Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Mobilização pelo Porto Seco de Criciúma

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 27/09/2019 - 06:03Atualizado em 27/09/2019 - 07:03

Os vereadores de Criciúma passam a liderar processo de mobilização pela conclusão de uma obra que tem relação direta com mobilidade e logística para a cidade. A implantação do Porto Seco.

A obra começou, parou, teve mais uma parte, parou de novo. São necessários hoje R$ 5 milhões para concluir a pavimentação, que vai permitir o início da operação, o que representará a retirada de boa parte dos caminhões pesados, e grandes, pelas ruas da área central da cidade.

Ontem, três vereadores da comissão de obras (Salesio Lima, Edson Paiol e Dailto Feuser) e o presidente da Câmara, Miri Dagostim, se reuniram com 21 empresários do setor de transportes e mais a direção do Setransc, o sindicato do setor.

Os empresários detalharam o que já investiram, e principalmente o que foi acertado no início, quando foi tomada a decisão pela implantação. A parte do poder público ficou na promessa.

Os vereadores foram convencidos da importância da obra, por um investimento compatível.

Saíram decidimos a convocar uma audiência pública da Câmara de Vereadores para tratar do assunto (vão aprovar o pedido na sessão de segunda-feira), e vão chamar os deputados estaduais e federais da região para assumir a “bandeira”.

Hoje, o vereador-presidente Miri Dagostim vai ao prefeito Clesio Salvaro para tratar do assunto.

Trata-se de uma pauta apropriada para o momento vivido na cidade, de obras estruturantes, necessárias para comportar o crescimento.

4oito

Deixe seu comentário