sábado que vem.

A rodada teve, ainda, Curitibanos 0x2 Orleans, Caçador 0x0 Carlos Renaux e Jaraguá 1x1 Porto. Próspera 3x2 Orleans contou com 651 torcedores no Mário Balsini para uma renda de R$ 8.540.

 

Denis Luciano
Por Denis Luciano 30/09/2018 - 11:28Atualizado em 30/09/2018 - 11:44

Já são seis jogos sem perder. Dos últimos 18 pontos disputados, o Criciúma ganhou 14. Essa arrancada faz o Tigre praticamente deixar para trás qualquer risco de rebaixamento à Série C, embora a meta de 45 pontos ainda não tenha sido alcançada. "Penso que praticamente sacramentamos a nossa presença na Série B", concorda o técnico Mazola Júnior. "Mas o foco continua. Chegar logo nos 45".

E isso pode acontecer nos dois próximos jogos em casa. Serão duas terças-feiras, contra Oeste no dia 2 e Brasil de Pelotas em 9 de outubro. Ambas no Heriberto Hülse. "Serão dois jogos duríssimos", antecipa Mazola, na mesma linha do que vem fazendo sempre.

Tem promoção para a galera / Foto: Arquivo / A Tribuna

Mas os 2 a 1 de ontem à noite deram ao Tigre um respirar diferenciado. A chegada aos 39 pontos faz até os mais empolgados ainda sonharem com o acesso. Nesse momento, o Tigre está a seis pontos do G-4 e oito à frente do Z-4. Ou seja, mais próximo dos que sobem do que dos que caem. Fecha a rodada na sua melhor classificação até aqui na atual Série B, décimo primeiro lugar.

Por tudo isso, o Criciúma espera casa cheia na terça-feira contra o Oeste. O jogo é às 20h30min, e promoções já estão lançadas. A principal é que mulher não vai pagar ingresso. "É a nossa forma de entrar com tudo na campanha do Outubro Rosa", anuncia o superintendente do clube, Róbson Izidro.

Róbson Izidro assistiu o jogo ontem em Varginha ao lado de Paulo da Pinta,
ex-jogador do Criciúma e hoje treinador do Pouso Alegre, que joga o Módulo 2 do Campeonato Mineiro

Haverá diversas ações. "Estamos em parceria com a Rede Feminina de Combate ao Câncer. Haverá distribuição de materiais, passagem de faixa pelo estádio, muita divulgação. Colocaremos luzes de neon na cor rosa sob os camarotes e, se vencermos o jogo, elas vão se transformar em amarelo", comenta, antecipando uma das surpresas, com muito colorido no Heriberto Hülse.

"'É a continuidade do trabalho social do clube e sua contínua aproximação e preocupação com os nossos torcedores", ressalta o dirigente. 

Tem mais. Os não sócios vão comprar ingressos a R$ 15 mais cinco apostas na Timemania. A venda será na Loja Tigremaníacos até as 18h30min de terça-feira. A partir desse horário, ainda havendo ingressos promocionais, eles estarão disponíveis sob as mesmas condições na bilheteria. Depois de vendidos os da promoção, os ingressos passam ao valor normal de R$ 60 na bilheteria, sem necessidade de bilhetes da TImemania.

Torcidas do Tigre marcaram presença ontem em Varginha

 

Denis Luciano
Por Denis Luciano 23/09/2018 - 17:07Atualizado em 23/09/2018 - 17:52

Em uma semana, duas vitórias, 20 gols marcados e nenhum sofrido. Esse o balanço das duas últimas rodadas do Próspera no Campeonato Catarinense da Série C. Neste domingo o Time da Raça voltou a golear o Curitibanos, desta vez por 6 a 0 na casa do adversário, no estádio Antônio Amadeu Moisés, em Paulo Lopes. No domingo passado, havia assinalado estratosféricos 14 a 0 no lanterna geral da competição e fortíssimo candidato a pior time do Brasil e, quiçá, do mundo, naquele título que já pertenceu ao folclórico Íbis.

O atacante Erinaldo, que havia marcado cinco vezes contra o Curitibanos na goleada passada, hoje fez um. O volante Jessé, um dos destaques do Próspera e alvo de muitos elogios do técnico Paulo Baier, deixou o seu, anotando um na goleada.  Jairo, conhecido como Balotele, fez dois gols, e Luan marcou os outros dois.

Curitibanos e Próspera antes de a bola rolar em Paulo Lopes / Foto: EC Próspera / Divulgação

Com o resultado, o Próspera alcançou nove pontos, igualando o Itajaí na liderança do Grupo A. O Orleans, que soma três, tem um jogo a menos, diante do Itajaí, que será na próxima quinta-feira na casa do adversário. O Time da Raça tem 25 gols marcados e apenas dois sofridos em quatro rodadas.

No próximo domingo o Próspera volta a jogar em casa. Recebe o Itajaí, único adversário que venceu e fez gol no time criciumense até agora, nos 2 a 0 da segunda rodada.

O Curitibanos segue sua triste sina. Quatro derrotas em quatro jogos, nenhum gol marcado e, agora, 33 sofridos, média de 8 gols tomados por jogo.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 22/09/2018 - 19:24Atualizado em 22/09/2018 - 19:34

O empate em 1 a 1 com o Paysandu, se não encheu os olhos do técnico Mazola Júnior, ao menos colaborou com um ponto importante na luta da Série B para o Criciúma.

"Não marcamos, não jogamos, por tudo o que erramos ganhamos um ponto", definiu o treinador. "O Paysandu merecia, mas não teve competência para fazer os gols, e nós fizemos uma péssima partida", apontou. O gol do Tigre foi marcado por Liel, de cabeça. Ouça no podcast abaixo com a narração de Jotha Del Fabro.

Para o técnico, o Tigre entrou desligado. "Depois achamos um gol no primeiro tempo, mas não conseguimos jogar. Várias peças não funcionaram". Mazola referiu que "o sinal está ligado", lembrando que o Criciúma ainda não se livrou da zona de rebaixamento, da qual está quatro pontos distante agora. 

Fotos: Jorge Luiz / Paysandu

"Quando não temos o nosso time de Série B, fica difícil", disse, algumas vezes. "Não valorizo as ausências, mas hoje foram seis fora". O técnico reforçou que precisou usar jogador que estava há um ano sem atuar, caso do lateral Iago, que estreou e teve dificuldades.

Ele sentiu, e muito, as ausências dos suspensos Marlon, Elvis e Zé Carlos, os três que voltarão sábado que vem contra o Boa Esporte em Varginha. Dos lesionados, Ronaldo tem chances de voltar, Eduardo e Marlon Freitas seguem ausentes.

"A nossa plataforma não encaixa nesse esquema", disse, referindo os três zagueiros utilizados. "Foi por uma emergência", anunciou. "Quando tenho o Marlon, não preciso escalar três zagueiros". Ouça abaixo a entrevista de Mazola após o jogo em Belém.

 

Denis Luciano
Por Denis Luciano 20/09/2018 - 00:10Atualizado em 20/09/2018 - 00:23

O Datafollha apontou em nova pesquisa divulgada no inicio da madrugada desta quinta-feira manutenção da liderança de Jair Bolsonaro (PSL) na corrida à sucessão presidencial.

Bolsonaro tem 28% contra 16% de Fernando Haddad (PT) e 13% de Ciro Gomes (PDT). Geraldo Alckmin (PSDB) tem 9% e Marina Silva (Rede) alcançou 7%.

João Amoêdo (Novo) e Álvaro Dias (Podemos) somam 3%. Henrique Meirelles (MDB) tem 2%. Vera Lucia (PSTU) e Guilherme Boulos (PSol) estão com 1%. Cabo Daciolo (Patriota), Goulart Filho (PPL) e Eymael (DC) não pontuaram.

Na principal projeção de segundo turno, reunindo os atuais dois primeiros, Bolsonaro e Haddad empatam em 41%.

Mais detalhes da pesquisa nesta quinta na Rádio Som Maior.

 

Denis Luciano
Por Denis Luciano 18/09/2018 - 07:05

Perto de ser repassada à gestão privada, a Estação Rodoviária de Criciúma completa 42 anos hoje. Inaugurado em 18 de setembro de 1976 na gestão do prefeito Algemiro Manique Barreto, o terminal foi um dos projetos do arquiteto Fernando Carneiro. O Plano Diretor prevê a Rodoviária do futuro na região da Primeira Linha, mas não há qualquer projeto à vista, tanto que está lançado o edital para repasse da administração do terminal. “Vamos abrir as propostas em 1º de outubro”, anuncia o gestor do Fundo Municipal de Saneamento Básico (Funsab), Luiz Juventino Selva. O valor mínimo é de R$ 700 mil para concessão da Rodoviária por 20 anos e exige investimento periódico em manutenção em troca da exploração das salas comerciais. A concessão, porém, não impedirá qualquer expansão ou transferência do terminal nas próximas duas décadas. “Mas não temos esse projeto”, assegura Selva.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 17/09/2018 - 06:00

Você imagina quantos veículos tem circulando no sul? E sabia que há uma cidade na região com mais veículos emplacados que habitantes?

Foto: Guilherme Hahn / A Tribuna

Essas e outras a gente conta em matéria especial nesta segunda em A Tribuna. Como a estrutura cresce para acompanhar? A gente destaca os incrementos rodoviários dos últimos anos.

O Hospital São Donato está ganhando uma UTI. A obra deve terminar antes do esperado.

Foto: Guilherme Hahn / A Tribuna

Terminou a Festa das Etnias. Edição de 2018 encerrada com avaliação positiva pela organização.

Foto: Guilherme Hahn / A Tribuna

No esporte, a super goleada do Próspera, 14 a 0 no Curitibanos. Gol a gol, como foi o jogo no Mário Balsini.

Foto: Guilherme Hahn / A Tribuna

O iluminado Andrew fez bonito no sábado. Foi dele o gol que definiu os 3 a 2 do Criciúma contra o Avaí.

Foto: Guilherme Hahn / A Tribuna

Tudo isso e muito mais nesta segunda em A Tribuna.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 17/09/2018 - 01:00Atualizado em 17/09/2018 - 10:04

Em 20 de janeiro de 1963 o Metropol vencia o Flamengo de Curitibanos por 12 a 1. O jogo era válido pelo Campeonato Catarinense e confirmava a fase de ouro do lendário time da Metropolitana.

Metropol nos anos 60

Aquela histórica vitória foi registrada no estádio Euvaldo Lodi, o atual João Estêvão de Souza, no Metropol. E há 55 anos aquele jogo era a maior goleada da história do Campeonato Catarinense. 

Era. O recorde caiu neste domingo, 16 de setembro, e foi em Criciúma. O Próspera fez 14 a 0 no Curitibanos que, embora mande seus jogos em Paulo Lopes, leva o nome de Curitibanos, a mesma cidade do antigo Flamengo que tomou aqueles 12 a 1 do Metropol há cinco décadas e meia.

A partida deste domingo no estádio Mário Balsini foi pela terceira rodada da Série C do Catarinense.

Paulo Baier, técnico do Próspera na maior goleada da história
Foto: Guilherme Hahn / Especial / A Tribuna

Feita a postagem, recebi depois do amigo Rodrigo Santos um importante reparo: na Série C do Catarinense em 2013 o Pinheiros de Lages goleou o Maga de Indaial por 14 a 0.  Ou seja, o placar estratosférico de ontem igualou a maior goleada da história em Santa Catarina.

Há um placar mais dilatado, do Avaí por 21 a 3 sobre o Paula Ramos em 13 de maio de 45, mas aquele jogo era do Municipal de Florianópolis. 

Outras históricas por Catarinenses foram Inter de Lages 9x1 Tamandaré de Porto União (1964), Atlético de Ibirama 1x9 Avaí (1995), Atlético Tubarão 9x1 Porto (2016) e Metropol 8x3 Avaí (1969).

Denis Luciano
Por Denis Luciano 16/09/2018 - 16:54Atualizado em 16/09/2018 - 17:06

Sim, 14 a 0. Esse foi o placar da vitória do Próspera neste domingo sobre o Curitibanos, no Mário Balsini, pela terceira rodada da Série C do Catarinense. Uma goleada histórica.

Fotos: Guilherme Hahn  / A Tribuna / Especial

O time do técnico Paulo Baier chegou à segunda vitória em três jogos. Na partida anterior em casa, na estreia, havia feito 5 a 0 no Orleans.

O Curitibanos faz uma campanha sofrível. Já havia tomado goleadas de Itajaí e Orleans. No próximo domingo volta a enfrentar o Próspera, desta vez em Paulo Lopes.

No outro jogo da chave, hoje, o Orleans perdeu em casa para o Itajaí por 4 a 2. Mais detalhes da rodada e da goleada do Próspera nesta segunda em A Tribuna.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 15/09/2018 - 20:22Atualizado em 15/09/2018 - 20:34

O Criciúma atingiu a maioridade na Série B. A vitória deste sábado, 3 a 2 sobre o Avaí, resumiu um jogo sensacional. De altos e baixos mas de uma garra irremovivel. 

Aquele Tigre lanterna de cinco derrotas virou uma equipe de passado muito distante. Mazola Júnior, com trabalho e uma grande dose de conhecimento de futebol, fez a virada certa na hora certa.

Comemorações de gols. Foram três / Fotos: Ulisses Job / Criciúma EC

Valeu o susto. Ensinou demais. Que 2019 comece já com a próxima evidente e necessária providência. Renovem o contrato do Mazola Júnior. Deem a ele tempo, calma, espaço e sequência.

Esse time coletivo provou o caráter solidário nos gols que fez. O primeiro com a ressurreição de Sandro. O segundo com a moral de Elvis. O terceiro com a garra e disposição do mais titular dos reservas, Andrew.

Mazola da estrela que brilhou. Tomou o empate na ótima visão de jogo de Geninho mas também soube mexer certo. Mostrou comando, liderança e conhecimento do que tem. Energizou seus comandados e usa com extrema perícia o fator local.

A campanha dele é de G4. Razões de sobra para que o 2019 comece já no Majestoso. Com Mazola.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 15/09/2018 - 09:15

Criciúma respira a Meia Maratona Caixa na manhã deste domingo. A partir das 7h, os mais de 1,3 mil atletas inscritos farão a largada no Parque das Nações para os diferentes percursos, desde a caminhada até os 21 quilômetros, passando pelos 5 e 10K.

Todos os detalhes da prova, bastidores e as informações e curiosidades estaremos contando no Minuto a Minuto do 4oito neste domingo. Pouco antes das 7h já estaremos no ar com a nossa reportagem no percurso informando, fotografando e orientando.

O medalhista olímpico Claudinei Quirino, patrono da prova, é a grande estrela. Vale conferir!

O patrono da Meia Maratona é o atleta olímpico Claudinei Quirino / Foto: Guilherme Hahn / Especial / A Tribuna

 

Denis Luciano
Por Denis Luciano 14/09/2018 - 23:55

Para um fim de semana repleto de atrações, uma edição recheada de A Tribuna preparada por nossa redação. A manchete não poderia ser outra que não o clássico deste sábado no Heriberto Hülse. Estaremos com a equipe da Som Maior falando a partir das 15h tudo de Criciúma x Avaí.

Fábio Ferreira de volta ao time / Foto: Daniel Búrigo / A Tribuna

Na cobertura de A Tribuna, o colega Lucas Renan Domingos trata do time que o técnico Mazola Júnior preparou com uma grande surpresa: Fábio Ferreira voltando, como volante. Mas ainda há mistério pelas bandas do Tigre.

Ainda no esporte, a estrela do fim de semana na cidade é o olímpico Claudinei Quirino. O medalhista de Olimpíada vem a Criciúma para ser padrinho da Meia Maratona Caixa que terá sua terceira edição no domingo. Ele está estrelando a capa de A Tribuna nesta edição.

Claudinei Quirino, grande estrela da Meia Maratona / Foto: Guilherme Hahn / Especial / A Tribuna

A gente já antecipa uma das novidades que preparamos. O 4oito vai fazer cobertura online e ao vivo da Meia Maratona a partir das 7h com a nossa reportagem no percurso e no Parque das Nações com as notícias e fotos. Vamos fazer um minuto a minuto.

A colega Francine Ferreira apurou uma informação de maus tratos a animais no Balneário Rincão e que faz levantar uma situação triste e até macabra: há suspeita de que alguém esteja praticando zoofilia, ou seja, forçando prática sexual com cães. Quatro cadelas já apareceram gravemente feridas, duas morreram.

A sexta-feira foi de protesto da comunidade da Terceira Linha, em Içara. Eles manifestaram contra as precárias condições da sua estrada e também reclamaram a falta da alça de acesso à Via Rápida. A colega Bruna Borges conferiu e apresenta detalhes.

A esburacada Terceira Linha em Içara / Foto: Guilherme Hahn / Especial / A Tribuna

Teve presidenciável em Criciúma. O candidato João Amoêdo, do Novo, participou de carreata na Avenida Centenário, conversou com a imprensa e palestrou no Mampituba. A colega Francieli Oliveira esteve acompanhando e traz os detalhes neste sábado.

Amoêdo palestrou aos seus eleitores no Mampituba / Foto: Guilherme Hahn / Especial / A Tribuna 

A nossa reportagem confere ainda as eleições no Sindicato dos Comerciários e no Conselho Municipal de Saúde, o início do Cerco de Jericó reunindo os católicos e o agitado calendário de eventos do fim de semana, passando por Festa das Etnias, Festival da Cerveja Artesanal em Urussanga e outras atividades.

E tem mais. Principal promotor de eventos a fazer uso do Pavilhão José Ijair Conti, o empresário Willi Backes faz uma interessante reflexão sobre a necessidade de um novo Centro de Eventos para a cidade e região. Até o futebol está envolvido na ideia de futuro que ele apresentou e nós escrevemos a respeito.

E muito mais nesse fim de semana em A Tribuna. Confira!

Denis Luciano
Por Denis Luciano 14/09/2018 - 23:25Atualizado em 14/09/2018 - 23:31

Esta sexta-feira ofereceu a Fernando Haddad a vez de ser o entrevistado entre os candidatos à presidência convidados para a bancada do Jornal Nacional na Rede Globo. E o desempenho do substituto de Luiz Inácio Lula da Silva na corrida presidencial motivou uma contabilidade no mínimo curiosa.

Em nota distribuída à imprensa agora à noite, o PT nacional informa que Haddad foi interrompido 62 vezes pelos apresentadores. "Além de interromper o candidato, os jornalistas seguidamente emitiram opiniões, colocaram palavras na boca de Haddad e fizeram interpretações tendenciosas e infundadas", diz a nota.

Cabe destacar que a reclamação petista, com maior ou menor veemência, foi também, ao seu tempo, feita por correligionários dos demais candidatos. Ou seja, não é uma crítica isolada esta do PT, embora agora venha com um aditivo: a conta das interrupções.

Sim, o PT contou. E contou não apenas com Haddad. Com ele, foram 62. O segundo colocado no ranking, segundo os petistas, foi Jair Bolsonaro (PSL), que quando esteve no JN foi interrompido 36 vezes. Depois, Ciro Gomes (PDT), 34 vezes, Marina Silva (Rede), 20 vezes e Geraldo Alckmin (PSDB) "somente 17 vezes" como faz questão de frisar o documento emitido pelo partido de Lula.

Reprodução / Rede Globo

Abaixo, a nota na íntegra que o PT nacional emitiu:

Na noite desta sexta-feira (14/09), Fernando Haddad participou de “entrevista” no Jornal Nacional. Foram 62 interrupções durante os pouco mais de 28 minutos em que o candidato petista foi submetido a perguntas tendenciosas, longamente formuladas por William Bonner e Renata Vasconcelos. Durante os 20 primeiros minutos, a pauta única da seção foi o ataque ao Partido dos Trabalhadores por supostas denúncias de corrupção.

Além de  interromper o candidato, os jornalistas seguidamente emitiram opiniões, colocaram palavras na boca de Haddad e fizeram interpretações tendenciosas e infundadas. Apenas aos 20 minutos de entrevista Haddad pôde achar uma brecha entre os ataques para começar a falar sobre o enorme legado que construiu como ministro da educação de Lula: expansão universitária e do ensino técnico, criação do Prouni e do Programa Caminho da Escola.

As interrupções não foram suficientes para calar Fernando Haddad: ele enfrentou as incoerências da Globo, denunciou os ataques e interrupções que estava sofrendo e conseguiu, em meio ao fogo cruzado, apresentar uma parte do legado das transformações do PT. Haddad enfrentou o Jornal Nacional e saiu maior do que entrou.

De acordo com levantamento feito pela Revista Fórum, Alckmin foi interrompido somente 17 vezes em sua entrevista ao Jornal Nacional, e Marina 20 vezes. Ciro Gomes (34) e Bolsonaro (36) tiveram um número de interrupções um pouco acima daquele colocado para Alckmin e Marina, mas ainda assim bastante abaixo do enfrentado por Haddad.

Reprodução / Rede Globo

 

Denis Luciano
Por Denis Luciano 14/09/2018 - 07:20

O Balneário Rincão era um bairro de Içara até 1999, quando transformou-se em distrito. A saber que, no século anterior, foi por ali, em Urussanga Velha, que formou-se o primeiro núcleo que daria origem ao futuro município de Içara.

O tempo passou e o movimento de emancipação ganhou força. Ao ponto de conseguir o direito de um plebiscito. Aí a história nos faz voltar exatos 15 anos no tempo. Em 14 de setembro de 2003 os eleitores de Içara (sim, do município todo) iam às urnas responder Sim ou Não para a emancipação do Rincão. Por estreita margem, é bem verdade, o Sim venceu, com 53,2% dos votos.

Quer dizer que o Rincão já estava "livre?". Negativo. Quinze dias depois, em 3 de outubro, a Assembleia Legislativa (Alesc) aprovava a lei 12.668, avalizando a separação. Mas ainda havia um empecilho federal. Faltava legislação pertinente para autorizar novas emancipações. Ou seja, elas estavam inconstitucionais. Eis que veio, um tempo depois, a PEC dos Municípios e assim, no nascer de 1º de janeiro de 2013, eram instalados cinco novos municípios brasileiros, dois catarinenses. Além do Balneário Rincão, Pescaria Brava deixava de ser distrito de Laguna. O Brasil passava, então, a ter 5.570 municípios.

O IBGE acusou o nascimento do Rincão com estimativa de 11.136 habitantes, e o Tribunal Regional Eleitoral cadastrou 9.803 eleitores para a primeira eleição, ocorrida em 2012. Décio Góes (PT) venceu mas não levou de pronto, houve a cassação posterior ao voto, e um vereador, Charles da Rosa (PMDB), foi o primeiro prefeito, investido pelo Legislativo. Veio nova eleição, nova vitória do petista que então conseguiu tornar-se prefeito.

Do meio disso tudo, uma breve confusão sobre as datas. Deve o Rincão comemorar o 1º de janeiro como a sua data de instalação, ocorrida em 2013? Ou seja, vai comemorar seis anos daqui a poucos meses. Ou deve comemorar os 15 anos em outubro? Ou os 15 anos hoje? Com a resposta, os rinconenses.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 12/09/2018 - 23:58Atualizado em 13/09/2018 - 00:07

O Cruzeiro está na frente na semifinal da Copa do Brasil. Venceu o Palmeiras por 1 a 0 com gol de Barcos, em São Paulo, na noite desta quarta-feira, e está a um empate da decisão.

Mas teve polêmica na Arena Palmeiras. Um gol anulado - me parece que mal anulado - nos acréscimos fez o Verdão reclamar muito. O árbitro marcou falta no goleiro Fábio.

No Maracanã, Flamengo e Corinthians empataram em 0 a 0. P Flateve muito mais chances, mas não conseguiu converter. Novo empate na volta, independente do placar, e a decisão da vaga vai para os pênaltis.

Os confrontos de volta serão no próximo dia 26 em Belo Horizonte e São Paulo.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 12/09/2018 - 22:17Atualizado em 12/09/2018 - 22:26

Sobre a notícia já trazida ao longo da tarde pelo 4oito, que o aeroporto de Jaguaruna registrou em agosto sua melhor movimentação de passageiros de 2018 - mais de 12 mil -, bati um bom papo no início da noite com o diretor comercial da RDL Aeroportos, André Constanzo. E há mais notícias animadoras no caminho.

Também por consequência dos números expressivos, Jaguaruna está perto de atrair ao menos um novo voo para o período da manhã. A meta é poder anunciar a novidade ao longo de outubro ou, no máximo, novembro. "Está bem adiantado", confirma.

A empresa é guardada a sete chaves, mas a RDL tenta encaixar Jaguaruna em uma dessas duas rotas. Ou será parte de um voo com destino a Curitiba e depois São Paulo, ou de um caminho que passe depois por Navegantes também chegando a São Paulo.

"Tudo é questão de viabilidade das empresas. Seria um voo com uma aeronave menor que a atuar que nos serve, com uns 70 a 74 lugares", conta Constanzo. A RDL vem muito animada com os resultados de Jaguaruna. "Já está mais do que provado que há demanda", diz, lembrando o papel que o retorno recente do voo matutino da Azul com destino a Campinas representou. "Só por conta deste voo tivemos um incremento de 30% nos passageiros".

Azul e TAM voando alto em Jaguaruna / Foto: Arquivo / A Tribuna

Azul e TAM não tem embarcado menos de 100 passageiros em Jaguaruna. "Voo que não sai lotado daqui, sai praticamente lotado", apura o diretor. Isso é um bom indicativo na busca por novas opções para os usuários do terminal.

Desde quando iniciou suas operações, em 2014, Jaguaruna já embarcou e desembarcou mais de 350 mil passageiros em 9 mil pousos e decolagens. Enquanto isso, o Diomício Freitas de Forquilhinha, que perdeu o papel protagonista da região, segue movimentado. "Crescemos mais de 500% em um ano e meio administrando ali", confere Constanzo. A vocação de aeroporto para voos particulares vem se consolidando ali.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 11/09/2018 - 16:55Atualizado em 11/09/2018 - 17:03

A Seleção Brasileira venceu o México por 2 a 0, hoje, no último amistoso da equipe sub-20 na fase de treinamentos em solo mexicano. Nas partidas anteriores o time do técnico Carlos Amadeu havia empatado em 1 a 1 com o Japão, no domingo, e no último dia 5 havia batido o México por 1 a 0.

O detalhe do teste desta terça-feira ficou por conta do goleiro Vinícius. O jogador do Criciúma foi titular durante os 90 minutos do jogo com a equipe da casa. Antes, Gabriel Brasão havia jogado contra o México no dia 5 e Phelipe foi titular diante dos japoneses no domingo.

“É uma satisfação muito grande em ser lembrado mais uma vez. Isso me deixa ainda mais motivado para seguir firme nos treinamentos no dia a dia”, disse Vinícius quando dessa convocação, no mês passado. Foi o terceiro chamado da CBF que ele atendeu nesta temporada. Vinícius vem integrando o grupo do Brasil que se prepara para o Sul Americano Sub-20 que será disputado em janeiro e classificará quatro seleções para o Mundial da categoria.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 11/09/2018 - 00:05

Começa hoje mais uma Festa das Etnias em Criciúma. Sem shows nacionais, aposta em atrações locais e regionais e, principalmente, na fartura. As sete etnias prometem empenho total para encher os olhos e tirar proveito da gula dos milhares que são esperados no Pavilhão José Ijair Conti.

Pavilhão preparado para a Festa das Etnias / Foto: Daniel Búrigo / A Tribuna

O Estado assinou ontem a recontratualização com o Hospital São José. Aumentou o repasse, e a prefeitura ainda vai incrementar com o pagamento de ao menos parte do que admite dever. Fôlego também para os hospitais de Timbé do Sul, Praia Grande e Sombrio. Forquilhinha sonha com o seu hospital.

Assinada a recontratualização do Hospital São José / Foto: Jhulian Pereira / Decom

O Ministério Público Federal está formalizando denúncia contra cinco envolvidos nos desvios recentemente apurados pela Operação Perfídia da Polícia Federal. O esquema de desvios operava na Vara do Trabalho.

O Centro de Valorização da Vida (CVV) promoveu uma interessante programação ontem, dentro dos debates do Setembro Amarelo, mês dedicado à prevenção do suicídio. Um livro e as dicas de uma estudiosa do tema estão em destaque.

CVV promove evento de valorização da vida / Foto: Daniel Búrigo / A Tribuna

Ainda em julgamento no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) os registros de candidaturas para o pleito de outubro. Caiu na malha fina uma candidata que não comprovou filiação partidária e nem condição de alfabetizada.

Depois do sucesso no Rio Maina - mais de 800 clientes atendidos só no fim de semana - o Supermercado Manentti lançou ontem na loja da Próspera o autoatendimento em dois caixas. É o primeiro supermercado do sul que oferece esse serviço rápido.
 

Manentti é pioneiro no autoatendimento em todo o sul / Foto: Divulgação

Apresentamos a Ludmila e a Ágata. Mãe e filha, estarão juntas de novo na Meia Maratona Caixa no domingo. Mas de uma forma curiosa. No ano passado, Ludmila encarou a os 5km da Meia Maratona grávida de seis semanas. Agora, planeja levar a menina. Exemplos de gente que curte o nosso evento que se repete domingo.

Ludmila e Ágata, atrações na Meia Maratona Caixa no domingo / Foto: Daniel Búrigo / A Tribuna

Ainda no esporte, terminou o prazo de inscrições na Série B e o Criciúma não contratou mais. Fica pela vinda do último reforço, Marcinho Júnior, e o acréscimo de atacantes promovidos da base.

Alguns dos assuntos desta terça-feira em A Tribuna. Confira!

Denis Luciano
Por Denis Luciano 09/09/2018 - 20:50Atualizado em 09/09/2018 - 20:59

Cinco jogos movimentaram neste domingo a segunda rodada do Regional da LARM/Taça Carvão Mineral. Metropolitano e Cocal do Sul, que vão se enfrentar no próximo fim de semana, foram os destaques.

O Metrô recebeu o Turvo em Nova Veneza e venceu por 3 a 0. É o líder com 6 pontos. O Cocal, fora de casa, venceu o Meleiro por 3 a 1. Foi o único visitante que ganhou na rodada.

Meleiro 1x3 Cocal / Fotos: Emili Amaral / Especial 

Araranguá e Caravaggio empataram em 0 a 0 em Jacinto Machado. O Caravaggio divide com o Cocal o segundo lugar com 4 pontos. Jogaram ainda Mesquita 1x0 Rui Barbosa e Mãe Luzia 1x1 Internacional.

Os detalhes nesta segunda-feira em A Tribuna.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 09/09/2018 - 20:27Atualizado em 09/09/2018 - 20:33

Depois de estrear vencendo o Orleans por 5 a 0, o Próspera conheceu neste domingo sua primeira derrota na Série C do Catarinense. Tomou 2 a 0 do Itajaí fora de casa.

Mesmo com a derrota o Time da Raça está na vice-liderança com 3 pontos. O Orleans se recuperou fazendo 6 a 0 no Curitibanos em casa.

Fotos: CA Itajaí / Divulgação

No próximo domingo o time do técnico Paulo Baier tem grande chance de recuperação. Recebe o lanterna Curitibanos no Mário Balsini. 

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13