Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Chapa fechada - Anselmo Presidente, Rampineli Vice de Futebol

Criciúma voltará a ter modelo tradicional de gestão
Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 11/12/2020 - 16:37Atualizado em 11/12/2020 - 17:46

Martelo batido. Os empresários Anselmo Freitas e Valdecir Rampineli ajustaram os últimos detalhes agora à tarde. Anselmo presidente do Criciúma e Rampinelli Vice de futebol.

Anselmo Freitas fará o registro de sua candidatura na segunda-feira para eleição vice-presidente administrativo da atual diretoria, na reunião do Conselho Deliberativo marcada para quinta-feira. O cargo está vago desde a renúncia de Alexandre Farias.

Quem for o vice administrativo em 1 de janeiro assumirá a presidência porque Jaime Dal Farra protocolou a renúncia para 31 de dezembro.

Como deve ter o registro de mais candidaturas (a de Paulo Canela já foi registrada hoje), o Conselho irá decidir no voto quem será eleito Vice administrativo (e assimirá a presidência em janeiro).

Se for eleito pelo Conselho, Anselmo pretende fazer o Criciúma voltar ao modelo tradicional de gestão. Encerra a fase de "privatização" do futebol.

Com ele, Rampinelli será vice de futebol com anuência do Conselho, assim como os outros cargos da diretoria.

É a melhor noticia da sexta-feira.

O Criciúma não terá mais um "dono".
Os lucros não irão para os investidores. Ficarão no caixa do clube.

Quem por ventura emprestar recursos para recompor ou incementa o caixa, receberá somente juros da poupança.
Anselmo e Rampinelli tem história no Criciúma. Eles são vencedores, tem empatia com a torcida, e crédito entre os conselheiros.

Alem disso, os dois tem trânsito livre no empresariado local.

 

   

4oito

Deixe seu comentário