Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Itamar na estrada para Criciúma. No último clube, teve polêmica

Técnico desembarcou em Porto Alegre no meio da manhã. Há um mês, ele deixou o Santa Cruz com boa campanha
Denis Luciano
Por Denis Luciano 08/10/2020 - 10:54Atualizado em 08/10/2020 - 12:04

Itamar Schulle está chegando em Criciúma. O treinador, contratado pelo Criciúma para a sequência da Série C, desembarcou em Porto Alegre por volta das 10h, vindo de Cuiabá, onde estava residindo desde a saída do Santa Cruz, em 7 de setembro. Na ocasião, há exatamente um mês, Schulle pediu demissão do clube pernambucano. Na ocasião, alegou-se que ele estava em tratativas com um clube da Série B.

O novo técnico do Criciúma deve chegar na cidade em seguida das 12h, para um encontro com a diretoria e, à tarde, deve ocorrer o anúncio oficial da sua contratação.

O histórico recente de Itamar, dentro das quatro linhas, é positivo. Fez boa campanha no Santa Cruz: 28 jogos, 15 vitórias, 9 empates e 4 derrotas. Foi eliminado nas quartas de final da Copa do Nordeste e ficou como vice-campeão do Pernambucano, perdendo a decisão para o Salgueiro nos pênaltis.

Ele vinha há doze jogos invicto, até que, no dia 5 de setembro, tomou 1 a 0 do Vila Nova, fora de casa, pela quinta rodada da Série C. Dois dias depois, pediu demissão.

Mas teve polêmica

Alguns dias antes de pedir para sair, Itamar envolveu-se em uma polêmica das grandes em Recife. Ocorre que no dia 23, antes da partida em João Pessoa contra o Botafogo, pela terceira rodada do Grupo A, o Santa Cruz promoveu uma live em suas redes sociais com o seu treinador. Durante a live, Itamar Schulle fez críticas ao Santa Cruz e comentários homofóbicos.

Ele criticou, também, a contratação do atacante Negueba, vindo do Vitória para o Santa. "O Negueba é um jogador que eu vi pouco. Um jogo que eu vi dele, o Vitória contra o Bahia de Feira, não tinha visto uma atuação boa, achei muito abaixo do necessário. Mesmo assim acabamos trazendo, as opções do mercado estão curtas, escassas, dentro da realidade do clube. Eu acredito e dou confiança. Ele mesmo sabe que naquele jogo ele não foi bem. Quem veste a camisa do Santa Cruz tem que estar motivado", disse. 

Em seguida, criticou a diretoria pela perda do lateral esquerdo Fabiano para o Operário. "Com o Fabiano tinhamos a melhor defesa do país, daí o Fabiano não serve, era criticado. Foi feito pouco esforço para que ele ficasse. Foi, foi, ele foi embora, foi para o Operário, na Série B. Na Série B ele serve, aqui ele não serve. Eu não tinha problema, agora criou", disparou.

E em seguida, ao referir as vezes que escalou o meia Jeremias, lascou: "Itamar tem alguma coisa com o Jeremias, como eu vou ter algo com o Jeremias, só falta achar que eu sou viado, gay. Botei pois achava que ele tinha que jogar. A gente fica chateado com coisas que não são verdades". Ouça abaixo as declarações:

Diante das declarações, o Santa Cruz removeu o vídeo das suas redes sociais e Itamar Schulle postou um pedido de desculpas nas redes sociais.

Nação tricolor! Tenho o dever de falar para vocês algo no qual refleti durante toda noite e me senti no compromisso de vir aqui pedir desculpas por ter usado na coletiva termos que pudessem dar um conotação pejorativa entre outras e principalmente a classe LGBT, não tenho problema em reconhecer o erro, estou aqui para isso, busco sempre evoluir e melhorar a cada dia e todos nós estamos sujeitos ao erro na vida, o importante é aprender para não repeti-lo, pois só não erra quem é perfeito.

 

Importante ressaltar que o trabalho no Santa Cruz está sendo feito com bastante unidade entre atletas, comissão técnica, funcionários e diretoria, mas existe um grupo que é essencial neste processo e que é por eles que todos nós trabalhamos e damos o máximo, a torcida, no qual fazem muita falta e somente com a união de todos conseguiremos alcançar o grande objetivo do ano que é o acesso a Série B com todos juntos e unidos, o Santa Cruz é muito grande, sei disso! Continuarei dando meu máximo como sempre dei para entregar o melhor por esse clube que passei a ter carinho e admiração muito grande durante esses 9 meses de trabalho.

 

Ass: Itamar Schulle

Depois dessa polêmica, Itamar ainda ganhou do Botafogo, 2 a 1 na Paraíba, venceu o Imperatriz em casa, 2 a 0, e veio a derrota fatal para o Vila, 1 a 0 em Goiânia. Ainda assim, deixou o time na vice-liderança do Grupo A com 10 pontos. Hoje, o Santa é o líder com 18 pontos.

4oito

Deixe seu comentário