Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Confirmado acordo para rodízio

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 26/08/2017 - 07:55Atualizado em 26/08/2017 - 07:57

Durante a posse do prefeito interino Ricardo Fabris, o vereador Pastor Jair Alexandre (foto), PSC, confirmou o acordo firmado em dezembro de 2016 para que seja o presidente da câmara de Criciúma a partir de janeiro de 2018.

Ele disse: “existe o acordo, sim, e até agora nada mudou”.

Informou também que realmente existem conversações de bastidores para alterar o acordo.

Para que o Pastor Jair seja o presidente em 2018, o atual presidente, vereador Julio Colombo (PSB), terá que renunciar até o dia 31 de dezembro.

Pelo acordo, o "grupo dos nove”, que elegeu Colombo, tem compromisso de confirmar os votos para eleição do Pastor Jair. 

O que está sendo tratado nos bastidores é a possibilidade do Pastor Jair abrir mão da presidência e Julio Colombo ficar presidente por dois anos.

Para isso, “medidas compensatórias” seriam encaminhadas para o Pastor Jair.

O acordo prevê também que em 2019 o presidente da câmara será do PMDB (ainda não definido) e em 2020 será do PP (vereador Miri Dagostim).

O prefeito Clesio Salvaro estaria operando nos bastidores para ajudar no fechamento da negociação entre Pastor Jair e Julio Colombo. 

Mas, procurado, garantiu: “eu não vou me meter, isso é coisa deles, os dois são meus parceiros, o que decidirem está tudo certo”.

Salvaro só pediu que tenham uma definição até o final de outubro, porque pretende dar posse como prefeito interino a todos os presidentes da câmara, como forma de prestigiar o legislativo.

Por isso, se Colombo não for presidente em 2018, vai assumir como prefeito em novembro.

 

4oito

Deixe seu comentário