Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

O momento é de cautela

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 25/03/2020 - 19:27Atualizado em 25/03/2020 - 19:40

O momento não é para relaxamento das medidas preventivas. Porque o pior está por vir.
O momento não é para dividir. É para buscar a unidade.

Não é para dividir governos, com uma parte  indicando para medidas preventivas, pelo isolamento, e outra batendo ainda na tecla que é uma gripezinha, que estão exagerando.
Isso dá nó na cabeça das pessoas. Gera dúvida.  E a dúvida deixa a população mais vulnerável.

O momento não é para briga política. Não é para politizar as discussões, pensando em eleição, em votos. É para pensar em vidas.

Os dados estão ai.
Criciúma, dos casos positivados com coronavírus, só tem 1 acima de 60 anos (tem 62 anos).
Todos os outros abaixo de 60. Tem paciente da faixa dos 30 anos.
A mostrar que não pega só velho, idoso

É preciso olhar para o mundo.
A itália, que esperou chegar para reagir, está uma tragédia, saiu de controle.
A Espanha, que foi mais ou menos na mesma linha, vai no mesmo caminho, e já passou a China no número de mortos.
Nova York caminha para uma situação extremamente delicada.

Enquanto isso, na Alemanha, o quadro é outro.
Porque fez o q tinha que ser feito, se preparou, montou a estrutura de saúde necessária, e os números lá são muito pequenos.
Portugal também.
Determinou o isolamento, fechou tudo, e os números são muito baixos..
A India, que não tem nenhuma morte, decretou quarentena ontem, e determinou o isolamento.
Hoje, são 3 billhóes em isolamento no mundo. 

Dividir, não salva vidas.
Brigar com a imprensa, criar factóide, provocar adversários, não salva vidas.
Nada disso interessa agora para o cidadão comum pagador de impostos.
Isso é conversa de politico tradicional, que cresce na polêmica, no embate, na briga.
Num momento de crise como a que está aí, o país precisa é de líderes responsáveis, comprometidos com a vida das pessoas

O caminho é seguir as regras de isolamento.

Se cada um fazer a sua parte, vamos passar melhor por tudo isso, e vidas serão salvas

Isolamento ao máximo possível, lavar as mãos, álcool gel, evitar contatos.

E acreditar.

 

4oito

Deixe seu comentário