Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito
Arthur Lessa
Por Arthur Lessa 18/08/2017 - 18:49Atualizado em 18/08/2017 - 18:53

Daqui a pouco, às 19h, começa a transmissão de mais uma partida do Criciúma na busca pelo acesso à Série A 2018. Mas não é só mais uma partida do Tigre. Hoje tem um retorno importante aos microfones da Som Maior FM.

João Nassif tem o nome gravado em lugar privilegiado na história da Som Maior FM. Em 2004, quando foi implantada a rede Antena 1 em Criciúma, dando origem à SM Antena 1, lá estava o Nassif ajudando a criar o Última Edição, programa jornalístico de fim de tarde que seguiu na rádio até 2012.

Foi no Última Edição, e com o Nassif, que aprendi os "truques" necessários para o radiojornalismo diário. Era ele que dizia "agora vai", "agora espera", "encurta a pergunta", "não precisa carimbar cada informação". Aprendi na prática, ensaiando ao vivo, mas sabendo que, no caso de "um branco", ele estava ali de apoio.

Lá na frente os caminhos se desencontraram, reencontraram, desencontraram de novo, e agora voltamos a dividir o mesmo dial, além do mesmo Portal 4oito, onde ele tem blog falando sobre o que mais entende: futebol e, principalmente, Copas do Mundo.

Muito bom voltar a passar o dia com o bigode mais rabugento de Brodósqui.

E presta atenção!

Mano Dal Ponte ou João Nassif, qual o mais rabugento?

 

Arthur Lessa
Por Arthur Lessa 17/08/2017 - 23:23Atualizado em 17/08/2017 - 23:30

Eu sei que está bem tarde, mas só agora que parei pra poder escrever sobre o que foi o dia de hoje.

Foi o fim de uma semana tensa, cheia de expectativa, de avaliações, de revisões do 4oito. Nada podia estar errada na grande estreia!

No fim, muito trabalho, poucas horas de sono e muito trabalho. Todo mundo estava envolvido. Toda equipe foi convocada, seja no Varandas, seja na sede do portal.

E aí está ele! Lançado e bem recebido.

Aproveito para agradecer a todos que opinaram, criticaram, elogiaram e divulgaram nosso novo veículo.

Como falei de manhã, segue a evolução! E queremos a participação de todos nessa caminhada!

Arthur Lessa
Por Arthur Lessa 17/08/2017 - 23:20Atualizado em 17/08/2017 - 23:23

Vai aqui minha homenagem ao grande e inigualável Paulo Silvino.

Arthur Lessa
Por Arthur Lessa 17/08/2017 - 08:48

O novo veículo que estamos lançando hoje, o 4oito, é um portal novo, com um conceito novo, um conceito diferente, de fazer diferente.

Mais que um portal de notícias, mais que um portal de informação, é um portal de conteúdo.

Ele nasce oficialmente hoje, mas é fruto de muitos meses de trabalho, de muitos debates de ideias, de muita análise de como fazer, de o que oferecer, de como apresentar as informações que são relevantes para a região.

A região, inclusive, é a inspiração para o nome: 4oito, que é o nosso DDD, é o número que nos une, desde a Capital, ao norte, até o limite com o Rio Grande do Sul, ao Sul, e a região Serrana, ao oeste. O nome regionaliza o Portal, valoriza a nossa raíz, que é o Sul Catarinense.

Mas voltando a falar do processo de criação dele, que teve início ainda em 2016, assim como qualquer nova ferramenta, qualquer novo invento, qualquer novo produto, ele surge para responder a uma questão.

A questão que motivou as primeiras tratativas a respeito do 4oito, ainda sem esse nome, foi a limitação que tínhamos com o conteúdo de qualidade produzido pela rádio Som Maior FM, que apenas comunica por áudio. Ele seria um amplificador da rádio. Seria a Som Maior multimídia, a Som Maior na web.

Mas logo de início, a ideia já se mostrou limitada. Nos primeiros esboços já surgiram outras possibilidades, outras necessidades, outros caminhos. Já não era mais o novo site da Som Maior, mas sim um novo veículo, independente, com vida própria, com espaço aberto, sem limite de espaço, de formato, de tempo.

O que ficou da ideia inicial, e é o núcleo do projeto, é a mesma vontade de fazer diferente e explorar novas formas de apresentar as informações. Isso é a marca da Som Maior, com inovações como implantar jornalismo de qualidade com música quando ninguém acreditava que fosse dar certo. Essa será também a marca do 4oito.

Outro diferencial que temos, e agrega muito ao conteúdo, é a reunião de blogs que compõe o 4oito. Hoje lançamos sete. Adelor Lessa, Arthur Lessa, Mano Dal Ponte, Pity Búrigo, Marco Búrigo, João Nassif e Max Everson.

Esses são os que entram no ar hoje. Outros virão. Sobre os mais diversos assuntos, de carreira a relacionamentos, de viagens a cozinha. Todos diferentes, todos juntos, no mesmo lugar.

Com o conceito e os objetivos alinhados, fomos para produção do portal, desenvolvido pelo BurnWeb. Lá também várias reuniões com o Lucas e a equipe para definições de layout, mudanças de elementos, soluções novas para problemas.

Nesse processo foram várias semanas, até que hoje, 17 de agosto de 2017, está no ar, o novo Portal de Conteúdo do Sul Catarinense. O Portal 4oito.

Arthur Lessa
Por Arthur Lessa 11/08/2017 - 20:13Atualizado em 12/08/2017 - 22:42

Toda sexta-feira, pra trilha sonora do Ponto Final, eu vasculho a história de alguma música marcante, seja ela nacional ou internacional. Tanto o são que vários cantores às regravam, às redesenham, às reproduzem. Mas a trilha de sonora dessa sexta-feira, dia 11 de agosto, foi especial.

Codinome Beija-Flor, composta por Cazuza, Reinaldo Arias e Ezequiel Neves, além de um grande sucesso da carreira solo do Cazuza e parte do primeiro disco dele depois de sair do Barão Vermelho, ela esconde segredos. Tem frases impositivamente interpretativas. Qualquer um que pare para analisar a letra se pega buscando um sentido para as "frases de liquidificador" ou imaginando quem seria o "beija-flor".

Pois bem... Diante a dúvida, pesquisei e encontrei dois sites com explicações sobre essas duas partes.

Segredos de Liquidificador
O site Significados, conta que, em 1989, um pouco antes de cantar essa canção em dueto com Simone, durante um especial da TV Globo, o próprio Cazuza teria dito que a expressão se refere a "um movimento de língua no ouvido".

Codinome Beija-Flor
Não faltam informações de que o tal beija-flor de Cazuza seria não menos que o cantor e amigo Ney Matogrosso. Não encontrei nenhuma confirmação do próprio sobre essa ligação, mas o romance entre os dois não é segredo, como mostra essa entrevista para o Fantástico, em 2003, a partir dos 5:40. 

Essas são versões, que provavelmente foram para o outro plano com o próprio Cazuza. A interpretação segue a cargo do ouvinte...

Como diria o meu amigo e jornalista João Pedro Alves, "essa é a beleza da arte... Não pertence ao autor".

1 2 3 4 5 6 »