Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

O real risco de quatro rebaixados em um ano

Hoje, o futebol catarinense estaria vivendo um fato inédito com possíveis quedas de Chapecoense, Avaí, Criciúma e Figueirense
Denis Luciano
Por Denis Luciano 16/09/2019 - 13:25

O futebol de Santa Catarina está diante de uma constrangedora e inédita perspectiva: de ter quatro times rebaixados na mesma temporada do Campeonato Brasileiro. Se as séries A e B terminassem hoje, esse seria o destino dos quatro melhores ranqueados do futebol barriga-verde: Chapecoense e Avaí, na A, Criciúma e Figueirense, na B.

Os quatro encontram-se nas respectivas zonas de rebaixamento. Na Série B, o Criciúma é 17º com 23 pontos. Está um ponto atrás de Vila Nova e Vitória, os mais próximos fora do Z-4. Hoje, conforme o portal Chance de Gol - especialista em estatísticas de futebol - o risco de descenso do Tigre é de 61,6%. É elevado, mas hoje é o menor índice entre os quatro catarinenses das duas principais divisões. Isso quer dizer que, de cada 100 resultados possíveis na Série B a partir de agora, 61 rebaixam o Criciúma. 

Chances de queda na Série B

São Bento - 75,0%

Figueirense - 63,6%

Guarani - 61,7%

Criciúma - 61,6%

Vitória - 54,1%

Vila Nova - 46,7%

Brasil - 11,6%

Oeste - 9,7%

Situação um pouco mais delicada no momento vive o Figueirense, com seu risco de 63,6%, 22 pontos somados e em penúltimo lugar.

Na Série A, em termos percentuais, a condição dos catarinenses é mais dramática. O Avaí, lanterna com 13 pontos, não tem o pior índice conforme o Chance de Gol: está com risco de 87,7%. A Chapecoense, vice-lanterna com 14 pontos, tem a chance maior de queda hoje: 95,5%.

Chances de queda na Série A

Chapecoense - 95,5%

CSA - 94,4%

Avaí - 87,7%

Goiás - 41,2%

Cruzeiro - 37,1%

Fluminense - 28,7%

Fortaleza - 5,5%

Vasco - 5,2%

4oito

Deixe seu comentário