Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

O foco do coronavírus no Sul catarinense

Ney Lopes
Por Ney Lopes 05/04/2020 - 10:16Atualizado em 05/04/2020 - 10:19

Se o Covid-19 começou se alastrar na cidade de Wuhan na China e acabou se espalhando rapidamente pelo mundo, guardando as devidas proporções, a cidade de Braço do Norte acabou sendo o foco da epidemia no extremo Sul catarinense.

Foi através de uma festa de granfinos, que reuniu convidados de Braço do Norte, Gravatal, Tubarão, Imbituba e Criciúma, onde estaria um casal ricaço que recém tinha retornado de uma viagem internacional e já infectados, passando o vírus para várias pessoas presentes. Uma das infectadas da festa de Braço do Norte, esteve na famosa festa das mulheres em Criciúma dia 11 de março e acabou passando e espalhando o vírus para pelo menos oito lulus de Criciúma. Hoje 90% dos 30 casos do coronavírus no Sul saiu desta festa de ricos de Braço do Norte que contabilizou ontem a primeira morte.
 

Ex-prefeito de Nova Veneza e empresario, Edio Minatto, não resistiu as altas ondas ontem no Farol de Santa Marta com a ressaca e surfou.

 

4oito

Deixe seu comentário