Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

Advogada de 26 anos processa ex-marido de 53 anos por insignificância peniana

Confira ainda: memórias da despedida de Maradona e cancelamento da visita de Mourão
Ney Lopes
Por Ney Lopes 26/11/2020 - 07:10Atualizado em 26/11/2020 - 07:12

Karla Dias Baptista, 26 anos, advogada, residente no município de Macapá no Amapá. decidiu processar seu ex-marido por uma questão até então inusitada na jurisprudência nacional. Ela processa Antonio Chagas Dolores, comerciante de 53 anos, por insignificância peniana. Embora seja inédito no Brasil, os processos por insignificância peniana são bastante frequentes nos Estados Unidos e Canadá. Esta moléstia é caracterizada por pênis que em estado de ereção não atingem oito centímetros. A literatura médica afirma que esta reduzida envergadura inibe drasticamente a libido feminina interferindo de forma impactante na construção do desejo sexual.

O casal viveu por dois anos uma relação de namoro e noivado e durante este tempo não desenvolveu relacionamento sexual de nenhuma espécie em função da convicção religiosa de Antônio Chagas. Karla hoje o acusa de ter usado a motivação religiosa para esconder seu problema crônico. Em depoimento a  denunciante disse que “se eu tivesse visto antes o tamanho do ‘problema’ eu jamais teria me casado”. A legislação brasileira considera erro essencial sobre a pessoa do outro cônjuge quando existe a “ignorância, anterior ao casamento, de defeito físico irremediável, ou de moléstia grave”. E justamente partindo desta premissa que a advogada pleiteia agora a anulação do casamento e uma indenização de R$ 200 mil pelos dois anos de namoro e 11 meses de casamento. Antonio que agora é conhecido na região como “Toninho Piroquinha”, afirma que a repercussão do caso gerou graves prejuízos para sua honra e também quer reparação na justiça por ter tido sua intimidade revelada publicamente.

Fernanda Guinger no calor de ontem, na região dos lagos

ERA um sábado dia 10 de novembro de 2001, Eu junto com o time do Beijo, Cacau, Juninho, Bibi, Neto, Renato Sá, Siri, Mauro Beal, Nascimento estávamos lá pendurados naquela enorme arquibancada do velho, famoso e histórico estádio da Bombonera no meio dos milhares e barulhentos torcedores argentinos assistindo o gênio Maradona fazer três gols no jogo da sua despedida do futebol entre a seleção argentina e seleção do resto do mundo. Uma cena de pura emoção que nunca vou esquecer. Aos 60 anos, o craque nos deixou, mas viveu intensamente e loucamente como se tivesse vivido 120 anos.

IMAGENS chocantes feitas por este colunista no momento do acidente que parou por mais de seis horas ontem pela manhã a BR-101 em Paulo Lopes, no sentido Sul.

para clarear as notícias sobre a lotação dos Hospitais de Criciúma do Covid-19. De acordo com informações, mais de 50% dos internados tanto em UTIs como em enfermarias são de fora de Criciúma.

Torcedores do Próspera ontem, no calor de 35 graus, assistindo de camarote, na sombra das árvores, o seu time ganhar mais uma.

CANCELAMENTO da cerimônia do Beija mão ao vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, armada na sede da ACIC, foi destaque no Jornal Hoje da Globo.

EX-MULHER do Cantor criciumense Marlon no Programa Superpop da Luciana Gimenez, ontem, falou sobre o fim de seu casamento contando em rede nacional sobre a traição do cantor com sua melhor amiga.

Legenda


 

4oito

Deixe seu comentário