Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

7 dicas para aprender um novo idioma por conta própria

Saber falar um segundo idioma é fundamental para conquistar mais espaço no mercado. Você pode aprender um novo idioma por conta própria com o auxílio dessas 7 dicas práticas
Redação
Por Redação Criciúma, 19/05/2020 - 12:25Atualizado em 19/05/2020 - 16:41
(Freepik)
(Freepik)

Seja pelo tempo livre causado pelo isolamento social, por necessidade profissional ou por desejo pessoal, aprender uma segunda língua é sempre uma ideia interessante. Com a população impossibilitada de sair para fazer cursos, a saída é estudar por conta própria – e com algumas dicas para aprender um novo idioma tudo fica mais simples.

1. Instale aplicativos de idiomas no seu celular

Um dos maiores benefícios que a evolução tecnológica trouxe para todos nós foi a praticidade, inclusive nos estudos. Assim, quem quer aprender um novo idioma por conta própria pode aproveitar aplicativos que foram desenvolvidos exatamente com esse objetivo. 

Os aplicativos de idiomas colaboram para o aprendizado porque utilizam conceitos de gamificação, um termo que vem do mundo dos jogos e que propõe manter o usuário ativo na trilha de ensino ao oferecer recompensas virtuais. O app Babbel, bastante conhecido neste segmento, tem gamificação aplicada em suas lições. Assim, se você opta por usar um app para aprender  italiano, por exemplo, vai ter em cada etapa concluída uma celebração de incentivo para continuar evoluindo - como se passasse de fase em um vídeo game.

(Babbel App)

 2. Consuma conteúdo do idioma

Quanto mais exposto você estiver à língua estrangeira, mais rápido será o aprendizado. Por isso, tente consumir conteúdo do idioma que está aprendendo o máximo de tempo que conseguir ao longo do seu dia. Você pode ouvir músicas, assistir seriados e filmes, acompanhar podcasts e ler notícias de jornais do país falante de determinada língua. Tudo isso ajuda o estudante na compreensão, tanto na leitura quanto na audição.

3. Configure seus equipamentos e redes sociais para o idioma que está aprendendo

Essa é uma dica simples, mas que faz toda a diferença. Utilizar o smartphone ou algumas redes sociais é tão intuitivo, que muitas vezes não notamos exatamente o que está escrito em cada botão. Isso muda quando trocamos o idioma padrão do português para aquele que estamos aprendendo. Assim, além de aprender novas palavras que nem sempre aparecem nos cursos, nos adaptamos com a leitura de termos em outra língua.

Entre os itens que você pode configurar o idioma estão o sistema operacional do seu smartphone, redes sociais como Facebook, Instagram e Twitter, além do e-mail e alguns softwares do computador.

(Freepik)

4. Participe de grupos nas redes sociais dedicados ao tema

Falando em redes sociais, esse é o ambiente ideal para aprender com pessoas que também estão estudando. No Facebook, por exemplo, existem vários grupos dedicados ao aprendizado dos mais variados idiomas. No Instagram e no YouTube, páginas de cursos ou professores de uma língua também estão presentes e podem ser seguidos por qualquer pessoa, ideal para ampliar o vocabulário.

5. Anote tudo o que você aprendeu com papel e caneta

Um estudo realizado pelas Universidades de Princeton e da Califórnia, divulgado pelo Guia do Estudante, mostrou que escrever à mão ajuda a fixar melhor o conteúdo. A explicação é simples: ao escrevermos, necessitamos de um tempo maior do que quando digitamos, o que permite ao cérebro organizar os pensamentos e absorver o que foi aprendido.

Ou seja, mesmo que você estude com o auxílio de um aplicativo ou de um site pela internet, tenha por perto um caderno e uma caneta para anotar as palavras ou conceitos que são importantes. Além de escrever uma palavra e seu significado, você pode anotar a forma como se pronuncia, algo que ajuda no momento de falar um termo da forma correta.

(Freepik)

6. Use as palavras aprendidas no dia a dia

Um desafio constante relatado por quem está aprendendo um novo idioma é a falta de oportunidade para treinar sentenças com outras pessoas. Uma forma de manter o conhecimento sempre “fresco” na sua mente é usar as palavras aprendidas no dia a dia. Você pode colocar post-its em objetos com a identificação dos mesmos em outro idioma, contar números na língua que está aprendendo ou pensar naquilo que você estiver fazendo, somente com palavras estrangeiras.

7. Sistema de flashcards

Bastante difundido na Europa e nos Estados Unidos, o sistema de flashcards consiste em pequenos pedaços de papel (post-its, cartões, etc), com uma pergunta na frente e uma resposta no verso, ou para o aprendizado de idiomas, uma palavra na frente e o seu significado no verso. Conforme você aprende novas palavras, adiciona cartões, que devem ser relembrados de tempos em tempos.

Apesar de ser possível utilizar esse método manualmente, existem boas opções de aplicativos que dão mais praticidade à tarefa, como o Anki. Mas atenção: uma palavra só pode ser adicionada depois de você realmente compreendê-la. Utilizando os flashcards diariamente, seu cérebro será capaz de manter por mais tempo as informações. 

(Freepik)

As dicas apresentadas anteriormente podem ser feitas simultaneamente ou de forma individual, tudo depende da sua estratégia de estudos. Aprender um novo idioma por conta própria não é uma tarefa simples, mas com dedicação e foco, você conseguirá aproveitar o tempo da quarentena para desenvolver essa habilidade.