Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Sem Balsini, quem representará Criciuma no governo de Merisio ou Moises

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 15/10/2018 - 06:00Atualizado em 15/10/2018 - 09:03

Seria um nome novo. Jovem empresário, bem sucedido, vencedor, sem passado politico. Mas, Oscar Balsini declinou. Preferiu seguir com seus compromissos na iniciativa privada. Vai ficar na torcida de Gelson Merisio (PSD).

No sábado, depois que seu nome foi revelado por essa coluna, Oscar distribuiu nota confirmando o convite recebido de Merisio para ser o secretario de Inovação e Tecnologia do seu eventual governo, e dando as razões para não aceitar.

Na verdade, ele aceitou, e voltou atrás no dia do anuncio.

Merisio procura outro nome de Criciúma, se possível com o mesmo perfil. Quer anunciar nos próximos dias. Conta com a ajuda de empresários da sua relação pessoal na cidade.

Mas, o politico local que terá espaço e peso no seu governo será o deputado Valmir Comin, PP, que não conseguiu se reeleger.

Foi dos principais operadores no PP pela aliança com Merisio. Se não secretário, terá função importante e atuação política efetiva.

No eventual governo do Comandante Moisés (PSL), o deputado federal eleito Daniel Freitas (PSL) poderá ser secretário. Se não for, terá força para indicar.

Mas, sendo secretário ou não, ele será o braço politico do governo em Criciúma e região.

Daniel foi o campeão de votos do PSL no estado e o segundo mais votado do estado entre todos os candidatos. Sai muito califado das urnas.

Já disse que não quer disputar a prefeitura de Criciuma em 2020. Quer fazer um bom mandato de deputado, estadualizar o seu nome e projetar uma candidatura majoritária (governo, vice ou senado).


O próximo secretário

O ex-deputado Paulo Bornhausen (PSB) deve ser o próximo secretário anunciado por Gelson Merisio para seu eventual governo.

Paulinho está mapeado para secretaria de infraestrutura.

Já foram anunciados Guilherme Zigheli para fazenda, Odair Tramontin na segurança pública e Rodrigo Morateli na secretaria das cidades (que será criada).

Merisio prometeu todos os seus secretários durante a campanha se segundo turno. 


A primeira pesquisa

A primeira pesquisa estadual do segundo turno para o governo do estado será publicada amanhã, pela NSC TV.

Pesquisa feita pelo IBOPE.


A aposentadoria

Se a artilharia de Gelson Merisio contra o Comandante Moises ficar no valor da aposentadoria, não deve produzir o efeito esperado.

O Comandante reagiu bem, explicou, mostrou que não há de ilegal ou irregular, e não baixou o nível.


Com o MDB

Merisio tenta a todo custo colar o MDB na candidatura do Comandante Moises. 

No debate de sábado, na radio Peperí, ele disse que o Comandante está negociando com o MDB e emendou: "O MDB, para apoiar, não é de graça, isso todo mundo já conhece. O MDB gosta de cargos, gosta de participar do governo”.

Moisés garante que não negociando com o MDB e com nenhum outro partido. Está seguindo a campanha com o seu “time" do primeiro turno.


Boeira quer reorganizar PP

O deputado federal Jorge Boeira (PP), que não disputou reeleição, disse ontem que está avaliando o quadro para disputa de segundo turno em Santa Catarina e deve se posicionar até amanhã.

Mas, ele disse que fica no PP e que vai se colocar a disposição para encaminhar o processo de reorganização do partido em Criciúma.

Ele pensa na eleição municipal de 2020.


Muda de vida

O deputado Valmir Comin (PP) estava sexta-feira no mercado, com o filho pequeno, para compras para um churrasco em casa com a família.

Com a derrota na eleição, disse que deve fazer uma mudança na sua vida: “Agora vou cuidar dos negócios da família e acompanhar um pouco o crescimento do meu filho pequeno”, disse.


Assumiu

O tenente coronel Evandro Fraga, que deixou o comando da PM em Criciúma faz 10 dias, abriu seu voto no facebook: "Comandante Carlos Moisés da Silva - 17”.


Criar partido

Aproveitado o clima da campanha do segundo turno, o deputado estadual eleito Jesse Lopes, presidente do PSL em Criciúma, está mobilizando o seu grupo para o “dia de filiações”, sábado. 

Um “banca" será montada na parca Nereu Ramos.

O objetivo é atingir logo o numero mínimo de filiações para que o PSL tenha diretório e direção definitiva, não mais comissão provisória, como é hoje.


Prestigiado

Daniel Freitas conversou com o astronauta Marcos Pontes, que será ministro de Bolsonaro, e o convidou a vir em Santa Catarina (e Criciúma) durante dezembro.


Luto

Um entendido das questões da mobilidade urbana, um pensador da cidade, um defensor de novas alternativas ao sistema viário. Arquiteto Roberto Cabral.

Prestou serviço à cidade e à região estando ou fora do governo. Era um critico do mesmismo. Defendia a busca de caminhos novos.

Faleceu ontem, aos 52 anos, vitima de um câncer devastador que havia descoberto faz mais ou menos 30 dias.

4oito

Deixe seu comentário