Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Convenção do PSDB: Aroldinho pode ser suplente do senado

Convenção não deliberativa aconteceu no plenário da Assembleia Legislativa (fotos)
Por Adelor Lessa 01/08/2022 - 16:39 Atualizado em 01/08/2022 - 21:57

O governador Carlos Moisés (Republicanos) tentou pessoalmente retirar o PSDB da aliança com o PP de Esperidião Amin, mas não conseguiu. 

Por sinal, as conversas do governador Moisés com o PSDB no fim de semana não foram boas. Os tucanos saíram indignados porque entenderam que foram "diminuídos".

O jornalista Upiara Boschi publicou há pouco uma declaração dura do prefeito Clesio Salvaro:

"Não podemos estar nesta eleição com quem nos trata como se fôssemos nanicos. Não somos prefeitozinhos, não somos deputadozinhos. Nós temos que estar na majoritária".  

Moisés não ofereceu espaço na chapa majoritária, apenas sinalizou com suplência do senado e possibilidade de participação no governo, sem garantia.

O PSDB catarinense fez a sua convenção no plenário da Assembleia Legislativa, na Capital, para definir a lista de candidatos a deputado estadual e federal, e sinalizar com quem estará na eleição.

O indicativo foi de aliança com o PP e apoio à candidatura do senador Esperidião Amin a governador.

A convenção não será deliberativa porque o PSDB fechou "federação" com o Cidadania e a decisão sobre eleição majoritária será tomada no dia 4, pelo colegiado da "federação", que tem representantes dos 2 partidos.

Na convenção dos tucanos, hoje, foi aprovado o vereador Aroldo Frigo, de Nova Veneza, entre os candidatos a deputado estadual. Só que ele deve ser "escalado" como candidato a vice-governador ou primeiro suplente do Senado, no dia 4.

Ele confirmou ao blog que colocou seu nome à disposição para uma das duas vagas na chapa majoritária.

No discurso que fez na convenção, ele confirmou que busca vaga na chapa majoritária. 

O nome mais citado para vice de Amin, no entanto, é do ex-governador Leonel Pavan.

Aroldinho é mais provável na suplência do Senado. 

A chapa de Amin já tem o deputado Kennedy Nunes (PTB) como candidato ao senado.

O fato novo da convenção foi que o ex-senador Paulo Bauer fez discurso forte defendendo que o PSDB exija as vagas de vice e senador na chapa com Amin, e se lançou candidato ao senado.

Definição, só no dia 4.

 

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito