Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Caso do hino: Criciúma pede desculpas

Por nota, clube reconhece que houve um "equívoco" ontem durante protesto de torcedores
Denis Luciano
Por Denis Luciano 11/03/2019 - 16:46Atualizado em 11/03/2019 - 16:48

O incidente de ontem, quando nos minutos finais o hino do Criciúma foi disparado nos alto falantes enquanto a torcida fazia um protesto contra o presidente Jaime Dal Farra, motivou um pedido oficial de desculpas pelo clube na tarde desta segunda-feira.

Em nota postada no site, o Criciúma lamenta o ocorrido e o rotula como um equívoco. Não houve a identificação, até agora, do autor do pedido para que o hino fosse executado abafando a ação dos torcedores.

O grupo de oposição no Conselho Deliberativo, Apenas Criciúma, prometeu encaminhar ainda hoje um pedido de esclarecimentos. Leia abaixo a nota oficial do Criciúma:

O Criciúma Esporte Clube, por meio desta, pede desculpas aos seus sócios, torcedores e simpatizantes e lamenta pelo ocorrido no sistema de som do Estádio Heriberto Hulse ontem durante o jogo. O equívoco não se repetirá, e as circunstâncias que levaram ao fato serão discutidas, e os processos internos de comunicação corrigidos.

4oito

Deixe seu comentário