Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

A indústria do carvão continua ameaçada

Nada mudou depois da reunião na Assembléia Legislativa
Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 15/06/2021 - 07:23Atualizado em 15/06/2021 - 08:46

A indústria do carvão está ameaçada no sul de Santa Catarina. A reunião desta segunda-feira, 15, entre autoridades políticas, empresariais e representantes do Governo Federal, sobre o futuro da Jorge Lacerda, foi pouco conclusiva. O que já se sabe, é que a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) não será prorrogada.

O CDE é um subsídio federal que incentiva o funcionamento das indústrias do carvão e está previsto para se encerrar em 2027. Com a sua não prorrogação, a venda da Jorge Lacerda passa a ser ainda mais difícil - e a economia sul catarinense fica ameaçada.

4oito

Deixe seu comentário