Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

PSB catarinense define rumo com direção nacional e Dário mantém candidatura

São três reuniões decisivas entre hoje e amanhã. A primeira foi com Alckmin
Por Adelor Lessa 04/07/2022 - 13:25 Atualizado em 04/07/2022 - 17:53

O PSB catarinense vai definir amanhã a sua posição sobre chapa majoritária para a eleição. Antes, faz reuniões com o comando nacional do partido. Claudio Vignati, presidente estadual do partido, desceu em São Paulo hoje cedo para isso. 

A primeira foi no final da manhã, com o ex-governador Geraldo Alckimin (PSB), candidato a vice-presidente na chapa de Lula (foto).

A segunda será no final da tarde, 17h30, com o ex-governador Márcio França, que será candidato a senador ou governador por São Paulo, e que integra a executiva nacional do partido.

A última será amanhã, 11h30, com o presidente nacional do PSB, ex-deputado Carlos Siqueira.

Antes da viagem, Vignati conversou com o senador Dário Berger, que reafirmou sua condição de pré-candidato ao governo.

Foi a posição que o PSB catarinense levou ao ex-governador Alckmin.

Em paralelo estão sendo feitas conversas com a coordenação nacional da campanha Lula/Alckmin.

A tendência é que amanhã, depois da reunião de Vignati com Siqueira seja liberada "fumaça branca" no PSB, com a formação de uma chapa por acordo na Frente, ou composição alternativa fora da Frente (possibilidade que voltou a ser falada nos bastidores).

Hoje, na rádio Som Maior, o ex-deputado Afrânio Bopré, do PSOL, reafirmou sua condição de pré-candidato ao senado e questionou uma candidatura ao senado do PDT pela Frente para dar "palanque" a Ciro Gomes, que vem "batendo forte" em Lula.

A coordenação da Frente de Esquerda em Santa Catarina marcou para quarta-feira o anúncio da chapa na eleição majoritária.

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito