Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito
Denis Luciano
Por Denis Luciano 21/04/2019 - 10:18

No ano passado, ela viajou quase nove mil quilômetros para acompanhar o Criciúma na Série B do Campeonato Brasileiro. As proezas de Ana Paula Silva chamaram e muito a atenção. "Fui para Sorocaba para ver o jogo contra o São Bento, depois Florianópolis contra o Figueirense, para o Paraná ver o jogo em Londrina e, por último, Goiânia contra o Vila Nova", enumerou ela em matéria do colega Lucas Renan Domingos de novembro passado.

Ana Paula Silva viajando o Brasil com o Criciúma / Foto: Guilherme Hahn / Especial / 4oito

A partir do exemplo da Ana Paula, mais e mais mulheres vem se engajando nas viagens para conferir o Tigre. O Campeonato Catarinense foi cenário para isso, mesmo com a cambaleante campanha. Depois que o Criciúma se estabilizou, os jogos contra Hercílio Luz em Tubarão e Avaí em Florianópolis mostraram mais ainda a força delas na torcida tricolor.

Elas a caminho da Ressacada no domingo passado

A presença foi significativa no Anibal Costa e depois, na Ressacada, foi uma verdadeira invasão delas na casa avaiana. Com a Ana Paula já garantindo a ida em mais viagens do Tigre na Série B que começa sábado que vem, e com as meninas que em número sempre crescente comparecem no Majestoso - as TVs sempre registram a beleza das criciumenses nas partidas do Criciúma em casa -, é de se prever que o incentivo feminino vá ser um importante aditivo para Kleina e seus comandados.

E quando é para cobrar, elas são atuantes também. Basta lembrar das imagens do protesto, aquele famoso abafado pelo hino, quando da derrota do Criciúma em casa para a Chapecoense pelo Estadual. Ali estavam elas, deixando seus pedidos por novos tempos no Tigre.

Elas protestando contra a Chapecoense / Foto: Daniel Búrigo / 4oito

Logo, entre tantas expectativas que nos traz esse Campeonato Brasileiro que vem aí, está a presença da mulherada ao lado do Criciúma. Um reforço sempre muito bem vindo. Elas fazem sim a diferença!

Denis Luciano
Por Denis Luciano 20/04/2019 - 20:47

Começa no primeiro fim de semana de maio a edição 2019 da Série D do Campeonato Brasileiro, que a CBF chama de "porta de entrada para a elite". De fato, já houve exemplos de clubes que saíram dela, foram vencendo etapas e alcançaram a primeira divisão. O caso mais emblemático é o da Chapecoense, que deixou a quarta divisão logo na estreia da competição, em 2009. Passou pela Série C de 2010 a 2012, jogando a Série B em 2013 e já alcançando o acesso a partir de 2014.

Com a mesma esperança, 68 clubes entram em campo repartidos em 17 chaves de quatro equipes. Os dois jogos inaugurais, às 15h do dia 4 de maio, um sábado, jogarão Vitória (ES) x Sobradinho (DF) e Gaúcho (RS) x Foz do Iguaçu (PR). Ainda na primeira rodada, alguns destaques como Brasiliense e América de Natal, que já jogaram Série A e vão estrear, respectivamente, contra Serra (ES) em casa e Serrano (PB) fora. Confira aqui a tabela completa da Série D.

Os catarinenses

Santa Catarina contará com quatro representantes, e dois do sul: Hercílio Luz e Atlético Tubarão. É a primeira vez na história que dois clubes tubaronenses jogam juntos um Campeonato Brasileiro. Brusque e Joinville completam o quarteto estadual.

O Hercílio Luz, no Grupo A14, estreará no dia 5 de maio, domingo, às 16h, recebendo o Tupi de Juiz de Fora no estádio Anibal Costa. O Hercílio vem de rebaixamento no Campeonato Catarinense. O Tubarão tem seu primeiro compromisso também no dia 5, às 16h, visitando o Cianorte no Paraná. O Joinville estreia no Grupo A17 no sábado, 4 de maio. Será portanto o primeiro catarinense a entrar em campo nesta Série D. Visitará a Ferroviária em Araraquara, interior de São Paulo, às 18h, na Arena Fonte Luminosa.

O Brusque optou por mandar seus jogos em casa nas segundas-feiras. Assim será na primeira rodada, em 6 de maio, às 20h, recebendo o Boavista (RJ) no estádio Augusto Bauer.

Os adversários

Entre os adversários dos catarinenses, uma espiada por chave. No Grupo A14, o Hercílio encarará o Tupi, - último entre 12 e rebaixado no Mineiro sem uma vitória sequer -, o Novorizontino - de boa campanha, sexto no Paulista -, e o Itaboraí do Rio, que pela primeira vez disputará uma competição nacional, vaga conquistada com o vice-campeonato da Taça Rio em 2018. O Itaboraí é da terceira divisão do Carioca.

No Grupo A15 o Brusque terá pela frente o Boavista - sétimo entre 16 equipes no Carioca 2019 -, o Foz do Iguaçu - foi rebaixado no Paranaense, terminando em último lugar -, e o Gaúcho - da terceira divisão do Rio Grande do Sul, classificou por boa campanha na Copa RS do ano passado.

Do Grupo A16 o Tubarão vai enfrentar o Cianorte - décimo entre 12 no Paranaense deste ano -, o São Caetano - penúltimo entre 16 e rebaixado no Paulistão -, e o Caxias - terceiro no Campeonato Gaúcho -.

No A17, o Joinville jogará contra a Ferroviária - sétimo lugar no Paulistão -, Maringá - penúltimo e rebaixado no Paranaense - e o Avenida - penúltimo e rebaixado no Gaúcho -.

O regulamento

Vencida a primeira fase, da qual classificam os 17 campeões de grupo e os 15 melhores segundos colocados, as 32 equipes fazem o mata-mata da segunda fase. São 16 times na terceira fase, as oitavas de final, e das oito equipes das quartas de final, a quarta fase, saem os quatro que serão promovidos à Série C de 2020 e que brigarão pelo título desta Série D a partir das semifinais. Na temporada passada subiram para a Terceira Divisão o São José de Porto Alegre (RS), Ferroviário (CE), Treze (PB) e Imperatriz (MA).

O catarinense que mais longe chegou na Série D do ano passado foi o Atlético Tubarão, que acabou eliminado na terceira fase pelo São José de Porto Alegre, que terminou a competição em terceiro e subiu. Se passasse pelo São José, o Tubarão iria para o mata-mata que definiria o acesso contra o Linense (SP). O time tubaronense fechou a Série D passada em décimo primeiro lugar.

A tabela dos catarinenses

 

4/5 - 18h00 - A17 - Ferroviária (SP) x Joinville

5/5 - 16h00 - A14 - Hercílio Luz x Tupi (MG)

5/5 - 16h00 - A16 - Cianorte (PR) x Tubarão

6/5 - 20h00 - A15 - Brusque x Boavista (RJ)

 

10/5 - 19h30 - A14 - Novorizontino (SP) x Hercílio Luz

11/5 - 18h00 - A17 - Joinville x Maringá (PR)

12/5 - 16h00 - A15 - Foz do Iguaçu (PR) x Brusque

12/5 - 16h00 - A16 - Tubarão x Caxias (RS)

 

18/5 - 16h00 - A16 - São Caetano (SP) x Tubarão

19/5 - 16h00 - A14 - Hercílio Luz x Itaboraí (RJ)

19/5 - 16h00 - A17 - Avenida (RS) x Joinville

20/5 - 20h00 - A15 - Brusque x Gaúcho (RS)

 

25/5 - 15h00 - A15 - Gaúcho (RS) x Brusque

25/5 - 18h00 - A17 - Joinville x Avenida (RS)

26/5 - 15h00 - A14 - Itaboraí (RJ) x Hercílio Luz

26/5 - 16h00 - A16 - Tubarão x São Caetano (SP)

 

1/6 - 17h00 - A17 - Maringá (PR) x Joinville

2/6 - 16h00 - A14 - Hercílio Luz x Novorizontino (SP)

2/6 - 16h00 - A16 - Caxias (RS) x Tubarão

3/6 - 20h00 - A15 - Brusque x Foz do Iguaçu

 

9/6 - 18h00 - A14 - Tupi (MG) x Hercílio Luz

9/6 - 18h00 - A15 - Boavista (RJ) x Brusque

9/6 - 18h00 - A16 - Tubarão x Cianorte (PR)

9/6 - 18h00 - A17 - Joinville x Ferroviária (SP)

 

Denis Luciano
Por Denis Luciano 20/04/2019 - 14:30

A semana que chega é de estreias na Rádio Som Maior. Na segunda-feira, às 11h30min, vem o Som Maior Esportes, com apresentação do Jota Éder. 

O Éder é daqueles caras que julgo histórico no rádio esportivo do sul, pela sua retidão, pela precisão ao informar, pelo tempo de estrada - desde o fim dos anos 70 - sem se abster da renovação, pela competência indiscutível e o gosto pelo que faz.

Trabalhamos juntos já

Indiretamente, participei da vinda do Éder para Criciúma, entre 2010 e 2011. Muito antes disso, fui telespectador dele no Rio Grande do Sul, em especial nos tempos do cara na RBS TV Rio Grande, da qual ele era apresentador e eu era repórter e apresentador da Rádio Nativa, da cidade de Rio Grande, no sul gaúcho.

Anos depois, nossos caminhos se cruzaram. Como citei, entre 2010 e 2011, o Éder veio para Criciúma atuar na equipe a qual, até então, eu coordenava na Rádio Eldorado. Ele assumiu a coordenação por um tempo, e logo aclimatou-se aqui. Não demorou e - daí eu ajudei o incentivando a isso na ocasião - o Éder tornou-se o Repórter da Galera. Desde 2011 até o ano passado, com grande desenvoltura, entrevistava a galera nos jogos no Heriberto Hülse. Em paralelo, desde 2014 - também desta mudança eu participei, daí ativamente - ele tornou-se setorista do Criciúma pela mesma emissora. Do vínculo profissional com a torcida, veio um livro, o Carvoeiros, que ele lançou com sucesso no ano passado. É obrigatório para todo o torcedor tricolor.

A vinda do Éder

Trouxemos o Jota Éder para o projeto do Timaço desde quando ele começou a ser entabulado, no início desse ano, nas sucessivas conversas comigo, com o Mário Lima e o João Nassif. Apresentamos oficialmente o projeto ao público com o Adelor Lessa - que muito acreditou na gente, a quem muito devemos nesse novo processo - no dia 20 de março. Há exatamente um mês colocávamos o projeto do Timaço na rua, para a estruturação de tudo o que é necessário e busca de parceiros.

Sobre parceiros, já temos alguns a saudar. E virão muitos outros. Estarão conosco a Alianda Pisos e Azulejos - um velho parceiro, com o grande Vilmar Guedes e sua equipe -, a Unesc, a nossa Universidade - a reitora Luciane Ceretta de pronto apostou no projeto do Timaço -, o Giassi Supermercados - a família Giassi vai apostar no Futebol Som Maior para propagar ainda mais as suas lojas consolidadas e a novidade, o Combo Atacadista -, a Water Clean - um serviço diferenciado de tratamento de efluentes que opera na região com muita propriedade e conexão com os segmentos industriais -, as Empresas Radar - na figura do seu comandante, o amigo José Altair Back -, a Cristalcopo - empresário Anselmo Freitas e seu grande grupo, sempre em conexão com o Tigre e o futebol no rádio -, e a Vip Line Camisetas, que nos entregou o presente abaixo:

Aí o Jota Éder com a camiseta do Timaço. Estamos uniformizados para a estreia

Assim, o Timaço já está vestido para viajar o Brasil com o Criciúma. Sobre as viagens, aliás, já estamos com as idas garantidas para os jogos de Campinas (contra Ponte Preta), Goiânia (contra o Atlético Goianiense), Ribeirão Preto (diante do Botafogo) e Pelotas (frente ao Brasil), e assim será nas demais 15 partidas longe do Majestoso.

A primeira escala

Estaremos com time completo já na estreia (antecipo a escala aqui, uma semana antes): Mário Lima narra, João Nassif comenta, Jota Éder confere o Criciúma, Marco Búrigo estará ligado no Cuiabá, Jotha Del Fabro vai dar um show à parte - um diferencial do Timaço, fique ligado - e estaremos no antes - Arena Timaço -, durante - Meio Tempo, no intervalo -, e no pós - Toque Final -, com muita interação e novidades, com o Diego Córdova na técnica e mais coisas boas que vem por aí.

Vem mais parceiros aí

A semana será de anúncios de mais parceiros. A partir de segunda, também, o Jota Éder estará com o "De olho no Tigre" atualizando o Criciúma na Som Maior nos programas Adelor Lessa (bem cedinho, junto com o comentário do Nassif), Debate Aberto (12h, eu apresento, logo após o Som Maior Esportes) e Ponto Final (com o Arthur Lessa, a partir das 18h). E o Éder vai também atualizar o Criciúma a qualquer momento nas matérias que assinará no 4oito.

Tudo pronto, contamos com vocês. Vem com o Timaço FM 100,7!!

Denis Luciano
Por Denis Luciano 19/04/2019 - 18:00Atualizado em 19/04/2019 - 18:10

Eram 23h07min quando o deputado Bruno Araújo, do PSDB de Pernambuco, conferiu o voto 342 ao processo que autoriza o Senado a investigar a presidente Dilma Rousseff (PT), dando a largada ao impeachment. Foram exatas cinco horas e 22 minutos entre o início da votação e a confirmação de uma tendência que já vinha se desenhando fazia muito tempo. Tanto é que o próprio governo reconheceu a derrota duas horas antes do voto decisivo.

Isso que está acima eu escrevi minutos depois do episódio recem narrado, a aprovação do impeachment de Dilma Rousseff na Câmara. Escrevi sentado no tapete do Salão Verde, e esse texto foi para a redação do extinto Jornal da Manhã, em Criciúma, que o publicaria na edição do dia seguinte, 18 de abril de 2016, há exatos três anos.

Quis o destino que menos de duas horas depois de encerrada a sessão e escrito esse texto e enviado para Criciúma, estivesse eu diante do futuro presidente Michel Temer (do então PMDB, hoje MDB). Fui o primeiro jornalista a conversar com ele pós impeachment de Dilma, e isso dito a mim pelo próprio Temer com o testemunho do então deputado federal Ronaldo Benedet (PMDB, hoje MDB), que nos abriu os caminhos para a visita até então inimaginada ao Palácio do Jaburu, a residência oficial do vice-presidente.

Eis a foto que eu cliquei do deputado Ronaldo com o futuro presidente Temer

O resto da lembrança eu deixo por conta do texto que escrevi, assim que a visita terminou, já perto da 1h30min da madrugada daquele 18 de abril. O texto, por razões óbvias de fechamento de jornal, só saiu no JM de 19 de abril. Era esse o texto:

Discrição, palavra de ordem para Michel Temer

 

Vice-presidente recebeu o Jornal da Manhã na madrugada de segunda-feira no Palácio do Jaburu

 

Denis Luciano
Especial, de Brasília

 

Nas próximas semanas, ele poderá envergar a faixa presidencial. Mas Michel Temer (PMDB) faz questão de se pautar pela discrição na turbulência política atual em Brasília. Se o processo de impeachment avançar como a oposição espera no Senado, entre 10 e 11 de maio os senadores votam a abertura de investigação contra Dilma Rousseff (PT), o que determinará, oficialmente, o afastamento da presidente por 180 dias. A partir daí, Temer constituiria um novo governo.

 

Tomando um copo de água, degustando uma pequena fatia de torta de chocolate, e acompanhado do ex-ministro Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), Temer recebeu o deputado federal Ronaldo Benedet (PMDB-SC), por volta da 1 hora da madrugada de segunda-feira, cerca de duas horas depois de concluída a votação do processo na Câmara, com o aval de 367 deputados pela admissibilidade do impeachment. O encontro foi testemunhado pela reportagem do Jornal da Manhã.

 

“Peço desculpas, mas não teremos declarações públicas até que o Senado faça a sua parte neste processo”, alertou Temer, assim que nos cumprimentou. Em uma conversa de dez minutos, salientou a importância de se manter discreto e cuidadoso, por compreender que há um governo constituído, e que deve ser respeitado, e um processo com seu necessário trâmite. Realçou, ainda, que o Brasil precisa de “união nacional” para vencer a crise política e econômica, e que vê nos partidos aliados ao impeachment “uma disposição republicana em ver o Brasil melhor”.

 

“O Michel Temer nos deixou claro que não fala sobre novo governo, como uma pessoa discreta ao pensar e agir”, comentou o deputado Benedet, após o encontro. “Fui me colocar à disposição do vice-presidente. Mas descarto cargos, o PMDB não quer e não precisa de cargos”, destacou, frisando que sua intenção, em um eventual governo Michel Temer, é defende-lo na Câmara. “Da mesma forma que agi com Dilma no passado, quero auxiliar para o Brasil dar certo”, enfatizou.

 

Há especulações, sem confirmação por Michel Temer, de que nos bastidores ele já planejaria um governo mais enxuto, com cerca de vinte ministérios, e um mix de ministros técnicos e políticos, com foco em uma coalizão de forças. “Embora o Michel não fale, o programa do PMDB é este, de uma máquina enxuta e que funcione”, concluiu Benedet.

 

Temer deixou Brasília ontem, partindo para São Paulo. O presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), entregou ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) as 12 mil páginas do processo, para a tramitação na nova etapa. Nos próximos dias, será formada a Comissão Especial do Impeachment entre os senadores.

Recordar é viver. Depois, todos sabem. Temer assumiu dali a alguns dias, em 12 de maio, a corrupção grassou, os movimentos vieram, Jair Bolsonaro surgiu como grande contraponto e ganhou a presidência. E fizemos mais um bocadinho de história com o jornalismo.

Houve quem pegasse no meu pé por essa foto, mas foi o registro que o deputado
Ronaldo Benedet fez da madrugada em que entrevistamos um futuro presidente.
O registro era necessário. Longe, muito longe de ser um gesto chapa branca.
Quem me conhece, sabe

 

Denis Luciano
Por Denis Luciano 19/04/2019 - 16:30

Fazendo as contas, o Criciúma tem nesse momento, há exatos oito dias da estreia na Série B do Campeonato Brasileiro contra o Cuiabá, 32 jogadores. O técnico Gilson Kleina anunciou, na sua chegada, a intenção de não trabalhar com um elenco muito grande.

É com esse grupo, talvez mais reduzido, que o Criciúma vai iniciar o Brasileiro. Ocorre que já tiramos da conta os dois primeiros dispensados da nova fase: o meia Gabriel Henrique, que veio emprestado do Cruzeiro e teve pouco espaço no Tigre, e o atacante Alexandre Alemão, que veio do Metropolitano para uma experiência e nem jogou.

Somando à lista os contratados e já apresentados Paulo Gianezini (goleiro, veio do São Luiz para substituir Vinícius), Adilson Goiano (volante, veio do Novorizontino) e Liel (volante, veio do Atlético Tubarão), mais o zagueiro Léo Santos (vindo do Ituano), o lateral direito Marcos Vinícius (emprestado pela Chapecoense) e aqueles reforços que chegaram há mais tempo e já estrearam, casos do meia Wesley e dos atacantes Léo Gamalho e Vinícius.

A direção não faz esse cálculo publicamente, mas há uma indicação de que há mais atletas a deixar o clube. Talvez uns três ou quatro até. E na parada para a Copa América, depois da oitava rodada da Série B, poderão vir os próximos reforços. Isso o diretor executivo de futebol, João Carlos Maringá, deixou claro depois da eliminação no Campeonato Catarinense no domingo passado, na Ressacada. 

“Combinamos com o presidente que faremos de seis a oito jogos até a Copa América para depois avaliar e ver se tem necessidade de trazer mais jogadores”, adiantou João Carlos Maringá. “Isso pode, claro, mudar mediante a alguma oferta, temos jogadores da base que interessam a alguns clubes”, disse Maringá.

A pausa será em junho. Até lá, o Criciúma, além do Cuiabá, já terá encarado Ponte Preta (em Campinas), América-MG (em casa), Atlético (em Goiânia), Guarani (em casa), Botafogo (em Ribeirão Preto), Vila Nova (em casa) e Brasil (em Pelotas). Essa sequência dirá a necessidade de contratar mais ou não. O retorno será em meados de julho em casa, contra o Coritiba.

O elenco atual:

Goleiros: Luiz, Bruno Grassi, Paulo Gianezini e Wagner

Laterais - Marlon, Maicon, Caíque, Carlos Eduardo e Marcos Vinícius

Zagueiros - Sandro, Platero, Derlan, Jacy Maranhão e Léo Santos

Volantes - Jean Mangabeira, Eduardo, Zé Augusto, Adílson Goiano e Liel

Meias - Daniel Costa, Wesley, Bruno Cosendey, Marcinho Jr e Enzo

Atacantes - Léo Gamalho, Vinícius, Reis, Andrew, Reinaldo, Gabriel Honório, Julimar e Ceará

Denis Luciano
Por Denis Luciano 18/04/2019 - 14:27Atualizado em 18/04/2019 - 15:01

"Já tem posto vendendo gasolina a R$ 4,19 o litro. Ou até mais pela região". O alerta do colunista Ney Lopes, um dos participantes do Debate Aberto, marcou a edição desta sexta-feira do programa na Rádio Som Maior. Ouvintes colaboraram com informações sobre os valores em outros pontos.

A posição do governador Carlos Moisés sobre o aeroporto de Jaguaruna - ele garantiu que o Estado vai dar manutenção às atividades do Regional Sul atendendo as exigências -, foi outro dos assuntos. A morte do ex-presidente do Peru, Alan Garcia, que atentou contra a própria vida diante da perspectiva de ser preto, também foi lembrada, trazendo à tona uma reflexão sobre o perfil dos líderes políticos latino americanos.

Destacou-se, ainda, o tamanho da solidariedade e mobilização com recursos para as reformas na Catedral de Notre Dame, em Paris, abatida por um incêndio, em uma comparação com o pouco apoio para o Museu Nacional, incendiado no Rio de Janeiro.

Participaram conosco desta edição do Debate Aberto os debatedores Ney Lopes, Marcelo Zarur, Fernanda Zampoli e Lucas Campos.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 14/04/2019 - 20:46Atualizado em 14/04/2019 - 20:51

Foi um fim de semana de muitas decisões pelo Brasil. Em Santa Catarina, a Chapecoense garantiu vaga na decisão. Venceu o Figueirense por 1 a 0 na Arena Condá, gol de Everaldo de cabeça, e vai à Ressacada domingo que vem encarar o Avaí valendo a taça. Os dois, depois, disputarão a Série A.

Chapecoense na decisão do Catarinense

O Flamengo conseguiu uma boa vantagem neste domingo na arrancada da decisão do Campeonato Carioca. Venceu o Vasco por 2 a 0 no Engenhão, dois gols de Bruno Henrique, e pode perder por um gol domingo que vem, no Maracanã, para levantar a taça. O Vasco precisará devolver os dois gols de diferença para forçar a decisão nos pênaltis.

Flamengo na frente do Vasco

O Cruzeiro também está em vantagem. Na final do Mineiro, bateu o Atlético neste domingo, 2 a 1 no Minerão, com gols de Marquinhos Gabriel e Léo. Ricardo Oliveira descontou. Na finalíssima, sábado que vem na Arena Independência, a Raposa joga pelo empate, enquanto o Galo depende de vitória simples para faturar o título.

Cruzeiro a um empate do título em Minas

Nada de gols na final do Campeonato Gaúcho. Neste domingo, 0 a 0 para Internacional e Grêmio no Beira Rio. O campeão sai na quarta-feira, na Arena do Grêmio. Novo empate e a decisão vai para os pênaltis. Quem ganhar, leva.

Quarta tem Grenal decisivo em Porto Alegre

Placar zerado também na decisão do Campeonato Paulista. São Paulo e Corinthians ficaram no 0 a 0  no Morumbi e o segundo jogo será domingo que vem, na Arena Itaquera. Novo empate leva a decisão para os pênaltis. Quem ganhar nos 90, fatura.

Domingo de decisão sem gols no Morumbi

Teve zebra no Paranaense. O Toledo ganhou do Athletico, 1 a 0, e atuará pelo empate domingo que vem, na Arena da Baixada. Se o Athletico ganhar por um gol na volta, pênaltis. Por dois ou mais de diferença, será campeão nos 90 minutos.

Toledo joga por empate domingo em Curitiba

O Cuiabá, adversário do Criciúma na abertura da Série B, dia 27, no Heriberto Hülse, está perto de ser campeão no Mato Grosso. Neste domingo, derrotou o Operário por 2 a 0. A finalíssima será domingo que vem, e o Cuiabá pode perder por um gol. Se perder por dois, pênaltis.

Cuiabá em vantagem contra o Operário

O Atlético abriu grande vantagem na final do Campeonato Goiano: 3 a 0 sobre o Goiás. O Fortaleza está na frente no Cearense, 2 a 0 no Ceará. E o CSA fez vantagem no Alagoano, 1 a 0 no CRB. Bahia de Feira e Bahia empataram em 1 a 1 na arrancada da final do Campeonato Baiano.

O Sport saiu na frente na decisão do Pernambucano: 1 a 0 no Náutico. O Remo perdeu para o Independente, 1 a 0, na arrancada da final do Paraense. E o Gama arrancou em vantagem na final do Distrito Federal, 3 a 1 no Brasiliense. Teve final também no Mato Grosso do Sul, com o Aquidauanense perdendo para o Águia Negra, 2 a 1. Dois estados conheceram seus campeões: no Maranhão, taça para o Imperatriz, 3 a 2 no Moto Clube, e no Piauí, River campeão, 3 a 0 no Altos.

Imperatriz campeão maranhense

 

Denis Luciano
Por Denis Luciano 14/04/2019 - 18:12Atualizado em 14/04/2019 - 18:21

Tentando olhar o copo meio cheio, o Criciúma deste domingo foi guerreiro. Cresceu, progrediu, mostrou evolução e empatou em 1 a 1 na casa do Avaí. Aquele Tigre apático da era pré-Kleina no Campeonato Catarinense não foi sequer lembrado neste domingo na Ressacada. Um tricolor pegador, aguerrido, demonstrando crescimento. A eliminação na semifinal do Estadual veio no detalhe, e fica a promessa de uma Série B com melhores horizontes.

Léo Gamalho entrou no primeiro tempo no lugar de Andrew e fez o gol do Criciúma / Fotos: FC Play / Reprodução

Nos 90 minutos houve até chances de vencer. Em vários momentos, o Criciúma neutralizou o bom time do Avaí. Bom e superior. É fato que o Avaí tem mais time, mas a diferença desta vez não foi tão escancarada. O Tigre terminou o Catarinense com dignidade. É um quarto lugar resultante do resgate dentro da competição. O Gilson Kleina mostra suas capacidades de treinador de recuperação. Tirou mais do praticamente mesmo.

Léo Gamalho se atirando na bola para fazer o gol tricolor, 1 a 1

O Avaí é finalista com justiça. O Criciúma foi mal nos pênaltis, mas no todo há mais o que comemorar com os acontecimentos deste domingo. Nos 90, houve ao menos duas oportunidades, uma com o Wesley no primeiro tempo, outra com o Reis na segunda etapa, que poderiam ter feito o Tigre vencedor no tempo normal. Isso por si só resume o crescimento tricolor na soma de toda a disputa.

Daniel Costa entrou no segundo tempo e fez o primeiro gol do Tigre nos pênaltis

Nos pênaltis, foi mal o Criciúma nas cobranças de Wesley e, principalmente, de Marlon. Lucas Frigeri pegou dois e os 4 a 2 são justos.

Vinícius fez bom jogo e marcou o segundo do Criciúma nos pênaltis

Os dois melhores decidirão o Estadual, Avaí e Chapecoense, domingo que vem na Ressacada. E o Criciúma vai para a Série B em evolução. No próximo encontro, Criciúma x Cuiabá, dia 27, estaremos estreando o Futebol Som Maior com o Timaço, com esperanças renovadas.

Torcida do Tigre fez bonito na Ressacada

 

Denis Luciano
Por Denis Luciano 10/04/2019 - 10:56Atualizado em 10/04/2019 - 11:07

O astral da torcida é outro. Bastou o Criciúma ganhar três consecutivas, bastou o Gilson Kleina fincar pés e mostrar que tem o tamanho que o Tigre precisava, que a reação chegou.

O Criciúma confirmou faz poucos instantes que já vendeu 4,8 mil ingressos nas suas promoções para a partida desta quarta, 19h15min, contra a Chapecoense, valendo vaga na quarta fase da Copa do Brasil.

Estive nesta manhã na secretaria no Majestoso e o movimento é constante. É associado colocando mensalidade em dia, é não associado comprando o ingresso a R$ 40 ou a meia a R$ 20. A promoção do par de ingressos a R$ 15 cada para sócios em dia se esgotou ontem, e com muito sucesso.

Mais provas contundentes de que o público no estádio é consequência de um bom trabalho. O presidente Dal Farra  ousou, investiu uma parte do necessário e a resposta já veio. Se ele der os reforços que o Kleina precisa, essa nova fase se torna mais consistente ainda pensando na Série B.

O Timaço a caminho

Ah, e onde vamos temos ouvido os pedidos para o Timaço da Rádio Som Maior antecipar a sua estreia. Muitos querem que estejamos na decisão do Campeonato Catarinense, caso o Criciúma também apareça por lá. Mas nosso compromisso é na Série B, e estamos montando tudo, nos mínimos detalhes, para honrar esse compromisso na íntegra.

Então, por enquanto é pelos bastidores. Mas dia 27, já arrancando com promoções e uma cobertura muito especial, o Timaço conta tudo de Criciúma x Cuiabá comigo, com o Mário Lima, o João Nassif, o Jota Éder, o Jotha Del Fabro e mais uma novidade que estamos por anunciar, para encorpar o nosso time. Estamos em fase final de pré-temporada, e muito empolgados para entrar em campo logo. Ah, e com presença confirmada nos jogos fora de casa também.

A nossa arrancada vai ser dia 22, segunda-feira, quando o Jota Éder inaugurará o Som Maior Esportes às 11h30min, com o noticiário do Criciúma e as opiniões da nossa equipe. E vem muito mais por aí.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 07/04/2019 - 23:13Atualizado em 07/04/2019 - 23:15

Com excelente presença da torcida do Criciúma no estádio Anibal Costa, o Tigre conseguiu, na tarde deste domingo, a sua classificação para a semifinal do Campeonato Catarinense. A vitória por 1 a 0 veio com gol do zagueiro Derlan aos 43 minutos do segundo tempo.

Fotos: Daniel Búrigo / A Tribuna

Detalhe é que na rodada anterior o gol foi mais tardio ainda, com Daniel Costa assinalado aos 48 o importantíssimo 1 a 0 diante do Joinville, placar que levou o Tigre vivo à última rodada.

Cabe lembrar que o Criciúma fez um turno praticamente inteiro muito acidentado, com poucas esperanças e não fazendo por merecer classificar. Chegou, em alguns instantes, a namorar a zona de rebaixamento, tanto que trocou de técnico.

Precisando ganhar três consecutivas nas três últimas rodadas, o Criciúma conseguiu. Foram todas por 1 a 0, mas valeram os nove pontos contra Metropolitano, JEC e Hercílio. 

Agora, outra decisão. Contra a Chapecoense, na quarta-feira, o técnico Gilson Kleina precisa de novo da superação. Os 3 a 2 da Arena Condá deixaram o Criciúma vivo em um mata-mata perigoso como o da Copa do Brasil. Marcando 1 a 0 o Tigre vai encarar os pênaltis. Se fizer dois ou mais de diferença, a classificação vem nos 90 minutos.

O Heriberto Hülse será pequeno na quarta-feira. Outra prova de que bastam resultados para que a torcida retorne. Acertando na promoção a ser lançada nesta segunda-feira, o Criciúma garante a pressão que precisa das arquibancadas para tirar vantagem efetiva do fator local.

Depois, terá o Avaí pela frente no domingo, na Ressacada. O Criciúma mais competitivo de agora - ainda não brilhante, pois seguem faltando peças - não é nem sombra daquele time desarrumado e desanimado, sem recursos, dos tropeços anteriores contra o Avaí, os 3 a 0 da Ressacada e os 2 a 0 do Majestoso. Claro que o favoritismo avaiano é pleno, total, afinal somou 12 pontos. Mas é como um mata-mata. Empate, pênaltis. E a vitória simples vale tanto quanto uma goleada. Logo, tudo é possível.

A semana será de dois mata-mata de perder o fôlego. Uma grande prévia para uma Série B recheada de expectativas.

Enquanto isso, nada melhor que curtir os melhores momentos da vitória deste domingo em Tubarão, com as imagens do FC Play.

 

Denis Luciano
Por Denis Luciano 07/04/2019 - 15:17Atualizado em 07/04/2019 - 15:32

Hercílio Luz e Criciúma se enfrentam daqui a pouco, 16h, pela última rodada da primeira fase do Campeonato Catarinense. Os 680 ingressos destinados à torcida do Tigre foram vendidos rapidamente, ainda durante a semana.

A promessa de invasão a Tubarão está sendo cumprida. "Confiante na vitória. Hoje vai ser 2 a 0. Gostei do time no último jogo, antes estava um pouco difícil, mas vamos classificar. Se passar, é campeão", diz o estudante Henrique Silveira, um dos muitos tricolores que foi empurrar o Criciúma.

A galera chegou cedo, se reuniu nos arredores do estádio e fez uma bonita recepção à delegação por volta das 14h30min.

O campo está bastante pesado, por conta da chuva das últimas horas em Tubarão. Mas a bola vai rolar.

A diretoria do Hercílio Luz, prudentemente, abriu mais espaço à torcida do Criciúma. Calcula-se que pode chegar a até mil tricolores na casa do adversário.

(Colaboração e Fotos: Lucas Renan Domingos e Daniel Búrigo / A Tribuna)

Denis Luciano
Por Denis Luciano 06/04/2019 - 22:24Atualizado em 06/04/2019 - 23:00

O fim de semana é de reta final na maioria dos campeonatos estaduais. O Cuiabá, primeiro adversário do Criciúma na Série B - dia 27, às 16h30min, no Heriberto Hülse -, garantiu neste sábado a sua classificação para a decisão do Campeonato Matogrossense.

Na Arena Pantanal, derrotou o time reserva do Luverdense por 3 a 0 com dois gols de Matheus Pato e um de Marino. O Luverdense jogou com reservas pois na terça-feira encara o Fluminense pela Copa do Brasil, no Maracanã. O Cuiabá aguarda agora por Operário e União Rondonópolis, que decidem vaga neste domingo. Na ida de Operário, 1 a 0.

Cuiabá abre a Série B contra o Criciúma no Majestoso

O Internacional está na decisão do Campeonato Gaúcho. Neste sãbado, aplicou 2 a 0 no Caxias no Beira Rio. Em sua estreia pelo colorado, o atacante Paolo Guerrero fez o primeiro gol. Guilherme Parede completou. O adversário do Inter sai de Grêmio x São Luiz que jogam neste domingo, 16h, na Arena em Porto Alegre.

Guerrero abriu o placar para o Internacional

Antes da partida, ex-jogadores do Inter foram homenageados pelos 50 anos do Beira Rio. Entre eles o criciumense Valdomiro. Os cinco estavam em campo na histórica partida de 6 de abril de 1969, Inter 2x1 Benfica, na inauguração do estádio colorado.

Valdomiro, o segundo à esquerda, homenageado no Beira Rio

O Flamengo vai decidir o Carioca. Garantiu sua vaga ao empatar em 1 a 1 com o Fluminense. Gilberto fez o gol do Flu aos 41 do primeiro e Gabriel empatou para o Fla aos 23 da etapa final. O segundo finalista será definido de Vasco x Bangu que jogam neste domingo às 16h. 

Flamengo na decisão do Carioca

No Campeonato Mineiro, o Cruzeiro está na finalíssima. Bateu o América por 3 a 0 neste sábado, com gols de Léo, Fred e Rafinha. O outro finalista sai de Atlético x Boa Esporte que se encaram neste domingo, 16h, em Belo Horizonte. Na ida, 0 a 0.

Cruzeiro espera por Atlético ou Boa

O Goiás vai brigar pela taça no Campeonato Goiano. Neste sábado, assegurou sua ida à final batendo o Goiânia por 3 a 1. Neste domingo tem Atlético x Vila Nova às 17h brigando pela outra vaga.

Goiás venceu o Goiânia e vai fazer decisão

 

Denis Luciano
Por Denis Luciano 06/04/2019 - 08:05

Em 6 de abril de 2018 partia Francisco Milioli Netto. Há um ano, a comunicação de Santa Catarina via se calar um dos seus grandes ícones. "Foi o maior comentarista da história de Santa Catarina". A definição partiu do veterano Roberto Alves, ao tomar conhecimento da perda do velho colega.

Nas despedidas, no dia seguinte, sábado, 7 de abril, muitos amigos superlotaram o Crematório Millenium. Foi uma oportunidade para inúmeras lembranças e homenagens.

Um mês depois, em 7 de maio, fizemos publicar em A Tribuna o "Parabéns a você, Chico Milioli". É que naquele dia o saudoso amigo completaria 78 anos.

Na galeria de fotos abaixo, algumas das muitas passagens do velho Chico.

 

Denis Luciano
Por Denis Luciano 05/04/2019 - 15:55Atualizado em 05/04/2019 - 16:44

A CBF divulgou nesta tarde a tabela desdobrada das oito primeiras rodadas da Série B. O Criciúma vai estrear em um sábado, 27 de abril, às 16h30min, recebendo o Cuiabá no estádio Heriberto Hülse. O segundo compromisso tricolor, o primeiro fora de casa, será na quinta-feira, 2 de maio, diante da Ponte Preta em Campinas, às 21h.

Na terceira rodada, a novidade. Em 11 de maio, um sábado, o Criciúma pega o América (MG) às 11h no Majestoso. Sim, um sábado pela manhã com futebol na Série B em Criciúma.

No dia 17 de maio, sexta, o Tigre visita o Atlético em Goiânia às 21h30min. No dia 21 de maio, uma terça-feira, tem Criciúma x Guarani no HH às 19h15min. Na sexta rodada, Botafogo x Criciúma no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, às 16h30min de um sábado, 1º de junho. Em 8 de junho, outro sábado, o Criciúma recebe o Vila Nova às 16h30min. Na oitava rodada tem Brasil x Criciúma no Bento Freitas, em Pelotas, na terça-feira, 11 de junho, às 19h15min.

Confira abaixo a primeira rodada na íntegra:

26/4 - Sexta, 19h15min - Pelotas (RS), Brasil x Bragantino

26/4 - Sexta, 19h15min - Ponta Grossa (PR), Operário x América (MG)

26/4 - Sexta, 21h30min - Sorocaba (SP), São Bento x Atlético (GO)

26/4 - Sexta, 21h30min - Recife (PE), Sport x Oeste

27/4 - Sábado, 11h - Ribeirão Preto (SP), Botafogo x Vitória

27/4 - Sábado, 16h30min - Campinas (SP), Guarani x Figueirense

27/4 - Sábado, 16h30min - Criciúma (SC), Criciúma x Cuiabá

27/4 - Sábado, 16h30min - Maceió (AL), CRB x Londrina

27/4 - Sábado, 21h - Goiânia (GO), Vila Nova x Paraná

29/4 - Segunda-Feira, 20h - Curitiba (PR), Coritiba x Ponte Preta

Confira a íntegra das oito rodadas clicando aqui.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 04/04/2019 - 12:52Atualizado em 04/04/2019 - 12:53

O Hercílio Luz vai ceder 680 ingressos para a torcida do Criciúma visando o jogo de domingo, 16h, no estádio Anibal Costa. E nada mais que isso. O Hercílio pretende lotar os mais de 6 mil lugares que terá para o seu torcedor, afinal a partida vale, para o Leão do Sul, uma vaga na elite do Campeonato Catarinense em 2020.

O clube tubaronense anunciou o serviço do jogo. A torcida visitante vai pagar R$ 20 no ingresso antecipado e R$ 10 na meia entrada, via online no ticketmais.com.br. Cabe lembrar que, nos pontos de venda listados pelo Hercílio, há cobrança de taxa administrativa, que eleva o bilhete a R$ 22.

Digitusul Giassi Santa Bárbara - Criciúma

Mercadão da Música - Criciúma

Loja Mury e Mury Surf Skate - Içara

Back Modas - Forquilhinha

Lanchonete do Bolinha - Morro da Fumaça

Farmácia Veneza - Nova Veneza

A Musical - Orleans

Óptica Esportiva - Araranguá

Mattric - Sombrio

Alquimia Boutique - Meleiro

Mercado Franca - Jaguaruna

10K Sports - Jaguaruna

Posto do Alemão - Treze de Maio

A Musical - Braço do Norte

Farmácia Paes Leme - Imbituba

Recanto Bike Centro - Laguna

Loja Simone - Termas do Gravatal

A Musical - Tubarão

Bejo Lanches - Tubarão

Café Presidente - Tubarão

Leão Store - Tubarão

Loja Diniz - São José

Para a torcida do Hercílio, ingressos a R$ 20 (arquibancada descoberta), R$ 30 (coberta) e R$ 80 (cadeiras). O Criciúma está oferecendo três ônibus para levar, gratuitamente, 150 torcedores e associados em dia.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 04/04/2019 - 12:11Atualizado em 04/04/2019 - 12:12

Invasão Carvoeira. Eis a iniciativa lançada faz pouco pelo Criciúma visando o jogo de domingo no estádio Anibal Costa, em Tubarão, contra o Hercílio Luz. A partida vale pela última rodada da fase classificatória do Campeonato Catarinense, e o Tigre, que ontem entrou no G-4 ao vencer o Joinville por 1 a 0, depende apenas de si para classificar.

Se o Criciúma ganhar, fará uma semifinal do Estadual contra o Avaí. O Hercílio encara uma decisão, já que precisa da vitória para tentar escapar na luta contra o rebaixamento. É, hoje, o lanterna, e disputa com Metropolitano e Atlético Tubarão.

O torcedor ontem no Majestoso conferindo a vitória contra o JEC / Foto: Daniel Búrigo / A Tribuna

Sobre a Invasão Carvoeira. Três ônibus estão sendo disponibilizados em parceria com a União Transportes, para levar 150 sócios do clube em dia para a partida de domingo.  Os interessados em garantir lugar para a viagem gratuita a Tubarão devem fazer contato pelo telefone 3046.7558.

Lembrando que o estádio Anibal Costa tem 6,8 mil lugares e, a princípio, o Hercílio deverá disponibilizar 680 ingressos para a torcida do Criciúma. Abaixo, a nota do clube sobre a promoção para domingo.

O Criciúma, em parceria com a empresa União de Transportes, concretizou na manhã desta quinta-feira (04/04), a disponibilidade de três ônibus para os sócios torcedores do Tigre se deslocarem até Tubarão. A “Invasão Carvoeira” será nese domingo (06/04) no jogo contra o Hercílio Luz pela 18ª rodada do Campeonato Catarinense terá início às 16 horas, no estádio Aníbal Costa.

 

Cada um dos três ônibus terá a capacidade de 50 lugares, totalizando 150 vagas. O acesso ao ônibus não terá custo para os associados em dia, mas será necessário se inscrever através do telefone (48) 3046-7558, ou pessoalmente na secretaria do clube, anexa ao estádio Heriberto Hulse.

Nessa ação, não está incluso o ingresso. O Hercílio Luz disponibiliza os ingressos ao valor de R$ 20,00 reais a inteira e R$ 10,00 a meia. 

 

Mais informações podem ser obtidas através do telefone (48) 30467558.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 04/04/2019 - 00:01Atualizado em 04/04/2019 - 00:52

Foi uma quarta invicta para o futebol do sul na penúltima rodada da primeira fase do Campeonato Catarinense. O Criciúma ganhou, nos acréscimos. O Atlético Tubarão também ganhou, em um confronto direto. E o Hercílio Luz desperdiçou pênalti, tomou dois, buscou e ficou no 2 a 2 com o Marcílio Dias em Itajaí.

E a noite foi de volta por cima para o Tigre e o Tubarão. O primeiro conseguiu, depois de 16 rodadas penando, entrar no G-4 no minuto final da penúltima rodada. Um fôlego e tanto para um time que, agora, dependerá apenas de si para ser semifinalista do Estadual. Ganhando do Hercílio domingo e pronto, classifica e de quebra rebaixa o adversário. Mas será dureza o confronto no Anibal Costa.

De outro lado, o Tubarão. Os 2 a 0 no Metropolitano, no Domingos Gonzales, tiraram o Peixe da zona de rebaixamento, depois de 16 rodadas remando nas últimas posições. Nesse instante, estaria livre do descenso. Mas ainda tem 90 minutos para sustentar e escapar de fato. Léo Tilica, aos 12 minutos do primeiro tempo, e Edu, aos 5 da segunda etapa, anotaram os gols do Tubarão.

Em Itajaí, o Hercílio deixou escapar a chance de sair na frente, com Lima perdendo um pênalti no primeiro tempo. Em seguida, aos 43 minutos, Juliano Levak abriu o placar para o Marcílio, que ampliou aos 10 da etapa final. O Hercílio reagiu e buscou com gols de Juliano, aos 30, e Victor Guilherme, aos 39 minutos, 2 a 2.

Marcílio e Hercílio, empate em Itajaí

Agora, a briga pela última vaga na semifinal envolve Criciúma e Marcílio Dias. Os dois somam 24 pontos, mas o Criciúma tem vantagem nas vitórias, 7 a 6. Ou seja, se ganhar do Hercílio no domingo, classifica. Se fizer o mesmo resultado que o Marcílio, idem. O time de Itajaí terá que somar contra o Figueirense mais pontos que o Tigre fará em Tubarão. Se o Criciúma empatar, o Marcílio terá que ganhar no Scarpelli.

Tubarão, vitória decisiva em casa sobre o Metropolitano

E a disputa na parte de baixo? O Tubarão visita o eliminado Joinville. Se ganhar, classifica. Se empatar, terá que torcer ou para o Metropolitano não vencer o Brusque, já eliminado, em casa, ou para o Hercílio não derrotar o Criciúma. Perdendo, o Tubarão ainda escapa se Metropolitano e Hercílio não ganharem. Eles podem até empatar que ainda assim o Peixe se livra, neste caso. O Hercílio terá que ganhar do Criciúma e torcer por tropeço de um dos dois rivais. O Metropolitano precisa vencer o Brusque e torcer por tropeço do Tubarão em Joinville.

O Avaí atropelou o Brusque, 4 a 0 no Augusto Bauer

E lá no topo? O Avaí - que nesta quarta goleou o Brusque, 4 a 0 - já é campeão da primeira fase, e fará a semifinal em casa, contra Criciúma ou Marcílio Dias. Chapecoense e Figueirense - que empataram em 3 a 3 no Scarpelli nesta quarta - brigam pelo segundo lugar e a vantagem na semifinal. Por enquanto, a vantagem é da Chape. Eis mais uma motivação para o Figueirense contra o Marcílio, o que ajuda o Tigre. A última rodada será emocionante.

Figueirense, que empatou com a Chape, pode ajudar o Criciúma no domingo

 

Denis Luciano
Por Denis Luciano 03/04/2019 - 21:08Atualizado em 03/04/2019 - 21:50

O mais novo reforço do Criciúma despediu-se do São Luiz de Ijuí nesta quarta-feira. O goleiro Paulo Gianezini, já a caminho do Tigre, esteve hoje no estádio 19 de Outubro para um último contato com os seus agora ex-colegas.

“O que eu vivi aqui no São Luiz vou levar para o resto da vida. Foi um momento onde optei pela mudança, cheguei um moleque e saio um homem. Crescimento enorme tive aqui no São Luiz e agradeço ao clube, torcedor, imprensa e deixo uma boa imagem”, disse.

Projetando seu futuro, Paulo tem a expectativa de assumir a titularidade no Criciúma. “Foi o que me propus a fazer. Meu foco sempre foi chegar na Série A ou Série B. Jogar a Série A até os 30 anos é meu objetivo. Mas peguei o exemplo do Thalheimer. Ele saiu para uma série A. Então é possível. Num primeiro momento não caiu a ficha, sempre me propus a chegar neste patamar e agora é chegar lá e me empenhar ao máximo e fazer o meu melhor”.

Paulo vem para suprir um momento de lesões dos goleiros Luiz e Bruno Grassi, e para a vaga de Vinícius, cujo contrato está acabando e ele acertou transferência para o Cruzeiro. Embora já tenha sido confirmado o acerto, o Criciúma ainda não anunciou oficialmente a contratação. As informações são do blog do colega Alex Frantz, de Ijuí.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 31/03/2019 - 18:37Atualizado em 31/03/2019 - 18:37

O Criciúma pode ter dois, três ou até quatro jogos pela frente no Campeonato Catarinense a partir de agora. Vai depender do próprio Tigre. Pega o Joinville na quarta no Heriberto Hülse e o Hercílio Luz domingo, em Tubarão. Se conseguir garantir o quarto lugar - nesse instante é o quinto - o Tigre vai à semifinal e garante mais um jogo.

E se passar desse mata-mata, daí tem a finalíssima. Tudo isso em um espaço de pouco mais de duas semanas. E no meio tem a partida de volta da terceira fase da Copa do Brasil contra a Chapecoense no dia 10, no Majestoso.

Andrew fez o gol do Tigre em Blumenau / Foto: Sidnei Batista / CA Metropolitano / Divulgação

Foi decisiva demais a vitória deste domingo, 1 a 0 contra o Metropolitano em Blumenau. Assista abaixo os melhores momentos da partida no estádio do Sesi com as imagens do FC Play.

A semana vai começar com reforço no Tigre. Em entrevistas aos colegas que estavam em Blumenau, o diretor executivo João Carlos Maringá confirmou que um meia que estava no futebol paulista chega nesta segunda-feira. E tem engatilhadas as contratações do lateral direito Marcos Vinícius, que vem emprestado pela Chapecoense, e o volante Liel, que está voltando do Atlético Tubarão.

Quarta, 21h30min, tem Criciúma x Joinville. Uma decisão no HH.

Denis Luciano
Por Denis Luciano 31/03/2019 - 18:14Atualizado em 31/03/2019 - 18:15

Entre altos e baixos, o Criciúma consegue chegar na reta final da primeira fase vivo na briga pela classificação à semifinal do Campeonato Catarinense. Fez 1 a 0 neste domingo sobre o Metropolitano no estádio do Sesi, em Blumenau, e ainda disputa o quarto lugar.

Com o resultado, o Criciúma chegou a 21 pontos, contra 23 do Marcílio Dias, que no sábado venceu o Joinville por 1 a 0. O Brusque, que ainda joga na rodada - está pegando a Chapecoense agora, 18h, na Arena Condá - e o Joinville, ambos com 20 pontos, ainda estão na disputa.

Futebol Interior / Reprodução

E o Joinville é o adversário direto da quarta-feira, 21h30min, no Heriberto Hülse. Quem ganhar, vai brigar na última rodada. Quem perder deve sair da disputa.

O atacante Andrew fez o gol da vitória tricolor em Blumenau, aos 7 minutos do segundo tempo.

Andrew, autor do gol da vitória do Tigre contra o Metro hoje / Foto: Sidnei Batista / CA Metropolitano

Na outra partida da tarde, um resultado que, indiretamente, influencia nessa reta final do Criciúma. O Hercílio Luz empatou em 1 a 1 com o Figueirense no estádio Anibal Costa. Alemão, aos 2 do primeiro tempo, abriu o placar para o Figueira. Vinícius Pacheco igualou aos 9 da etapa final.

Ocorre que o Hercílio está com 12 pontos, ainda na zona de rebaixamento, e briga diretamente com Metropolitano, 13, e Tubarão, 11 pontos, para não cair. E o Hercílio é o adversário do Marcílio Dias, rival do Criciúma na luta do G-4. A partida será quarta-feira, 21h30min, no estádio Dr. Hercílio Luz, em Itajaí. 

Futebol interior / Reprodução

Vitórias de Hercílio e Criciúma na quarta, combinando a algum tropeço do Brusque contra Chapecoense e Avaí, e o Criciúma pode entrar na última rodada no grupo de classificados. E na última, o Tigre visita justamente o Hercílio em Tubarão.

Outro trunfo para o Criciúma. Se ele conseguir chegar na última rodada em condição de ultrapassar o Marcílio - se o Brusque não chegar embolado na briga -, o Tigre pega o Hercílio enquanto o Marcílio encara o Figueirense, ambos fora de casa. A briga vai ser boa, e o Criciúma agora depende apenas dele para chegar disputando na rodada fatal.

Jogos que restam:

Marcílio Dias - Hercílio Luz (em casa), Figueirense (fora)

Criciúma - Joinville (em casa), Hercílio Luz (fora)

Brusque - Chapecoense (fora), Avaí (em casa)

Joinville - Criciúma (fora), Tubarão (em casa)

A quarta-feira poderá definir o rebaixamento. Se o Hercílio não ganhar em Itajaí e o Metropolitano vencer no Domingos Gonzales, Hercílio e Tubarão caem na quarta-feira. Os dois precisam pontuar na rodada para manter vida até a última rodada.

Futebol Interior / Reprodução