Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Pior defesa e 2º mais indisciplinado da "B", Tigre espera melhora com volta de Fábio Ferreira

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 04/05/2018 - 10:08Atualizado em 05/05/2018 - 09:51

Esperança de melhora na zaga

O torcedor do Criciúma deposita a esperança de uma melhora na volta do zagueiro Fábio Ferreira. A imagem de Nino ficou muito desgastada com o gol contra. Mas uma andorinha sozinha não faz verão. Todo o sistema defensivo do Tigre precisa melhorar. A marcação começa lá em cima no ataque. A equipe precisa estar mais organizada, concentrada, para que possa diminuir a média de gols sofridos. Foram nove, em quatro jogos. São mais de dois gols por jogo. A correção começa em não tomar gols. Depois passa pelo equilíbrio, que dará a possibilidade de o time atacar também.

Fábio Ferreira volta para dar mais experiência a zaga tricolor (Foto: Fernando Ribeiro)

Indisciplina

O Criciúma é o segundo time mais indisciplinado da Série B. Só fica atrás do Brasil-Pe, que tomou 15 cartões amarelos e teve duas explosões. O Tigre recebeu um catarão amarelo a menos. Time organizado em campo faz menos falta, reclama pouco e quase não conversa com o árbitro. É mais um motivo para o técnico Argel buscar a tal da organização dentro de campo. E sobre Zé Carlos, uma multa cairia bem, afinal ser expulso do banco não é algo normal.

Zé Carlos conseguiu ser expulso do banco de reservas (Foto: Caio Marcelo)

Recuperação

O Joinville vai atrás da recuperação na Série C. O JEC é o lanterna da chave B após três rodadas. E o desafio neste domingo é contra o Operário de Ponta Grossa, às 16h30, fora de casa. Último colocado num grupo com 10 times. A coisa tá feia no time da Manchester.

JEC perdeu dois jogos em três rodadas da Série C (Foto: Divulgação/Joinville)

Atlético Tubarão

É interessante o Sul do Estado ter três times na elite do futebol de Santa Catarina, porém mais importante que isso é ter uma ascensão das equipes nas divisões do cenário nacional. O Tigre está “capenga” na “B”, mas o Atlético Tubarão está firme e forte na “D”. O Peixe busca a terceira vitória em três jogos, neste domingo, em casa, contra a Ferroviária-SP.

Peixe venceu os dois jogos que disputou na Série C (Foto: Divulgação/CA Tubarão)

Enxadrista faz bonito em Floripa

A aluna da SATC, do 5° ano A, Mirela Pedro Tereza, foi campeã nacional na categoria Blitz de Xadrez. O campeonato aconteceu no Festival Nacional da Criança (Fenac), em Florianópolis. A edição teve recorde de participação, com 248 crianças, no último feriado de 1º de maio.

Equipe FME/AECRI

A equipe de xadrez FME/AECRI foi representada com dois atletas. Mirela foi o grande destaque e conquistou o título do primeiro campeonato brasileiro de Blitz sub-10 (modalidade com duração de três minutos), de forma invicta e ganhando todas as sete partidas. O próximo desafio de Mirela é o Pan-americano em julho, no Chile.

Destaque A Tribuna

A característica mais forte do Grêmio é o envolvente toque de bola. E esse fundamento não é dominado apenas pelo volante Arthur, grande sensação hoje no futebol nacional. O jogador que lidera o fundamento de passes certos é Maicon. Arthur está em terceiro na lista da Libertadores. São números que projetam o time gaúcho como sério candidato ao tetra da América.

Nota Zero

Foram cenas lamentáveis. A torcida do Vasco deu o péssimo exemplo da semana. Grupos de torcedores vascaínos entraram em conflito durante derrota para o Cruzeiro por 4 a 0, em partida válida pela quinta rodada da Libertadores. A correria nas arquibancadas começou após o terceiro gol cruzeirense. Lembrando que o futebol do Vasco é tocado por Pelaipe e Chumbinho, dois que recentemente estiveram no Tigre.

4oito

Deixe seu comentário