Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito
Denis Luciano
Por Denis Luciano 16/10/2020 - 19:15

Mais uma prova que há muita gente em Criciúma à espera das boas oportunidades - e do espaço adequado - para praticar os mais variados esportes está dada. Trata-se do sucesso da bonita e bem feita pista de skate do Parque Centenário Altair Guidi.

Entregue ao uso público nesta quinta-feira, 15, a pista tem lotado. São dezenas de skatistas compartilhando o amplo espaço, que urbanizou um trecho até então abandonado do parque. No fim da tarde desta sexta, 16, era muita gente utilizando a pista. Uma vitória a ser comemorada pelo esporte criciumense. Confira no vídeo:

Denis Luciano
Por Denis Luciano 09/10/2020 - 17:53Atualizado em 09/10/2020 - 17:54

Das muitas e muitas revelações que Antenor Angeloni nos fez na entrevista para a revista e jornal Toda Sexta, que está circulando a partir desta sexta-feira, 9, a que mais chama a atenção sobre o futuro do Criciúma diz respeito ao interesse do seu irmão, Arnaldo, de participar de uma futura gestão no Criciúma.

"É, o Arnaldo quer mesmo", me disse o ex-presidente do Tigre. "Mas eu não quero. Quando o assunto vem, eu corto", reforçou. Antenor alega que está cansado. "Estou com muita idade, não tenho mais saúde nem vontade. Já dei a minha contribuição. O Arnaldo até quer, mas ele só vai se eu for junto. Eu já disse para ele ir sozinho. Daí ele não topa", destacou.

Antenor nos recebeu na sua casa na semana passada / Fotos: Guilherme Hahn / Especial / Toda Sexta

Essas e outras você pode ler na matéria "É chance zero!", que é a capa da Toda Sexta destacando a entrevista com Antenor Angeloni. O conteúdo na íntegra está impresso, circulando por aí, e também online aqui, aberto para leitura. Confira!

Denis Luciano
Por Denis Luciano 08/10/2020 - 10:54Atualizado em 08/10/2020 - 12:04

Itamar Schulle está chegando em Criciúma. O treinador, contratado pelo Criciúma para a sequência da Série C, desembarcou em Porto Alegre por volta das 10h, vindo de Cuiabá, onde estava residindo desde a saída do Santa Cruz, em 7 de setembro. Na ocasião, há exatamente um mês, Schulle pediu demissão do clube pernambucano. Na ocasião, alegou-se que ele estava em tratativas com um clube da Série B.

O novo técnico do Criciúma deve chegar na cidade em seguida das 12h, para um encontro com a diretoria e, à tarde, deve ocorrer o anúncio oficial da sua contratação.

O histórico recente de Itamar, dentro das quatro linhas, é positivo. Fez boa campanha no Santa Cruz: 28 jogos, 15 vitórias, 9 empates e 4 derrotas. Foi eliminado nas quartas de final da Copa do Nordeste e ficou como vice-campeão do Pernambucano, perdendo a decisão para o Salgueiro nos pênaltis.

Ele vinha há doze jogos invicto, até que, no dia 5 de setembro, tomou 1 a 0 do Vila Nova, fora de casa, pela quinta rodada da Série C. Dois dias depois, pediu demissão.

Mas teve polêmica

Alguns dias antes de pedir para sair, Itamar envolveu-se em uma polêmica das grandes em Recife. Ocorre que no dia 23, antes da partida em João Pessoa contra o Botafogo, pela terceira rodada do Grupo A, o Santa Cruz promoveu uma live em suas redes sociais com o seu treinador. Durante a live, Itamar Schulle fez críticas ao Santa Cruz e comentários homofóbicos.

Ele criticou, também, a contratação do atacante Negueba, vindo do Vitória para o Santa. "O Negueba é um jogador que eu vi pouco. Um jogo que eu vi dele, o Vitória contra o Bahia de Feira, não tinha visto uma atuação boa, achei muito abaixo do necessário. Mesmo assim acabamos trazendo, as opções do mercado estão curtas, escassas, dentro da realidade do clube. Eu acredito e dou confiança. Ele mesmo sabe que naquele jogo ele não foi bem. Quem veste a camisa do Santa Cruz tem que estar motivado", disse. 

Em seguida, criticou a diretoria pela perda do lateral esquerdo Fabiano para o Operário. "Com o Fabiano tinhamos a melhor defesa do país, daí o Fabiano não serve, era criticado. Foi feito pouco esforço para que ele ficasse. Foi, foi, ele foi embora, foi para o Operário, na Série B. Na Série B ele serve, aqui ele não serve. Eu não tinha problema, agora criou", disparou.

E em seguida, ao referir as vezes que escalou o meia Jeremias, lascou: "Itamar tem alguma coisa com o Jeremias, como eu vou ter algo com o Jeremias, só falta achar que eu sou viado, gay. Botei pois achava que ele tinha que jogar. A gente fica chateado com coisas que não são verdades". Ouça abaixo as declarações:

Diante das declarações, o Santa Cruz removeu o vídeo das suas redes sociais e Itamar Schulle postou um pedido de desculpas nas redes sociais.

Nação tricolor! Tenho o dever de falar para vocês algo no qual refleti durante toda noite e me senti no compromisso de vir aqui pedir desculpas por ter usado na coletiva termos que pudessem dar um conotação pejorativa entre outras e principalmente a classe LGBT, não tenho problema em reconhecer o erro, estou aqui para isso, busco sempre evoluir e melhorar a cada dia e todos nós estamos sujeitos ao erro na vida, o importante é aprender para não repeti-lo, pois só não erra quem é perfeito.

 

Importante ressaltar que o trabalho no Santa Cruz está sendo feito com bastante unidade entre atletas, comissão técnica, funcionários e diretoria, mas existe um grupo que é essencial neste processo e que é por eles que todos nós trabalhamos e damos o máximo, a torcida, no qual fazem muita falta e somente com a união de todos conseguiremos alcançar o grande objetivo do ano que é o acesso a Série B com todos juntos e unidos, o Santa Cruz é muito grande, sei disso! Continuarei dando meu máximo como sempre dei para entregar o melhor por esse clube que passei a ter carinho e admiração muito grande durante esses 9 meses de trabalho.

 

Ass: Itamar Schulle

Depois dessa polêmica, Itamar ainda ganhou do Botafogo, 2 a 1 na Paraíba, venceu o Imperatriz em casa, 2 a 0, e veio a derrota fatal para o Vila, 1 a 0 em Goiânia. Ainda assim, deixou o time na vice-liderança do Grupo A com 10 pontos. Hoje, o Santa é o líder com 18 pontos.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 07/10/2020 - 14:47Atualizado em 07/10/2020 - 15:03

Limpa no Criciúma. O técnico Roberto Cavalo, o auxiliar Wilson Waterkemper, o preparador físico William Hauptmann e o diretor executivo de futebol, Evandro Guimarães, foram demitidos no começo da tarde desta quarta-feira, 7, pelo Criciúma. O comunicado foi feito pelo assessor da presidência, Ocimar Bolicenho, aos quatro.

Foi uma conversa rápida, no Estádio Heriberto Hülse. Eles estão agora indo ao CT Antenor Angeloni buscar seus pertences e se despedir dos atletas. Confirmamos a informação com uma fonte do Criciúma.

E o substituto já está a caminho. Conforme o jornalista Rodrigo Faraco, Itamar Schulle vai assumir o Tigre. O clube ainda não se pronunciou oficialmente.

Falei há pouco com o superintendente de futebol do Tigre, Serginho Lopes, que garantiu não ter conhecimento disso. "Estou agora no CT, o pessoal está chegando para o treino, para mim não passaram nada. O Ocimar (Bolicenho, assessor da presidência) está lá no estádio, não sei se ele está com o presidente", afirmou. Mas a notícia está confirmada.

Cavalo sai com fraco desempenho na Série C. Deixa o Criciúma em quinto lugar no Grupo B, e hoje estaria eliminado. O Tigre volta a campo domingo, em casa, contra o Londrina.

O último clube de Itamar Schulle foi o Santa Cruz, que também está na Série C. Ele teve uma saída conturbada e polêmica, embora tenha garantido publicamente que não teve desgastes na saída de lá. Ele foi sondado pelo Oeste, lanterna da Série B, mas não teve acerto. Itamar já trabalhou no Criciúma, entre 2009 e 2010.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 05/10/2020 - 19:59Atualizado em 05/10/2020 - 20:05

O Ibope divulgou, no começo da noite desta segunda-feira, 5, uma rodada de pesquisas nas capitais de Santa Catarina e Rio Grande do Sul para as eleições de 15 de novembro. Em Florianópolis, o prefeito Gean Loureiro (DEM) está com ampla vantagem, conforme os dados da pesquisa contratada pela NSC. Em Porto Alegre, Manuela d´Avila (PCdoB) lidera, no levantamento contratado pela RBS.

Em Floripa, Gean aparece com 44% das intenções de voto. Ângela Amin (PP) tem 15%, Pedrão (PL) tem 9% e Professor Elson (PSOL), 7%. Com 1% aparecem os candidatos Alexander Brasil (PRTB), Dr Ricardo (Solidariedade), Gabriela Santetti (PSTU), Helio Bairros (Patriota), Jair Fernandes (PCO) e Orlando (Novo). Os brancos e nulos são 10% e os indecisos e os que não responderam, 10%.

Em Porto Alegre, Manuela está com 24%. O ex-prefeito José Fortunati (PTB) tem 14%. Sebastião Melo (MDB), 11%, e o prefeito Nelson Marchezan (PSDB), 9%. Depois vêm Juliana Brizola (PDT), 5%; João Derly (Republicanos), 4%; Fernanda Melchionna (PSOL), 3%; Valter Nagelstein (PSD), 3%; Gustavo Paim (PP), 1% e Julio Flores (PSTU), 1%. Os candidatos Luiz Delvair (PCO), Montserrat Martins (PV) e Rodrigo Maroni (PROS) pontuaram com menos de 1%. Os brancos e nulos somam 13% e os indecisos e os que não responderam, 11%.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 02/10/2020 - 10:05Atualizado em 02/10/2020 - 10:08

O governador Carlos Moisés cumpre uma agenda importante para a região nesta sexta-feira, 2. Ele está em Cocal do Sul, para assinar a ordem de serviço para as obras de conclusão da pavimentação da SC-442.

Confira a agenda:

Município: Cocal do Sul

Dia: 02/10/2020 (sexta-feira)

10h

Inspeção da rodovia SC-442 que liga os municípios de Cocal do Sul e Morro da Fumaça.

Local: Rodovia SC-442 – trecho de aproximadamente 9 Km entre Cocal do Sul e Morro da Fumaça.

10h30

Ato da SIE – Assinatura do edital de licitação para pavimentação da SC-442.

Local: Centro de Distribuição da Empresa Eliane Revestimentos Cerâmicos - R. Maximiliano Gaidzinki, n. 245 – Centro – Cocal do Sul.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 02/10/2020 - 07:31Atualizado em 02/10/2020 - 07:33

Como já se esperava, a torcida do Criciúma protestou ontem à noite no CT Antenor Angeloni. Um grupo de cerca de 50 tricolores fez uma manifestação pacífica, pedindo a saída do técnico Roberto Cavalo.

Eram cerca de 50 tricolores, mobilizados pelas redes sociais e convidados pela Os Tigres, que fizeram a mobilização. A Polícia Militar deu segurança à chegada da delegação.

Com Cavalo como técnico - nada indica que vêm mudanças por aí - o Criciúma encara o Brusque na próxima segunda, fora de casa. O Brusque que, ontem à noite, venceu o Londrina por 2 a 1, mantendo o Tigre no G-4 da Série C, no Grupo B.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 01/10/2020 - 17:22Atualizado em 01/10/2020 - 17:30

A derrota para o Tombense, na noite passada em Tombos, parece ter sido a gota d´água. A torcida do Criciúma promete receber a delegação que volta de Minas Gerais com protesto diante do CT Antenor Angeloni. É o que consta em um convite que vem sendo compartilhado nos grupos de torcedores nas redes sociais nas últimas horas.

Protesto no CT- pacífico
 

FORA CAVALO

 

Carvoeiros, vamos todos juntos cobrar a saída de Roberto Cavalo na chegada da delegação ao CT Antenor Angeloni!

 

Local: CT Antenor Angeloni
 

Horário: a confirmar (entre 21h /22h30)

- Favor respeitar as regras de distanciamento e uso de máscaras!

 

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!

Não há uma autoria declarada para o convite, mas tem havido várias confirmações de torcedores que pretendem estar diante do CT na noite desta quinta-feira.

O assunto já chegou na delegação, que está em viagem de retorno. Tanto que o Criciúma providenciou a presença da Polícia Militar (PM) para garantir segurança.

Para medir a febre da bronca da torcida com o momento do Tigre com Roberto Cavalo, que completou um ano à frente do time nessa passagem, cabe conferir a postagem que a torcida Os Tigres fez nesta tarde em sua conta no Instagram.

O texto abaixo é contundente:

HERÓI do passado, VERGONHA no presente!

 

Com a gente o papo é reto. Senhor Roberto Cavalo você foi um MONSTRO como jogador, mas vem sendo uma DECEPÇÃO como treinador.

 

Atual passagem pelo CRICIÚMA E.C:
- Vitórias 11
- Derrotas 10
- Empate 15

 

Porcentagem de 44%, é RIDÍCULO para um time que quer brigar pelo acesso.

 

Já tivemos treinadores como o Winck sendo demitido com aproveitamento de quase 54%.

 

Além disso já tem no Currículo:
• Rebaixamento para a série C;
• eliminação por 4x1 na primeira fase da Copa do Brasil pelo todo poderoso Santo André;
• Eliminação na semifinal do catarinense;
• Time retranqueiro;

 

Se você realmente tem mais amor pela instituição @criciumaoficial do que pelo dinheiro, PEÇA DEMISSÃO.

Não há indicativos claros de que Cavalo possa estar de saída. Ele e o presidente Jaime Dal Farra possuem estreita parceria e o discurso do técnico, após o jogo em Tombos, foi claro: "estamos no caminho certo", disse ele, a certa altura. O Criciúma está agora em quarto lugar no Grupo B da Série C, mas não venceu fora ainda. Foram dois empates e duas derrotas longe do Heriberto Hülse. E o time pode sair da zona de classificação nesta quinta, se o Londrina ganhar do Brusque fora de casa.

O Criciúma volta a campo na próxima segunda-feira, 5, às 20h, no estádio Augusto Bauer, encarando o Brusque na última rodada do turno.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 30/09/2020 - 22:16Atualizado em 30/09/2020 - 22:25

O prazo de validade de Roberto Cavalo venceu em Tombos. A derrota por 1 a 0 para o Tombense tem que ser fatal para o técnico do Criciúma. Não por nada. Longe de ser pessoal. Cara boa praça, gente boa mesmo. Mas não há mais como. É fácil concluir que o Criciúma precisa demitir o Cavalo.

Ele foi rebaixado na Série B. Ok, pegou um avião caindo. Ele já havia salvo o Criciúma em situação semelhante no ano anterior, mas o raio não cai duas vezes no mesmo lugar. Ou cai, se for para piorar. E o Criciúma está dando mole para o azar. Cavalo caiu de quatro na Copa do Brasil, logo na estreia, e fez um Catarinense claudicante. Até chegou na semifinal, mas em nenhum momento entusiasmou.

E faz uma Série C opaca, sem graça. Com o pique atual, não sobe. Precisa reagir. E essa reação passa por jogar mais futebol. E jogar mais futebol passa por remotivar. E o Cavalo já deve estar com seu discurso cansado no vestiário. Não consegue mais empolgar a turma. E isso é fatal para o futuro de um treinador.

Para provar essa falta de fôlego, não física, mas de preparação, de montagem, de preparo, olhem o lance do gol do Tombense. Além de não ter uma jogada ensaiada sequer, esse Criciúma que vai devagar demais toma gols como esse do Tombense. Precisa mudar.

Tomara que o Cavalo nos prove o contrário e dê a volta por cima, já que o presidente Jaime Dal Farra, com sua relação umbilical, de quase dependência em relação a Cavalo, não cogita, ao menos por enquanto, mexer na comissão. Ou tomara que Cavalo nos dê um cala a boca, ou então que o presidente ache logo uma solução.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 28/09/2020 - 22:07Atualizado em 28/09/2020 - 23:11

Com 59 votos dos 92 conselheiros presentes - Nei Constante teve 33 - o advogado Alexandre Farias foi eleito vice-presidente de Administração do Criciúma. 

Com isso, Farias ocupa a função que estava vaga na diretoria, que tem mandato até o fim de 2021. A intenção, porém, é que ele possa colaborar na transição para... ele mesmo!

É que Farias responde por um dos projetos de gestão do Criciúma entregues ao Conselho. O projeto dele e associados é o único daqui, e se o presidente Jaime Dal Farra mantiver o compromisso já anunciado, faz a transição da gestão no fim da temporada para quem for avalizado pelos conselheiros. 

Mais uma etapa vencida. Mas ainda há incertezas no ar. Resta aguardar.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 28/09/2020 - 19:01Atualizado em 28/09/2020 - 19:04

O presidente Jair Bolsonaro tem mais mais uma camisa de time de futebol para a sua coleção. Ele, que costuma aparecer principalmente nos finais de semana e nos horários de folga vestindo camisas de clubes - aqui da região, ele já apareceu com uma do Hercílio Luz, de Tubarão - ganhou uma camisa do Criciúma. E trata-se da mais nova versão, a Carvoeira, que foi lançada recentemente com extremo sucesso.

Bolsonaro foi presenteado pelo deputado federal Daniel Freitas, que entregou a camisa durante a cerimônia de lançamento do Programa Mineração e Desenvolvimento, no Ministério de Minas e Energia. Na foto, com Daniel e Bolsonaro, está o ministro Bento Albuquerque.

 

Denis Luciano
Por Denis Luciano 28/09/2020 - 14:58Atualizado em 28/09/2020 - 15:03

Se são sete os candidatos a prefeito, são sete também os que concorrem a cadeira de vice-prefeito em Criciúma no pleito de 15 de novembro. Eles já foram mais anônimos. Houve tempos em que as propagandas mal os mostravam. Mas de uns tempos para lá eles deixaram, com raras exceções, de ser a letrinha miúda do santinho. Aparecem com um pouco mais de realce perto do prefeito. Alguns até do lado.

Para destacar o papel do vice na atual disputa, vamos começar nesta terça-feira, 29, na Rádio Som Maior, uma rodada de entrevistas com eles. Os sete. Vai ser no nosso programa Agora, às 9h. Eles vão responder perguntas da nossa equipe, de convidados e dos eleitores durante uma hora de conversa. Optamos pela ordem alfabética do nome de urna para convidar. Nossa intenção é fazer as conversas sempre às terças e sextas, até que se esgotem os sete concorrentes.

Vamos abrir nesta terça com Cesinha, o vice do Podemos. Trata-se do ex-vereador Pedro César Faraco, que cumpriu mandato na Câmara entre 2001 e 2004. Nas tentativas seguintes de voltar ao Legislativo, bateu na trave, entre trocas de partido e suplências. Agora, em sua primeira experiência de majoritária, se coloca como o vice do Coronel Manique Barreto.

Na sexta, a segunda entrevista, também já confirmada, será com o médico Allison Pires, que por um bom tempo foi o pré-candidato do PSL à prefeitura mas acabou, na última hora, vice de Júlia Zanatta (PL). Allison elegeu-se suplente de vereador em 2016, pelo PSDB, exercendo o mandato por alguns meses, até romper com os tucanos no fim do ano passado.

Depois, na ordem, serão recebidos no Agora os candidatos Julio César (psicólogo, vice de Chico Balthazar, do PT), Lisi Tuon (professora, do DEM, vice de Dr. Aníbal Dário, do MDB), Neguinho (o cantor, vice de Rodrigo Minotto, ambos do PDT), Pedro da Próspera (do PSTU, vice de Professor Éderson) e o atual vice-prefeito de Criciúma, Ricardo Fabris, do PSD, vice do prefeito Salvaro.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 25/09/2020 - 16:40Atualizado em 25/09/2020 - 16:44

Mais uma marca passa a ser exibida na camisa do Tigre. Foi assinado há pouco, na Sala de Imprensa Clésio Búrigo, o contrato de parceria entre o Criciúma e a Cerâmica Elizabeth, que terá exposição da sua marca nas costas da camisa, ao lado do número. A Elizabeth já participa da camisa tricolor no jogo desta sexta, 20h, contra o São José, no Heriberto Hülse.

Pela Elizabeth participou do ato o diretor executivo, Manfredo Gouvêa. Ele conversa conosco logo mais, no Arena Timaço, falando sobre essa parceria com o Tigre.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 25/09/2020 - 14:35Atualizado em 25/09/2020 - 14:51

A CBF anunciou o desdobramento da tabela do segundo turno da Série C. O Criciúma jogará em três sábados, duas quintas-feiras, dois domingos e uma segunda-feira. A última rodada só será confirmada alguns dias antes, por conta dos possíveis confrontos valendo classificação.

Antes de iniciar o returno, o Criciúma ainda tem três jogos do turno pela frente: nesta sexta em casa contra o São José, na quarta que vem fora diante do Tombense e no dia 5 de outubro, uma segunda-feira, fora frente ao Brusque.

A estreia no segundo turno será em casa. No dia 8 de outubro, quinta-feira, às 20h, o Criciúma recebe o Londrina no Heriberto Hülse.

Londrina e Criciúma empataram em 0 a 0 no turno, na primeira rodada
Foto: Celso da Luz / Criciúma EC / Arquivo

No dia 18, o adversário será o Boa, em Varginha, num domingo, às 18h. No dia 26, uma segunda-feira, o Criciúma vai visitar o São Bento às 20h, em Sorocaba. O Tombense vem a Criciúma em 31 de outubro, um domingo, jogo marcado para 16h no Majestoso.

Em novembro, o Criciúma vai ao Rio de Janeiro visitar o Volta Redonda no dia 7, um sábado, às 15h30min. O jogo vai ocorrer no estádio Luso-Brasileiro, que fica na Capital, onde o Volta Redonda tem mandado as suas partidas. No dia 14, sábado seguinte, tem Criciúma x Ituano às 18h no Heriberto Hülse. Na quinta seguinte, 19, o Ypiranga visita o Tigre às 20h. No dia 28, sábado, São José x Criciúma em Porto Alegre, às 15h.

Ficam pendentes data e horário do jogo da última rodada, Criciúma x Brusque, marcado para o HH. Clique aqui e confira a íntegra da tabela desdobrada pela CBF.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 24/09/2020 - 11:25Atualizado em 24/09/2020 - 11:29

O flagrante foi feito ao longo desta quarta-feira, 23, pelo nosso colega Max Everson, aqui da Som Maior. Ele passou pela Avenida Centenário e notou que, entre o Colégio Lapagesse e a Estação Rodoviária, várias lâmpadas de LED da iluminação pública estavam acesas. Algumas, inclusive, com uma do par acesa e outra do par do mesmo poste, apagada.

Fomos tentar saber o que aconteceu. 

Recebemos da prefeitura, via turma da Cosip, que cuida da iluminação pública, que se tratava de um teste. As lâmpadas são acesas durante o dia para o trabalho de manutenção, para a equipe perceber quais estão e quais não estão com defeito. 

Soubemos que registros de furtos estão ocorrendo com alguma frequência, por se tratarem de lâmpadas muito boas e com bom preço de mercado. "Eles colocam pela manhã e à noite são furtadas", chegou a contar um funcionário do setor.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 21/09/2020 - 16:51Atualizado em 21/09/2020 - 16:55

Serão conhecidos na quarta-feira, 23, os dez nomes que vão compor o chamado tribunal do impeachment, a comissão mista a ser montada entre Assembleia Legislativa e Tribunal de Justiça (TJSC) para levar adiante, ou não, o processo de impedimento do governador Carlos Moisés (PSL) e da vice Daniela Reinehr (sem partido). A lembrar que, o que a Alesc, aprovou na última quinta, 18, foi a admissibilidade, ou seja, a sequência do processo. Tanto que não houve afastamento imediato dos envolvidos.

Na quarta, a Alesc fará uma votação, da maior para a menor bancada, e dessa votação serão apurados os cinco mais votados para compor a comissão mista. A votação começa pelo MDB e pelo seu líder, o deputado criciumense Luiz Fernando Vampiro. Ou seja, o ritual de votação para montagem da comissão será o mesmo que foi adotado na sessão do impeachment no plenário. Cada deputado terá cinco votos, vai sugerir cinco nomes. Difícil fazer apostas, embora haja uma clara inclinação pelos 32 (no caso de Daniela) ou 33 (no caso de Moisés), que votaram pelo impeachment.

Também na quarta, o TJ faz a sessão a partir das 15h para sortear os cinco desembargadores. O presidente do Tribunal, desembargador Ricardo Roesler, é quem presidirá a comissão mista. É nessa comissão que, por votação simples, vai ser selado o destino breve de Moisés e Daniela. Se, por maioria simples, já na abertura dos trabalhos, os membros da comissão entenderem que a investigação terá que transcorrer com Moisés e Daniela afastados por 180 dias, eles serão afastados imediatamente. E isso ocorrerá em poucos dias.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 20/09/2020 - 19:35Atualizado em 20/09/2020 - 19:40

Fiquei preocupado, e registrei isso no Futebol Som Maior com o Timaço antes do jogo do Criciúma em Erechim, com a entrevista do técnico Roberto Cavalo. A que antecedeu a partida diante do Ypiranga. Me preocupou a irritação do treinador com três perguntas endereçadas a ele.

Uma delas, sobre o entra e sai do Criciúma no G-4 da Série C. Outra, com resultados que podem eventualmente - e acabou acontecendo - complicar a situação do Tigre. E uma terceira a respeito da programação do Criciúma para jogar em Erechim.

Ok, é discutível o tal entra e sai. Ou melhor, era discutível, afinal agora o Criciúma está a dois pontos do primeiro time do G-4 e tem o mesmo número de jogos que Brusque e Londrina, e um a menos que Ypiranga e Volta Redonda. Logo, já deixou de ser confortável a situação, na medida em que o jogo fora é contra o Tombense, e o Tigre segue horrível longe de casa. Fato que todos concordam, ou deveriam concordar.

O resultado deste domingo complicou a situação do Criciúma. Ou não passava na cabeça do Cavalo o risco de perder para o bem arrumado time do Ypiranga? Claro que ninguém espera derrota, mas quem vive do futebol é realista o suficiente para, no seu íntimo, saber onde esta pisando. E o Cavalo sabe. Muito bem. É vivido o suficiente.

E a programação, bem, de fato pode parecer uma pegação de pé um tanto sem relevância agora - se é que alguém pegou no pé do Criciúma por viajar sexta para Erechim, penso que não - mas a reunião desses fatores pré-jogo, somados às suas respostas lacônicas e irritadas, e potencializando com o que aconteceu em Erechim e os argumentos pós-partida no Colosso da Lagoa me deixam a certeza que o técnico tricolor está pressionado. E não é pouco.

O que, de certa forma, me estranha, já que ele é praticamente "incaível" nas mãos de Jaime Dal Farra (usei aspas pelo pouco comum do emprego dessa expressão, embora ela exista na Língua Portuguesa). Basta ver que ele comandou um rebaixamento e seguiu no cargo. E caiu de quatro na Copa do Brasil, e continuou. E fez um Catarinense insosso (chego na semifinal, mas convenhamos...), e ficou. Cavalo é o técnico do Criciúma até o fim desta Série C, só uma hecatombe completa não permitirá que isso ocorra, e o que salva o Criciúma dessa tal hecatombe é a presença de Boa Esporte e São Bento na chave, garantias bem encaminhadas de que outro degrau não poderá ser descido tão cedo (batam na madeira!).

Mas os nervos que o Cavalo expôs antes do jogo, dizendo não ter entendido as perguntas, em gesto de desrespeito aos colegas que não estão podendo fazer entrevistas presenciais, mostram um destempero que não é típico do Cavalo, um cara cortês, gentil, bacana, boa praça mesmo. Pode estar atrapalhado no Criciúma, e está, mas é preciso concordar que, mais uma vez, lhe deram um elenco carente para tirar leite de pedra, e nem sempre se tira água, leite ou seja lá o que for de pedra. Nada que defenda ele, que segue sem dizer a que veio nesse retorno para o Criciúma ainda no ano passado.

Só um fator explica isso tudo, e deveria servir de consolo para o Cavalo: ele é "incaível" com Dal Farra. Mesmo depois de dizer que o gramado prejudicou o Criciúma em Erechim. É melhor reconhecer a superioridade do adversário e a sua má fase do que achar uma explicação dessa. Prova que, com as palavras, Cavalo já viveu melhores momentos.

Que ele drible essa má fase, ganhe do Sâo José e faça a sua obrigação: classificar o Criciúma nesse grupo fraco da Série C. Depois, seja o que Deus quiser.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 16/09/2020 - 16:51Atualizado em 16/09/2020 - 16:52

Não está muito fácil conversar com o ex-presidente Moacir Fernandes. Ele anda mais restrito nos seus contatos nos últimos dias, mergulhado que esteve nas conversas para a sucessão no Criciúma. Acabou não apresentando oficialmente ao clube no prazo limite, que era esta terça-feira, 15, o seu projeto de gestão do clube a partir de 2021.

"Ele já tinha um projeto pronto, mas apareceram outros aí e ele resolveu esperar um pouco", nos contou, ontem, a esposa de Moacir, dona Terezinha, sempre afinada com os projetos do marido. Ela confidenciou que a família teve peso na decisão de recuo do ex-presidente nos planos no Criciúma. 

Moacir conversou hoje com o colega Gilberto Custódio, que nos repassou algumas informações. No bate papo, o ex-presidente minimizou a questão do afastamento. "Eu não quero mais estar viajando, pra lá e pra cá, CBF e FCF, eu não tenho mais pique, com 74 anos. Mas continuo querendo ajudar. Já temos dez investidores certos, faltam dez", destacou, lembrando a intenção de atrair até dez investidores, com cada um aplicando R$ 1 milhão no clube. Ou seja, ele já teria R$ 10 milhões garantidos.

O ex-presidente deixou nas entrelinhas uma impressão de que estaria chateado com a aparição de outras propostas para o clube, já que ele lutava por uma convergência. "Acho muito importante o time sair da Série C, vamos ver se sobe. Como é que vai fazer na C, na C é complicado. Na B dá para administrar", disse, em outro momento da conversa com o colega. 

Ele admitiu, ainda, a possibilidade de ser diretor ou até vice-presidente de futebol em uma eventual futura gestão com outro presidente. E compartilhou uma impressão importante sobre o futuro da gestão Jaime Dal Farra. "entendo que, do jeito que está, o presidente Jaime só sai se quiser da presidência. Ele tem mandato até dezembro do ano que vem".

Moacir confirma que o plano era ele, com aval do empresário Anselmo Freitas, que vinha sendo o articulador do processo, tornar-se vice-presidente Administrativo a partir da eleição marcada para o dia 28 para, posteriormente, encaminhar a transição junto com o presidente Dal Farra.

Por agora, estão colocados, para o futuro do Criciúma, os projetos de Alexandre Farias e do grupo representado pelo lateral Rafinha, ex-Flamengo, e pelo ex-jogador Alex.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 16/09/2020 - 16:21Atualizado em 16/09/2020 - 16:30

Em uma nota oficial breve, de apenas uma linha, o Criciúma comunicou, na tarde desta quarta-feira, 16, a dispensa dos dois jogadores envolvidos na briga da noite desta terça, 15, no CT Antenor Angeloni.

A confusão envolveu o atacante Jajá e o zagueiro Cayque. Houve bate boca, briga e até a Polícia Militar teve que ser acionada, terminando por lavrar um Boletim de Ocorrência. A nota do Criciúma:

O Criciúma comunica o desligamento dos atletas Jajá e Cayque na manhã desta quarta-feira (16/09) por comportamento inadequado no Centro de Treinamento Antenor Angeloni.

Dos dois, apenas Jajá jogou pelo time principal. Fez 16 partidas, a última delas na estreia na Série C, no 0 a 0 com o Londrina, no Paraná. Ele marcou um gol, na estreia pelo Tigre, nos 2 a 1 sobre o Concórdia na abertura do Catarinense.

Jajá, um dos dispensados pelo Criciúma depois da briga da noite passada

Cayque era da base e estava recém integrado ao elenco profissional.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 16/09/2020 - 15:27Atualizado em 16/09/2020 - 15:32

Esta quarta-feira, 16, é para esclarecimentos no Criciúma. Um caso envolvendo o presidente Jaime Dal Farra e uma suposta negociação e outra relacionada a uma briga entre atletas estão entre as pautas do dia no Tigre.

Nesta tarde, o Criciúma divulgou, em suas redes sociais, uma nota na qual nega com veemência que o presidente Dal Farra estivesse negociando algo sobre o clube com um representante de uma empresa da Rússia. Diz a nota:

O Criciúma Esporte Clube vem a público esclarecer que tomou ciência da circulação, via aplicativos e redes sociais, de uma mensagem envolvendo uma suposta negociação realizada entre o atual presidente do Clube, Sr. Jaime Dal Farra e um representante de uma empresa russa.

 

O Clube afirma com veemência que a mensagem é FAKE NEWS, tratando-se de uma mera adaptação de outra mensagem falsa, de teor semelhante, viralizada no ano de 2018, como se comprova facilmente em pesquisa no site Boatos.org.

 

Lamentamos que esse tipo de mensagem esteja sendo circulada. O Tigre orienta que as pessoas confirmem a veracidade de qualquer notícia antes de compartilhá-la e esclarece que as medidas legais para identificar e punir os criadores da referida FAKE NEWS já estão sendo tomadas.

Outra situação chegou à Polícia Militar na noite passada. A PM foi acionada por conta de uma briga entre dois jogadores no CT Antenor Angeloni, um do elenco profissional e outro da base. Ao que consta, a briga foi feia. Até boletim de ocorrência foi lavrado. O clube deve se pronunciar nas próximas horas.

« 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13