Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Casos de COVID-19 no sul só atingiram a elite até agora

Confira ainda: mais sete dias de sofrimento e certeira da hora
Ney Lopes
Por Ney Lopes 24/03/2020 - 06:48Atualizado em 24/03/2020 - 17:24

Um fato que vem chamando atenção.  Dos 27 casos confirmados na região Sul até ontem: 9 de Criciúma, 6 de Tubarão, 7 Braço do Norte, 2 de Jaguaruna, 1 de Imbituba e 1 de Içara, mais da metade foram infectados em eventos sociais em Braço do Norte e Criciúma, entre os dias 8 a 11 de março, de onde surgiram os maiores focos e o início do contágio, o restante dos casos vieram de pessoas que chegaram do exterior. Isto quer dizer que, o Corona ainda não chegou na classe média baixa e só tem circulado na elite. Ontem, mais uma locomotiva que circula nas altas rodas aguarda a confirmação do teste, isolada na sua mansão no Pio Corrêa.

Bruna Amaral também cumprindo a ordem de não sair de casa.

Mais sete dias de sofrimento

Em outro canetaço, Clésio Salvaro prorrogou ontem por mais sete dias o isolamento social. Isto quer dizer que: Bar do Zeca, Bar do Divo, Bar do Darci, Bar do Dorva, Bar do Loro e demais botecos da cidade vão continuar fechados. É a treva.


Certeira da hora

Concordo com a tese de que o rigor com quarentena deveria ser de pessoas imunologicamente suscetíveis de contrair o coronavírus e idosos. E deixar o mundo andar. As próprias estatísticas da infecção (por idade) demonstra a viabilidade disso. Jornalista Aderbak Machado.

4oito

Deixe seu comentário