Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Uma parada que vem a calhar para o momento do Criciúma

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 24/08/2017 - 05:35

Uma parada que vem a calhar

Todos que cobrem o Criciúma devem respeitar as opções do técnico Luiz Carlos Winck, afinal ele é o comandante e trabalha no dia-dia com o elenco de jogadores. Mas uma situação em especial também é comum a todos que acompanham a rotina tricolor: o Tigre precisa reencontrar o futebol competitivo do começo da própria "era Winck". Essa parada de duas semanas será muito importante para o rumo do Tigre na competição. Penso que a equipe carvoeira não terá problemas para escapar do rebaixamento, mas em relação ao acesso é uma grande utopia projetar um lugar entre os quatro melhores. Lembram da arrancada do Avaí no ano passado? Se o Tigre melhorar em todos os setores, poderemos conversar sobre esse assunto mais à frente.

Duas finais em casa

Os próximos dois jogos em casa devem ser tratados como verdadeiras finais. O Criciúma não pode deixar se abater pelos últimos tropeços no Majestoso. É momento de mobilização total para os duelos contra o Luverdense-MT e Juventude. Serão dois jogos em casa num espaço de quatro dias.

E o fato novo?

O Criciúma precisa de um fato novo, que vai muito além da mudança do esquema ou da escolha de novos jogadores. Até mesmo uma concentração fora da cidade poderia ser feita. A parte física será cuidada, mas a comissão técnica precisa também renovar o foco dos jogadores. A folga foi dada no Dia dos Pais. Agora é hora de arregaçar as mangas e calçar as chuteiras!!

Metade da proposta cumprida

O Tigre cumpriu a metade da proposta de jogo diante do América-MG. Os comandados de Luiz Carlos Winck se defenderam com perfeição, mas em contrapartida não souberam jogar com a bola nos pés. Ofensivamente, o Tricolor foi um desastre contra o líder.

Matemática x Permanência

É bem provável que com mais quatro vitórias o Criciúma escape do descenso. Com 43 pontos, o Tigre dificilmente cai. Pelo futebol que a equipe vem apresentando, o Tigre tem futebol para ficar entre os 12 primeiros colocados. Nada muito além disso. De pontinho em pontinho, o Tricolor vai se consolidando na Segundona, sem grandes sustos.

Destaque A Tribuna

O jornalista tubaronense João Lucas Cardoso terá o desafio de correr a prova de 10km, na Maratona Internacional de Floripa. Sedentário, João Lucas foi instigado pela redação do Diário Catarinense a cumprir uma trajetória que poucos conseguem. Toda a preparação dele vem sendo acompanhada pelo DC e pela rádio CBN Diário. O jornalista contará a expectativa da prova de domingo, na véspera do evento. No sábado, João participará do Som Maior Esportes.

Nota Zero

O norte-americano John Jones, de 30 anos, que havia recuperado o cinturão meio-pesado (até 93 kg) do UFC, no fim de julho, ao nocautear Daniel Cormier na luta principal do UFC 214, testou positivo para turinabol, um esteroide anabolizante. Jones é reincidente e passa a ser uma das grandes decepções da história da organização, pelos sucessivos casos de doping. Está jogando a carreira pelo ralo!!

4oito

Deixe seu comentário