Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Mariani garante que MDB não terá candidato a senador. Dois do sul na majoritária

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 02/08/2018 - 05:53Atualizado em 02/08/2018 - 14:42

O único nome da região de Criciuma na disputa da eleição majoritária neste ano deve ser o deputado federal Jorge Boeira, candidato ao senado pelo PP. Se nada mudar a partir de hoje, a sua candidatura será homologada no domingo pela executiva estadual do partido. 

Do sul do estado ainda terá outro candidato ao senado - vereador de Tubarão, Lucas Esmeraldino, pelo PSL, partido de Bolsonaro, que estará aliado à Gelson Merisio, PSD. Acertou ontem.

Para governador ou vice, ninguém do sul. A região estará fora do “núcleo de poder” do governo do estado a partir de janeiro de 2019.

É o que está encaminhado e não há nenhuma sinalização efetiva para possibilidade de mudança no quadro.

O que ainda pode mudar, não deve incluir nomes do sul para governador, ou vice.

A rigor, só perspectiva de mudança nas candidaturas encaminhadas por PSD e PSDB. Os dois partidos estão em reuniões desde segunda-feira. Já quebraram o gelo e estabeleceram canais de comunicação.

A dificuldade inicial era um candidato a governador abrir mão em favor do outro - Paulo Bauer, PSDB, e Gelson Merisio, PSD. A saída pode ser um terceiro nome, de consenso.

Ontem à noite, era possível trabalhar com a hipótese de aliança entre os dois partidos em torno da candidatura a governador do ex-prefeito Napoleão Bernardes, PSDB. Gelson Merisio seria  o vice.

Paulo Bauer, PSDB, iria ao senado (tentaria reeleição), junto com Raimundo Colombo, PSD, na outra vaga.

É a principal “mexida" que pode ainda pode dar no mapa para a eleição.

A outra especulação era sobre a chapa do MDB. 

A posição irredutível do ex-governador Paulo Afonso, MDB, em se fazer candidato a senador poderia desfazer o acordo com o deputado Jorginho Mello, PR.

Jorginho não aceita estar na aliança com o MDB, se o partido tiver candidato a governador e senador.

Mas, o candidato a governador do MDB, deputado Mauro Mariani, foi enfático ontem à noite em Criciúma - “o MDB não terá candidato a senador, isso está acertado, o Jorginho é nosso candidato a senador”.


Carta branca

Mauro Mariani, ontem à noite em Criciúma:

Sobre Carmem Zanoto como sua vice - “Carmem eu sempre quis como vice, era o meu sonho, é uma pessoa muito competente, hoje (ontem) ela aceitou o convite e vamos nos apresentar como candidatos a governador e vice na convenção do MDB, no sábado”.

Sobre risco de perder Jorginho pela candidatura de Paulo Afonso ao senado: “Risco zero, não existe, o MDB na sua totalidade, com exceção do Paulo Afonso, me deu carta branca para negociar composições, e eu estou fazendo isso, está definido com o Jorginho que ele será nosso candidato ao senado e o MDB não terá candidato ao senado, eu sou homem de palavra”.


Com vereadores

Mauro Mariani se reuniu ontem à noite em Criciuma com 70 vereadores do MDB da Amrec e Amesc.

No total, o partido tem 89 vereadores na região.

O senador Dario Berger estava com Mariani.

“Os compromissos do Eduardo Moreira com o sul são meus compromissos”, disse no discurso.

Eduardo estava no exterior até ontem, retorna ao estado hoje à tarde. 


Colombo processado

Depois de comemorar o arquivamento de uma denúncia no STJ, o ex-governador Raimundo Colombo sofre um pesado revés na justiça catarinense. O juiz eleitoral João Alexandre Dobrowolski Neto aceitou denuncia crime feita contra ele pelo Ministério Público por caixa dois.

Pela decisão do juiz, Colombo está processado e passa a ser investigado pela prática de caixa 2 nas duas últimas eleições estaduais.

Pena prevista em casos do tipo é reclusão de até cinco anos.

Isso pode afetar sua candidatura ao senado.


Novo vice

Se não fechar acordo com o PSDB, Gelson Merisio vai manter candidatura ao governo e deverá ter como candidato a vice o radialista e apresentador de televisão Helio Costa, PRB.

O nome de Helio foi apresentado na reunião que Merisio teve ontem com os deputados da bancada do PSD e foi aprovado.

Neste caso, a chapa seria fechada com Lucas Esmeraldino, de Tubarão, PSL, e Raimundo Colombo, PSD, candidatos ao senado.


Márcio federal

O ex-prefeito Márcio Burigo já se movimenta na região como candidato deputado federal pelo PP, na vaga de Jorge Boeira, que se prepara para disputar o senado.

Marcio almoçou ontem com Boeira e recebeu a garantia de apoio total. O deputado prometeu repassar todo o seu esquema politico na região.

Amanhã, Márcio deve participar da reunião que Esperidião Amin fará com os candidatos a deputado do partido.


No conselho

Valdeci da Rosa, representante da associação dos aposentados do distrito de Rio Maina, foi nomeado (e já empossado) conselheiro titular no conselho da previdência social.

O ato foi assinado pela gerente executiva do INSS em Criciúma, Arlete Rizzatti.

4oito

Deixe seu comentário