Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito
Por João Nassif 22/04/2022 - 00:01

Faltam 214 dias para o início da Copa do Mundo no Catar

GOLEIROS
JÚLIO CÉSAR Soares de Espíndola (Internazionale-ITA)
ROGÉRIO CENI (São Paulo-SP)
DIDA-Nelson de Jesus Silva (Milan-ITA)

ZAGUEIROS
CRIS-Cristiano Marques Gomes (Lyon-FRA)
JUAN Silveira dos Santos (Bauer Leverkusen-GER)
LÚCIO-Lucimar da Silva Ferreira (Bayer Leverkusen-GER)
LUISÃO-Anderson Luís da Silva (Benfica-POR)

LATERAIS
ROBERTO CARLOS da Silva (Real Madrid-ESP)
CICINHO-Cícero João de Cézare (Real Madrid-ESP)
CAFU-Marcos Evangelista de Moraes (Milan-ITA))
GILBERTO da Silva Melo (Hertha Berlin-GER)

MEIO CAMPISTAS
EMERSON Ferreira da Rosa (Juventus-ITA)
JUNINHO PERAMBUCANO-Antônio Augusto Ribeiro Reis Júnior (Lyon-FRA)
KAKÁ-Ricardo Izecson Santos Leite (Milan-ITA)
GILBERTO Aparecido da SILVA (Arsenal-ENG)
RICARDINHO-Ricardo Luiz Pozzi Rodrigues (Corinthians-SP) 
RONALDINHO GAÚCHO-Ronaldo de Assis Moreira (Barcelona-ESP))
MINEIRO-Carlos Luciano da Silva (São Paulo-SP)
ZÉ-José ROBERTO da Silva Júnior (Bayern-GER)

ATACANTES
ADRIANO Leite Ribeiro (Internazionale-ITA)
FRED-Frederico Chaves Guedes (Lyon-FRA)
ROBINHO-Róbson de Souza (Real Madrid-ESP)
RONALDO Luiz Nazário de Lima (Real Madrid-ESP)
 

Por João Nassif 21/04/2022 - 00:01

Faltam 215 dias para o início da Copa do Mundo no Catar

Com 18 anos, Messsi é o 5º jogador mais jovem a fazer gols em Copas do Mundo.

A Copa de 2006 superou o número de placares 0x0 da última edição em 2002. Sete partidas terminaram sem gols.

Na partida Croácia x Austrália, pela fase de grupos do torneio, por um erro do árbitro inglês Graham Poll o zagueiro croata Josip Simunic só foi expulso depois de levar o terceiro cartão amarelo.

O zagueiro Lúcio bateu o recorde de maior tempo em que um defensor ficou sem fazer faltas em uma Copa do Mundo. O brasileiro ficou 386 minutos sem cometer infrações. O recorde anterior pertencia ao zagueiro paraguaio Gamarra que em 2002 ficou 383 minutos sem cometer uma única infração.

L
Lúcio

A seleção brasileira atingiu o recorde de maior número de vitórias consecutivas em Copas do Mundo. Ao vencer Gana por 3x0 os brasileiros somaram 11 jogos seguidos sem serem derrotado (somadas os sete jogos invictos de 2002). 

O técnico Luiz Felipe Scolari também atingiu em 2006 o recorde de 11 partidas invictas em Mundiais. Com a seleção portuguesa Felipão não perdeu seus quatro primeiros jogos que somados aos sete jogos invictos de 2002 quando treinou a seleção brasileira.

No dia 03 de junho, aproximadamente uma semana antes do início do Mundial, o parlamento sérvio-montenegrino proclamou oficialmente, após um referendo a divisão do país em dois: Sérvia e Montenegro. A decisão pode ter afetado os jogadores que foram à Alemanha defender uma pátria que oficialmente já não mais existia. Sérvia e Montenegro não conquistou nenhum ponto na Copa e terminou o torneio na última posição.

O Mundial de 2006 superou o recorde de cartões vermelhos de todas as outras Copas. Foram expulsos 28 jogadores, superando a marca de 22 expulsões na Copa de 1998. O jogo entre Portugal e Holanda foi decisivo para este recorde. Foi a partida com mais cartões na história dos Mundiais: 16 amarelos (nove para Portugal e sete para Holanda) e quatro vermelhos (dois para cada lado). 
 

Por João Nassif 20/04/2022 - 00:01 Atualizado em 20/04/2022 - 17:05

Faltam 216 dias para o início da Copa do Mundo no Cata

A MAIOR GOLEADA DO MUNDIAL
16/06 – Argentina 6x0 Sérvia e Montenegro 
LOCAL: Arena AufSahalke (Gelsenkirchen)

ARGENTINA: Abbondanzieri, Burdisso, Ayala, Heinze, Sorin, Mascherano, Lucho González (Cambiasso), Maxi Rodriguez (Messi), Riquelme, Saviola (Tevez), Crespo TEC: José Pekerman  
SÉRVIA E MONTENEGRO: Jervic, Gavrancic, Dudic, Krstajic, Djordjevic, Nadj (Ergic), Dukjaj, Stankovic, Koroman (Ljuboja), Kezman, Milosevic (Vukic) TEC: Ilija Petkovic

GOLS
Argentina: Maxi Rodriguez 6’ e 41’, Cambiasso 31’, Crespo 78’, Tevez 84’, Messi 88’ 
ÁRBITRO: Roberto Rosetti (ITA)

Brasil fora da Copa

A QUEDA DA SELEÇÃO BRASILEIRA
01/07 – Brasil 0x1 França  
LOCAL: FIFA World Cup Stadium (Frankfurt)

BRASIL: Dida, Cafu (Cicinho), Lúcio, Juan, Roberto Carlos, Gilberto Silva, Zé Roberto, Juninho Pernambucano (Adriano), Kaká (Robinho), Ronaldinho Gaúcho, Ronaldo TEC: Carlos Alberto Parreira
FRANÇA: Barthez, Sagnol, Gallas, Thuram, Abidal, Makelele, Vieira, Ribery (Govou), Zidane, Malouda (Wiltord), Henry (Saha) TEC: Raymond Domenech

GOL
França: Henry 57’
ÁRBITRO: Luis Medina Cantalejo (ESP)
 

Por João Nassif 19/04/2022 - 00:01

Faltam 217 dias para o início da Copa do Mundo no Catar

SELEÇÕES: 32

PERÍODO: 09/06 a 06/07

SELEÇÕES ESTREANTES: 08 (Angola, Costa do Marfim, Gana, República Tcheca, Sérvia e Montenegro, Togo, Trinidad e Tobago, Ucrânia)

JOGOS: 64

GOLS: 147 (média – 2,3)

ARTILHEIRO: Miroslav Klose (Alemanha) – 05 gols

GOLS CONTRA: Carlos Gamarra (PAR) – (Paraguai x Inglaterra)
                          Cristian Zaccardo (ITA) – (Itália x Estados Unidos)
                          Brent Sancho (TRI) – (Trinidad e Tobago x Paraguai)
                           Petit (POR) – (Portugal x Alemanha)
                           

PÚBLICO TOTAL: 3.359.439 (média: 52.491)

EXPULSÕES: Avery John (TRI) – (Trinidad e Tobago x Suécia)
Jean-Paul Abalo (TOG) – (Togo x Coréia do Sul)
Vladyslav Vashchuk (UKR) – (Ucrânia x Espanha)
Radoslav Sobolewski (POL) – (Polônia x Alemanha)
Mateja Kezman (SRB) – (Sérvia e Montenegro x Argentina)
André (ANG) – (Angola x México)
Tomás Ujfalusi (CZE) – (República Tcheca x Gana)
Daniele de Rossi (ITA) – (Itália x Estados Unidos)
Pablo Mastroeni (USA) – (Estados Unidos x Itália)
Eddie Pope (USA) – (Estados Unidos x Itália)
Luis Pérez (MEX) – (México x Portugal)
Albert Nad (SRB) – (Sérvia e Montenegro x Costa do Marfim)
Cyril Domoraud (CIV) – (Costa do Marfim x Sérvia e Montenegro)
Jan Polák (CZE) – (República Tcheca x Itália)
Dario Simic (CRO) – (Croácia x Austrália)
Ziad Jaziri (TUN) – (Tunísia x Ucrânia)
Teddy Lucic (SWE) – (Suécia x Alemanha)
Costinha (POR) – (Portugal x Holanda)
Khalid Boulahrouz (NED) – (Holanda x Portugal)
Deco (POR) – (Portugal x Holanda)
Giovanni van Bronckhorst (NED) – (Holanda x Portugal)
Marco Materazzi (ITA) – (Itália x Austrália)
Asamoah Gyan (GHA) – (Gana x Brasil)
Leandro Cufré (ARG) – (Argentina x Alemanha)
Wayne Rooney (ENG) – (Inglaterra x Portugal)
Zinédine Zidani (FRA) – (França x Itália)
                      
CAMPEÃO: Itália 

VICE-CAMPEÃO: França

3º COLOCADO: Alemanha

4º COLOCADO: Portugal

ELIMINATÓRIAS

Jared Borgetti

SELEÇÕES: 194

JOGOS: 847

GOLS: 2.464 (média – 2,91)

ARTILHEIRO: Jared Borgetti (MEX) – 14 gols
 

Por João Nassif 18/04/2022 - 00:01 Atualizado em 18/04/2022 - 08:57

Faltam 218 dias para o início da Copa do Mundo no Catar

GRUPO A
Alemanha 4x2 Costa Rica
Polônia 0x2 Equador
Alemanha 1x0 Polônia
Equador 3x0 Costa Rica
Equador 0x3 Alemanha
Costa Rica 1x2 Polônia
CLASSIFICADAS: Alemanha e Equador

GRUPO B
Inglaterra 1x0 Paraguai 
Trinidad e Tobago 0x0 Suécia
Inglaterra 2x0 Trinidad e Tobago
Suécia 1x0 Paraguai
Suécia 2x2 Inglaterra
Paraguai 2x0 Trinidad e Tobago
CLASSIFICADAS: Inglaterra e Suécia

GRUPO C
Argentina 2x1 Costa do Marfim
Sérvia e Montenegro 0x1 Holanda
Argentina 6x0 Sérvia e Montenegro
Holanda 2x1 Costa do Marfim
Holanda 0x0 Argentina
Costa do Marfim 3x2 Sérvia e Montenegro
CLASSIFICADAS: Argentina e Holanda (Argentina em 1º pelo maior saldo de gols)

Argentina x Sérvia e Montenegro-a maior goleada do Mundial

GRUPO D
México 3x1 Irã
Angola 0x1 Portugal
México 0x0 Angola
Portugal 2x0 Irã
Portugal 2x1 México
Irã 1x1 Angola
CLASSIFICADAS: Portugal e México

GRUPO E
Estados Unidos 0x3 República Tcheca
Itália 2x0 Gana
República Tcheca 0x2 Gana
Itália 1x1 Estados Unidos
República Tcheca 0x2 Itália
Gana 2x1 Estados Unidos
CLASSIFICADAS: Itália e Gana

GRUPO F
Austrália 3x1 Japão
Brasil 1x0 Croácia
Japão 0x0 Croácia
Brasil 2x0 Austrália
Japão 1x4 Brasil
Croácia 2x2 Austrália
CLASSIFICADAS: Brasil e Austrália

GRUPO G
Coréia do Sul 2x1 Togo
França 0x0 Suíça
França 1x1 Coréia do Sul
Togo 0x2 Suíça
Togo 0x2 França
Suíça 2x0 Coréia do Sul
CLASSIFICADAS: Suíça e França

GRUPO H
Espanha 4x0 Ucrânia
Tunísia 2x2 Arábia Saudita
Arábia Saudita 0x4 Ucrânia
Espanha 3x1 Tunísia 
Arábia Saudita 0x1 Espanha
Ucrânia 1x0 Tunísia
CLASSFICADAS: Espanha e Ucrânia

OITAVAS DE FINAL

Alemanha 2x0 Suécia
Argentina 2x1 México
Inglaterra 1x0 Equador
Portugal 1x0 Holanda
Itália 1x0 Austrália
Suíça 0x0 Ucrânia (nos pênaltis Ucrânia 3x0)
Brasil 3x0 Gana
Espanha 1x3 França

QUARTAS DE FINAL

Alemanha 1x1 Argentina (nos pênaltis Alemanha 4x2)
Itália 3x0 Ucrânia
Inglaterra 0x0 Portugal (nos pênaltis Portugal 3x1)
Brasil 0x1 França

SEMIFINAIS

Alemanha 0x2 Itália
Portugal 0x1 França

DECISÃO DO 3º LUGAR

Alemanha 3x1 Portugal

FINAL

Itália 1x1 França (nos pênaltis Itália 5x3)
 

Por João Nassif 17/04/2022 - 12:10 Atualizado em 18/04/2022 - 08:56

Faltsam 219 dias para o início da Copa do Mundo no Catar

A sede para a Copa seguinte foi escolhida logo em seguida: à África do Sul atribuíram-se os jogos da Copa do Mundo FIFA de 2010. Como preparação para a competição, a Federação Internacional de Futebol organizou a Copa das Confederações FIFA de 2005 na Alemanha, torneio ganho pelo Brasil. 

Pela primeira vez na história da Copa do Mundo, três países lusófonos estiveram presentes (Portugal, Angola e Brasil). E foi a primeira vez, também, que a Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe teve quatro representantes (Estados Unidos, México, Costa Rica e Trindade e Tobago), o mesmo número de América do Sul e Asia. 

De acordo com os resultados obtidos nas eliminatórias, os 32 países classificados foram: Alemanha (previamente classificada como país sede). 

Pela CONMEBOL: Argentina, Brasil, Paraguai, Equador.

Pela CONCACAF: México, Estados Unidos da América, Trinidad e Tobago, Costa Rica.  

Pela UEFA ; Portugal, Espanha, Inglaterra, França, Itália, Suíça, Suécia, República Tcheca, Ucrânia, Sérvia e Montenegro, Holanda, Croácia, Polônia.

Togo

Pela CAF:  Togo, Gana, Angola, Costa do Marfim, Tunísia. 

Pela AFC: Japão, Arábia Saudita, Irã, Coreia do Sul e Austrália. 
 

Por João Nassif 16/04/2022 - 00:01 Atualizado em 18/04/2022 - 11:50

Faltam 220 dias para o início da Copa do Mundo no Catar

A Copa do Mundo de 2006 foi realizada na Alemanha que abrigou as finais do Campeonato Mundial pela segunda vez, a primeira foi em 1974. A escolha da Alemanha como país sede da XVIII Copa do Mundo gerou controvérsias, pois se esperava que a África do Sul promovesse o torneio. A partir daí a FIFA anunciou que seria feito um rodizio do país sede entre os integrantes de suas Confederações filiadas. A África do Sul foi a escolhida para ser sede do próximo Mundial.

A Alemanha como anfitriã tinha presença garantida na Copa e pela primeira vez o campeão da edição anterior teve que disputar as eliminatórias para estar presente no Mundial. Depois de centenas de jogos entre os 196 países inscritos para as eliminatórias sobraram 31 que se somaram à Alemanha, pré-classificada por ser o país sede.

Pela primeira vez na história dos Mundiais se classificaram três países de língua portuguesa (Brasil, Portugal e Angola). Também pela primeira vez a CONCACAF classificou quatro países (Estados Unidos, México, Costa Rica e Trinidad Tobago), mesmo número de representantes da América do Sul e Ásia.

Contrastando com a perfeita organização, o futebol mais uma vez decepcionou. Nada menos que sete jogos dos 64 disputados terminaram em 0x0, a média de 2,3 gols por jogo só não foi pior que a da Copa de 1990 que teve média de 2,1. Esta penúria de gols só poderia terminar com uma decisão por pênaltis com a vitória italiana sobre a França. A final ficou marcada pela cabeçada de Zidane em Materazzi zagueiro italiano que resultou na expulsão do capitão francês.

Durante as quatro semanas que durou o Mundial, mais de 3,3 milhões de espectadores compareceram aos 12 estádios para acompanhar de perto as disputas, além de milhões de pessoas que assistiram aos jogos nos telões colocados nas ruas e uma audiência estimada em 30 bilhões de torcedores por meio dos diversos meios de comunicação espalhados ao redor do planeta.  

A dona da casa, Alemanha chegou a empolgar seus torcedores no início, mas depois de uma batalha duríssima foi derrotada pelos italianos nos minutos finais da prorrogação. Italianos que com toda justiça foram tetra campeões, pois apresentaram uma seleção muito unida, tanto que 21 jogadores participaram dos jogos comandados por Marcelo Lippi. 

A seleção brasileira favorita absoluta antes do torneio foi só decepção, depois de vencer seus três jogos na fase grupos e eliminar Gana nas oitavas de final, a seleção comandada por Carlos Alberto Parreira sucumbiu nas quartas de final quando os zagueiros brasileiros deixaram o francês Henry completamente livre para fazer o gol da vitória depois da cobrança de um escanteio. A participação brasileira serviu apenas para que o atacante Ronaldo marcasse seu 15º em Copas do Mundo e se tornasse o maior artilheiro da história da competição.
  
 

Por João Nassif 15/04/2022 - 00:01

Faltam 221 dias para o início da Copa do Mundo no Catar

GOLEIROS
MARCOS Roberto Silva Reis (Palmeiras-SP)
ROGÉRIO CENI (São Paulo-SP)
DIDA-Nelson de Jesus Silva (Corinthians-SP)

ZAGUEIROS
ANDERSON Correia POLGA (Grêmio-RS)
EDMÍLSON José Gomes Moraes (Lyon-FRA)
LÚCIO-Lucimar da Silva Ferreira (Bayer Leverkusen-GER)
José Vitor ROQUE JÚNIOR (Milan-ITA)

LATERAIS
ROBERTO CARLOS da Silva (Real Madrid-ESP)
Juliano Haus BELLETTI (São Paulo-SP)
CAFU-Marcos Evangelista de Moraes (Roma-ITA))
JÚNIOR-Jenison Ângelo de Souza (Parma-ITA)

MEIO CAMPISTAS
GILBERTO Aparecido da SILVA (Atlético-MG)
JUNINHO PAULISTA-Oswaldo Giroldo Júnior (Flamengo-RJ
KAKÁ-Ricardo Izecson Santos Leite (São Paulo-SP)
José KLEBERSON Pereira (Atlético-PR)
RICARDINHO-Ricardo Luiz Pozzi Rodrigues (Corinthians-SP) 
RONALDINHO GAÚCHO-Ronaldo de Assis Moreira (PSG-FRA)
VAMPETA-Marcos André Batista Santos (Corinthians-SP)

ATACANTES
EDÍLSON Silva Ferreira (Cruzeiro-MG)
LUIZÃO-Luiz Carlos Bombanato Goulart (Grêmio-RS)
DENÍLSON de Oliveira (São Paulo-SP)
RIVALDO Victor Borba Ferreira (Barcelona-ESP)
RONALDO Luiz Nazário de Lima (Internazionale-ITA)
 

Por João Nassif 14/04/2022 - 00:01

Faltam 222 dias para o início da Copa do Mundo no Catar

A final entre Brasil e Alemanha foi inédita. As duas equipes mais bem sucedidas das Copas nunca haviam se encontrado no torneio - nunca até seus 87º e 85º jogos, respectivamente. Ambas as seleções são recordistas em finais de Mundiais, com sete para cada lado.

Três seleções terminaram invictas o torneio: o Brasil, campeão com sete vitórias, a Espanha, que terminou a competição na 5ª colocação com três vitórias e dois empates e a Irlanda, que ficou em 12º lugar com uma vitória e três empates.

A Itália teve um recorde de cinco gols anulados durante a competição. Um deles, e o mais importante para os italianos, seria o gol de ouro de Tommasi contra a Coréia do Sul, quando a Itália foi eliminada nas oitavas de final.

Damiano Tomasi

Cafu, lateral direito da seleção brasileira, foi o primeiro jogador a disputar três finais de Copa consecutivas - participou das finais de 1994, quando o Brasil conquistou o tetra, de 1998, quando ficou em segundo lugar, e em 2002, no pentacampeonato.

O técnico sérvio Bora Milutinovic disputou sua quinta Copa do Mundo consecutiva por cinco países diferentes, México, Costa Rica, Estados Unidos, Nigéria e China. Enfrentou o Brasil pela terceira vez comandando a Costa Rica, Estados Unidos e China. Perdeu os três jogos.

A Coréia do Sul se tornou o primeiro país asiático a ficar entre os quatro melhores do mundo. Até então a melhor colocação havia sido da Coréia do Norte, oitava colocada em 1966.


 

Por João Nassif 13/04/2022 - 00:01

Faltam 223 dias para o início da Copa do Mundo no Catar

O turco Hakan Sukur entrou para a história do futebol com o gol mais rápido em Copa, foi aos 11 segundos do jogo contra a Coréia do Sul.

O Brasil venceu todos os 7 jogos que disputou, quebrando o recorde histórico de vitórias em Copas do Mundo. Essa foi a quarta vez que uma seleção conquistou o título da competição com 100% de aproveitamento. 

Desde a Copa de 1974, na Alemanha, um jogador não marcava mais de sete gols na competição. Ronaldo bateu a marca do polonês Lato, fazendo oito gols em 2002. Dois deles foram anotados na final, contra a Alemanha.

Grzegorz Lato

Pela segunda vez na história, um país se tornou campeão fora de seu continente. O Brasil venceu a Copa de 1958, na Suécia. Somente em 2002, no Mundial organizado pelo Japão e pela Coréia do Sul, a situação voltou a acontecer.

A França foi autora do maior fiasco em Copas do Mundo. Fez a pior campanha de uma seleção que defendia o título mundial. Terminou na 28ª colocação não marcando sequer um gol.

Por João Nassif 12/04/2022 - 00:01

Faltam 224 dias para o início da Copa do Mundo no Catar

A MAIOR GOLEADA DO MUNDIAL
01/06 – Alemanha 8x0 Arábia Saudita
LOCAL: Sapporo Dome (Sapporo)

Miroslav Klose

ALEMANHA: Kahn, Metzelder, Ramelow (Jeremies), Linke, Frings, Hamann, Schneider, Ballack, Ziege, Klose (Neuville), Jancker (Bierhoff) TEC: Rudi Voeller  
ARÁBIA SAUDITA: Al Deayea, Tukaer, Sulimani, Ahmed Al Dosari, Al Zebermawi, Al Dossari (Ibrahim Sahhrani), Noor, Al Temiyat (Khathran), Abdullah Al Shahrani, Al Jaber, Al Yami (Abdullah Al Dosari TEC: Nasser Al Johar

GOLS
Alemanha: Klose 20’, 25’, 70’, Ballack 40’, Jancker 45’+1, Linke 73’, Bierhoff 84’, Schneider 90’+1                      
ÁRBITRO: Ubaldo Aquino (PAR)

JOGO DO PENTA
30/06 – Alemanha 0x2 Brasil  
LOCAL: Yokohama Stadium (Yokohama)

ALEMANHA: Kahn, Metzelder, Ramelow, Linke, Frings, Hamann, Schneider, Jeremies (Asamoah), Bode (Ziege), Klose (Bierhoff), Neuville TEC: Rudi Voeller  
BRASIL: Marcos, Lúcio, Roque Júnior, Edmilson, Cafu, Gilberto Silva, Kleberson, Ronaldinho Gaúcho (Juninho Paulista), Roberto Carlos, Ronaldo (Denílson), Rivaldo TEC: Luiz Felipe Scolari
 

GOLS
Brasil: Ronaldo 67’, 79’
ÁRBITRO: Pierluigi Collina (ITA)
 

Por João Nassif 11/04/2022 - 00:01

Faltam 225 dias para o início da Copa do Mundo no Catar

SELEÇÕES: 32
PERÍODO: 31/05 a 30/06 
SELEÇÕES ESTREANTES: 04 (China, Equador, Eslovênia, Senegal)

JOGOS: 64

GOLS: 161 (média – 2,52)

ARTILHEIRO: Ronaldo (Brasil) – 08 gols

GOLS CONTRA: Jorge Costa (POR) – (Portugal x Estados Unidos)
                          Jeff Agoos (USA) – (Estados Unidos x Portugal
                          Carles Puyol (ESP) – (Espanha x Paraguai)                      

PÚBLICO TOTAL: 2.705.197 (média: 42.268)

EXPULSÕES: Boris Zivkovic (Cro) – (Croácia x México)
                     Alpay Özalan (TUR) – (Turquia x Brasil)
                    Hakan Ünsal (TUR) – (Turquia x Brasil)
                     Thierry Henry (FRA) – (França x Uruguai)
                     Salif Diao (SEN) – (Senegal x Dinamarca)
                    Carsten Ramelow (GER) – (Alemanha x Camarões)
                     Patrrick Suffo (CMR) – (Camarões x Alemanha)
                    Claudio Caniggia (ARG) – (Argentina x Suécia)
                    Nastja Ceh ((SVN) – (Eslovênia x Paraguai)
                    Shao Jiayi (CHN) – (China x Turquia)
                   João Pinto (POR) – (Portugal x Coréia do Sul)
                   Beto (POR) – (Portugal x Coréia do Sul)
                   Roberto Acuña (PAR) – (Paraguai x Alemanha)
                   Rafael Márquez (MEX) – (México x Estados Unidos)
                   Francesco Totti (ITA) – (Itália x Coréia do Sul)
                   Ronaldinho (BRA) – (Brasil x Inglaterra)
                          
 

CAMPEÃO: Brasil

VICE-CAMPEÃO: Alemanha

3º COLOCADO: Turquia

4º COLOCADO: Coréia do Sul

ELIMINATÓRIAS

SELEÇÕES: 193

JOGOS: 774

GOLS: 2.442 (média – 3,16)

ARTILHEIRO: Archie Thompson (AUS) – 16 gols
 

Por João Nassif 10/04/2022 - 00:01

Faltam 226 dias para o início da Copa do Mundo no Catar
 

GRUPO A
França 0x1 Senegal
Uruguai 1x2 Dinamarca
França 0x0 Uruguai
Dinamarca 1x1 Senegal
Dinamarca 2x0 França
Senegal 3x3 Uruguai
CLASSIFICADAS: Dinamarca e Senegal

GRUPO B
Paraguai 2x2 África do Sul
Espanha 3x1 Eslovênia
Espanha 3x1 Paraguai
África do Sul 1x0 Eslovênia
África do Sul 2x3 Espanha
Eslovênia 1x3 Paraguai
CLASSIFICADAS: Espanha e Paraguai (O Paraguai marcou um gol a mais que a África do Sul)

GRUPO C
Brasil 2x1 Turquia
China 0x2 Costa Rica
Brasil 4x0 China
Costa Rica 1x1 Turquia
Costa Rica 2x5 Brasil
Turquia 3x0 China
CLASSIFICADAS: Brasil e Turquia (A Turquia marcou um gol a mais que a Costa Rica)

GRUPO D
Coréia do Sul 2x0 Polônia
Estados Unidos 3x2 Portugal
Coréia do Sul 1x1 Estados Unidos
Portugal 4x0 Polônia
Portugal 0x1 Coréia do Sul
Polônia 3x1 Estados Unidos
CLASSIFICADAS: Coréia do Sul e Estados Unidos

Alemanha x Arábia Saudita

GRUPO E
Irlanda 1x1 Camarões
Alemanha 8x0 Arábia Saudita
Alemanha 1x1 Irlanda
Camarões 1x0 Arábia Saudita
Camarões 0x2 Alemanha
Arábia Saudita 0x3 Irlanda
CLASSIFICADAS: Alemanha e Irlanda

GRUPO F
Inglaterra 1x1 Suécia
Argentina 1x0 Nigéria
Suécia 2x1 Nigéria
Argentina 0x1 Inglaterra
Suécia 1x1 Argentina
Nigéria 0x0 Inglaterra
CLASSIFICADAS: Suécia e Inglaterra (A Suécia ficou em primeiro por ter feito mais gols que a Inglaterra)

GRUPO G
Croácia 0x1 México
Itália 2x0 Equador
Itália 1x2 Croácia
México 2x1 Equador
México 1x1 Itália
Equador 1x0 Croácia
CLASSIFICADAS: México e Itália

GRUPO H
Japão 2x2 Bélgica
Rússia 2x0 Tunísia
Japão 1x0 Rússia
Tunísia 1x1 Bélgica
Tunísia 0x2 Japão 
Bélgica 3x2 Rússia
CLASSFICADAS: Japão e Bélgica

OITAVAS DE FINAL

Alemanha 1x0 Paraguai
Dinamarca 0x3 Inglaterra
Suécia 1x2 Senegal
Espanha 1x1 Irlanda (Nos pênaltis Espanha 3x2)
México 0x2 Estados Unidos
Brasil 2x0 Bélgica
Japão 0x1 Turquia
Coréia do Sul 2x1 Itália

QUARTAS DE FINAL

Inglaterra 1x2 Brasil
Alemanha 1x0 Estados Unidos
Espanha 0x0 Coréia do Sul (nos pênaltis Coréia do Sul 5x3)
Senegal 0x1 Turquia

SEMIFINAIS

Alemanha 1x0 Coréia do Sul
Brasil 1x0 Turquia

DECISÃO DO 3º LUGAR

Coréia do Sul 2x3 Turquia

FINAL

Alemanha 0x2 Brasil

Por João Nassif 09/04/2022 - 00:01

Faltam 237 dias para o inicio da Copa do Mundo no Catar

Um total de 199 equipes tentaram a sua sorte para se classificar para o FIFA World Cup, processo que começou em 1999, um ano depois da Copa de 1998.  

A França, que estava defendendo o título de campeões do Mundial de 1998; e os coanfitriões do Mundial de 2002, Coreia do Sul e Japão, classificaram-se automaticamente e não jogaram os jogos de classificação (sendo esta a última vez que os campeões se classificaram automaticamente).

Foram concedidos treze lugares para seleções da UEFA-União das Associações Europeias de Futebol, cinco para seleções da CAF-Confederação Africana de Futebol.

Para a CONMEBOL-Confederação Sul-Americana de Futebol foram concedidas vagas para quatro seleções, o mesmo número de seleções para a CONCACAF-Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe, quatro para equipes da AFC-Confederação de Futebol da Ásia.

Os últimos dois lugares foram disputados por play-offs entre AFC e UEFA e entre CONMEBOL e OFC-Confederação de Futebol da Oceania.

China, Equador, Eslovênia e Senegal foram as equipes que pela primeira vez participaram de uma Copa do Mundo.

Por João Nassif 08/04/2022 - 00:01

Faltam 228 dias para o início da Copa do Mundo no Catar

A Copa do Mundo de 2002 foi a primeira que teve organização compartilhada com dois países promovendo o evento.

Pela primeira vez três países estavam classificados automaticamente, Japão e Coréia do Sul, anfitriões e a França, última campeã. E foi também a primeira vez que o Mundial não aconteceu na Europa ou nas Américas, mostrando o avanço asiático.

A Copa de 2002 foi a Copa das surpresas e das decepções. Uma surpresa foi patrocinada pela seleção de Senegal que venceu a França e empatou com a Dinamarca e Uruguai na primeira fase, sendo eliminada somente nas quartas de final pela Turquia, outra surpresa que foi a terceira colocada. Foi também surpreendente a participação da Coréia do Sul que foi favorecida pelas arbitragens e terminou na quarta colocação.

Turquia no Mundial de 2002

Do lado das decepções estão a França, a Argentina e Portugal, todas eliminadas na primeira fase. A França derrotada pelo Senegal e Dinamarca, saiu da Copa sem marcar um gol sequer. A Argentina venceu a Nigéria no primeiro jogo, mas foi derrotada pela Inglaterra e empatou com a Suécia ficando em terceiro lugar no grupo, chamado de “grupo da morte”. Portugal foi derrotado pelos Estados Unidos e Coréia do Sul e também ficou na terceira posição em seu grupo. 

Entre surpresas e decepções, no final acabou prevalecendo a lógica e a tradição com Brasil e Alemanha fazendo a partida final. Oliver Kahn, goleiro alemão, foi escolhido como o melhor jogador do Mundial, antes do jogo no qual teve uma falha gritante no segundo gol da seleção brasileira.

Mas, o grande jogador da Copa foi a atacante brasileiro Ronaldo quando poucos acreditavam em sua capacidade física de disputar o Mundial devido aos dois anos de inatividade por causa de cirurgias em seu joelho. Os 3 R’s brilharam: Ronaldo, Rivaldo e Ronaldinho Gaúcho.


 

Por João Nassif 07/04/2022 - 00:01

Faltam 229 dias para o início da Copa do Mundo no Catar

GOLEIROS
CARLOS GERMANO Schwambach Neto (Vasco da Gama-RJ)
Cláudio André TAFFAREL (Atlético-MG)
DIDA-Nelson de Jesus Silva (Cruzeiro-MG)

ZAGUEIROS
ALDAIR Nascimento dos Santos (Benfica-POR)
ANDRÉ Alves da CRUZ (Milan-ITA)
Marcelo GONÇALVES Costa Lopes (Botafogo-RJ)
Raimundo Ferreira Ramos JÚNIOR-BAIANO (Flamengo-RJ)

LATERAIS
ROBERTO CARLOS da Silva (Real Madrid-ESP)
ZÉ-José CARLOS de Almeida (São Paulo-SP)
CAFU-Marcos Evangelista de Moraes (Roma-ITA))
ZÉ-José ROBERTO da Silva Júnior (Real Madrid-ESP)

Zé Carlos, o imitador

MEIO CAMPISTAS
Carlos CÉSAR SAMPAIO Campos (Yokohama Fluggers-JPN)
DUNGA-Carlos Caetano Bledorn Verri (Fiorentina-ITA)
DORIVA-Dorival Guidoni Júnior (Porto-POR)
EMERSON Ferreira da Rosa (Bayer Leverkusen-GER)
GIOVANNI Silva de Oliveira (Barcelona-ESP)
LEONARDO Nascimento de Araújo (Milan-ITA)
RIVALDO Victor Borba Ferreira (Barcelona-ESP)

ATACANTES
RONALDO Luís Nazário de Lima (Internazionale-ITA)
BEBETO-José Roberto Gama de Oliveira (Vasco da Gama-RJ)
DENÍLSON de Oliveira (São Paulo-SP)
EDMUNDO Alves de Souza Neto (Fiorentina-ITA)
 

Por João Nassif 06/04/2022 - 00:01

Faltam 230 dias para o início da Copa do Mundo no Catar

O meia alemão Lothar Matthäus bateu recorde de participações em Mundiais. Em sua quinta Copa, ele completou 25 jogos pela Alemanha. O jogador chegou a três finais na carreira (1982, 1986 e 1990) e ganhou um título.

O zagueiro francês Laurent Blanc fez o primeiro "gol de ouro" da história das Copas, na sofrida vitória da França sobre o Paraguai nas oitavas de final do torneio. Quem levou o gol foi o polêmico José Luis Chilavert.

Estreante, a Croácia conseguiu um surpreendente terceiro lugar. Com isso, igualou feito de Portugal em 1966. As duas seleções contaram com brilho de artilheiros: Davor Suker e Eusébio.

A Itália foi eliminada nos pênaltis pela terceira vez seguida. Perdeu para a Argentina na semifinal em 1990, para o Brasil na final em 1994, e para a França nas quartas de final em 1998.

Prosinecki

Ao marcar um gol na vitória da Croácia por 3 a 1 sobre a Jamaica, Robert Prosinecki tornou-se o primeiro jogador a marcar gols por dois países diferentes em Copas do Mundo. Em 1990, jogando pela Iugoslávia, Prosinecki fez um dos gols da vitória por 4 a 1 sobre os Emirados Árabes Unidos.


 

Por João Nassif 05/04/2022 - 00:01

Faltam 231 dias para o início da Copa do Mundo no Catar

Com 18 partidas Dunga e Taffarel se tornaram os recordistas de jogos pelo Brasil em Copa.

Rigobert Song, de Camarões, tornou-se o 1º da história a ser expulso em duas Copas

França terminou o Mundial com melhor ataque e defesa, 15x2 uma marca histórica.

Com os três gols marcados na goleada de 5 a 0 da Argentina sobre a Jamaica, Gabriel Batistuta tornou-se o primeiro jogador a marcar três gols em uma mesma partida em duas Copas distintas. Em 1994, ele havia feito três gols na vitória argentina sobre a Grécia, por 4 a 0.

Gabriel Batistuta

O dinamarquês Ebbe Sand foi o autor do gol mais rápido de um reserva na história das Copas do Mundo. Apenas 16 segundos após entrar em campo, o atacante marcou um gol na vitória por 4 a 1 sobre a Nigéria.

Treinador campeão quatro anos antes, Carlos Alberto Parreira tornou-se o primeiro técnico a ser demitido durante uma Copa do Mundo. Ele caiu após ver sua equipe, a Arábia Saudita, perder os dois primeiros jogos na primeira fase.

Por João Nassif 04/04/2022 - 00:01

Faltam 232 dias para o início da Copa do Mundo no Catar

SELEÇÕES: 32
PERÍODO: 10/06 a 12/07 
SELEÇÕES ESTREANTES: 04 (África do Sul, Croácia, Jamaica, Japão)

JOGOS: 64
GOLS: 171 (média – 2,67)
ARTILHEIRO: Davor Suker (Croácia) – 06 gols
 

Davor Suker

GOLS CONTRA: Tom Boyde (SCO) – (Escócia x Brasil)
                          Youssef Chippo (MAR) – (Marrocos x Noruega)
                          Pierre Issa (RSA) – (África do Sul x França)
                         Andoni Zubizarreta (ESP) – (Espanha x Nigéria)
                         Sinisa Mihajlovic (IUG) – (Iugoslávia x Alemanha)
                         Georgi Bachev (BUL) – (Bulgária x Espanha)
 

PÚBLIDO TOTAL: 2.785.100 (média: 43.517)

EXPULSÕES: Anatoly Nankov (BUL) - (Bulgária x Paraguai)
                    Ha Seok Ju (KOR) - (Coréia do Sul x México) 
                   Patrick Kluivert (NED) - (Holanda x Bélgica)
           Raymond Kalla (CMR) - (Camarões x Itália)
           Miklos Molnar (DEN) - (Dinamarca x África do Sul)
           Alfred Phiri (RFA) - (África do Sul x Dinamarca)
           Morten Wieghorst (DEN) - (Dinamaarca x África do Sul) 
           Mohammed Al Khilaiwi (RFA) - (Arábia Saudita x França)
           Zinedine Zidane (FRA) - (França x Arábia Saudita)
           Pável Pardo (MEX) - (México x Bélgica)
           Gert Verheyen (BEL) - (Bélgica x México)
           Darryl Powell (JAM) - (Jamaica x Argentina)
           Rigobert Song (CMR) - (Camarões x Chile)
           Lauren (CMR) - (Camarões x Chile)
           Craig Burley (SCO) - (Escócia x Marrocos)
           Ramón Ramírez (MEX) - (México x Holanda)
           David Beckham (ENG) - (Inglaterra x Argentina)
           Arthur Numan (NED) - (Holanda x Argentina)
           Ariel Ortega (ARG) - (Argentina x Holanda)
           Christian Woms (GER) - (Alemanha x Croácia)
           Laurent Blanc (FRA) - (França x Croácia)
           Marcel Desailly (FRA) - (França x Brasil) 
                 
CAMPEÃO: França

VICE-CAMPEÃO: Brasil

3º COLOCADO: Croácia

4º COLOCADO: Holanda

ELIMINATÓRIAS

SELEÇÕES: 168

JOGOS: 643

GOLS: 1.922 (média – 2,99)

ARTILHEIRO: Karim Bagheri (IRN) – 19 gols
 

Por João Nassif 03/04/2022 - 00:01 Atualizado em 03/04/2022 - 19:55

Faltam 233 dias para o início da Copa do Mundo no Catar

VITÓRIA COM GOL DE OURO
28/06 – França 1x0 Paraguai
LOCAL: Felix Bollaert (Lens)

FRANÇA: Barthez, Lizarazu, Blanc, Thuram, Desailly; Deschamps, Petit (Boghossian), Djorkaeff, Diomede (Guivarch); Trezeguet, Henry (Pires) TEC: Aime Jacquet 
PARAGUAI: Chilavert, Arce, Gamarra, Ayala, Sarabia; Acuña, Enciso, Paredes (Caniza), Benitez; Campos (Yegros), Cardozo (Rojas) TEC: Paulo César Carpegiani (BRA)

Momento do gol de ouro

GOLS
França: Blanc 114’

ÁRBITRO: Ali Bujsaim (UAE)

FINAL DA COPA
12/07 – Brasil 0x3 França 
LOCAL: Stade de France (Saint Denis)

BRASIL: Taffarel, Cafu, Júnior Baiano, Aldair, Roberto Carlos; Dunga, César Sampaio (Edmundo), Leonardo (Denílson); Rivaldo, Ronaldo, Bebeto TEC: Mário Jorge Lobo Zagallo 
FRANÇA: Barthez, Lizarazu, Lebouef, Thuram, Desailly; Deschamps, Petit, Djorkaeff (Vieira); Guivarch (Dugarry), Zidane, Karembeu (Boghossian) TEC: Aime Jacquet 

GOLS
França: Zidane 27’, 45’+1’, Petit 90’+ 3’

ÁRBITRO: Said Belqola (MAR)
 

« 1 2 3 4 5 6 7 8

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito