Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

PSL catarinense vai ao Rio buscar apoio de Bolsonaro

Deputado eleito Daniel Freitas (PSL) comentou declaração de neutralidade do presidenciável
Arthur Lessa
Por Arthur Lessa 09/10/2018 - 14:34Atualizado em 09/10/2018 - 18:20

A principal informação de toda a corrida eleitoral de 2018 em Santa Catarina surgiu hoje no programa Pânico, da rádio Jovem Pan, quando o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) declarou que, embora do mesmo partido, não dará apoio ao candidato ao Governo de Santa Catarina Comandante Moisés (PSL). Segundo ele, a "escolha por um lado" minaria seus votos no estado onde recebeu maior votação proporcional.

Deputado federal mais votado pelo partido e nome importante da sigla no Estado, o criciumense Daniel Freitas (PSL) comentou a declaração e afirmou que a cúpula do partido está reunida e irá ao Rio de Janeiro para um encontro com o próprio Bolsonaro para reiterar a importância de apoio nessa curta campanha de 2º turno. Sobre o apoio do PSL catarinense ao presidenciável, Freitas afirmou que não está abalado e o partido segue engajado na missão de torná-lo o novo presidente do Brasil.

Ouça o que disse o deputado eleito Daniel Freitas:

 

4oito

Deixe seu comentário