Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Deputados aprovam segundo impeachment de Moisés, mas livram Daniela

Daniela fora do segundo impeachment abre nova perspectiva para a crise política
Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 13/10/2020 - 13:33Atualizado em 13/10/2020 - 16:21

Vai a voto no plenário da Assembléia Legislstiva, na quinta-feira, o segundo pedido de impachment do Governador Moisés, agora pelo caso dos respiradores. Mas, desta vez a vice, Daniela Reinert, foi retirada do processo.

Os deputados da comissão especial aprovaram o parecer do relator, deputado Valdir Cobalchini, que defendeu o arquivamento da denúncia contra a vice.

Os deputados que integram a comissão decidiram dar continuidade ao processo acusando o governador pelo caso dos respiradores. Agora, será levado para votação no plenário, com todos os parlamentares.

O relatório da comissão, assinado pelo deputado Valdir Cobalchini (MDB), concluiu que não houve omissão por parte da vice em relação à compra dos 200 respiradores com pagamento antecipado de R$ 33 milhões.

Oito deputados votaram pela aprovação do parecer de Cobalchini. A deputada Paulinha, lider do Governo, não votou.

Ela se reitrou da reunião depois que foi negado um pedido da assessoria juridica do Governador para adiar a votação.

A exclusão da Vice do processo representa o acolhimento parcial do segundo pedido de impeachment.

Os advogados que assinaram o documento fizeram questão de dedicar boa parte do documento ao alegado envolvimento/comprometimento da Vice.

Com a decisão, abre-se uma nova perspectiva para a crise política no estado.

A tese do afastamento de Moisés se fortalece, mas ganha corpo a possibilidade de Daniela se livrar e acabar assumindo o Governo.

 

 

 

 

4oito

Deixe seu comentário