Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito
Por Adelor Lessa 28/03/2022 - 18:44 Atualizado em 28/03/2022 - 18:56

Nessa decisão do prefeito Clésio Salvaro (PSDB), de não renunciar e continuar prefeito, abrindo mão da candidatura a vice-governador, não tem certo nem errado. Ele estaria abrindo mão de projetos importantes para Criciúma mas estaria buscando um espaço novo no andar de cima. Estaria colocando a cidade, se o projeto fosse bem sucedido, no núcleo de poder do estado, o que é muito importante.

Mas não errou o prefeito por não ter ido. Ele vai cumprir o que prometeu e ponto. Ele balançou, e admitiu isso na semana passada, quando decidiu avaliar a possibilidade diante do convite feito. Há informações dando conta de que a conversa do fim de semana com o empresário Luciano Hang teria esfriado um pouco o clima. Há outras informações, que Salvaro não trocaria o certo pelo duvidoso, mas ouvi de um prefeito, amigo de Salvaro, que ele não consegue desapegar da prefeitura.

Salvaro vai continuar prefeito. Foi uma ideia que ele mesmo levantou e ele mesmo descartou. Ele tem todo o direito disso, mas renúncia é uma decisão de foro íntimo. Salvaro continuará fazendo um grande trabalho.

Há informações que Salvaro vai tentar emplacar a deputada Geovania de Sá como candidata a vice. É um nome respeitável. Não tem a densidade de Salvaro, não tem a mesma característica mas é um potencial, um agente político da melhor qualidade, primeira linha. Não sabemos se tem interesse, está candidata à reeleição para deputada federal. Mas é uma possibilidade.

Outra chance que surge para a região é o ex-deputado estadual Jorge Boeira, que está entrando no PDT. Se reúne nesta noite com as lideranças do partido e vão acertar detalhes para consolidar Boeira como o candidato do PDT para a majoritária. Ele poderá ser o vice de Décio Lima ou candidato a senador se a frente for com Dário Berger governador e Décio Lima vice. Sem Salvaro nem Geovania, a região pode ter Boeira na majoritária. Claro que são espectros diferentes, com Boeira ligado à esquerda mas com trânsito no centro. Agora, novas possibilidades passam a ser estudadas.

Com Salvaro fora, João Rodrigues também deve ficar fora e não há mais convicção se Luciano Hang será candidato. Teve o movimento #FicaSalvaro mais a enquete na família Salvaro, tudo isso pode ter pesado, mas não seria decisivo para uma tomada de decisão tão importante. Salvaro não se sentiu seguro para trocar o certo pelo duvidoso.

O MDB na região

O MDB trata das suas pré-candidaturas em Criciúma para deputado estadual, depois da saída do circuito do ex-governador Eduardo Moreira. Os nomes do Dr. Aníbal Dário e do presidente do MDB criciumense, Rodrigo Duzzioni, o Ganso, já estavam colocados. A novidade foi a inclusão na lista do nome do vereador Paulo Ferrarezi.

E há outro nome sendo avaliado: o do secretário de Turismo e vereador de Balneário Rincão, Juninho Venturini. Ele está pensando no assunto.

Ouça o comentário no podcast:

 

Por Adelor Lessa 28/03/2022 - 13:49 Atualizado em 28/03/2022 - 15:15

Confirmando informação do blog no início da tarde, assessoria do prefeito Clesio Salvaro acaba distribuir nota onde faz anúncio da sua decisão de ficar na prefeitura e não disputar a eleição de outubro.

Pela manhã, ele já havia começado a comunicar politicos e aliados mais proximos que não iria.

A decisão chama a atenção pelos movimentos que ele fez na semana passada, quando pessoalmente admitiu ser candidato, junto com João Rodrigues, governador, e Luciano Hang, senador.

Até semana passada, a possibilidade de Salvaro ser candidato nem era tratada prque não havia nenhum indicativo para isso.

Sempre foi dito que ele não seria candidato.

A conversa mudou depois que ele mesmo admitiu disputar.

Mas, a partir de sexta-feira à tarde, quando teve reunião em Chapecó com João Rodrigues, Salvaro começou a refluir e sinais passaram a ser emitidos de que não deixaria a prefeitura.

Um prefeito amigo de Salvaro disse a pouco: "ele não conseguiu desapegar da prefeitura".

Abaixo, a nota distribuída faz poucos instantes pela assessoria do prefeito Clésio Salvaro:

"Clésio Salvaro (PSDB) está fora das eleições ao Governo do Estado de Santa Catarina em 2022. A decisão final do prefeito de Criciúma foi comunicada aos líderes estaduais do PSDB, incluindo os prefeitos tucanos, na manhã desta segunda-feira (28), em encontro realizado em Florianópolis. Reeleito em 2020, com 72,36% dos votos válidos, Salvaro permanecerá à frente da Administração Municipal até o dia 31 de dezembro de 2024. "É preciso ter muita coragem para não aceitar um desafio desses, com o convite do meu colega prefeito João Rodrigues e do Luciano Hang, mas por amor a Criciúma, eu governarei a minha cidade até o último dia do meu mandato, em 2024", comentou Salvaro.

Depois da nota, a assessoria de Salvaro divulgou vídeo que ele gravou pela manhã, no gabinete, antes de viajar a Florianópolis. 

Segue o vídeo abaixo.

 

Por Adelor Lessa 28/03/2022 - 13:26 Atualizado em 28/03/2022 - 13:40

O prefeito Clésio Salvaro já começou a comunicar aliados que não deixará o comando da prefeitura de Criciúma para ser candidato a vice-governador.

Ele almoçou com correligionários do PSDB, em Florianópolis, quando informou que vai fazer o comunicado oficial às 16h na reunião da Executiva estadual.

Antes da reunião, Clésio vai se encontrar com o governador Carlos Moisés, a quem antecipará a sua decisão.

Pela manhã, Clésio conversou por telefone com o prefeito João Rodrigues, de Chapecó, que seria o seu "companheirto de chapa".

Depois da negativa do prefeito de Criciúma, João viajará amanhã para Florianópolis para conversas politicas de bastidores sobre a manutenção ou não da candidatura ao governo.

Deve articular para tentar o prefeito Gean Loureiro, da Capital, de vice.

Se conseguir, pode confirmar a candidatura. 

 

  

Por Adelor Lessa 28/03/2022 - 08:44 Atualizado em 28/03/2022 - 09:38

O prefeito Clésio Salvaro, Armelindo Salvaro, reuniu familiares ontem na sua casa, no Balneário Rincão, e abriu discussão sobre a possibilidade de renúncia de Clésio da prefeitura para ser candidato a vice-governador.

Depois da dicussão, o "seu" Armelindo encaminhou para voto.

Foi improvisada uma urna em cima do freezer e cada um votou. 

Resultado: 14 x 5 contra a renúncia.

Apuração dos votos foi sendo anotada no caderno (foto).

Até que ponto isso vai influenciar na decisão?

O prefeito vai anunciar sua posição até meio dia.   

Salvaro está fazendo conversas por telefone agora pela manhã com dirigentes do PSDB (das executivas nacional e estadual), com João Rodrigues e Luciano Hang.

Depois vai a Florianópolis. Entre outras agendas, terá encontro com o governador Carlos Moisés.

Por Adelor Lessa 28/03/2022 - 07:45 Atualizado em 28/03/2022 - 07:45

Semana vai ser agitada na Política. Clésio Salvaro deve anunciar hoje se aceita o convite para ser candidato a vice-governador, em dobradinha com João Rodrigues, prefeito de Chapecó, que seria o candidato a governador.

A semana fechou com esse assunto e a semana começa com esse assunto na pauta.

Ouça o editorial completo:

Por Adelor Lessa 27/03/2022 - 19:30 Atualizado em 27/03/2022 - 20:20

No sábado, integrantes da equipe do prefeito Clésio Salvaro espalharam nas redes sociais o movimento "fica Salvaro", defendendo a sua permanência no cargo.

Por óbvio, não fariam se o prefeito estivesse decidido (ou mesmo inclinado) a deixar a prefeitura para ser candidato a vice-governador.

O movimento pode servir de argumento para a tomada de decisão.

Hoje, o empresário Luciano Hang, que ainda está em férias na Itália, publicou foto com a família e escreveu:

".. dia 30 já chego no Brasil e volto para a Havan, onde eu também amo estar. Vamos viajar pelo país, abrir lojas e gerar ainda mais empregos" (mensagem completa abaixo).

A afirmação pode ser interpretada como sinal que ele vai continuar no comando da sua rede de lojas e não vai mergulhar em um projeto eleitoral.

No sexta-feira à noite, na festa pelo seu aniversário, o prefeito de Chapecó, João Rodrigues, reafirmou, diante de mais de 2 mil pessoas, que renunciará à prefeitura e será a governador se o prefeito Clésio estiver com ele. Condição inarredável. 

Depois disso, enfatizou que a chapa teria Luciano Hang de candidato ao Senado. "Luciano é a cereja do bolo", disse.

Se João não vai sem Clésio, e os dois não vão para a disputa sem Hang, a tendência neste momento é que o "chapão" com os três está fazendo água.

É muito provável que seja anunciado o fim da operação durante a semana.

O primeiro a se posicionar oficial e publicamente deve ser o prefeito de Criciúma.

O anúncio do "fico" pode ser feito hoje à noite, no discurso que fará na posse da nova diretoria da Acic (Associação Empresarial de Criciúma). 

 

Por Adelor Lessa 25/03/2022 - 18:36 Atualizado em 25/03/2022 - 18:48

O prefeito Clésio Salvaro (PSDB) ainda não bateu o martelo sobre a candidatura ao Governo do Estado por uma razão: ele pediu até domingo à noite para encaminhar conversas em Criciúma. Não há questões pendentes com o partido, as direções estadual e nacional dos tucanos estão de acordo em fechar a chapa, mesmo que seja com um candidato a governador bolsonarista, no caso de João Rodrigues (PSD).

Mas não está aí o problema. O nó que falta desatar está em casa. Ele tem reações e oposições em casa, principalmente da sua esposa, Adriana, e de seu pai, Armelindo, que reagem à ideia de ele deixar a prefeitura para concorrer a vice-governador. Esse prazo até domingo é para ele ajustar as questões em casa. Falta efetivamente completar, concluir a conversa em casa. Político tem voo próprio, manda no seu nariz, mas um político como Salvaro não encaminhará um projeto, mesmo esse com reais perspectivas de sucesso, se tiver oposição em casa da sua mulher, leal e sempre presente, nas boas e nas ruins, e seu pai, sempre junto com Clésio. Essa questão familiar é o que falta para o Clésio resolver.

Na reunião em Chapecó ficou evidente que, se dependesse só da sua vontade, tudo certo, ele concorre. Qualquer político trabalha com perspectiva de avanço. Um prefeito de uma cidade como Criciúma em ser governador. E o Clésio, cauteloso e vencedor, não colocará a cabeça de fora se não tiver perspectiva. O Clésio fez o contrário, ele é o principal ativo do PSDB em Santa Catarina, mas ele não daria salto no escuro. Ficou quieto, aguardando. Até o fim do ano havia um pré-candidato no PSDB, Gelson Merisio. Depois, outros movimentos surgiram, até tentaram levar o governador Carlos Moisés para o PSDB. Ele é do Sul, uma chapa Moisés e Clésio é sulista, não daria certo.

Este é o nó a ser desatado no fim de semana. Clésio voltou de Chapecó com a missão de ajustar as coisas em casa. Até o início da manhã de segunda-feira tudo deverá estar decidido.

Ouça o comentário no podcast:

 

Por Adelor Lessa 25/03/2022 - 15:44 Atualizado em 25/03/2022 - 16:51

O prefeito Clésio Salvaro, PSDB, volta para Criciúma, depois da reunião em Chapecó com o prefeito João Rodrigues, PSD, com o compromisso de até domingo à noiter fazer as ultimas conversas para decidir se aceitar o convite para ser candidato a vice-governador.

Até lá, Clésio vai fazer conversas com a familia e pessoas da sua relação.

Deve conversar também com o vice-prefeito, Ricardo Fabris, PSD.

O empresário Luciano Hang, que está na Itáia, participou de parte da reunião, por telefone. Ele estará de volta na quarta-feira, dia 30.

Clésio está convidado para ser candidato a vice em chapa com João Rodrigues, que será candidato a governador.

Fotos: Jhulian Pereira / Decom

Para isso, os dois terão que renunciar até o dia 2 de abril.

 A conversa foi considerada "muito boa", mas inconclusiva.

 O deputado estadual Julio Garcia, PSD, amigo pessoal de João e Clésio, participou da reunião.

Também participaram da reunião o prefeito de Concórdia e presidente estadual do PSDB, Rogério Pacheco, o prefeito de Rio do Sul, José Thomé, PSD, e os vereadores do PSDB de Criciúma, Roseli de Lucca, Arleu da Silveira e Nícola Martins. 

Amanhã, João Rodrigues fará uma "festa de aniversário" para mais de 1,5 mil pessoas, quando deverá ser lançado candidato a governador.

Leia também:
Plenário: a formação da chapa na majoritária com Salvaro
João Rodrigues: "eu e Clésio seremos dois governadores
Em Chapecó, Salvaro decide se concorre ou não a vice-governador
O que representará para Criciúma a renúncia de Clésio

Por Adelor Lessa 25/03/2022 - 08:09 Atualizado em 25/03/2022 - 08:11

A possibilidade de renúncia do Clésio Salvaro. Está na pauta. É uma possibilidade real. O prefeito anunciou isso pela primeira vez publicamente.

O fim de semana será decidido. Principalmente depois da reunião de hoje em Chapecó com o João Rodrigues.

O que significa a renúncia de Salvaro para Criciúma?

Por sua habilidade e por ser um gestor competente, a cidade já tem mais de meio bilhão empenhados para obras na área de infra estrutura.

Clésio montou um time no seu governo que joga com música. 

Com o Clésio no comando, fica melhor. Mas, se renunciar, as coisas vão continuar na cidade.

Se ele decidir ser vice será o coroamento de uma carreira consagrada.

Para Criciúma, se o Clésio for a vice, será a volta da cidade ao núcleo do poder do estado. A mesa que decide investimentos em SC.

Clésio de for candidato a vice pode pavimentar sua estrada para governador.

Criciúma nunca elegeu um governador no estado. 

Hoje a alternativa é consistente e viável.

O que ele deicidir será respeitado!

Confira o editorial completo da abertura do Programa Adelor Lessa desta sexta-feira, 25: 

 

Por Adelor Lessa 25/03/2022 - 05:54 Atualizado em 25/03/2022 - 06:57

O prefeito Clesio Salvaro, de Criciúma, fez reunião fora de agenda, ontem, com toda a equipe envolvida nas obras em curso na cidade para marcar inauguração de tudo o que for possível na próxima semana, antecipando inclusive algumas que estavam agendadas para abril.

A iniciativa pode ser interpretada como mais um sinal de que está efetivamente disposto a renunciar o mandato para disputar a eleição estadual, em outubro.

Clesio tem convite para ser candidato a vice-governador numa chapa com João Rodrigues, prefeito de Chapecó, que seria candidato a governador, e o empresário Luciano Hang, candidato ao senado.

Hoje à tarde, Clesio estará em Chapecó para reunião decisiva com João Rodrigues.

Está combinado que na hora que os dois estiverem juntos, vão fazer uma chamada de vídeo para Luciano Hang, que está na Itália, para fazer uma conversa a três.

João tem dito que se Clesio aceitar ser o seu vice, ele vai. Luciano diz que se os dois aceitarem o desafio, ele vai ao senado.

Eles estão conversando várias vezes todos os dias a respeito do assunto.

Clesio vai levar a Chapecó os vereadores do seu partido, o PSDB de Criciúma, para acompanhá-lo na reunião.

Amanhã, João Rodrigues vai fazer uma festa de aniversário, que deve ser um ato politico para lançamento de sua candidatura ao governo.

O prefeito de Criciúma está convidado, mas preferiu ir hoje para tratar reunião sobre possibilidade de chapa para a eleição fora do ambiente festivo.

Clesio sempre reagiu à possibilidade de renunciar a prefeitura para ser candidato a governador ou a vice. Mas, acabou sendo convencido, especialmente por Luciano Hang e João Rodrigues, a repensar sua posução e considerar a possibilidade.

Um dos seus aliados mais proximos disse ontem, fim da tarde: "o homem realmente balançou, balançou e muito".

Por Adelor Lessa 24/03/2022 - 19:05 Atualizado em 24/03/2022 - 19:12

Clésio Salvaro é a bola da vez da política de Santa Catarina. As articulações passam por ele. Hoje ele tem o protagonismo do processo político. Luciano Hang será na semana que vem. Agora é o Salvaro. Ele sempre foi muito arredio à possibilidade de renunciar à prefeitura para disputar a eleição, mas ele balançou muito nos últimos dias.

Ele vem sendo procurado e vem conversando muito nos últimos dez dias com o prefeito João Rodrigues, de Chapecó, de quem é amigo pessoal, com quem tem afinidade política. Salvaro considera que os dois têm história política semelhante. E Salvaro tem conversado muito com o empresário Luciano Hang, catarinense com projeção nacional. Hang está projetando candidatura ao Senado e está estimulando Salvaro a compor chapa com João Rodrigues.

A ideia é com Luciano por PP ou Patriota, com João governador pelo PSD e Salvaro vice pelo PSDB. É isso que está sendo costurado por João e Luciano com Salvaro, que balançou. Ele está admitindo a possibilidade. Ele vive seu melhor momento político, tem nome estadualizado, é consagrado no Sul, tem respeito em toda a região, está em seu terceiro mandato de prefeito, teve uma reeleição tranquila, com mais de 70% dos votos, e para frente ninguém sabe o que vai acontecer.

Um momento tão propício como esse, talvez não aconteça. Mas Salvaro não fará aventura, mas uma chapa com João Rodrigues e Luciano Hang é um jogo possível, com reais possibilidades de vitória. Salvaro está consultando familiares e aliados. Chamou, para uma conversa na prefeitura nesta quinta, o deputado estadual Julio Garcia, seu amigo pessoal.

Nesta sexta, Salvaro estará em Chapecó, para uma conversa olho no olho com João Rodrigues. Se Salvaro sentir firmeza nessa proposta, se sentir segurança que João Rodrigues e Luciano Hang vão, ele poderá voltar de Chapecó propenso a encaminhar o projeto majoritário estadual e deixar a prefeitura, mas ele tem que sentir firmeza para isso.

Márcio Búrigo busca parceiro para dobradinha

Com a saída de Márcio Búrigo, muitos filiados estão deixando o PL em direção ao União Brasil. São correligionários de Içara, Forquilhinha, Morro da Fumaça, Araranguá e outras cidades seguem o mesmo caminho do ex-prefeito.

Márcio trabalha, agora, por uma candidatura a deputado federal pelo União Brasil. No PL ele teria Júlia Zanatta e Daniel Freitas. No União Brasil, junto com a coordenadora Lisiane Tuon, ele tenta atrair ou o médico Dr. Anibal Dário, que foi candidato a prefeito em 2020 em Criciúma pelo MDB, ou a ex-vereadora Tati Teixeira. Márcio e Lisiane estão trabalhando essa possibilidade, de filiar Tati para ela concorrer a federal.

Outra alternativa, que já está no União Brasil, é o advogado Jéferson Monteiro, suplente de vereador, que poderá ser o candidato a deputado federal em dobradinha com Márcio Búrigo.

Em relação a Tati e Anibal, é decisão que precisa ser tomada até o dia 2, pois implica na filiação de um dos dois no União Brasil. Jéferson Monteiro já está filiado. Ele era do PSL.

Ouça as informações da política no comentário do Ponto Final, na Rádio Som Maior:

 

Por Adelor Lessa 24/03/2022 - 08:04 Atualizado em 24/03/2022 - 08:06

Ontem à noite recebi mensagem do João Pedro Hermann, de um golpe na internet, onde as redes do Parque Verde foram hackeadas.

Todos os dias recebo mensagens de pessoas que foram hackeadas.

As redes sociais e as ferramentas da internet vieram para agilizar negócios, mas junto vieram malandros mal intencionados.

Tudo é muito novo. Vieram pilantras que se aproveitam.

Pessoas sendo enganadas, iludidas.

E vão sendo aplicados golpes de várias modalidades.

Tem muitos pilantras que usam as redes sociais com objetivos políticos e eleitorais. 

Espalham fake news.

E atacam a mídia em geral. Colocando todos na mesma posição. Buscando fidelizar os seus seguidores para só as suas bolhas.

Para que consumam só os seus discursos. E as fake news que são produzidas.

Não precisa se afastar das redes sociais. Mas, tomar cuidado é preciso para não cair em golpes!

As redes devem te servir, mas você não pode ser instrumento de manipulação para quem maldosamente as usa.

Confira o editorial completo da abertura do Programa Adelor Lessa desta quinta-feira, 24:

 

Por Adelor Lessa 24/03/2022 - 07:28 Atualizado em 24/03/2022 - 07:47

O ex-prefeito Márcio Búrigo já saiu da reunião com o prefeito Gean Loureiro, ontem à tarde, com a ficha de filiação assinada no partido União Brasil (foto abaixo).

Márcio trocou o PL pelo União Brasil para disputar a eleição para deputado estadual.

Gean é presidente estadual do União Brasil e deve ser candidato a governador.

 

Por Adelor Lessa 24/03/2022 - 06:36 Atualizado em 24/03/2022 - 06:50

O prefeito de Criciúma, Clésio Savaro, PSDB, viajará no sábado a Chapecó para participar da festa de aniversário do prefeito João Rodrigues, PSD.

A festa deve ter forte conteúdo político, com o provável lançamento da candidatura de João ao governo do estado.

Salvardo vem sendo "assediado" para aceitar ser candidato a vice-governador em chapa com o prefeito de Chapecó.

Para isso, o prefeito de Criciúma terá que renunciar até o dia 2 de abril. Mas, Salvaro tem emitido sinais que não pretende sair da prefeitura agora.

Ele deverá estar em Chapecó acompanhado do vereador Arleu da Silveira.

Além do próprio João Rodrigues, o empresário Luciano Hang vem tentando convencer Salvaro a renunciar a prefeitura para disputar a eleição.

Hang tem dito em privado que "simpatiza muito" com uma eventual chapa João / Salvaro.

Ele está na Itália, mas em linha direta com politicos de Santa Catarina e do país, tratando de possibilidades para a eleição.

O seu principal objetivo é apoiar a campanha para reeleição do Presidente Bolsonaro.

Até o dia 2 de abril, Luciano vai definir se assinará filiação em algum partido para disputar eleição ao senado.

Ontem, ele decidiu antecipar em dois dias o retorno ao estado.

Vai desembarcar no dia 30, 6h da manhã. No dia seguinte, deve anunciar se vai se filiar e, no caso, em qual partido.

As apostas são que ele filiará no PP ou Patriota.

 

 

Por Adelor Lessa 23/03/2022 - 18:22 Atualizado em 23/03/2022 - 18:27

O principal assunto do dia foi a desfiliação de Márcio Búrigo do PL. Ele acertou a sua transferência para o União Brasil. Depois de dois meses de conversas, avanços e recuos, tudo ficou acertado nesta quarta-feira (23). Márcio estava inclinado a ficar no PL até a última segunda-feira (21) quando teve uma reunião infrutífera com o senador Jorginho Mello. Nesta terça (22) ele começou a comunicar lideranças apontando para a migração.

Márcio fez as contas. Tem um projeto consistente para buscar a eleição. Considerou mais fácil concorrendo pelo União Brasil, pelo qual será o único candidato na região. Márcio explicará o que aconteceu nesta quinta em entrevista logo cedo na Som Maior.

No PSB, o senador Dário Berger assinou ficha de filiação junto com Geraldo Alckmin em ato na manhã desta quarta. Dário saindo do MDB, Alckmin oriundo do PSDB. Dário agora volta para Santa Catarina para operar a formação da Frente de Esquerda. É provável que a majoritária tenha os nomes de Dário, Décio Lima (PT) e Jorge Boeira (PDT), que se filia na próxima segunda-feira (28).

Se Luciano Hang confirmar candidatura ao Senado, desestimula outros candidatos. Se não for, a candidatura ao Senado passa a ser mais animadora, e isso influencia nas demais coligações. Até o fim do mês, Hang define seu futuro político.

A propósito, Luciano Hang, que encontra-se na Itália, está antecipando sua volta ao Brasil, chegará às 6h do dia 30 para encaminhar sua definição sobre filiação partidária.

Ouça o comentário que foi ao ar no Ponto Final na Rádio Som Maior:

 

Por Adelor Lessa 23/03/2022 - 14:16 Atualizado em 23/03/2022 - 14:23

O ex-prefeito Márcio Búrigo se definiu por filiação no União Brasil, partido por onde será candidato a deputado estadual.

Ele vai oficializar sua saída do PL nas próximas horas.

Decisão foi tomada depois de reunião que terminou agora a pouco com o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, presidente estadual do União Brasil.

Márcio foi coordenador do PL na região, responsável pelo crescimento do partido, mas ficou insatisfeito depois que compromissos assumidos não teriam sido cumpridos pelo presidente estadual, senador Jorginho Mello.

Ele tinha convite do União Brasil e do Republicanos (pelo governador Carlos Moisés).

 Na semana passada, havia desistido de sair do PL. Mas, teve reunião considerada muito ruim conm Jorginho Mello na segunda-feira e ontem passou a comunicar a aliados a decisão de trocar de partido, e reabriu conversações com o prefieto Gean.

Filiação ao União Brasil será feita na proxima segunda-feira, dia 28. 

 

 

Por Adelor Lessa 23/03/2022 - 11:52 Atualizado em 23/03/2022 - 12:05

Agora é oficial, está assinado e documentado. Dário Berger, senador catarinese, é do PSB.

Ele assimou ficha de filiação hoje pela manhã na sede do Instituto João Mangabeira, em Brasília.

Ficha foi "abonada" pelo presidente nacional do partido, Carlos Siqueira.

Dário saiu do MDB e projeta candidatura a governador liderando uma frente de partidos que apoiarão a candidatura de Lula em Santa Catarina.

Na mesma cerimônia, o PSB oficializou a filiação do ex-governador paulista Geraldo Alckmin, que deverá ser vice de Lula. 

O presidente estadual do PSB, Claudio Vignati, estava na cerimônia.

  

 

Por Adelor Lessa 23/03/2022 - 07:46 Atualizado em 23/03/2022 - 09:18

Empreendedores e empresários da cidade estão sendo procurados para instalar indústria lá no sudeste brasiliero. 

Oferecem terrenos às margens da BR-101, de fácil acesso. A prefeitura além do terreno, oferece terraplanagem, isenção de impostos, e compensação de ICMS. 

Por que oferece tudo isso?

O que interessa para essa cidade é geração de emprego e renda. Não é cobrar imposto.

Criciúma discute também em trazer empresas para a cidade. Necessidade de trazer dinheiro novo para a cidade que vai circular aqui.

Neste contexto, o movimento feito por esse municípios no sudeste pode dar subsídios para a discussão sobre isso na cidade

Ganha quem der mais facilidades.

Criciúma já foi a quarta economia do Estado e está em queda, chegando perto do décimo.

Qual foi a última indústria importante que veio para a cidade?

Confira o editorial completo da abertura do Programa Adelor Lessa desta quarta-feira, 23:

 

 

Por Adelor Lessa 22/03/2022 - 17:43 Atualizado em 22/03/2022 - 18:46

O ex-governador Eduardo Moreira, MDB, arquivou o projeto de candidatura a deputado estadual na eleição deste ano.

Ele chegou a se articular para disputar eleição para deputado estadual.

Hoje, comunciou na reunião da bancada estadual que não será candidato.

Ontem, informou o governador Carlos Moisés da sua decisão, quando estiveram juntos em Chapecó na reunião do Codesul.

O MDB de Criciúma deve apoiar a candidatura do médico Dr Anibal, que foi candidato a prefeito de Criciúma em 2020.

O ex-prefeito de Içara, Murialdo Gastalton, que chegou a ter seu nome especulado para deputado, também não será candidato.

Vai continuar na assessoria de Eduardo no banco.

Eduardo assumiu diretoria do BRDE no final de 2021 e poderá ser presidente do banco em 2023. 

 

 

 

 

Por Adelor Lessa 22/03/2022 - 15:11 Atualizado em 22/03/2022 - 15:27

O ex-prefeito Márcio Búrigo não vai mesmo ficar no PL.

Agora à tarde, começou a comunicar prefeitos, vereadores e filiados do PL, especialmente os que foram para o partido levados por ele.

Márcio deve decidir até o fim da semana se vai migrar para o União Brasil, atendendo convite do prefeito Gean Loureiro, ou o Republicanos, para onde tem convite do governador Carlos Moisés.

Amanhã ele estará em Florianópolis. Na agenda, um encontro com o prefeito Gean Loureiro. 

O ex-prefeito estava decidido a ficar no PL, apesar de contrariado com algumas situações internas e acordos não cumpridos. Mas, marcou uma última conversa ontem com o senador Jorginho Mello, presidente estadual do partido, antes de "bater o martelo". E a conversa foi considerada "muito ruim".

Márcio voltou para Criciúma no final da tarde inclinado a sair do PL. Hoje, confirmou a decisão e passou a fazer os comunicados.

Independente do partido onde vá filiar, ele será candidato a deputado estadual em outubro.

 

4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito