Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Eduardo x Mauro na prévia do PMDB, Fabris na presidência e outras da coluna

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 12/06/2018 - 05:46Atualizado em 12/06/2018 - 08:59

O governador Eduardo Moreira não será candidato a governador por consenso no MDB. O deputado Mauro Mariani também não. Os dois deverão disputar a indicação no voto.

Foi a síntese da reunião da executiva estadual do MDB, ontem.

O deputado Mariani reafirmou sua condição de candidato, mas o governador Eduardo também se apresentou como candidato.

Foi a primeira vez que Eduardo assumiu no partido sua intenção de disputar a reeleição.

Mauro destacou que corre o estado desde o ano passado, apoiado pelo próprio Eduardo e pelos deputados e senador do partido.

Eduardo argumentou que as circunstâncias mudaram, ele assumiu como governador e só poderá disputar a reeleição, enquanto Mauro pode ser candidato a senador.

O único ponto em que os dois tem o mesmo entendimento é que a indefinição do candidato vai acabar isolando o MDB, porque vai dificultar alianças.

Para consumo externo, a executiva do partido, presidida por Mariani, abriu espaço de tempo até segunda-feira para que os dois tentem um entendimento, o que evitaria a disputa interna.

Eles devem se reunir hoje ou amanhã, aproveitando que estão na capital para o congresso catarinense de prefeitos.

Mas, deverá ser uma conversa apenas para cumprimento de tabela. Nenhum dos dois quer pagar o desgaste de negar o dialogo.

Agora, nem um, nem outro, sinaliza a mínima disposição de desistir. Pelo menos até agora.

Na real, a semana será usada para articulações, costuras (e consultas) internas, possíveis composições e discussão sobre as regras para as previas.

Ontem, havia duas possibilidades. Disputa entre os delegados do partido nos municípios, ou os delegados e mais prefeitos e vices.


Não esqueçam de mim

Na reunião da executiva estadual do MDB, o ex-governador Paulo Afonso cumpriu o que havia antecipado na reunião da JPMDB, em Içara, no sábado. Apresentou seu nome como candidato ao senado. E emendou - “se aparecer outro candidato, vamos disputar no voto, na convenção”.

Paulo Afonso está em sintonia com Mauro Mariani.


Alianças

Eduardo Moreira e Mauro Mariani estão tratando de aliança, em conversas separadas, com PR (do deputado Jorginho Mello) e DEM (do deputado João Paulo Kleinübing). Os dois podem estar na chapa majoritária.

Eduardo também tem conversa adiantada com o PSDB (de Napoleão Bernardes).


Ninguém mais tira

Mais do que consolidar candidatura a governador, o deputado Gelson Merisio sacramentou a aliança que ele idealizou. Com o PP e mais nove partidos. 

Ficou evidente no ato de Chapecó que o bloco está fechadíssimo.

Se o deputado Esperidião Amin resistir à chapa com Merisio ao governo e ele ao senado, ficará isolado no PP e pode ficar fora da chapa majoritária.


UPA Antônio Althoff

Gol de placa do prefeito Clesio Salvaro ao decidir “batizar" a UPA da Próspera com o nome do médico Antonio Althoff.

Profissional da saúde dos mais respeitados na cidade e região, um dos tradicionais da medicina, e acima de tudo, um cidadão que gostava de atender e ajudar as pessoas. Indo muito além da sua especialidade. Uma pessoa espiritualizada. Era sempre uma boa conversa.


A mudança no PSD

Como previsto, o vice-prefeito Ricardo Fabris foi eleito presidente do PSD de Criciúma, ontem à noite, durante convenção municipal.

Com apoio do ex-deputado Julio Garcia e do deputado Ricardo Guidi, o novo presidente vai cumprir missão de renovar o partido, atraindo novos filiados. 

Já está marcado para julho, um ato para oficializar em torno de 1 mil novas filiações.


PT terá candidato

O presidente estadual do PT, deputado Decio Lima, estará em Criciúma na sexta-feira para o lançamento da candidatura do sindicalista Celio Elias como candidato a deputado federal. 

Mas, virá como uma missão “extra" - definir um candidato do PT de Criciúma ou da Amrec a deputado estadual. Que hoje não tem.

Decio Lima vai trabalhar com cinco possibilidades - vereador Lauro Nogueira (Içara), Deva, Laércio Silva, Decio Góes e dr Juliano.


Fora de jogo

O deputado federal do sul Jorge Boeira, PP, está de licença. Na sua vaga, assumiu o suplente Osvaldo Mafra, do Solidariedade.


Mudança no colegiado

O prefeito de Içara, Murialdo Gastaldon, MDB, definiu ontem em reunião com direção do PSD, uma mini-reforma no secretariado.

Pelo PSD, Ivan Reus vai assumir a presidência da fundação de meio ambiente e Fabiana do Amaral a secretaria de ação social.

Pelo MDB, Jaqueline dos Santos será efetivada na secretaria de saúde.  

Os atos de posse, em conjunto, estão projetados para sexta-feira.


110 dias de cadeia

O deputado federal catarinense João Rodrigues, PSD, revelou que estava dividindo cela com o ex-ministro José Dirceu, no presídio da Papuda, em Brasilia.

Outro colega de cela era o ex-senador Luis Estevão, de Brasilia.

João Rodrigues agora vai cumprir pena em regime semi-aberto em cela especial. 

Ele voltou ontem a ocupar o seu gabinete na câmara federal, depois de liberado para cumprir atividade parlamentar por liminar expedida pelo STF.

Estava mais magro e com maior volume de cabelos brancos

4oito

Deixe seu comentário