Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Barraco no posto de vacinação: Homem leva amante para vacinar e encontra esposa na fila

Ney Lopes
Por Ney Lopes 24/07/2021 - 12:19Atualizado em 24/07/2021 - 12:38

Briga generalizada! Foram mesas e cadeiras para todos os lados na tarde de quinta feira, 22, num posto de vacinação do Covid-19 no Oeste catarinense. Um homem chega para se vacinar juntamente com a amante e acabou encontrando na fila a esposa e a cunhada. Foi então que a briga começou. Uma pancadaria entre três mulheres. As imagens viralizaram nas redes sociais e já somam mais de 2 milhões de visualizações. Conforme uma postagem feita no Twitter pelo perfil @jhonhenriqueofc, foi após esse encontro que a confusão teria começado.

TIME do Criciúma voltou a calar parte da implacável imprensa esportiva da cidade ao despachar ontem o Figueira de volta a Floripa levando na bagagem uma derrota. Apesar da vitória, somando três pontos e dormindo líder novamente, os homens da latinha ainda apontaram falhas na equipe.

Modelo Mary Pacheco fron Morro da Fumaça em mais um ensaio fotográfico clicada por André Vargas

ÁREA esportiva movimentadíssima neste sábado e domingo. Em Criciúma, rolando mais um circuito nacional de tênis nas quadras do Criciúma Clube e Mampituba. No Rincão, a última etapa do campeonato de Surf da ASCAS.

DO Engenheiro, executivo, autor de três  livros, suplente de Deputado Federal, ex- conselheiro do Banco Mundial e ex- secretário de estado  e criador do Partido Novo, Roberto Motta, li, gostei e repasso:

A missão principal no Brasil de hoje é lutar pela liberdade.

A segunda é dar esperança. Essa sensação de "fim de mundo", criada com a ajuda da pandemia, é pura jogada política. Vejam o que aconteceu nos EUA: quando mudou o governo, a pandemia praticamente saiu da mídia.

No Brasil a mídia repete todos os dias, de todas as formas, que vamos todos morrer; que a vacina não vai dar pra todos; se vai dar, então não protege contra a cepa nova; se protege, então foi superfaturada.  Orçamento, voto auditável, fundo eleitoral, reforma tributária, privatizações, mudanças de ministros, "CPI" (entre aspas mesmo), meio ambiente: tudo é embolado e distorcido pela mídia e pelos "formadores de opinão" até ficar incompreensível. É de propósito mesmo.

É um esforço gigantesco para manter a população mergulhada no mêdo, na insegurança e na desinformação até as eleições do ano que vem. Nada de positivo pode acontecer. Se acontecer, não pode ser divulgado. Se for divulgado, tem que ser distorcido.

E que se dane o Brasil. E que se dane a realidade. O importante é construir uma narrativa para o impeachment, ou pavimentar o caminho para uma derrota eleitoral A QUALQUER CUSTO. E isso, meus amigos, é o inacreditável plano dos "democratas" da 3a via.

Não caiam nessa arapuca.

4oito

Deixe seu comentário