Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Vereadores de Criciúma não aderem a causa LGBTQIA+ 

Ney Lopes
Por Ney Lopes 30/06/2021 - 07:40Atualizado em 30/06/2021 - 07:45

Em sessão na última segunda-feira, quando se celebrava o dia do movimento gay, vereadores de Criciúma votaram contra o Projeto de Lei 28/2021 de autoria da vereadora comunista Giovana Mondardo. Os vereadores rejeitaram a matéria e a votação terminou com 8 votos contra e 7 a favor. Entre os pontos abordados pelo Projeto de Lei, destaque para que os convênios, contratos e documentos similares firmados deverão conter cláusula que considere pessoas em união estável homoafetiva, concedendo-lhes os mesmos direitos e deveres das pessoas em uniões estáveis constituídas por homem e mulher.

NA terça-feira gelada saiu de cena a avalanche de vídeos da morte do Lázaro e entraram várias cenas do gelo na estrada da Serra do Rio do Rastro e do Corvo Branco, onde ocorreram diversas batidas de automóveis. Veja os vídeos.

 


CRICIÚMA registrou no dia de ontem mais sete óbitos por Covid-19. Só na parte da tarde, foram cinco mortes. Chama atenção a idade das vítimas. Dois de 41 anos e os outros de 42, 59 e 61 anos.

Vice-prefeito Ricardo Fabris deu uma pausa na agenda politica para um vinho com amigos no Let's Drop


FUNCIONÁRIO público de uma autarquia municipal de Florianópolis, vai receber indenização de R$ 10 mil por ter sido ofendido repetidas vezes por um colega em um grupo de WatssApp criado e mantido pelo órgão público para aprimorar a comunicação interna. As mensagens foram compartilhadas por mais de 200 membros. O agressor acusou o empregado de ser preguiçoso e de inventar problemas de saúde para não trabalhar. O homem também foi alvo de brincadeiras com montagens usando seu rosto e ouviu insinuações sobre a esposa.

4oito

Deixe seu comentário