Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Coronavírus atinge em cheio o mercado do sexo na cidade

Confira ainda: Rincão abre suas fronteiras e a doação da Anjo à Criciúma
Ney Lopes
Por Ney Lopes 28/03/2020 - 07:59Atualizado em 02/04/2020 - 15:46

Com motéis, bares de paquera e inferninhos fechados, a homarada sem argumento para sair de casa em função da quarentena e o medo do vírus rondando por aí, o setor do sexo na cidade entrou em crise. As três principais agentes de modelos estão em polvorosas. De acordo com uma das mais conhecidas empresárias do setor, mesmo baixando o cachê em menos de 50% de suas modelos, até os tradicionais clientes diurnos sumiram.

Fotógrafo Alex Ribeiro com uma das suas obras de arte num cenário  da quarentena.

Anjo, Salvaro, Salvando

Anjo Química de Criciúma vai produzir nos próximos dias 2000 mil frascos de 500ml de álcool gel que serão doados a prefeitura de Criciúma. Aliás, Clésio Salvaro requisitou ontem as instalaçoēs da Antiga Casa de Saúde do Rio Maina, onde serão adaptados 180 leitos para abrigar pacientes do Coronavírus, anunciando também a chegada de 10 mil kits de testes rápidos para deixar população um pouco mais protegida.

Rincão abre suas fronteiras

Prefeito Jairo Custodio do Rincão, para alegria do Dezinho Carvalho, Romancini, Magda  Lopes e Eraldo Peruchi seus mais ilustres moradores, baixou decreto e mandou abrir suas fronteiras. Mas, passear pelo calçadão e Beira Mar, só a partir de quarta feira.

Daniel Azulai que morreu ontem, no Rio, de Coronavírus, aos 72 anos, e o nosso Zé da Silva.

Acic apoia plano de retomada das atividades econômicas

A Associação Empresarial de Criciúma (Acic) apoia o plano estratégico de retomada das atividades econômicas do Estado de Santa Catarina, divulgado na última quinta-feira, 26. O reinício das atividades, mesmo que a princípio parciais, garante especialmente que a indústria e o comércio em geral consigam minimizar as consequências e implementem, o mais rápido possível, estratégias para a recuperação dos negócios. 

Saideira

Eu nunca imaginei que um dia minhas mãos usariam mais álcool, que a minha boca.

4oito

Deixe seu comentário