Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
Denis Luciano
Por Denis Luciano 04/04/2019 - 00:01Atualizado em 04/04/2019 - 00:52

Foi uma quarta invicta para o futebol do sul na penúltima rodada da primeira fase do Campeonato Catarinense. O Criciúma ganhou, nos acréscimos. O Atlético Tubarão também ganhou, em um confronto direto. E o Hercílio Luz desperdiçou pênalti, tomou dois, buscou e ficou no 2 a 2 com o Marcílio Dias em Itajaí.

E a noite foi de volta por cima para o Tigre e o Tubarão. O primeiro conseguiu, depois de 16 rodadas penando, entrar no G-4 no minuto final da penúltima rodada. Um fôlego e tanto para um time que, agora, dependerá apenas de si para ser semifinalista do Estadual. Ganhando do Hercílio domingo e pronto, classifica e de quebra rebaixa o adversário. Mas será dureza o confronto no Anibal Costa.

De outro lado, o Tubarão. Os 2 a 0 no Metropolitano, no Domingos Gonzales, tiraram o Peixe da zona de rebaixamento, depois de 16 rodadas remando nas últimas posições. Nesse instante, estaria livre do descenso. Mas ainda tem 90 minutos para sustentar e escapar de fato. Léo Tilica, aos 12 minutos do primeiro tempo, e Edu, aos 5 da segunda etapa, anotaram os gols do Tubarão.

Em Itajaí, o Hercílio deixou escapar a chance de sair na frente, com Lima perdendo um pênalti no primeiro tempo. Em seguida, aos 43 minutos, Juliano Levak abriu o placar para o Marcílio, que ampliou aos 10 da etapa final. O Hercílio reagiu e buscou com gols de Juliano, aos 30, e Victor Guilherme, aos 39 minutos, 2 a 2.

Marcílio e Hercílio, empate em Itajaí

Agora, a briga pela última vaga na semifinal envolve Criciúma e Marcílio Dias. Os dois somam 24 pontos, mas o Criciúma tem vantagem nas vitórias, 7 a 6. Ou seja, se ganhar do Hercílio no domingo, classifica. Se fizer o mesmo resultado que o Marcílio, idem. O time de Itajaí terá que somar contra o Figueirense mais pontos que o Tigre fará em Tubarão. Se o Criciúma empatar, o Marcílio terá que ganhar no Scarpelli.

Tubarão, vitória decisiva em casa sobre o Metropolitano

E a disputa na parte de baixo? O Tubarão visita o eliminado Joinville. Se ganhar, classifica. Se empatar, terá que torcer ou para o Metropolitano não vencer o Brusque, já eliminado, em casa, ou para o Hercílio não derrotar o Criciúma. Perdendo, o Tubarão ainda escapa se Metropolitano e Hercílio não ganharem. Eles podem até empatar que ainda assim o Peixe se livra, neste caso. O Hercílio terá que ganhar do Criciúma e torcer por tropeço de um dos dois rivais. O Metropolitano precisa vencer o Brusque e torcer por tropeço do Tubarão em Joinville.

O Avaí atropelou o Brusque, 4 a 0 no Augusto Bauer

E lá no topo? O Avaí - que nesta quarta goleou o Brusque, 4 a 0 - já é campeão da primeira fase, e fará a semifinal em casa, contra Criciúma ou Marcílio Dias. Chapecoense e Figueirense - que empataram em 3 a 3 no Scarpelli nesta quarta - brigam pelo segundo lugar e a vantagem na semifinal. Por enquanto, a vantagem é da Chape. Eis mais uma motivação para o Figueirense contra o Marcílio, o que ajuda o Tigre. A última rodada será emocionante.

Figueirense, que empatou com a Chape, pode ajudar o Criciúma no domingo

 

Denis Luciano
Por Denis Luciano 03/04/2019 - 21:08Atualizado em 03/04/2019 - 21:50

O mais novo reforço do Criciúma despediu-se do São Luiz de Ijuí nesta quarta-feira. O goleiro Paulo Gianezini, já a caminho do Tigre, esteve hoje no estádio 19 de Outubro para um último contato com os seus agora ex-colegas.

“O que eu vivi aqui no São Luiz vou levar para o resto da vida. Foi um momento onde optei pela mudança, cheguei um moleque e saio um homem. Crescimento enorme tive aqui no São Luiz e agradeço ao clube, torcedor, imprensa e deixo uma boa imagem”, disse.

Projetando seu futuro, Paulo tem a expectativa de assumir a titularidade no Criciúma. “Foi o que me propus a fazer. Meu foco sempre foi chegar na Série A ou Série B. Jogar a Série A até os 30 anos é meu objetivo. Mas peguei o exemplo do Thalheimer. Ele saiu para uma série A. Então é possível. Num primeiro momento não caiu a ficha, sempre me propus a chegar neste patamar e agora é chegar lá e me empenhar ao máximo e fazer o meu melhor”.

Paulo vem para suprir um momento de lesões dos goleiros Luiz e Bruno Grassi, e para a vaga de Vinícius, cujo contrato está acabando e ele acertou transferência para o Cruzeiro. Embora já tenha sido confirmado o acerto, o Criciúma ainda não anunciou oficialmente a contratação. As informações são do blog do colega Alex Frantz, de Ijuí.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 31/03/2019 - 18:37Atualizado em 31/03/2019 - 18:37

O Criciúma pode ter dois, três ou até quatro jogos pela frente no Campeonato Catarinense a partir de agora. Vai depender do próprio Tigre. Pega o Joinville na quarta no Heriberto Hülse e o Hercílio Luz domingo, em Tubarão. Se conseguir garantir o quarto lugar - nesse instante é o quinto - o Tigre vai à semifinal e garante mais um jogo.

E se passar desse mata-mata, daí tem a finalíssima. Tudo isso em um espaço de pouco mais de duas semanas. E no meio tem a partida de volta da terceira fase da Copa do Brasil contra a Chapecoense no dia 10, no Majestoso.

Andrew fez o gol do Tigre em Blumenau / Foto: Sidnei Batista / CA Metropolitano / Divulgação

Foi decisiva demais a vitória deste domingo, 1 a 0 contra o Metropolitano em Blumenau. Assista abaixo os melhores momentos da partida no estádio do Sesi com as imagens do FC Play.

A semana vai começar com reforço no Tigre. Em entrevistas aos colegas que estavam em Blumenau, o diretor executivo João Carlos Maringá confirmou que um meia que estava no futebol paulista chega nesta segunda-feira. E tem engatilhadas as contratações do lateral direito Marcos Vinícius, que vem emprestado pela Chapecoense, e o volante Liel, que está voltando do Atlético Tubarão.

Quarta, 21h30min, tem Criciúma x Joinville. Uma decisão no HH.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 31/03/2019 - 18:14Atualizado em 31/03/2019 - 18:15

Entre altos e baixos, o Criciúma consegue chegar na reta final da primeira fase vivo na briga pela classificação à semifinal do Campeonato Catarinense. Fez 1 a 0 neste domingo sobre o Metropolitano no estádio do Sesi, em Blumenau, e ainda disputa o quarto lugar.

Com o resultado, o Criciúma chegou a 21 pontos, contra 23 do Marcílio Dias, que no sábado venceu o Joinville por 1 a 0. O Brusque, que ainda joga na rodada - está pegando a Chapecoense agora, 18h, na Arena Condá - e o Joinville, ambos com 20 pontos, ainda estão na disputa.

Futebol Interior / Reprodução

E o Joinville é o adversário direto da quarta-feira, 21h30min, no Heriberto Hülse. Quem ganhar, vai brigar na última rodada. Quem perder deve sair da disputa.

O atacante Andrew fez o gol da vitória tricolor em Blumenau, aos 7 minutos do segundo tempo.

Andrew, autor do gol da vitória do Tigre contra o Metro hoje / Foto: Sidnei Batista / CA Metropolitano

Na outra partida da tarde, um resultado que, indiretamente, influencia nessa reta final do Criciúma. O Hercílio Luz empatou em 1 a 1 com o Figueirense no estádio Anibal Costa. Alemão, aos 2 do primeiro tempo, abriu o placar para o Figueira. Vinícius Pacheco igualou aos 9 da etapa final.

Ocorre que o Hercílio está com 12 pontos, ainda na zona de rebaixamento, e briga diretamente com Metropolitano, 13, e Tubarão, 11 pontos, para não cair. E o Hercílio é o adversário do Marcílio Dias, rival do Criciúma na luta do G-4. A partida será quarta-feira, 21h30min, no estádio Dr. Hercílio Luz, em Itajaí. 

Futebol interior / Reprodução

Vitórias de Hercílio e Criciúma na quarta, combinando a algum tropeço do Brusque contra Chapecoense e Avaí, e o Criciúma pode entrar na última rodada no grupo de classificados. E na última, o Tigre visita justamente o Hercílio em Tubarão.

Outro trunfo para o Criciúma. Se ele conseguir chegar na última rodada em condição de ultrapassar o Marcílio - se o Brusque não chegar embolado na briga -, o Tigre pega o Hercílio enquanto o Marcílio encara o Figueirense, ambos fora de casa. A briga vai ser boa, e o Criciúma agora depende apenas dele para chegar disputando na rodada fatal.

Jogos que restam:

Marcílio Dias - Hercílio Luz (em casa), Figueirense (fora)

Criciúma - Joinville (em casa), Hercílio Luz (fora)

Brusque - Chapecoense (fora), Avaí (em casa)

Joinville - Criciúma (fora), Tubarão (em casa)

A quarta-feira poderá definir o rebaixamento. Se o Hercílio não ganhar em Itajaí e o Metropolitano vencer no Domingos Gonzales, Hercílio e Tubarão caem na quarta-feira. Os dois precisam pontuar na rodada para manter vida até a última rodada.

Futebol Interior / Reprodução

 

Denis Luciano
Por Denis Luciano 31/03/2019 - 12:42Atualizado em 31/03/2019 - 12:42

A Federação Catarinense de Futebol publicou na sexta-feira a tabela do Campeonato Catarinense da Série B. O Próspera, campeão da Série C no ano passado, retorna à Segunda Divisão estadual, na qual não estava desde 2010, na sua última temporada antes do licenciamento.

O Time da Raça vai estrear fora de casa, no dia 2 de junho, contra o Almirante Barroso. O primeiro compromisso em casa será em 9 de junho, diante do Concórdia. Ainda no turno jogará contra Inter (em Lages), Guarani de Palhoça (em casa), Blumenau (em Indaial), Camboriú (em casa), Barra (em Itajaí), Juventus (em casa. Neste jogo, um detalhe, a tabela marca para 20h30min de uma quarta-feira no Mário Balsini, que não tem iluminação) e Fluminense (em Joinville).

A primeira fase da Série B será disputada em turno e returno. Serão 18 rodadas. Os dois melhores sobem. O pior cai.

Pensando na Série B, o Próspera pretende na terça-feira anunciar o seu técnico. Especulações ontem no Mário Balsini, enquanto o sub-17 jogava, indicavam que o novo treinador será um ex-jogador de Internacional e Grêmio.

Próspera na Série B - Turno

2/6 - Almirante Barroso (fora)

5/6 - Concórdia (casa)

9/6 - Internacional (fora)

16/6 - Guarani (casa)

19/6 - Blumenau (fora)

23/6 - Camboriú (casa)

30/6 - Barra (fora)

3/7 - Juventus (casa)

7/7 - Fluminense (fora)

Uma prévia já está rolando. É a Série B do Catarinense Sub-17, reunindo esses mesmos clubes. O Próspera, que estreou goleando o Inter por 4 a 0 em Lages, folgou na segunda rodada e ontem, pela terceira rodada, perdeu em casa para o Camboriú por 3 a 2.

O Time da Raça chegou a estar tomando 3 a 0, gols de Augusto aos 22 do primeiro tempo e Guilherme, aos 45 do primeiro e 11 do segundo tempo. O Próspera conseguiu encostar no placar com gols de Vinícius, aos 26, e Lucas, aos 38 da etapa final.

Foto: EC Próspera / Divulgação

Um público de cerca de 500 torcedores acompanhou a partida de ontem no Mário Balsini. Prova que o prosperano gosta de futebol e quer ver o seu time, podendo ser até na base.

Em quinto lugar no Estadual Sub-17, o Próspera, do técnico Alfredo Lima, volta a campo sábado que vem, em Itajaí, contra o Almirante Barroso.

(Colaboração: Futebol do Sul Catarinense @FutdoSulSC)

Denis Luciano
Por Denis Luciano 31/03/2019 - 12:11Atualizado em 31/03/2019 - 12:14

A antepenúltima rodada da primeira fase do Campeonato Catarinense será complementada neste domingo. Nos resultados de sábado, a boa fase do Avaí, o sufoco do Tubarão, o tropeço do JEC e a comemoração do Marcílio Dias, que garantiu sua vaga na Série D do Campeonato Brasileiro em 2020.

Futebol Interior / Reprodução

O Estadual chega à rodada dominical com três classificados à semifinal - e brigando pelos dois primeiros lugares e a respectiva vantagem de jogar em casa a rodada única da semifinal -, nos casos de Avaí, Figueirense e Chapecoense. O Avaí está quase garantido com o mata-mata na Ressacada, com seus 33 pontos. Figueirense com 30 e Chapecoense, 28, devem brigar pelo segundo posto.

Jogos que restam:

Avaí - Brusque (fora), Chapecoense (casa)

Figueirense - Hercílio Luz (fora), Chapecoense (casa), Marcílio Dias (casa)

Chapecoense - Brusque (casa), Figueirense (fora), Avaí (casa)

O segundo pelotão, o mais numeroso, é o que disputa a vaga que resta na semifinal, e reúne Marcílio Dias, Brusque, Joinville e Criciúma.

Jogos que restam:

Marcílio Dias - Hercílio Luz (casa), Figueirense (fora)

Brusque - Chapecoense (fora), Avaí (casa), Metropolitano (fora)

Joinville - Criciúma (fora), Tubarão (casa)

Criciúma - Metropolitano (fora), Joinville (casa), Hercílio Luz (fora)

E há o terceiro pelotão, no qual estão Metropolitano, Hercílio Luz e Atlético Tubarão e que brigam contra as duas vagas na Série B de 2020.

Jogos que restam:

Metropolitano - Criciúma (casa), Tubarão (fora), Brusque (casa)

Hercílio Luz - Figueirense (casa), Marcílio Dias (fora), Criciúma (casa)

Tubarão - Metropolitano (casa), Joinville (fora)

Futebol Interior / Reprodução

A rodada

Jogando em casa, o Joinville vinha favorito por conta da sua recente reação, com vitórias fora contra Chapecoense e Figueirense. Mas decepcionou. Perdeu por 1 a 0 para o Marcílio Dias, em confronto direto, e desperdiçou a chance de entrar no G-4 nesta rodada.

Foto: Júlio César / JEC

O gol foi de Magrão, logo aos 2 minutos, e com o resultado o Marcílio garantiu classificação à Série D do Brasileiro do ano que vem. Cabe lembrar que conquistam essas vagas os times que não caem no Catarinense e que não estão em outras divisões. Logo, o Brusque será o próximo a assegurar e um dos que não caírem na briga dos três lá de baixo.

Joinville 0x1 Marcílio Dias contou com um bom público de 5.243 torcedores na Arena Joinville para uma renda de R$ 101.780,00.

Na Ressacada, o Avaí confirmou o favoritismo e venceu o Tubarão por 2 a 0, gols de Getúlio, aos 42 do primeiro tempo, e João Paulo, aos 37 da etapa final. A Ressacada recebeu 5.134 torcedores para uma renda de R$ 79.245,00.

Tubarão perdeu na Ressacada / Foto: William Lampert / CA Tubarão

Hoje, três partidas

Metropolitano x Criciúma neste domingo, 16h, é jogo que decide muito. Envolve o primeiro do pelotão para não cair e o último do pelotão para classificar. Ganhar, para o Metropolitano, será dar um passo decisivo para não cair, pois poderá ficar a cinco pontos dos dois times do Z-2 caso o Hercílio seja derrotado pelo Figueirense no Anibal Costa, no jogo das 16h em Tubarão.

Para o Criciúma, a vitória poderá significar o alcance do quinto lugar, caso o Brusque não vença em Chapecó. Chapecoense x Brusque jogam a partir das 18h na Arena Condá.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 28/03/2019 - 00:22Atualizado em 28/03/2019 - 00:28

Ney Franco é o novo técnico da Chapecoense. A informação vem do jornalista Rodrigo Faraco, da NSC, que postou a notícia faz poucos minutos em sua conta no Twitter.

A Chape, que venceu o Criciúma na noite desta quarta por 3 a 2 pela Copa do Brasil, ainda não fez o anúncio oficial, o que deve ocorrer nas próximas horas. Franco conduziu o Goiás na campanha de acesso à Série A em 2018.

Em novembro passado, Franco participou do Debate Aberto na Rádio Som Maior. Na ocasião, contou detalhes do seu projeto enquanto empresário no futebol.

Ele vai substituir Claudinei Oliveira, demitido no dia 19 após derrota em casa, 2 a 1 para o Joinville pelo Campeonato Catarinense.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 27/03/2019 - 12:20Atualizado em 27/03/2019 - 12:28

A Chapecoense tentou de novo hoje pela manhã a transferência para amanhã do jogo contra o Criciúma, mas não teve sucesso. A CBF confirmou para as 19h15min desta quarta-feira a partida pela rodada de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

O clube do Oeste reiterou a solicitação da alteração por conta do luto resultante da morte do jornalista Rafael Henzel. O velório acontece nesta quarta-feira em Chapecó.

O Criciúma emitiu nota nesta manhã avalizando o pedido e concordando com a realização da partida nesta quinta.

Jogo confirmado, expectativa de muitas homenagens logo mais ao colega falecido aos 45 anos.

Último Chape x Criciúma na Arena Condá foi sob forte chuva, com derrota do Tigre: 1 a 0

 

Denis Luciano
Por Denis Luciano 26/03/2019 - 23:47Atualizado em 26/03/2019 - 23:56

A morte do jornalista Rafael Henzel, vítima de um infarto na noite desta terça-feira enquanto jogava futebol com amigos em Chapecó, fez a Chapecoense encaminhar à CBF um pedido. O clube solicitou, conforme os colegas lá do Oeste, a transferência do jogo diante do Criciúma, pela Copa do Brasil, para quinta-feira. A partida está marcada para as 19h15min desta quarta, na Arena Condá.

O Criciúma, que está concentrado em Chapecó à espera do jogo, concordou com o pedido da Chapecoense segundo o Eduardo Fernandes, repórter da Rádio Super Condá. Respeitaria o luto pelo colega e jogaria na quinta-feira. Sem problemas. Mas a CBF não concordou.

Segundo vem sendo comentado, a Chape fará uma nova investida nesta quarta pela manhã.

Cabe lembrar que, por tudo o que aconteceu com a delegação da Chapecoense em novembro de 2016, aquelas 71 mortes em Medellín, Henzel - como um dos seis sobreviventes - transformou-se em uma referência de garra e superação. Escreveu um livro muito interessante - Viva como se estivesse de partida - no qual traz um relato emocionante e detalhado de todo o ocorrido antes, durante e depois. A descrição que ele fez da tensão pós acidente é de arrepiar. E os exemplos de superação, de vontade de viver no período de recuperação e a volta por cima também são impressionantes. É leitura muito válida.

Ouvi um pouco da Rádio Oeste Capital FM agora à noite, depois do ocorrido, e pude acompanhar alguns comentários dos colegas de lá. Eles contaram que Rafael estava muito feliz, tinha chegado de viagem no sábado, andou pela Europa participando do lançamento de um documentário sobre a Chapecoense. E havia proferido palestras, das muitas que vem fazendo desde que se recuperou, no começo de 2017. E que havia acabado de apresentar seu programa na emissora, passou em casa e foi para o bate bola com os amigos. Jogava futebol até três vezes por semana.

Na foto com o Henzel, o Eraldo Luiz, o Janguinha, nosso colega aqui do Jornal A Tribuna e que nesta quarta estará
em Chapecó com a Rádio Marconi, para Chapecoense x Criciúma. O Janguinha me contou faz pouco que tinha
separado um vinho para levar de presente ao Rafael. Uma lástima.
Essa foto é recente, da última vinda do Rafael a Criciúma.

Dos tantos depoimentos que Rafael Henzel gravou depois daquele trágico acidente, colhemos este, que reproduzimos abaixo. Cada instante vale a pena de ser conferido. Ah, e uma singela e mínima passagem minha com o Rafael. Ano passado, estava eu na Arena Condá com o Jotha Del Fabro e o Sarandi para a transmissão de Chapecoense x Criciúma pela Rádio Som Maior. Encontrei o Rafael no corredor das cabines de imprensa e logo me ocorreu: "não toca no assunto, esse cara não aguenta mais lembrar desse acidente". E apenas sorri, trocamos um abraço e falamos algumas trivialidades quaisquer de futebol. Abaixo, um de tantos depoimentos dele. Estamos todos muito tristes.

 

Denis Luciano
Por Denis Luciano 26/03/2019 - 21:29Atualizado em 26/03/2019 - 23:56

Faleceu na noite desta terça-feira o jornalista Rafael Henzel, 45 anos. Ele foi um dos sobreviventes do acidente aéreo que abateu a delegação da Chapecoense em 28 de novembro de 2016 na Colômbia. "Ele sofreu um infarto fulminante enquanto jogava futebol com amigos e faleceu no Hospital Regional faz poucos minutos", confirmou a Rádio Oeste Capital FM, de Chapecó, onde o profissional trabalhava.

O jornalista Marcelo Lula, colega de Henzel na mídia do Oeste, postou a pouco a seguinte informação:

O colega de grupo Condá de Comunicação, Rafael Henzel, acaba de falecer no Hospital Regional. Ele sofreu um infarto jogando futebol. Meus sentimentos à família.

A Chapecoense divulgou a sua nota de pesar via redes sociais.

A notícia vem na véspera do jogo do Criciúma contra a Chapecoense marcado para esta quarta-feira na Arena Condá, pela Copa do Brasil.

Mais detalhes nesta quarta-feira no Jornal A Tribuna.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 25/03/2019 - 22:16Atualizado em 25/03/2019 - 22:20

Faltando três rodadas para o fim da primeira fase do Campeonato Catarinense, o Criciúma está a apenas dois pontos do grupo de classificação às semifinais. E tudo graças ao Atlético Tubarão. Sim, o Peixe deu um fôlego para o Tigre no Estadual além, é claro, de se ajudar para tentar escapar do descenso.

No fechamento da 14º rodada, na noite desta segunda-feira, no Domingos Gonzales, o Tubarão ganhou do Brusque por 1 a 0, gol de Edu aos 25 minutos do segundo tempo.

A classificação concluída mais uma rodada / Futebol Interior / Reprodução

Com o resultado, o Tubarão chegou a 11 pontos. Ainda é lanterna, mas perde para o rival Hercílio Luz no número de gols marcados: 16 a 13. Ambos tem duas vitórias e saldo negativo de nove gols. Estão no encalço do Metropolitano, o primeiro fora do Z-2 com 13 pontos.

Foto: William Lampert / CA Tubarão

Metro que é o próximo adversário do Criciúma. Aliás, o Tigre será um fiel da balança na briga contra o rebaixamento. É que o Tigre enfrentará dois times que brigam lá embaixo. Depois de encarar o Metropolitano em Blumenau no domingo que vem, receberá o Joinville na penúltima rodada e fecha a fase em Tubarão, diante do Hercílio Luz. Se conquistar pontos, estará retribuindo a gentileza desta segunda do Tubarão.

A derrota fez o Brusque estacionar nos 20 pontos. Ainda é o quarto, à frente do quinto, Marcílio Dias, e do sexto, Joinville, nos critérios. E apenas dois pontos separam o Criciúma do G-4. E preste atenção, o Tigre pode ser G-4 no domingo. Eis a fórmula:

Tigre no G-4 domingo

Criciúma ganhar do Metropolitano em Blumenau, torcer por empate entre Joinville e Marcílio Dias na Arena e o Brusque não ganhar da Chapecoense na Arena Condá.

A próxima rodada do Catarinense / Futebol Interior / Reprodução

Quem sabe, seria a primeira vez que o Criciúma ocuparia um lugar na zona de classificação à semifinal.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 24/03/2019 - 20:10Atualizado em 24/03/2019 - 20:13

Foi um domingo daqueles no Campeonato Catarinense. O Avaí ganhou em Criciúma e assumiu a liderança graças ao tropeço do arquirrival Figueirense e, com esse resultado, o Tigre perdeu uma posição. Porém, o tropeço do Marcílio Dias na zebra que colocou os dois times de Tubarão na zona de rebaixamento mantém o tricolor respirando no Estadual.

Futebol Interior / Reprodução

Começamos por Criciúma, onde o Tigre tomou 2 a 0 do Avaí, gols de Getúlio e João Paulo. Agora em sétimo lugar com 18 pontos, o Criciúma precisa ganhar de Metropolitano em Blumenau, Joinville em casa e Hercílio Luz em Tubarão e torcer por resultados paralelos. Mas ainda está a dois pontos do G-4.

KIeina perdeu a primeira na sua volta ao Criciúma / Foto: Daniel Búrigo / A Tribuna

Dois pontos separam o Criciúma do G-4 ao menos até esta segunda-feira. Se, no complemento da rodada, o Brusque ganhar do Atlético Tubarão no Domingos Gonzales, daí a diferença vai a cinco pontos e, com nove a disputar, complica de vez a chance tricolor.

E ao Tubarão será vida ou morte, já que o Metropolitano conquistou um resultado importantíssimo neste domingo. Venceu o Marcílio Dias por 1 a 0 em pleno estádio Hercílio Luz, em Itajaí, e ganhou fôlego. Ari fez o gol, aos 22 do segundo tempo. O Metro saiu do grupo de descenso, para o qual empurrou o Hercílio, chegou a 13 pontos e tem jogo decisivo fim de semana que vem contra o Criciúma, no Sesi.

Marcílio perdeu em casa para o Metro / Foto: Bruno Golombiewski / CNMD

O Hercílio entrou na zona de rebaixamento por conta da derrota em casa neste domingo, 3 a 2 para os reservas da Chapecoense no Anibal Costa. A Chape saiu na frente com Aylon, aos 12. O Leão virou com Lima, aos 33, e Zé Antônio Potiguar, aos 46 minutos. Na etapa final, nova virada, com gols de Aylon, aos 2, e Bryan, aos 5 minutos.

Hercílio entrou na zona de rebaixamento / Foto: Marcos Giraldi / Notisul

Com o resultado, a Chape reagiu no Estadual, chegou a 28 pontos e está a apenas dois dos líderes Avaí e Figueirense. Aí entra o outro destaque da rodada: o tropeço do Figueira em pleno Orlando Scarpelli. O Joinville conquistou importantíssima vitória, 1 a 0, gol de Nathan aos 10 do segundo tempo. Com o resultado, o JEC passou o Criciúma, chegou a 20 pontos, é o sexto e tem a mesma pontuação do quarto e do quinto colocados. Entrou na briga pela vaga.

Futebol Interior / Reprodução

No meio de semana vai ter choque de catarinenses na Copa do Brasil, com Chapecoense x Criciúma e suas forças máximas, no que é prioridade agora. O jogo será às 19h15min na Arena Condá. No fim de semana que vem tem a antepenúltima rodada da primeira fase. Está interessante a reta final antes das semifinais.

Futebol Interior / Reprodução

 

Denis Luciano
Por Denis Luciano 24/03/2019 - 18:38Atualizado em 24/03/2019 - 18:44

Os colegas de Chapecó noticiaram hoje e o Gilson Kleina não desmentiu. O Criciúma está mesmo interessado no lateral direito Marcos Vinícius, 21 anos, da Chapecoense. As tratativas estão em andamento para que o jovem atleta venha a reforçar o setor, no qual o Tigre conta com Carlos Eduardo e Maicon.

"É um bom jogador, estamos observando sim mas não quer dizer que seja ele o reforço. Estamos analisando", comentou Kleina em entrevista coletiva após a derrota deste domingo, 2 a 0 para o Avaí no Heriberto Hülse. O lateral começou no Atlético Tubarão, onde se destacou antes de ir para Chapecó.

Marcos Vinícius / Foto: Márcio Cunha / Chapecoense

Marcos Vinícius fez seis jogos nesta temporada pela Chapecoense, e a intenção é que ele venha por empréstimo até o fim do ano para o Majestoso. Ele não participou do jogo deste domingo, no qual a Chape teve equipe reserva na vitória por 3 a 2 sobre o Hercílio Luz em Tubarão.

A ausência dele foi justificada, pelo executivo de futebol da Chapecoense, Newton Drummond, por conta de uma pequena lesão, e não pelo interesse do Criciúma. Seja como for, é mais uma notícia de busca por reforço que vem do Oeste por conta da boa relação entre o executivo João Carlos Maringá, o técnico Kleina e os dirigentes da Chapecoense.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 24/03/2019 - 16:19Atualizado em 24/03/2019 - 16:26

Associado ao Criciúma há 15 anos, o torcedor Willyan Virgínia Oliveira comprou outro dia uma camiseta com os dizeres #ForaDalFarra e com a imagem da face do presidente na frente, em tecido amarelo e letras pretas. A produção e venda vem sendo promovidas via redes sociais por torcedores descontentes com a atual gestão do Criciúma.

Pois bem, Willyan vestiu a sua camiseta e tomou o rumo do estádio Heriberto Hülse para assistir Criciúma x Avaí na tarde deste domingo. Qual sua surpresa que, logo após passar a catraca, foi abordado.

"Um segurança me chamou e eu não dei bola. Em seguida, um policial mandou eu descer as escadas e ver o que o segurança queria. Daí veio a determinação, que eu retirasse a camiseta que ela me será entregue no fim do jogo, no portão 3", informou Willyan. Esse incidente ocorreu no portão 1, pouco antes de a bola rolar.

"Fiquei bastante irritado na hora, e pergunto, porque então não proíbem também as camisetas do Grêmio, do Inter, do Flamengo no estádio?".

Precavido, Willyan levou outra camiseta consigo, do goleiro Luiz, e é vestindo essa que ele está conferindo a partida deste domingo no Majestoso.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 24/03/2019 - 11:56Atualizado em 24/03/2019 - 12:04

Ainda durante a madrugada um torcedor começou a limpar e outros mais fizeram o arremate na manhã deste domingo e está removido o "Morte ao Dal Farra" pichado na noite passada na fachada das antigas bilheterias do estádio Heriberto Hülse.

Se aquilo era um protesto, foi de uma infelicidade ímpar, incompatível com o bom espírito que sempre norteou a maioria absoluta da torcida do Criciúma.

A coisa foi tão chata que até o atacante Andrew estava passando e deu uma força na limpeza.

Nas redes sociais e em todas as rodas em que o Criciúma é assunto, a atitude foi ampla e enormemente condenada. Também pudera. Divergir é do jogo, mas apelar à ignorância é não saber fazer parte do jogo democrático da divergência.

E, passado esse isolado episódio de imbecilidade, vamos ao jogo, que é o que importa de fato.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 24/03/2019 - 01:06Atualizado em 24/03/2019 - 01:15

Uma coisa é protestar, ser contrário, criticar. Isso faz parte do ambiente democrático. Mas passar dos limites, e usar do vandalismo ao patrimônio do Criciúma para isso, não tem qualquer respaldo lógico. 

Foi o que aconteceu na noite deste sábado no muro do estadio Heriberto Hülse diante das antigas bilheterias. Algum perdido pichou "Morte ao Dal Farra", em um gesto que ultrapassa por léguas o razoável e, certamente, passa muito longe do sentimento e da boa conduta da maioria absoluta da torcida do Criciúma. Tanto é que a reação de reprovação, inclusive pelos críticos da atual gestão, foi imediata nas redes sociais.

O horroroso e isolado protesto contra o presidente Jaime Dal Farra logo foi removido por um torcedor de verdade e de boa índole. Mas fica a mancha.

E lembrar que, muito mais importante que isso, o Criciúma tem jogo fundamental neste domingo no Majestoso contra o Avaí.

Desnecessário esse ato de sujar o estádio. Quem pichou, pisou na bola.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 22/03/2019 - 00:22Atualizado em 22/03/2019 - 00:24

Sexto lugar com 18 pontos. Claro que a campanha não empolga, mas ainda não tira o Criciúma da briga por uma vaga na semifinal do Campeonato Catarinense. Afinal, o Tigre está a apenas dois pontos do G-4, que ganhou um novo integrante na noite desta quinta-feira.

Futebol Interior / Reprodução

Com o empate em 0 a 0 diante do próprio Criciúma, no estádio Augusto Bauer, o Brusque alcançou o Marcílio Dias nos 20 pontos. Está na frente nos critérios - 4 a 3 no saldo - por isso desbancou o time de Itajaí. Confra nas imagens da TV Brusque os lances do empate do Tigre sem gols fora de casa.

Mas o empate não foi de todo ruim para o Criciúma. Basta analisar a tabela. A diferença de dois pontos em 12 a disputar é "removível", embora a atuação desta quinta não tenha enchido os olhos. Cabe lembrar que nesta quinta houve outro empate: Joinville 1x1 Hercílio Luz.

Empate em 1 a 1 na Arena entre JEC e Hercílio / Foto: Júlio César / JEC

Faltam quatro rodadas para o término da primeira fase e ouso dizer que a melhor sequência de jogos entre os três principais concorrentes pela quarta vaga é a do Criciúma. Senão vejamos: o Tigre faz as duas partidas mais difíceis em casa, contra o Avaí, já classificado, e o Joinville, cambaleante. E fora atuará contra dois candidatíssimos ao rebaixamento, Metropolitano e Hercílio Luz.

Futebol Interior / Reprodução

Vamos ao Marcílio. Terá em casa os mais fáceis, ok, justamente contra os que o Tigre visita: Metro e Hercílio. Mas sairá para pegar o Joinville, que em casa ainda poderá estar vivo daqui a duas rodadas, e o Figueirense, que segue invicto no Estadual.

E o Brusque? Terá apenas um jogo em seus domínios a partir de agora. Na penúltima rodada, contra o Avaí. De resto, visitará Tubarão (desesperado para não cair), Chapecoense (que uma hora sairá da crise) e despede-se fora diante do Metropolitano (que pode estar no desespero para, em Blumenau, ganhar e tentar não cair). Ouso dizer que sim, a melhor sequência é a do Criciúma, mas ele precisa fazer por si.

Futebol Interior / Reprodução

Os jogos que restam:

Brusque - Tubarão (fora), Chapecoense (fora), Avaí (casa), Metropolitano (fora)

Marcílio Dias - Metropolitano (casa), Joinville (fora), Hercílio Luz (casa), Figueirense (fora)

Criciúma - Avaí (casa), Metropolitano (fora), Joinville (casa), Hercílio Luz (fora)

Denis Luciano
Por Denis Luciano 21/03/2019 - 00:28Atualizado em 21/03/2019 - 00:35

O Marcílio Dias vai perder seu lugar no G-4 do Catarinense nesta quinta-feira. Seja qual for o resultado de Brusque x Criciúma, a partir das 20h, e o Marinheiro será ultrapassado.

Tem 20 pontos e perdeu para o Avaí nesta quarta, 3 a 1 em Florianópolis. O Brusque soma 19 pontos, mas tem saldo melhor que o Marcílio. Logo, se empatar em casa com o Tigre já assume a quarta posição. E o Criciúma depende apenas de si. É sexto com 17 mas, se vencer, ultrapassa o time de Itajaí no número de vitórias.

Fora de campo, o Marcílio Dias foi vítima de uma ocorrência curiosa e extremamente triste também. Um PM foi flagrado levando camisas do clube, que recém completou 100 anos de história, e isso do vestiário deles na Ressacada. A informação foi postada a pouco no Twitter pelo jornalista Rodrigo Santos:

Olha essa: um Policial Militar foi pego surrupiando camisas do Marcílio Dias de dentro do vestiário da Ressacada. Um segurança particular viu e acabou dedurando. O PM foi levado para o Batalhão da Capital.

Na postagem da rodada, tudo o que rolou nesta quarta e as fotos da camisa que o Marcílio usou contra o Avaí, a camisa tão desejada pelo PM levado ao Batalhão para dar explicações.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 21/03/2019 - 00:21Atualizado em 21/03/2019 - 00:23

A rodada 14 do Campeonato Catarinense começou nesta quarta-feira com um bom resultado para o Criciúma. O Avaí derrotou o Marcílio Dias por 3 a 1, na Ressacada, e agora o Tigre depende apenas de si para entrar no G-4 do Estadual. Para tanto, terá que vencer o Brusque no estádio Augusto Bauer a partir das 20h. 

Avaí ganhou do Marcílio em casa / Foto: Frederico Tadeu / Avaí FC

Os avaianos começaram a construir a vitória logo a 1 minuto, com gol de Daniel Amorim. O Marcílio chegou a empatar no segundo tempo com Roni, aos 11, mas Daniel Amorim de novo, aos 29, e Brizuela, aos 36 minutos anotaram o placar definitivo. O Marcílio vai receber o Metropolitano e o Figueira pega o JEC em casa na próxima rodada.

Com 27 pontos, o Avaí - que visita o Criciúma no domingo - segue vice-líder, já que o rival Figueirense venceu fora de casa. Bateu o Metropolitano por 1 a 0, gol de Júlio Rusch aos 16 minutos do segundo tempo. O Figueira tem 30 pontos. Com o tropeço, o Metro segue na zona de rebaixamento. É vice-lanterna com dez pontos.

Metropolitano perdeu para o Figueirense no estádio do Sesi

A Chapecoense continua marcando passo. Em plena Arena Condá, empatou em 0 a 0 com o lanterna Atlético Tubarão. A Chape chegou a 25 pontos, enquanto o Tubarão tem 8. Na próxima rodada os dois times jogarão em Tubarão: a Chape visita o Hercílio Luz e o Tubarão recebe o Brusque.

Nada de gols para Chapecoense e Tubarão / Foto: William Lampert / CA Tubarão

Além de Brusque x Criciúma, o Catarinense tem, nesta quinta, Joinville x Hercílio Luz na Arena. Um ponto atrás do Criciúma, o JEC pode encostar no G-4 caso vença, enquanto o Hercílio batalha para abrir vantagem em relação ao grupo de descenso.

Reprodução / Futebol Interior

 

Denis Luciano
Por Denis Luciano 20/03/2019 - 23:57Atualizado em 21/03/2019 - 00:02

O Debate Aberto desta quarta-feira teve um incremento muito especial na Rádio Som Maior. Depois de anunciados pela manhã, no Programa Adelor Lessa, como integrantes do Timaço, o novo projeto de esportes da FM 100,7, o narrador Mário Lima e o repórter Jota Éder já participaram do bate papo de opinião e informação.

Mário e Éder, que se unem a nós e ao João Nassif no projeto do Timaço para cobrir todos os jogos do Criciúma no Campeonato Brasileiro, "chegaram, chegando", opinando sobre o momento do Criciúma e as perspectivas futuras.

Os dois demonstraram confiança com os recentes movimentos do Criciúma contratando o técnico Gilson Kleina e o diretor executivo de futebol João Carlos Maringá. Lembrando que Mário vai narrar os jogos do Tigre na Som Maior, com a participação também do narrador Jotha Del Fabro, e o Éder vai ser o setorista, fazer o dia a dia do Tigre e apresentar o novo Som Maior Esportes, que entra no ar em breve às 11h30min, de segunda a sexta-feira.

A estreia do Timaço será no Heriberto Hülse, no fim de abril, em Criciúma x Cuiabá, a estreia do Tigre na Série B. O Debate Aberto desta quarta contou ainda com as participações de Plácido Pizzetti e Marcelo Zarur. Confira no podcast.

(Fotos: Luana Mazzuchello / Rádio Som Maior)

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13