Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Avaliação negativa do Governo Moisés em Criciúma

Dados apurados em pesquisa realizada pelo Instituto IPC
Adelor Lessa
Por Adelor Lessa 07/10/2020 - 10:49Atualizado em 07/10/2020 - 11:03

Despencou em Criciúma a avaliação positiva do Governo Moisés. Em julho, era 42,72%. Hoje, está em 21,12%.

Enquanto isso, pegou o elevador a avaliação negativa. Passou de 26,4% para 36,48%.

Os números são da pesquisa feita pelo Instituto IPC.

A avaliação "regular" passou de 29,44% em julho para 34,56%.

A oscilação para baixo da aprovação/confiança no Governo do Comandante Moisés é reflexo do momento de desgaste agudo a que ele está submetido, principalmente pelos fatos revelados na CPI dos Respiradores e os processos de impeachment.

Na pesquisa do IPC, apenas 3,52% considera o Governo ótimo, e 17,60% define como bom. Na soma, 21,12% de avaliação positiva.

Na outra ponta, 16,32% considera o Governo ruim e 20,16% disseram que é péssimo. Na soma, 36,48% de avaliação negativa.

Situação não é caso isolado de Criciúma. Na Capital, conforme pesquisa do Ibope divulgada nesta semana, o Governo Moisés é considerado ruim ou péssimo por 44% dos eleitores.

Só 21% consideram o governo bom ou ótimo.

O processo de impeachment do Governador está avançando. Hoje, o relator do tribunal de julgamento, deputado Kennedy Nunes, apresentará o seu parecer. Votação para confrimação (ou não) do seu afastamento deve ser entre os dias 20 e 23 de outubro.

4oito

Deixe seu comentário