Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Ofensas nas redes sociais vão virar processo na Justiça civil e criminal

Confira ainda: povo cansado de autoritarismo exagerado e pressão faz com que Moisés ceda
Ney Lopes
Por Ney Lopes 21/04/2020 - 08:23Atualizado em 21/04/2020 - 08:30

Tramita na primeira delegacia de Florianópolis um termo circunstanciado a fim de apurar e punir os responsáveis (cerca de 25) por comentários difamatórios contra o colunista Cacau Menezes junto a uma publicação na página do Facebook. “Dois advogados buscam responsabilizar os envolvidos na esfera criminal e compensação na esfera cível pelos danos morais causados. A falsa sensação de anonimato e impunidade do ambiente virtual faz com que indivíduos se sintam livres para praticar ilícitos. Falam então terão que pagar para aprender”, disse o colunista. Aliás, ontem um escritório de advocacia também foi contratado para  identificar numa página do Facebook, e acionar na justiça, autores de comentários ofensivos a este colunista. Discordar é uma coisa, ofender de maneira rancorosa e moralmente é inaceitável e tem que ser punido.

Em tempos de quarentena, Rubens Salfer reuniu os filhos e algumas amigas da mulher Katia para uma homenagem, respeitando a distância, pelo seu níver.

Povo cansado de autoritarismo exagerados de governadores

Regras autoritárias, isolamento exagerado em alguns aspectos e a grande mídia desacreditada está cansando, chateando e revoltando a grande massa da população que já vai vendo suas geladeiras esvaziarem e desempregos rondando. Com ou sem lei, o povo domingo deu o exemplo do descontentamento e foi para a rua demonstrando toda sua indignação pela truculência e teimosia de Governadores, cuja a maior preocupação é desestabilizar o Governo Federal.

Gislaine do Amaral, numa produção e clic de André Vargas, pronta pra guerra.

Pressão do povo foi maior que do Dória e Moisés cedeu

A previsão de uma  pandemia social de grandes proporçoēs fez o Governador Carlos Moisés, na pressão, começar a ouvir o clamor das ruas e liberou ontem no final da tarde o funcionamento, a partir de quarta-feira, de Shoppings, centros comerciais, bares, botecos, restaurantes e academias. A partir de hoje, cultos e missas já aguardam os fieis. Mas, com muitas restriçoēs. Escolas e transportes coletivos continuam proibidos.

Xororó ontem, em Itapema, onde os restaurantes funcionam.

Saideira do dia

Me falaram que esse ano teria muitos feriados prolongados, mas nunca pensei que seria tudo agora.

Prefeito de Tubarão fala sobre o comportamento de Moisés

O áudio bombastico do prefeito de Tubarão, Joarez Ponticelli, contra o governador Moisés.

4oito

Deixe seu comentário