Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Expulsão não ameaça mandato de Jessé

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 27/11/2019 - 06:12Atualizado em 27/11/2019 - 06:12

A maioria dos advogados consultados ontem não vêem risco de cassação de mandato do deputado Jessé Lopes, mesmo que ele venha a ser expulso do PSL.
O processo para expulsão do deputado voltou à pauta depois que ele foi notificado ontem pela comissão de ética do PSL.
Jessé tem contra ele o pedido de expulsão, assinado por eleitores do PSL, que teriam orientados pelo governador Moisés.

O lado bom
Pelas circunstâncias, e prevalecendo pareceres dos advogados ouvidos, a expulsão pode ser “uma boa” para Jessé, já que ele está realmente querendo sair do PSL, mas não pode tomar a iniciativa, para não correr o risco de ser enquadrado por infidelidade partidária e acabar sendo cassado.

O risco
O principal efeito da eventual expulsão de Jessé deve nas comissões técnicas da Assembléia.
Sem Moisés, o grupo que está no PSL, mas não fecha com o governador Moisés, deixa de ser maioria. A rigor, fica 3 x 3. E os desempates podem ser por idade, ou qualquer outro critério, que pode permitir ao trio ligado a Moises começar a pilotar algumas/posições.
Uma delas (e das mais importantes) e á maioria da comissão de constituição e justiça da Assembléia.
Hoje, o grupo do PSL que não apoia Moisés é maioria e indicou a deputada Ana Campagnolo.
Sem Jesse na bancada, o PSL pode substituir a deputada Ana.

Quem defende
A defesa do deputado Jessé Lopes será feita pelos advogados Admar Gonzaga e Karina Kuffa, de Brasilia.
Eles são os advogados da direção nacional do Aliança, novo partido do presidente Bolsonaro.
Admar é catarinense e foi ministro do TSE.
O advogado Alessandro Abreu, de Florianópolis, também está assessorando Jessé.

A cuca
Deixando prevalecer o seu estilo irreverente, o deputado Jesse Lopes postou video ontem a noite, onde é questionado por um assessor se esta preocupado com possível cassação, e responde que sua preocupação é “que cuca eu vou comer”.
“Como assim?”, perguntou o assessor.
“Cuca de banana, ou cuca de morango", respondeu o deputado, apoiando para as cucas em cima da mesa.

O que disse
1- O que mais preocupa o Sr neste processo?
Deputado Jesse Lopes - "A minha preocupação é ter que me preocupar com isso enquanto eu poderia estar focado nos trabalhos legislativos. E sabemos que muita coisa na justiça é interpretativa, sabe-se lá de que forma algum juiz pode interpretar as minhas manifestações contra o Moisés”.
2- O Sr continua convencido que processo tem Moises como mentor ?
Jesse - "Não tenho dúvidas disso. A menina que assinou a denúncia é a secretaria do partido, eu conheço ela, com certeza ela nada tem a ver com a denúncia, que inclusive descreve no dossiê de forma técnica e até se baseando em leis. Moisés e Douglas Borba, dois covardes que não assumirem a autoria"
3- O q o Sr vai fazer, como vai reagir?
Jessé - "De forma natural, vou responder juridicamente em defesa dos ataques que recebi na notificação e continuar fazendo o meu trabalho. Mais importante que o meu mandato é eu dormir de consciência tranquila. Jamais trocarei essa minha tranquilidade, o meu jeito de ser e de falar, por medo de perder mandato. Prefiro voltar par o meu consultório (é dentista) a ter que me submeter aos caprichos do politicamente correto. Continuarei com a "mão pesada", e o que tiver que ser, será”.

 

4oito

Deixe seu comentário