Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

TRE cassa mandato de Ângela Mello e manda assumir suplente do PP

Assista agora, em vídeo, o julgamento no pleno do Tribunal Regional Eleitoral
Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 19/11/2018 - 16:05Atualizado em 19/11/2018 - 16:54

O TRE acaba de decidir, por unanimidade, pela cassação do mandato da vereadora de Criciúma Ângela Mello, hoje no MDB.

Decidiu também que deve assumir a sua vaga na Câmara de Criciúma o suplente do PP, Edson Paiol.

O plenário do TRE seguiu o voto do relator da matéria, Wilson Pereira Junior.

Julgamento aconteceu na tarde desta segunda-feira (19) e durou poucos minutos.

Falaram na sessão os advogados Alessandro Abreu, pelo PP, e Alexandre João, em defesa de Ângela.

O MDB pediu que, no caso de cassação de Ângela, que assuma o seu primeiro suplente, Vanderlei Zilli. Pedido não foi aceito.

O PP quer a confirmação que a vaga é do partido.

Ângela foi candidata em 2016 pelo PP e ficou primera suplente. Mas, mudou para o MDB no final de 2017.

Com a cassação e posterior renuncia de Daniel Freitas, ela assumiu, mas o PP sustentou que a cadeira é partido, e teve ganho de causa no TRE.

Daqui a pouco, mais infomações sobre desdobramentos da decisão, e cobertura completa no Ponto Final, Rádio Som Maior, 18h. 

 

4oito

Deixe seu comentário