Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

É preciso respeitar a decisão das urnas

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 22/07/2021 - 07:40Atualizado em 22/07/2021 - 07:40

A história conta que lá atrás, em 1992 quando a proposta de impeachment de Fernando Collor ganhava as ruas, Leonel Brizola, ex-governador do Rio de Janeiro, se posicionava contra. 

Havia disputado contra os dois, eram como água e óleo nos pensamentos ideológicos.
Brizola não apoiava o impeachment porque entendia a defesa da liberdade e que a decisão das urnas deve ser respeitada. Voto dado deve gerar consciência e arrependimento. 

O eleito do voto do mandato deve ter direito de cumprir todo mandato e  isso vale para todo tipo de disputa, inclusive para a nova mesa do Conselho Deliberativo de Criciúma. Primeiro a chapa venceu as disputas pela vaga, e a Revigoração venceu bem. 

Ontem, quarta-feira, 21, a chapa Revigoração venceu a mesa diretora, fez a diretoria e foi quase em massa para eleger seus representantes para comandar a mesa do Conselho Deliberativo do Criciúma. 

Que tenham o direito agora de poder cumprir o mandato e fazer as teses que defendiam. Não cabe judicializar a eleição. 

Ouça o comentário completo abaixo:
 

4oito

Deixe seu comentário