Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

O que acontecia na Afasc deve vir à tona

Na política, Vampiro pode ser líder do governo e Geovania se encaminha para presidir o PSDB
Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 06/11/2019 - 18:35Atualizado em 06/11/2019 - 18:37

Compreendemos quando o gestor de uma ONG toma cuidados com as informações, mas quando há uma fratura externa como esse desvio de carnes da Afasc, tem que escancarar tudo. Esse processo do desvio da carne, as informações todas que se tem são que a nutricionista envolvida tinha a responsabilidade de comprar e apanhar a carne - em tese, 100 quilos por mês para tal lugar - e o que ela fazia: ela pegava os 100 do mês e antecipava 10, 20, 30, por isso não faltou carne na merenda do mês nem aumentou o custo, pois antecipou do final. O que vai é faltar carne no fim do ano, a não ser que a cooperativa, o fornecedor que entregava para a Afasc não seja pago pelo plus a ser pedido.

Se sabe que a Afasc tentou agir dentro das suas circunstâncias, a nutricionista foi exonerada e outras providências foram feitas. Mas por qual razão não esclarece? Não conta? Cancelou o contrato, cancelou. E a carne antecipada, será paga? Quem autorizou antecipar? É isso que tem que ser trabalhado e aberto, não tem razão para não abrir. Salvo melhor juízo não tem ninguém do comando da Afasc envolvido. E se tiver algo não esclarecido, que seja esclarecido.

O delegado Juarez Medeiros, que recém assumiu como controlador interno da Afasc, tem créditos, é cidadão de bem, tem folha corrida limpa mas está chegando agora. Até ele entender como funciona o processo vai demorar bastante. Quem está tem que agilizar, e transparência é a palavra de ordem, do momento. Quanto mais transparente, melhor.

Vampiro líder

Duas conversas nos corredores da Alesc. Primeiro, o deputado Luiz Fernando Vampiro está na bola da vez para ser o líder do governo na Alesc. Ele tem algumas preocupações, por isso não aceitou ainda. Mas ele é a melhor opção para o governo, tem bom trânsito nas bancadas, seria a melhor forma para o governo Moisés recompor a sua base. Não é uma operação simples, ele não gostaria de assumir agora a não ser que seja pressionado, um assédio muito violento, muito forte. Ele é a bola da vez, mas o governo ainda não definiu.

Geovania e o PSDB

E a deputada Geovania de Sá está bem cotada para ser confirmada presidente estadual do PSDB. Terá que haver eleição, ela é a presidente interina, assumiu com compromisso de convocar nova eleição com a morte do então presidente Marco Tebaldi, recentemente falecido. Ela é candidata e tem apoio do prefeito Clésio Salvaro, do ex-prefeito Beto Martins e outros. O nome que pode concorrer com ela é o do ex-senador Dalírio Bebber. Se Geovania for confirmada presidente ela sentará com o partido para articular as eleições do ano que vem. Isso consolidará ela ainda mais como liderança estadual dos tucanos.

4oito

Deixe seu comentário