Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Chile 1962-Com a contusão de Pelé, Garrincha foi a sensação do Mundial

As regras confusas privilegiavam seleções tradicionais
Por João Nassif 19/01/2022 - 00:01 Atualizado em 19/01/2022 - 08:47

Faltam 307 dias para o início da Copa do Mundo no Catar

Cinquenta e cinco países se inscreveram para as eliminatórias. Novamente havia 14 vagas disponíveis, pois o Chile país anfitrião e o Brasil, último campeão estavam automaticamente classificados. 

Como nas outras eliminatórias, as regras eram confusas e confederações mais fracas não tinham garantia de classificação. Assim os representantes da CONCACAF (América do Norte, Central e Caribe), CAF (África) e AFC (Ásia) teriam que disputar repescagem contra uma seleção não classificada da Europa e América do Sul. 

Tal sistema acabou fazendo com que asiáticos e africanos ficassem fora do Mundial.Desta forma, a Copa foi disputada com 10 seleções europeias, cinco sul-americanas e o México. 

No dia 18 de janeiro de 1962, foi feito o sorteio dos quatro grupos, mantendo-se a fórmula do Mundial de quatro anos trás na Suécia.

Colômbia na Copa do Chile

GRUPO 1 – Colômbia, Iugoslávia, União Soviética, Uruguai
GRUPO 2 – Alemanha Ocidental, Chile, Itália, Suíça
GRUPO 3 – Brasil, Espanha, México, Tchecoslováquia
GRUPO 4 – Argentina, Bulgária, Hungria, Inglaterra

Os europeus dominaram a primeira fase classificando seis das oito seleções que foram às quartas de final. Argentina e Uruguai ficaram pelo caminho, portanto apenas dois sul-americanos passaram de fase.

Além do Brasil que sem Pelé machucado eliminou a Inglaterra, foram às semifinais o anfitrião Chile, a União Soviética e a Tchecoslováquia.

Brasil e Tchecoslováquia venceram nas semifinais e repetiram na decisão o confronto da primeira fase.


 

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito