Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Expulsão de Jessé - PSL se reúne à tarde

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 22/08/2019 - 11:06Atualizado em 22/08/2019 - 11:44

A nota da executiva estadual do PSL, que só saiu depois das 20h30 de ontem, refletiu bem a repercussão do encaminhamento para expulsão do deputado criciumense Jessé Lopes, por exigência do governador Carlos Moisés. Pela intensa repercussão e o desgaste principalmente para o governador, a nota tratou de retirá-lo da cena. Disse que não foi ele quem pediu. Mas, que foi protocolado o pedido, assinado por “filiados”, e que o processo está em curso.

O fato é que Moisés pediu a expulsão de Jessé e da deputada Ana Campagnolo, a executiva nacional bancou e a estadual também. Em função do barulho (que não foi pequeno), a estadual tenta agora fazer de um jeito que produza menor desgaste (se for possível).

No fim das contas, está aí uma situação muito mal conduzida, que começou mal, e não vai terminar bem. Mesmo que daqui a pouco se entendam todos, e o governador aceite arquivar a ordem de expulsão de Jessé, as coisas não serão mais como antes.             

Informação adicional importante: o secretário Douglas Borba informou por mensagem que não tem nada a ver com isso. Não participou de reunião com os dirigentes do PSL que tratou do assunto e cumpriu outras agendas em Brasilia.

A última informação é que a executiva estadual vai se reunir hoje à tarde (com os membros que estiverem em Brasília) para reavaliar a situação, e amanhã o deputado federal Daniel Freitas vai se reunir com o governador Moisés para tentar a pacificação. Aguardemos então os próximos capítulos.

Agora, expulsar (ou punir) quem ousa divergir ou criticar a posição do "superior", nada mais antigo e da velha politica!

4oito

Deixe seu comentário