Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

OPINIÃO: Classificação na Copa do Brasil pode "salvar" temporada no Tigre

Marco Búrigo
Por Marco Búrigo 20/02/2018 - 13:25Atualizado em 20/02/2018 - 13:30

Além de uma classificação...

Uma avanço a terceira fase da Copa do Brasil está longe de salvar a temporada do Criciúma Esporte Clube. Porém, amenizará a crise financeira. Além de quase R$ 2 milhões, o Tigre poderá se dar ao luxo de projetar um duelo contra o Internacional de Porto Alegre, o que deverá render uma boa renda no Majestoso. Mas isso só fará sentido caso a equipe carvoeira não sofra uma queda de divisão em Santa Catarina ou até mesmo no Campeonato Brasileiro. Por incrível que pareça, ainda não dá para cravar que o Tigre irá escapar da degola no Catarinão, nem garantir que ficará fora das quatro últimas posições na Série B. Por isso uma vitória amanhã seria algo extraordinário para o torcedor carvoeiro. Infelizmente, em épocas de “vacas magras”, o torcedor se satisfaz com pouco. É a dura realidade no Tigre. 


Encaixe rápido no Scarpelli 

O encaixe rápido que o Figueirense alcançou é algo que chama atenção após a realização do primeiro turno do Catarinão. O Alvinegro contratou cerca de 15 jogadores e mesmo assim já tem alcançado bons resultados. É um exemplo a ser seguido pelos concorrentes em nível estadual. É a prova que uma boa sintonia entre diretoria e comissão técnica faz toda a diferença. O técnico Milton Cruz está literalmente calando a boca dos críticos, que duvidavam do trabalho antes do início do Estadual. 

Sem nova perspectiva 

É difícil imaginar que teremos uma final de Catarinense diferente de Figueirense e Chapecoense. Os dois times praticam o melhor futebol até agora e merecidamente ocupam as primeiras posições. Vejo uma ligeira vantagem técnica na Chapecoense, que agora terá condições de focar somente no Estadual, sem ter que dividir as atenções com a Libertadores. Já Figueira terá que estar atento também a competição a Copa do Brasil. Não imagino Avaí ou Joinville brigando pelas duas primeiras posições. 

 

Tigre teve dificuldades para passar pelo Altos-PI em 2017, precisando da disputa por pênaltis (Foto: Caio Marcelo)

Destaque A Tribuna 

O fato de a final da Taça Guanabara ter sido disputada em Cariacica, no Espírito Santo, não tira o brilho da conquista do Clube de Regatas do Flamengo. O time de Paulo César Carpegiani não deu chances ao Boavista, do meia Erick Flores, ex-Tigre, levantando pela 21ª vez a taça de campeão do primeiro turno do Campeonato Carioca. O Mengo já está garantido na semifinal da competição.

Nota Zero 

O final de semana foi marcado por cenas lamentáveis no futebol brasileiro. Especialmente no Campeonato Baiano e no Sul-Matogrossense. No clássico Ba-Vi, vimos um show de cartões vermelhos e uma pancadaria sem precedentes. Não dá para eleger um único culpado pela confusão no jogo do Barradão. Já no Matogrosso do Sul, um jogador agrediu o gandula até quebrar o nariz. Isso tudo percorreu o mundo afora. Lamentável!! 

4oito

Deixe seu comentário