Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Clesio beneficiado pelo corona. Aninha candidata

Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 23/05/2020 - 08:34Atualizado em 23/05/2020 - 09:47

O prefeito Clesio Salvaro vinha numa condição muito segura na sua candidatura para reeleição, líder absoluto em todas as pesquisas, e veio o coronavírus.

Com isso, as discussões sobre a eleição de outubro na cidade foram arquivadas. Nada mais se falou.

Em condições normais, debates já estariam sendo realizados. Os candidatos ocupariam espaços na mídia com propostas e confrontando idéias.

Clesio, como prefeito, governo em andamento, líder e favorito no processo, seria alvo de todos os outros.

Não dá para dizer se isso daria o resultado que os adversários querem, atingindo a sua larga margem de vantagem. Mas, seria um tiroteio. Jogo pesado.

E numa guerra, tudo é possível. Ou, quase tudo.

No caso, dependeria muito da munição que viesse a ser usada.

De qualquer forma, com a vinda do coronavirus, foi congelado o quadro de dois meses e meio atrás. E isso beneficiou Clesio. Porque parou tudo quando ele estava lá em cima.

Além disso, a sua condução no enfrentamento ao coronavírus é digna de elogios. Fez tudo certo. Inclusive quando no enfrentamento ao governo do estado.

 

Aninha candidata

A vice-prefeita Aninha Sacarpato foi definida candidata do PP a prefeita de Cocal do Sul.

Decisão saiu na reunião da executiva do partido. Operação política foi conduzida pelo prefeito Ademir Magagnin.

Outra decisão da executiva, é que a partir de agora Aninha ficará a frente das negociações com outros partidos e efetivação de alianças em torno da sua candidatura.

Aninha era filiada ao PSD e tinha o compromisso do prefeito Ademir, PP, de apoiá-la para sucessão.

Mas, o prefeito não conseguiria fazer a operação se ela continuasse no PSD. Por isso, ela migrou para o PP em abril deste ano.

 

Arnaldinho ampliando

Em Içara, Arnaldinho Lodetti continua ampliando o leque em torno de sua candidatura a prefeito pelo MDB.

Ontem, ele fez a filiação no MDB do vice-presidente da CooperAliança, o empresário Paulo da Silva, o Paulinho.

Ele não tinha filiação partidária, é uma liderança nova no meio empresarial, e faz parte de uma diretoria até aqui aprovada/elogiada na cooperativa pelo modelo profissional de gestão.

Além disso, Paulinho é muito próximo de Anselmo Freitas, também da diretoria da cooperativa, e presidente do PSD.

O principal objetivo de Armaldinho agora é trazer o PSD para a sua coligação.

 

Darlan em Brasilia

O procurador da república Darlan Dias, que trabalhou durante uma década em Criciúma, decidiu renunciar a chefia do Minisério Público Federal em Santa Catarina para assumir cargo de diretoria no Ministério Público Federal em Brasília.

Será o secretário nacional de TI do Ministério Púbico Federal. Deve assumir na próxima semana. Foi convidado pelo Procurador Geral da República, Augusto Aras.

Ele ainda teria 1 ano e quatro de mandato na chefia do Ministério Público Federal em Santa Catarina (para o qual foi eleito).

O seu substituto já está definido. Procurador Daniel Ricken, que é do sul do estado, natural de Rio Fortuna.

Ricken foi procurador da república em Tubarão e estava lotado em Itajaí.

Ele conduziu durante algum tempo o processo sobre desocupação de aéras de marinha na praia da Galheta, em Laguna.

Ricken deve assumir o Ministério Público em Santa Catarina também durante a próxima semana

 

 

 

 

 

   

4oito

Deixe seu comentário