Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Fornasa, do PP, não vota no prefeito Gustavo, do PP

Em Nova Veneza, prefeito Frigo é denunciado e contra-ataca
Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 12/11/2020 - 18:43Atualizado em 13/11/2020 - 06:49

Em Urussanga, o ex-presidente e fundador do partido do prefeito Gustavo Cancelier não votará nele.
Geraldo Fornasa, empresário, fundador do PP em Urussanga, ex-presidente da executiva municipal, um dos tradicionais do partido na região, lançou a candidatura de Gustavo Cancelier a prefeito em 2016.      

Gustavo foi candidato, ganhou a eleição, está terminando o mandato e disputando a reeleição.
Só que desta vez não tem o apoio, nem o voto, de Fornasa..

Fornasa disse que não fala com o prefeito faz algum tempo e que não votará nele por causa das graves denúncias em que ele está envolvido e que precisam ser investigadas.

 

Em Nova Veneza

A coligação PP-MDB-PSL, representada pelo advogado Felipe Ovide, protocolou ontem à tarde ação contra o prefeito Rogério Frigo, PSDB,  candidato à reeleição, por abuso de poder econômico.
Na ação foi feito um pedido de investigação judicial eleitoral.
O advogado disse que recebeu denúncia, com dois videos, de que no posto de membros da familia Frigo, estariam abastecendo veiculos em troca de promessa de votos, e teria também uma oferta de estadia para um casal vindo de Florianópolis em hotel da cidade, em troca dos promessa de votos deles.
O juiz eleitoral Marlon Soares ainda não deu despacho na ação.

Ontem à noite, o prefeito Rogerio Frigo distribuiu nota oficial sobre a ação, que definiu como " tentativa rasteira da oposição de levar a eleição no tapetão".

Ele informou que não foi citado ainda e que seus advogados não tiveram acesso ao processo.

Mas, disse na nota que foi "uma armação que fizeram num posto de gasolina"

"Eu não tenho dúvida que será apurada pela justiça com punição severa aos responsáveis. Eu confio na justiça. Quero dizer que chega a parecer piada que meus adversários falem em abuso de poder econômico, depois de tudo que temos visto por parte deles nessas eleições", acrescentou. 

 

Mais um

A governadora interina Daniela Reinehr deu posse ontem à tarde ao novo secretario executivo de comunicação do governo. Carlos Rocha (à direita), especialista em marketing, que atuava no Ministério Público de Santa Catarina. Ele fica subordinado direto ao gabinete do chefe da Casa Civil, general Ricardo Miranda (à esquerda).


 

4oito

Deixe seu comentário