Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito
Por Adelor Lessa 18/05/2022 - 19:23 Atualizado em 18/05/2022 - 19:29

Parlamentares líderes das bancadas dos estados de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande Sul, além de representantes do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul, o BRDE, participaram nesta quarta-feira, 18, em Brasília, de uma reunião apartidária para tratar da criação de Um Fundo de Investimentos.

Eduardo Moreira, ex-governador e diretor do BRDE, e deputado federal Carlos Chiodini (MDB) particiuparam da reunião.

A proposta trata de uma frente ampla de trabalho integrado para criar um Fundo Constitucional para a Região Sul, o FUNDO SUL.

Estamos reativando uma luta muito antiga e eu estou muito otimista com este trabalho. Ele é capitalizado com uma parte do que nós pagamos de impostos federais, como IPI e IR. Uma parte desse valor seria enviada para o Fundo, administrado pelo BRDE, inicialmente algo em torno de R$ 04 bilhões por ano, para os três estados. Esse valor seria utilizado para financiar aplicações de investimentos no setor privado, como expansão de empresas, projetos novos e também para infraestrutura no setor público com foco nas regiões menos desenvolvidas e com menor IDH desses estados”, explica o deputado Carlos Chiodini. 

Para fazer o que o deputado chamou de correção histórica, será necessário apresentar uma PEC, uma Proposta de Emenda à Constituição, que já conta com o apoio das bancadas dos três estados do Sul na Câmara Federal.

Hoje as pessoas em Brasília olham pra gente como o Sul sendo uma região rica do país. Realmente tem regiões muito pujantes, mas cidades próximas acabam se tornando deprimidas economicamente. São essas distorções que nós precisamos consertar, e eu creio que o Fundo Constitucional dará mais vigor a novos investimentos na nossa indústria, comércio e tornará o Sul do Brasil mais competitivo”, explica. 

Para se ter uma ideia, os três estados do Sul juntos representam 17,9% da produção brasileira, 17,7% do PIB e são responsáveis por 18,41% das exportações e 14,4% da arrecadação nacional, mas estamos carentes de investimentos federais em infraestrutura o que impede o desenvolvimento econômico. As regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, já são contempladas com essa destinação e recebem para os fundos constitucionais, 3% do produto da arrecadação do IPI e do IR. Deste total, cabe ao Norte (FNO) 0,6%, ao Centro-Oeste (FCO) 0,6% e ao Nordeste (FNE) 1,8% e o Fundo Sul seguiria os mesmos moldes.

Por Adelor Lessa 18/05/2022 - 10:39 Atualizado em 18/05/2022 - 15:43

O delegado da Polícia Federal em Criciúma, Claudio Roberto Trapp, repassou ao Ministério Público Federal informações que apurou da reunião que o prefeito afastado de Urussanga, Gustavo Cancelier, teve com o vereador Rosemar Sebastião, o Taliano, no Farol de Santa Marta, Laguna.

O delegado ouviu depoimentos na segunda-feira, na sede da Polícia Federal em Criciúma, e repassou as informações apuradas ao representante do Ministério Público Federal que está tratando da sustentação da denúncia contra o prefeito afastado no Tribunal Regional Federal.

Ele buscou os depoimentos depois de ter sido informado por ofício que Gustavo Cancelier teve a reunião com o vereador poucos dias antes do julgamento de processo de cassação do seu mandato pela Câmara de Vereadores de Urussanga.

Além disso, os dois estão envolvidos na denúncia que está no Tribunal Regional Federal.

Amanhã, quinta-feira, o Tribunal Regional Federal deve decidir se aceita a denúncia do Ministério Público contra Gustavo, por irregularidades e desvio de recursos na gestão da prefeitura de Urussanga.

Deve decidir também se aceita o pedido da defesa de Gustavo para o seu retorno ao cargo.

Na sexta-feira vai completar um ano que o prefeito foi afastado do cargo pelo Tribunal Regional Federal, a pedido da Polícia Federal e do MPF.

 

Por Adelor Lessa 18/05/2022 - 07:07 Atualizado em 18/05/2022 - 07:21

No editorial desta quarta-feira (18), Adelor Lessa falou sobre o mato e a sujeira em terrenos baldios, em Criciúma, após o prefeito Clésio Salvaro registrar um vídeo indignado com um lote nessas condições no bairro Rio Maina.

Confira o editorial completo desta quarta-feira (18):

 

Por Adelor Lessa 17/05/2022 - 08:19 Atualizado em 17/05/2022 - 08:20

A semana começou com um problema que deveria ser tratado com a maior urgência. Crianças na fila por vaga em UTI pediátrica em Hospital de Criciúma. Na rede pública toda de Criciúma não tinha vaga. Desespero dos pais, parentes, avós, tios, amigo, enfim… 
Em um determinado momento, no final de semana, eram 14 crianças aguardando vaga em UTI, inadmissível isso, um retrocesso. 
Detalhamos o assunto ontem. Ouvimos pais, técnicos, autoridades locais da área, chegamos ao secretário estadual de Saúde, que fez o anúncio: “Criança que precisar de internação em leito de hospital, ou UTI e não tiver vaga na rede pública, vai para o hospital privado e o governo do Estado vai pagar.” Era o que todos queriam ouvir naquele momento…

Acompanhe o editoral completo:

Por Adelor Lessa 16/05/2022 - 21:44 Atualizado em 17/05/2022 - 04:47

A oposição ao prefeito afastado Gustavo Cancelier (PP) votou contra as suas teses na sessão extraordinária de hoje na Câmarta de Urussanga e mandou para arquivo o pedido para cassar o seu mandato.

Fez isso porque foi a saída encontrada para não ver sepultada de vez a possibilidade de cassar o mandato de Gustavo.

Acontece que se fosse para votação hoje, o pedido de cassação seria rejeitado. O placar seria 5 votos pela cassação e 4 contra. 

Para cassar tem que ter pelo menos 6 votos.

A oposição até teve os votos necessários para cassar o prefeitro afastado por poucas horas (até o intervalo do meio dia).

No início da sessão foi aprovado requerimento que pedia que o vereador Taliano fosse impedido de participar da sessão.

Taliano afastado, foi convocadio e empossado o suplente, Tidinho, que votaria pela cassação do prefeito.

Na retomada dos trabalhos, início da tarde, foi levada à Câmara uma liminar da Justiça que recolocou Taliano na sessão.

A partir dai, a oposição passou a discuir alternativas para não "salvar" em definitivo o mandato de Gustavo.

A "solução" foi aprovar uma preliminar que havia sido apresentada pela defesa do prefeito afastado, não votando a cassação e arquivando o processo.

Com isso, o processo pode ser retomado a qualquer momento.

Ou melhor, a qualquer momento desde que seja aprovada a cassação do vereador Taliano, que está na pauta da Câmara. 

 

 

Por Adelor Lessa 16/05/2022 - 15:13 Atualizado em 16/05/2022 - 15:25

Na retomada do trabalhos, agira à tadre, reviravolta na sessão extraordinária da Câmara de Urussanga que discute a cassação do prefeito afastado Gustavo Cancelier (PP).

O vereador Taliano, que havia sido afastado por requerimento aprovado no inicio da sessão, teve liminar a seu favor expedida pela Justiça e reessumiu suas funções.

Com isso, muda a projeção de resultado da votação.

Taliano vota contra a cassação do prefeito afastado, enquanto o suplente, Tidinho, votaria a favor.

A sessão segue na Câmara de veradores, a porta fechadas.

Por Adelor Lessa 16/05/2022 - 14:07 Atualizado em 16/05/2022 - 16:06

Os vereadores de Urussanga retomaram, depois do intervalo para almoço, a sessão extraordinária da Câmara Municipal que analisa o pedido para cassação e mandato do prefeito afastado Gustavo Cancelier (PP).

A sessão começou 9h e teve como primeira discussão polêmica o pedido para que fosse declarado impedido de participar o vereador Rosemar Sebastião, o Taliano.

O requerimento protocolado pelo contribuinte Julio Bonetti foi levado à voto e aprovado.

No requerimento, Bonetti sustenta que a decisão do Tribunal Regional Federal que determinou o afastamento do prefeito Luiz Gustavo Cancelier impede que ele entre em repartições públicas ou converse com funcionários públicos.

E acrescenta:

"Ocorre que no dia 20/04/2022, o atual prefeito afastado, Luiz Gustavo Cancelier e o atual vereador, Rosemar Sebastião, reuniram-se em estabelecimento comercial fornecedor de alimentos na praia do Farol de Santa Marta no município de Laguna/SC, descumprindo a determinação judicial e tornando público o interesse do atual prefeito afastado em intervir no curso normal do processo legislativo".

Determinado o impedimento de Taliano, foi convocado para a sua vaga o suplente Tidinho (PDT), que assumiu minutos depois.

A sessão seguiu com a leitura do parecer da comissão processante, feita pelo relator, vereador Luan Varnier (MDB), até o intervalo para almoço.

Parecer aceitou as denuncias e indicou voto pela cassação de mandato.

Agora, de acordo com o rito, vai ser aberto prazo para manifestação dos vereadores e dos advogados de Gustavo Cancelier.

 

 

Por Adelor Lessa 16/05/2022 - 07:01 Atualizado em 16/05/2022 - 10:26

No editorial desta segunda-feira (16), Adelor Lessa falou sobre a falta de UTI Pediátrica na região. A angústia dos pais que recorrem a vakinhas online para salvar a vida de seus filhos.

Confira o editorial completo de Adelor Lessa desta segunda-feira (16):

Por Adelor Lessa 13/05/2022 - 11:35 Atualizado em 13/05/2022 - 11:44

A Frente de esquerda deve fazer o próximo movimento para definição de candidato ao governo e montagem de chapa para eleição majoritária em Santa Catarina.

Na proxima semana, os partidos da Frente devem se reunir para definir o candidato a govenador.

A projeção foi feita pelo ex-deputado Décio Lima, presidente estadual do PT, falando hoje cedo na rádio Som Maior.

Décio é o indicado pelo PT para disputar o governo e se a decisão realmente for tomada nos próximos dias, ele deverá ter seu nome homologado pela Frente.

Décio ja foi candidato a governador em 2018, aparece hoje nas pesquisas muito melhor que qualquer outro nome da Frente e tem como argumento forte que vai usar o numero  13 (do PT), como Lula, o que deve beneficiá-lo numa hipotese de "nacionalização" da eleição.

O outro nome da Frente para governador é o senador Dario Berger (PSB), que pode disputar a reeleição.

Se Décio for o candidato, o vice deve ser o ex-deputado do sul, Jorge Boeira (PDT), que está de momento projetando uma candidatura ao senado.

 

 

 

 

  

Por Adelor Lessa 13/05/2022 - 07:22 Atualizado em 13/05/2022 - 07:25

No editorial desta sexta-feira (13), Adelor Lessa falou sobre os 75 anos do Tigre. Do Comerciário ao Criciúma E.C. 

Confira o editorial completo desta sexta-feira (13):

 

Por Adelor Lessa 12/05/2022 - 06:58 Atualizado em 12/05/2022 - 07:17

No editorial desta quinta-feira (12), Adelor Lessa falou sobre a politização feita em torno das vacinas contra a Covid-19. Por interesses políticos e eleitorais, a eficácia da imunização foi coloca em xeque.

Ouça o editorial completo de Adelor Lessa desta quarta-feira:

 

Por Adelor Lessa 11/05/2022 - 14:02 Atualizado em 11/05/2022 - 14:14

Para o deputado federal Rodrigo Coelho (Podemos) a chapa do governador Carlos Moisés (Republicanos) para a eleição de outubro pode ter a deputada federal criciumense Geovânia de Sá (PSDB) como vice e o deputado federal Carlos Chiodini (MDB) para o senado.

O Podemos está fechado com Moisés no seu projeto de reeleição e não está exigindo vaga na chapa majoritária.

O deputado Rodrigo, que é de Joinville, é candidato a reeleição.

O PSDB ainda não definiu quem vai apoiar na eleição de outubro em Santa Catarina para governador.

Na sexta-feira, durante ato em Criciúma com o governador Carlos Moisés, o prefeito Clesio Salvaro, principal ativo eleitoral do PSDB no estado, fez discurso elogiando o trabalho e a postura do Governador e defendendo a sua "continuidade" no cargo.

No processo de impeachment contra Moisés, o prefeito Salvaro participou de movimento de prefeitos das principais cidades do estado contra o afastamento (a favor da permanência no cargo).

 

   

Por Adelor Lessa 09/05/2022 - 17:45 Atualizado em 09/05/2022 - 17:50

Operação bem sucedida no PSD. Raimundo Colombo, ex-governador, aceitou abrir mão da candidatura a governador e anunciou que vai disputar o senado.

Com isso, abriu o caminho para o PSD apoiar a candidatura a governador do ex-prefeito da Capital, Gean Loureiro (União Brasil).

Colombo disse que abriu mão da candidatura ao governo "em nome da unidade do PSD".

A reunião do PSD ainda está acontecendo na Capital, com integrantes da executiva estadual, deputados e candidatos à eleição deste ano.

 

Por Adelor Lessa 09/05/2022 - 17:17 Atualizado em 09/05/2022 - 17:37

A Unesc fica sem vice-reitor. O professor Daniel Preve, reeleito para o cargo, acaba de formalizar a sua renúncia.

A carta foi lida durante reunião do Conselho da Universidade.

O professor Daniel alegou "problema de saúde familiar".

Pelo estatuto, não há necessidade de eleição de um novo Vice.

A reitora Luciane Cereta pode completar o mandato sem Vice.

Situação semelhante aconteceu no segundo mandato do reitor anterior, Gildo Volpato.

Por razões diferentes, o vice também renunciou e Gildo completou o mandato sem vice.

 

 

 

Por Adelor Lessa 09/05/2022 - 11:15 Atualizado em 09/05/2022 - 17:40

Em 2020, era inicio da pandemia, identificamos a necessidade de fazer um trabalho especial para informar, esclarecer, e orientar. 
Mas, por causa disso, fui agredido/ofendido/atacado por um cidadão de Meleiro.

Agressões feitas porque eu estava detalhando as informações, cumprindo o papel que nos cabe.

Ele passou mensagem para mim, gravou em video e colocou nas redes . Aquilo viralizou.  

Amigos e parentes de outros estados e do exterior fizeram contato preocupados, pelo tom agressivo e ameaçador.

Aquilo não poderia passar em branco.

Dei entrada com ação judicial por dano moral.

Ação de indenização contra Dalmont Menegaro, que fez os ataques. Ele é morador de Meleiro.
A ação acaba de ter sentença da Juiza Eliza Maria Strapazon.  O agressor foi condenado .

Escreveu a Juíza na sentença:
"Não pairam dúvidas quanto à violação dos direitos da personalidade do autor da ação ...
  Extrai-se dos autos que a postagem extrapola o direito à liberdade de expressão, na medida em que desqualifica o demandante em rede social com alto alcance de pessoas, mediante utilização da imagem do autor, menção ao seu nome completo e abalo à sua honra
… 

Mais adiante, acrescenta a Juíza:
"As redes sociais não são espaços anárquicos a ponto de blindar ofensas ostensivas lançadas naquele campo. 
A liberdade de expressão encontra limites, não servindo como justificativa para insultos ou discursos de ódio, sob pena de configurar um verdadeiro “direito à ofensa”. 
Deve-se ainda levar em consideração que o alcance das redes sociais possui proporções incalculáveis e imediatas, razão pela qual os comportamentos ofensivos devem ser coibidos …

Por fim, arremata a Juíza: 
“A garantia à liberdade de expressão e manifestação de pensamento - assim como os demais direitos fundamentais constitucionalmente previstos - não possuem caráter absoluto, de modo que nenhum cidadão pode ancorar-se em tais direitos para publicar conteúdo ofensivo à outrem. 
Portanto, presentes os requisitos geradores da responsabilidade civil, não resta outro caminho senão a condenação da parte ré ao pagamento de indenização pelos danos morais suportados pela parte autora neste ponto ... 

É a síntese do que decidiu a juíza, ao condenar o agressor, Dalmont Menegaro, de Meleiro.
O advogado Jorge Maurique foi quem me representou na ação. 

Mas, o importante na decisão não é a indenização, cujo valor é simbólico.

Importante é a procedência da ação, e a precedência que se abre.
Porque esse ataques de ódio tem que gerar consequências

Liberdade de expressão não é e não pode ser liberdade de agressão, ofensa e ataque.

As agressões foram feitas porque eu estava detalhando informações sobre a pandemia, os cuidados, as orientações.
Naquele ambiente confuso, preocupante, quase de pânico geral, estávamos cumprindo nosso papel.

Fatos assim mostram três coisas:

1) Informação é coisa séria. Trabalha-se diariamente para encontrar o que é notícia, destacar a notícia, explicar a notícia. O que um jornalista fala não se trata apenas de "opinião" ou de "interesses". Prestamos um serviço público, temos um compromisso com a sociedade.

2) Esse tipo de ataque é cada vez mais recorrente, e a gente não pode deixar isso se naturalizar. Agredir é coisa séria. Somos um microfone aberto para toda a comunidade, e nós trabalhamos juntos com os entes sociais para construir coisas. Ninguém tem "direito à ofensa", como disse a juíza. Contrariar sim, contraditar sim, contestar. Mas, As pessoas tem, sim, o "dever com a civilidade". 

3) Isso mostra a importância do jornalismo sério e de qualidade. Se o que é dito no ar, por esse ou aquele, for criticado pela força do grito, da ofensa, e não pelo argumento, corremos o risco de deixar de lado aquilo que importa: o crescimento, o desenvolvimento, a liberdade de todos.  

E também serve para reafirmar que a Som Maior é uma empresa que leva a informação a sério.
Que a verdade e a liberdade de expressão são valores que nós nunca vamos abrir mão, pelo bem da nossa região.

 

Por Adelor Lessa 09/05/2022 - 10:28 Atualizado em 09/05/2022 - 10:45

O prefeito de Videira, Dorival Borga (PSD), comunicou por carta ao presidente estadual do PSD, deputado Milton Hobus, que passa a assumir publicamente o seu apoio direto e incondicional à reeleição do governador Carlos Moisés (Republicanos), independente da posição que venha a ser tomada pelo diretório estadual do partido.

No ofício, o prefeito faz criticas à condução da discussão sobre o assunto no ambiente do partido, registra que está filiado desde 2011 e destaca que o Governador está dando condições favoráveis a todos os parefeitos do estado, num tratamento igualitário, sem distinção partidária.

A posição do prefeiro de Videia é tornada pública horas antes de o PSD se reunir em Florianópolis para formalizar apoio à candidatura a governador do ex-prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (União Brasil).

A reunião do PSD está marcada para 16h, com todos os candidatos a deputado estadual e federal.

Estará presente o ex-governador Raimundo Colombo, que havia se colocado como candidato ao governo no PSD.

O apoio à Gean foi articulado principal pela bancada de deputados estaduais do PSD.

Abaixo, o oficio encaminhado pelo Prefeito de Videira ao Presidente estadual do PSD.

 

 

 

 

 

  

Por Adelor Lessa 08/05/2022 - 10:44 Atualizado em 09/05/2022 - 19:45

O governador Carlos Moisés (Republicanos) foi o foco das atenções na região por dois dias, com atos administrativos que liberaram mais de R$ 157 milhões para seis municipios da Amrec e Amesc, e colheu manifestações de apoio ao seu projeto de reeleição. A mais expressiva, de maior impacto impacto, foi a do prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro (PSDB).

No discurso que fez durante cerimônia no Salão Ouro Negro da prefeitura de Criciúma, quando foram assinados os atos para liberação de R$ 78 milhões para a cidade, Salvaro disse textualmente:

O Governo do estado não tem faltado absolutamente em nada. Tem sido parceiro de todos os prefeitos. Tem nos auxiliado, tem nos ajudado. E um governo que cumpre. É aquele que honra com os seus compromissos, merece continuar. – Clésio Salvaro

Moisés recebeu manifestações de apoio durante o seu roteiro na região, de outros prefeitos e políticos, mas a declaração de Salvaro tem maior peso por se tratar do principal ativo eleitoral do Sul catarinense.

Salvaro é prefeito de terceiro mandato, faz um governo com aprovação em torno de 80% e influencia politicamente prefeitos e politicos da região, do seu partido e de outros partidos.

O PSDB, partido de Salvaro, ainda não se posicionou sobre candidato ao governador.

Abaixo, a declaração do prefeito Salvaro, em vídeo:

Moisés cumpriu agenda para repasse de recursos e assinaturas de convênios na quinta-feira em Balneário Gaivota e Balneário Arroio do Silva, e ontem em Balneário Rincão, Forquilhinha, Criciúma e Siderópolis.

Hoje, está completando sua agenda no Sul em municipios da Amurel.

   

 

  

Por Adelor Lessa 06/05/2022 - 15:43 Atualizado em 06/05/2022 - 16:25

O PSD catarinense deve definir na segunda-feira apoio à candidatura ao governo do estado do ex-prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, União Brasil.

É a expectativa do próprio Gean, que está cumprindo roteiro na região de Criciúma. Hoje à tarde ele foi conhecer o Bairro da Juventude, sendo recebido pela diretora executiva, professora Silvia Zanette (foto).

Gesn acrescentou sobre a decisão prevista do PSD: "será uma decisão importante para avançarmos nas conversações e no andamento da campanha".

Gean renunicou a prefeitura de Florianópolis no final de março para ser candidato ao governo.

Na segunda-feira, o PSD vai reunir os candidatos a deputado estadual e federal para tratar do assunto.

Os deputados estaduais e federais já se posicionaram pelo apoio à Gean.

O ex-governador Raimundo Colombo, PSD, também articula no ambiente do partido para ser o candidato.

Mas, ele pode disputar o senado.

Gean Loureiro diz que o PSD poderá indicar os candidatos a vice e senador na sua chapa. É o acordo que tem com deputados e dirigentes do partido.

O indicado, no entanto, pode ser de outro partido. Desde que "indicado" pelo PSD.

Gean e o PSD conversam com o PSDB para participar na aliança e, possivelmente, indicar o candidato a vice ou senado.

 

 

Por Adelor Lessa 05/05/2022 - 20:07 Atualizado em 05/05/2022 - 20:20

A Fraga Construções e Engenharia, de Braço do Norte, foi a vencedora da licitação para as obras de pavimentação da Serra do Faxinal, conhecida como o "caminho dos cannyons", em Praia Grande.

A empresa apresentou melhor proposta de preço, dentro do orçamento previsto pelo Governo do Estado, via secretaria de infraestrutura.

Outras duas empresas apresentaram propostas, mas acima do orçamento do Estado.

A partir de agora, serão analisados acervos técnicos e informações de enganharia incluídas na proposta, e cumpridos prazos de possíveis recursos. 

É possivel projetar que o final de maio, ou início de junho, as obras podem ser iniciadas, se não tiver nenhuma demanda judicial.

Por Adelor Lessa 05/05/2022 - 20:03 Atualizado em 05/05/2022 - 20:06

O governador Carlos Moisés, Republicanos, segue em roteiro no Sul do Estado nesta sexta-feira, com entregas para mais quatro municípios da região carbonífera. Balneário Rincão, segue em Forquilhinha, Criciúma e se encerra em Siderópolis.

Somados, os anúncios previstos totalizam mais de R$ 80 milhões. Os recursos serão investidos, principalmente, em obras de infraestrutura, saneamento e aquisição de equipamentos para a área da saúde.

Hoje, o Governador cumpriu agenda em Balneário Gaivota e Balneário Arroio do Silva, onde repassou no total r$ 77 milhões.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito